TECNOLOGIAS CONVERGENTES

al.rs.gov.br

TECNOLOGIAS CONVERGENTES

TECNOLOGIAS

CONVERGENTES

CONVÊNIO PETROBRÁS

REDE UFRGS / UFRJ / USP / UNICAMP / ITA


Mudança Cultural

no

Consumo de Energia


Coordenador:

Prof. José Vicente Tavares dos

Santos

(Sociologia – IFCH-UFRGS) –

Equipe de Coordenação - UFRGS:

Mônica Estrázulas UFRGS

Maíra Baumgarten UFRGS

Norma Würdig UFRGS

Ivaldo Gehlen UFRGS


Participantes do GT –

Tecnologias Convergentes

Márcia Mendonça - PETROBRAS

Jose Roberto de Franca Arruda -

UNICAMP

Amit Bhaya - UFRJ

José Vicente Tavares dos Santos - UFRGS

Marisa Roberto - ITA

José Armando Valente - UNICAMP


OBJETIVO GERAL

Desenvolver pesquisas

e ações visando

processos de mudança

cultural em relação ao

consumo de energia.


LABORATÓRIO DE IDÉIAS PARA

UM FUTURO SUSTENTÁVEL

(LIFS)

desenvolver um ambiente de trabalho

interdisciplinar e transdisciplinar que

viabilize o estudo de problemas de alta

complexidade:

matriz energética; questões ambientais

e de preservação do planeta e dos

ambientes locais; desenvolvimento

econômico e social; ciência, tecnologia

sociais e inovação social


LABORATÓRIO DE IDÉIAS

PARA UM FUTURO

SUSTENTÁVEL (LIFS)

partir de múltiplas perspectivas e

olhares, articulados pela idéia de

sustentabilidade.

construir mediações entre as instâncias

de produção científica e tecnológica, a

sociedade e o Estado.


LABORATÓRIO DE IDÉIAS PARA UM FUTURO

SUSTENTÁVEL (LIFS) Objetivos específicos

Desenvolver redes entre atores sociais

(pesquisadores, empresas, coletividades, ONGs)

envolvidos com produção, distribuição e

consumo de energia;

Desenvolver ações visando processos de

mudança com relação a uma nova matriz

energética;

Identificar repercussões (científicos, culturais,

sociais, econômicos, ambientais) relacionadas

ao uso de novas tecnologias na área de energia


REFERENCIAL

Social

Tecnológico

Econômico

IMPACTOS

Cultural

Ambiental

Político

RECOMENDAÇÕES REGULATÓRIAS QUE LEVEM EM

CONSIDERAÇÃO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL


ABORDAGEM

MULTIDIMENSIONAL

Diferentes impactos:

Diferentes impactos:

Impacto no emprego

Geração de impactos nocivos

Substituição e integração de tecnologias

Mudanças nos modos de produção de produtos correntes

Impacto nos sistemas de saúde

Matérias-primas

Desenvolvimento de novos produtos

Diferentes atores:

Governo;

Empresas

Universidades & Labs

Sociedade Civil; Consumidores

ONGs


Resultados esperados

Mudança cultural com relação ao

consumo de energia, em nível pessoal,

institucional, empresarial e societário.

Modelo de accountability energética para

cálculo de energia em escolas e

universidades, instituições públicas e

empresas públicas e privadas.

Novas mediações entre

universidade/sociedade e enriquecimento

das trocas entre população e cientistas

no sentido de um desenvolvimento

científico, econômico e social


Resultados esperados

Formulação de Diretrizes para

um Marco Regulatório que

estabeleça as bases para a

construção de um arranjo

econômico-social sustentável

Nova Matriz Energética como

efeito das mudanças culturais


EFEITOS DA MUDANÇA

CULTURAL: NOVA MATRIZ

ENERGÉTICA

EDUCAÇÃO


Redes de

Cidades

Pesquisadoras

para a

Sustentabilidade

Novas

Tecnologias,

Novos

Negócios

e Regulação

Mudança

Cultural

no Consumo

de Energia

LIFS

Laboratório

de

Idéias para

um

Futuro

Sustentável

Cenários

do Futuro

EaD para

Professores

do Ensino

Básico

Cartografias

Simbólicas


O LIXO COMO ALTERNATIVA à

SOCIEDADE DO DESPERDÍCIO

Boaventura de Sousa Santos

(Universidade de Coimbra)

“Lixo Lixo e cidadania”

Publicado na Visão, Portugal, em 27 de Setembro

de 2007

Sobre o 6º Festival do Lixo e Cidadania realizado

em Belo Horizonte, - Movimento Nacional dos

Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR).


Aprendi que os seres humanos,

mesmo os mais excluídos e nas

condições mais indignas – aqueles

para quem o nosso lixo é um luxo e o

endereço é um viaduto ou uma soleira

de porta – não desistem de lutar por

uma vida digna, assente na

reivindicação de direitos de cidadania

que, apesar de impunemente

desrespeitados, lhes dão notícia da

sua humanidade.


O MNCR agrega hoje centenas de

organizações e cooperativas de que

são membros cerca de 300.000

catadores.

Uma ocupação profissional, a de

"catador de material reciclável",

reconhecida pelo Código Brasileiro

de Ocupações sob o número 5192.


Aprendi que a sociedade de consumo

em que vivemos – baseada na

incessante fabricação de

necessidades que não temos e no

endividamento extremo que nos

impede de satisfazer as que

verdadeiramente temos – despreza o

saber ecológico daqueles que

transformam os restos do consumo

em consumo sustentável de restos.


A economia do altruísmo, das

cooperativas e das organizações

econômicas populares onde a

rentabilidade está ao serviço do

bem estar

se inclui, dentro do tempo de

trabalho, o tempo de alfabetização

e de formação profissional, a

ginástica para aliviar o stress

muscular da especialização

(separação, triagem e

enfardamento de sucata)


E a discussão sobre violações de direitos

humanos no trabalho e em casa, nomeadamente

a descriminação sexual e a violência doméstica.

´Neste domínio, há que registrar a solidariedade

prestada pelos serviços de extensão de

universidades públicas


REDE DE

CIDADES-PESQUISADORAS

PARA AÇÕES LOCAIS DIRIGIDAS

À SUSTENTABILIDADE

PLANETÁRIA:

INICIAÇÃO CIENTÍFICO-

TECNOLÓGICA DE COMUNIDADES


OBJETIVOS

Proposta de REDE integrada por

CIDADES PESQUISADORAS COM A

Finalidade DE testar e disseminar

MODELOS INOVADORES de ações

educativas formais e informais,

presenciais ou mediadas por TIC’s

(tecnologias de informação e

comunicação)


Objetivo

INICIAÇÃO CIENTÍFICO-

TECNOLÓGICA DE

COMUNIDADES como substrato

à mudança cultural sobre

decisões que envolvam a

sustentabilidade planetária e,

em especial, o CONSUMO DE

ENERGIA.


REDES DE CIDADES:

resultados esperados

Desenvolvimento Desenvolvimento sócio-cognitivo de

indivíduos e de comunidades, como

substrato às aprendizagens oriundas da

iniciação científico-tecnológica,

implementada em uma escala que

possa alicerçar a MUDANÇA CULTURAL

ACERCA DA ENERGIA


PESQUISA: NOVAS TECNOLOGIAS,

NOVOS NEGÓCIOS, NOVOS

IMPACTOS & REGULAÇÃO

OBJETIVOS

Criar rede de interação entre atores relevantes

(universidade, Petrobrás, empresas, sociedade

civil, poder público,...).

Levantar impactos (riscos e benefícios)

científicos, econômicos, sociais, culturais,

ambientais do uso de novas aplicações

tecnológicas (bio) para geração de energia.

Construir modelo de relação entre os impactos.

Estabelecer bases para um marco regulatório.


PESQUISA: Desenvolvimento de

Cenários do Futuro

Levantamento de temas a serem

contemplados nos cenários

Proposta de “story board”, contemplando

as idé

ias principais dos cenários

Desenvolvimento dos cenários, utilizando

as noções de complexidade,

indeterminação e relatividade espaço-

temporal

Validação em diferentes contextos


PROGRAMA de EaD para formação

de professores do Ensino Básico:

Formação a distância e em serviço de professores

de diferentes áreas para as questões de uso e

economia de energia

Envolvimento de equipe interdisciplinar de

professores, trabalhando com os alunos e sendo

acompanhada por docentes do curso EaD

Resultados das atividades determinam o material

teórico que deverá ser trabalhado com os

professores, subsidiando as ações e

aprofundando o conhecimento teórico


PESQUISAS : CARTOGRAFIAS

SIMBÓLICAS

Mapa dos modelos cognitivos

presentes na sociedade brasileira

sobre a energia,

As representações sociais dos

formadores de opinião,

professores, cientistas e membros

do Poder Executivo, Judiciário e

Legislativo.


Probabilidades de

Substituição

para o

Transporte

Individual

Uso de Energia em

Instituições

e no Cotidiano

Mudança

Cultural

no Consumo

de Energia

LIFS

Laboratório de

Idéias para um

Futuro Sustentável

Urbanismo

Redutor

do Consumo

de Energia

ISO 9000 de

Mudança no

Consumo

de Energia

Extensão

Universitária


PESQUISAS

ESTUDOS SOBRE AS

PROBABILIDADES DE

SUBSTITUIÇAO DO

TRANSPORTE INDIVIDUAL


Pesquisas:

Levantamento de situações do cotidiano que

seriam estudadas

Cálculo do uso de energia em situações do

cotidiano: nas residências, nas instituições de

ensino e pesquisa, nos locais de trabalho.

Contribuições para conscientização sobre uso de

energia no cotidiano e eliminação de visões

errôneas sobre como economizar energia.

Universo: alunos da universidade e do Ensino

Médio, que calculariam a energia gasta nessas

situações. Os resultados seriam divulgados,

explanando o que seria mais eficiente e

sustentável do ponto de vista energético.


PESQUISAS

ESTUDOS SOBRE UM URBANISMO

REDUTOR DO CONSUMO DE

ENERGIA

rediscutir o modelo de urbanismo

nas cidades brasileiras, pequenas,

grandes e médias

propor um debate que leve à

redução das necessidades de

mobilidade e de transporte


PESQUISA - AÇÃO

DESENVOLVER UM ISO-9000

PARA MUDANÇA CULTURAL NO

CONSUMO DA ENERGIA


Prêmio Brasileiro

Estatuto da Energia

Mudança Cultural

no Consumo

de Energia

LIFS

Laboratório de

Idéias para um

Futuro Sustentável

Programas em

Tecnologias Sociais

da Energia

Desafios à

Imaginação Científica:

Tecnologias

Convergentes


ACÕES

Prêmio Brasileiro de mudança

cultural do consumo de energia

Público-alvo:

escolas, universidades, órgãos

públicos, empresas estatais,

empresas privadas, municípios.


EXTENSÃO

UNIVERSITARIA

Desenvolver um projeto de extensão

universitária denominado “Educar para

reciclar”: programa de incentivo à

participação de alunos de escolas

públicas na medição de energia, com um

concurso e a divulgação de melhores

praticas.

- Desenvolver um projeto de modo a

construir instrumentos técnicos e uma

orientação cultural que assegurem a

transparência no gasto público em

consumo de energia


PESQUISAS

ESTUDO-PILOTO COMPARATIVO

DAS POSSIBILIDADES DE

MUDANÇA CULTURAL NO

CONSUMO DE ENERGIA, EM

RELAÇÃO AOS DIVERSOS TIPOS

DE GERAÇÃO DE ENERGIA


AÇÕES

Parlamento: proposta de discussão

e desenvolvimento do Estatuto da

Energia no Congresso Nacional.

Meios de comunicação: desenvolver

um debate público sobre os

modelos de consumo de energia


AÇÕES: Tecnologias Sociais

Universidades:

Programas de

Educação em Tecnologias Sociais

da Energia

Cursos de Especialização em

Tecnologias Sociais da Energia

Programas de Educação à

Distância


DESAFIOS À IMAGINAÇÃO

CIENTÍFICA

Construir projetos interdisciplinares

e transdisciplinares;

Desenvolver projetos enquanto

redes de pesquisadores;

Acompanhar a transição

paradigmática:complexidade,

indeterminismo e

multidimensionalidade;

Mesclar a ciência básica com a

ciência aplicada.

More magazines by this user
Similar magazines