Views
5 years ago

Relatório Final 2012 - Agrupamento de Escolas de Vila Verde

Relatório Final 2012 - Agrupamento de Escolas de Vila Verde

4.2- Estratégias

4.2- Estratégias de melhoria e/ ou reforço Com base no processo de reflexão levado a cabo com a comunidade educativa, em sessão de divulgação pública dos resultados, em particular com o grupo de focagem, foram destacadas integralmente as seguintes estratégias de melhoria e reforço: Quadro 34. Elenco das estratégias de melhoria Estratégias de melhoria Necessidade da E.B. 2/3 elaborar um plano de estabelecimento, algo que já sucede com todos os outros estabelecimentos de ensino do agrupamento (E.B 1 e J.I), evitando deste modo a inclusão de todas as iniciativas desenvolvidas por este estabelecimento de ensino num documento que se pretende abrangente a todo o agrupamento; Necessidade de criar no domínio da avaliação das iniciativas, um espaço de reflexão crítica/sugestões na Plataforma “GARE”; Necessidade de explorar melhor a Plataforma “GARE” ao nível da previsão de custos. Esta ferramenta facilitaria a gestão orçamental do PAA - somente 2 departamentos e 2 clubes, apresentaram uma previsão de custos. Este facto pode indiciar que existe alguma dificuldade dos promotores em prever o orçamento necessário para o desenvolvimento das iniciativas; Necessidade de constituir uma equipa, que trabalhe de forma colaborativa com a equipa PTE, de monitorização/avaliação do desenvolvimento do PAA e do cumprimento das decisões do CP relativas à respetiva implementação e procedendo à publicação do PAA (de forma sintética) no calendário do agrupamento; Necessidade de divulgar mais e melhor as iniciativas desenvolvidas pelo agrupamento, junto dos meios de comunicação social ; Necessidade de cumprir as orientações emanadas pelo CP sobre a elaboração do PAAmúltiplas atividades para uma única iniciativa; Necessidade de definir objetivamente o que é projeto, atividade e clube; Aperfeiçoar a participação na plataforma GARE; Planificar menos atividades a fim de serem trabalhadas mais pormenorizadamente; Informar atempadamente os professores da atividade que se pretende realizar a fim desta poder ser planeada/realizada com eficácia; Necessidade de colocar os objetivos específicos das áreas prioritárias do PE esbatendo desta forma o caráter geral das áreas prioritárias. - 35 -

5- Conclusão A equipa propõe finalizar a redação deste relatório com algumas referências aos aspetos positivos e às dificuldades do trabalho desenvolvido, tendo em conta que estas originaram momentos de compreensão, interpretação e reconstrução de perceções. 5.1-Aspetos positivos e dificuldades do trabalho desenvolvido Ao considerar os objetivos delineados para o projeto de autoavaliação, poder-se-á afirmar que foram criadas as condições de emergência de processos de reflexão entre os diferentes atores na procura do sentido coletivo do agrupamento, destacando-se o incentivo à sua melhoria e eficácia tal como ambiciona o seu Projeto Educativo. Considera-se que, a médio prazo, a implementação sistemática do dispositivo de autoavaliação poderá responder de forma aprofundada e ampliada às preocupações da comunidade educativa. No âmbito da avaliação das área e subárea Organização e Gestão, Conceção Planeamento e Desenvolvimento de Atividades, destaca-se o trabalho colaborativo entre os elementos da equipa, o espírito cooperativo dos professores que mostraram a sua disponibilidade na concretização deste projeto, o cumprimento da planificação definida no início do ano letivo, apesar dos contratempos provocados pela falta de um elemento, o facto de dois elementos da equipa fazerem parte do conselho pedagógico e da direção do agrupamento pelo que serviram de ponte entre estes órgãos e o PARticiPAR. Acresce que o trabalho desenvolvido foi sempre potenciado pelo espírito de liderança do novo coordenador e pelo sentido de colaboração e compreensão, no processo de melhoria, por parte dos coordenadores de diretores de turma dos 2º e 3º ciclos, coordenadores de departamento do pré-escolar e 1º ciclo, bem como dos órgãos de gestão. Outro fator de sucesso na implementação do processo de autoavaliação foi a possibilidade de recurso às novas tecnologias na recolha da informação e na divulgação das fases do processo e dos resultados, já que permitiu a economia de meios e tempo a este nível. Finalmente, considera-se como condição para a celeridade na concretização do projeto e para a criação de uma dinâmica de trabalho o horário comum entre os elementos da equipa. Este facto facilitou a realização de reuniões semanais ou quinzenais. - 36 -

Plano anual de atividades 2012/2013 - Agrupamento de Escolas do ...
Comissão de elaboração do P - Escola EB23 de Vila Caiz
CORTA-MATO ESCOLAR - Agrupamento de Escolas de Maximinos
Todas as semanas - Agrupamento de Escolas de Vila Verde
Todas as semanas - Agrupamento de Escolas de Vila Verde
Todas as semanas - Agrupamento de Escolas de Vila Verde
1º Ciclo - restantes semanas - Agrupamento de Escolas de Vila Verde
Eletricista de Instalações - Agrupamento de Escolas de Vila Nova ...
agrupamento de escolas alves redol - Câmara Municipal de Vila ...
Regulamento Interno 2011/2012 – Agrupamento de Escolas Eça de ...
quadro de referência para a avaliação de escolas e agrupamentos
LISTAGEM de ORDENAÇÃO FINAL - agrupamento de escolas da ...
Correio do Minho, 31-5-2012, pág 29 - Agrupamento de Escolas de ...
Correio do Minho, 17-09-2012 - Agrupamento de Escolas de ...
Maio 2012 - Agrupamento de Escolas Carolina Beatriz Ângelo
Plano Anual de Atividades - Agrupamento de Escolas do Barreiro
relatório final de auto-avaliação - Agrupamento de Escolas do Barreiro
projeto curricular do agrupamento - Agrupamento de Escolas Elias ...
Lista final de ordenação da oferta de - Agrupamento de Escolas de ...
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FAFE PLANO ANUAL DE ...
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FAFE PLANO ANUAL DE ...
Lista Final de graduação - Agrupamento Escolas Pinhal Frades
Pelos nossos Jardins - agrupamento de escolas de terras de bouro
Regulamento Interno - Agrupamento de Escolas de Maximinos
BARRAQUINHO O - Agrupamento de Escolas Alfredo da Silva
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FAFE PLANO ANUAL DE ...
Ano letivo 2011 / 2012 - Agrupamento de Escolas Elias Garcia