o paciente renal crônico ea percepção sobre sua - florence em revista

florenceemrevista.florence.edu.br

o paciente renal crônico ea percepção sobre sua - florence em revista

Ano 01 - Nº. 01 - São Luís/MA – Maio de 2011.

O local onde foi realizado o estudo é uma Clinica de Tratamento Renal de médio

porte, localizada fora de o ambiente hospitalar, na cidade de Sinop, MT, que atende cerca de

113 pacientes. Este foi escolhido por retratar a realidade à qual os objetivos desta pesquisa

são vinculados. Realizam atendimentos através do Sistema Único de Saúde e de convênios.

Os critérios de inclusão para selecionar a amostra da pesquisa foram consentir em

participar do estudo, assinando o termo de consentimento livre e esclarecido; estar

orientado no tempo e espaço; possuir idade superior a 18 anos; ser capaz de responder as

questões do instrumento sem auxilio de familiares; ser capaz de compreender os objetivos

do estudo e de responder verbalmente às perguntas lidas pela pesquisadora; ter e continuar

trabalhando em atividade remunerada. E os critérios de exclusão foram não estar

desenvolvendo nenhuma atividade remunerada e não aceitar responder ao questionário.

A escolha do instrumento SF-36, baseou-se no fato de ser um instrumento especifico

que avalia o funcionamento e bem-estar de portadores de doença renal crônica neste

estudo e ter sido considerado por vários autores como sendo de fácil entendimento,

preenchimento e apresentar validade para o objetivo ao qual ele se propõe (DUARTE, 2003;

DUARTE, CICONELLI E SESSO, 2005). Além disso, já foi traduzido e validade para o português,

tendo sido escolhido pela sua confiabilidade, validade e tempo não muito extenso para sua

aplicação.

SF– 36 é uma versão em português do Medical Outcomes Study 36 – Item short form

health survey, traduzido e validado por Ciconelli (1997). Considera a percepção dos

indivíduos quanto ao seu próprio estado de saúde e contempla os aspectos mais

representativos da saúde. É também de fácil administração e compreensão, do tipo auto-

aplicável (MARTINEZ, 2002).

O questionário então escolhido foi adaptado e aplicado aos pacientes durante as

sessões de hemodiálise. A pesquisadora esclarecia sobre a pesquisa e o questionário e

solicitava a permissão do paciente para realizar no mesmo momento as perguntas ali

expostas. Todos os pacientes que encontravam-se de acordo com os critérios de inclusão e

exclusão aceitaram responder o questionário em conjunto com a pesquisadora.

Similar magazines