A SAGA DO JORNALISMO LIVRE - Koosb

koosb.com

A SAGA DO JORNALISMO LIVRE - Koosb

Conquistar a atenção e respeito junto as produções e realizações, para garantir uma

estrutura mais organizada que atendam ao circuito .

A Ocupação Mama África foi o motivo de nosso primeiro contato. Com muita luta

essa galera vem conseguindo conquistar seu direito a moradia. As últimas notícias

foram animadoras.

Resumo minha opinião, citando um jargão muito divulgado pela Fist (Frente

Internacionalista dos Sem Teto), que acredito que exprima muito bem a questão: ―Se

morar é um direito, ocupar é um dever‖.

A questão fundiária no Brasil, seja agrária ou urbana, é uma mazela histórica que o

Estado continua negligenciando. Se o Estado lava suas mãos, cabe a nós, cidadãos,

chamarmos atenção e lutarmos com dignidade e justiça para conquistar este direito

quando ele nos é devido. A Mama África esta fazendo isso, se colocando de forma ativa

e positiva diante deste impasse e está sendo vitoriosa. Que sirva de exemplo para muitos

casos similares no Brasil. Estamos juntas, porque ainda há muito a se fazer e me sinto

orgulhosa por poder estar somando nesta frente de resistência como colaboradora

espontânea na luta contra mais esta forma de opressão. Sou fã das guerreiras e crianças

da Ocupação Mama África. Para mim é uma grande inspiração poder somar na

conquista do direito, não só de moradia, mas no reconhecimento da identidade e força

desta comunidade.

Para fechar:

Minha mensagem é que cada um busque mais de si, para que assim possa oferecer mais

e o melhor para o mundo. Todos somos parte do processo de evolução para uma

realidade mais justa e feliz para todos.

Aproveito também para deixar uma importante reflexão de sua Majestade Imperial

Haille Selassie , referência principal dentro da visão e pensamento Rastafari , que

sintetiza com muita sabedoria os grandes desafios de nossa civilização e humanidade.

‖Através da história, tem sido a inatividade daqueles que poderiam ter agido; a

indiferença daqueles que deveriam saber melhor; o silêncio da voz da justiça quando ela

mais importava; que tem tornado possível ao mal triunfar.‖ Haille Selassie

Máximo respeito a todos, bênçãos de luz

Jah Guiando

36

Similar magazines