Garrett: memorias biographicas

Português
booksnow1.scholarsportal.info - 12192 other Mags
Garrett: memorias biographicas
|
772 Pages
|
127
|
0 Views
|
Garrett: memorias biographicas Inappropriate

Garrett: memorias

f il [XVI r»fj m 1'í f->'i

  • Page 5: GARRETT
  • Page 9: GARRETT
  • Page 11: SUA MÂGESTADE EL-REI
  • Page 14: VUI cumentos que acabam de ler-se,
  • Page 16: ao verdadeiro amigo de Garrett apro
  • Page 18: XII Gomes de Amorim escolheu essa f
  • Page 20: XIV mesmo tempo comprehensivel de t
  • Page 22: XVI phado, até onde este primeiro
  • Page 24: XVIII não tenho visto trabalho bio
  • Page 26: XX ção absoluta de contemplaçõe
  • Page 28: XXII se escondeu nas sombras da sep
  • Page 30: XXIV goroso, repassado do mais form
  • Page 32: nie mostram como o grande tribuno s
  • Page 34: XXVIII
  • Page 36: XXX investigações, á sua espanto
  • Page 38: XXXII viu mais particularmente o po
  • Page 40: Quando a multiplicidade dos success
  • Page 42: Gtivos cartões e massos dos papeis
  • Page 44: accusavam os seus parentes de liber
  • Page 46: 8 eu reclamo : esse já me pagou; j
  • Page 48: 10 SOS acontecimentos qne terminara
  • Page 50: 12 a minha mochila de soldado embar
  • Page 52:

    14 da direcção da secretaria d'es

  • Page 54:

    16 rindo ganhar assim um bocado de

  • Page 56:

    18 «Deus guarde a v. ex.* Casa em

  • Page 58:

    20 vembro de 1833, que dizia assim:

  • Page 60:

    YI Apesar de lhe reconhecerem a sup

  • Page 62:

    24 Foi com grande custo que obteve,

  • Page 64:

    20 para lhe galardoar o trabalho, r

  • Page 66:

    28 VII

  • Page 68:

    3Q auctoridade do senhor D. Pedro I

  • Page 70:

    32 amor próprio, afigura-se-me cas

  • Page 72:

    34 cessidade de extremar o principa

  • Page 74:

    36 porque, se fazias ás partes com

  • Page 76:

    38 de 957í594G réis, que mais tar

  • Page 78:

    : 40

  • Page 80:

    42 dos Deploraatas, e desta vez est

  • Page 82:

    44 dirigidas. E rogo a v. ex.* se d

  • Page 84:

    46 strucção. As mesmas grandes co

  • Page 86:

    48 aquelle soberano se resolver a r

  • Page 88:

    50 balho da organisação administr

  • Page 90:

    52 das. Não seria possível offere

  • Page 92:

    34 de tão longa emigração e em t

  • Page 94:

    tenho um cêntimo que lhes dar. E q

  • Page 96:

    58 Abreu, lomou sobre si occorrer a

  • Page 98:

    (30 «Os soldados que até agora se

  • Page 100:

    62 «Dou pois respostas vagas, evas

  • Page 102:

    G4 também nâo pouco tempo n'esse

  • Page 104:

    66 As cartas de D. Anna a João tra

  • Page 106:

    68 confessando-lhe, em carta de 7 d

  • Page 108:

    70 belgas d'estes importanles acont

  • Page 110:

    72 «Em quasi todos os meus passado

  • Page 112:

    4 nem sequer pude formar-me um cré

  • Page 114:

    76 acrescentar as minhas difficalda

  • Page 116:

    78 minhas instantes súpplicas a su

  • Page 118:

    80 recido, e d'ella recebo diariame

  • Page 120:

    duque de Palmella, de organisar e d

  • Page 122:

    84 decreto de 13 de junho do anno p

  • Page 124:

    86 gra até á abertura das cortes

  • Page 126:

    88 despacho de 4 do corrente mez, s

  • Page 128:

    90 tica, mas a theoria mesma da adm

  • Page 130:

    92 «5.° Mais três soldados belga

  • Page 132:

    94 IX

  • Page 134:

    96 «Sexta feira 20 do corrente che

  • Page 136:

    08 lado a dignidade da rainha fidel

  • Page 138:

    iOO V. ex.^' as reiteradas protesta

  • Page 140:

    i02 lhe fiz da minha pobre casa, qu

  • Page 142:

    104 dos negócios d'aquelle impéri

  • Page 144:

    III Liquidação de contas, era Lis

  • Page 146:

    i08 se exigir do meu zelo qne prime

  • Page 148:

    410 nada recebido do tempo que serv

  • Page 150:

    112 III

  • Page 152:

    114 ô a quantidade: acredite v. ex

  • Page 154:

    116 A carta é enorme; seria porém

  • Page 156:

    118 gatellas, insignificantes sem d

  • Page 158:

    i20 que lhe pesava e pejava muito o

  • Page 160:

    i22 com certeza que el-rei nâo esp

  • Page 162:

    124 ao francez, que nós tomámos p

  • Page 164:

    i26 chorar do que o miserável e me

  • Page 166:

    128 vida, a fortuna e tudo pela cau

  • Page 168:

    130 nosso auctor, tenho incontestá

  • Page 170:

    432 E não se explica realmente a r

  • Page 172:

    134 que enlre elle e o nosso possam

  • Page 174:

    136 um jantar diplomático (de que

  • Page 176:

    138 cretario n'esta legação que p

  • Page 178:

    140 balha sem cessar ha treze annos

  • Page 180:

    i42 n." 11, em que v. ex.* parece a

  • Page 182:

    144 nâo poderá na sua justiça de

  • Page 184:

    i4(í pois de alguns preâmbulos em

  • Page 186:

    i48 minha conversa com M. de Mulena

  • Page 188:

    150 A doença de peito, de que em t

  • Page 190:

    152

  • Page 192:

    154 do poeta, ou teve de obedecer a

  • Page 194:

    150 blica desse ainda alguém o rar

  • Page 196:

    158 blico, em que rematava uma carr

  • Page 198:

    160 mais dignos e capazes, ou que m

  • Page 200:

    162 ponder, verá v. ex.* um pouco

  • Page 202:

    164 cio se tratasse aqui entre mim

  • Page 204:

    166 A penúria de meios, com que lu

  • Page 206:

    168 tava o livreiro parisiense. All

  • Page 208:

    170 a senhora D. Maria II e o senho

  • Page 210:

    112 ças, pelo seu estado de saúde

  • Page 212:

    174 se mo annuncie que sou removido

  • Page 214:

    Dolorosas dúvidas. — Dividas do

  • Page 216:

    178 aos olhos do mundo tenho de pas

  • Page 218:

    180 «Por tudo isto porém eu esper

  • Page 220:

    182 Maria da Gamara, que agora rest

  • Page 222:

    Í84 que os tinha feilo fazer ou co

  • Page 224:

    486 coubesse uma só palavra de men

  • Page 226:

    i88 do-me assim de repente e deixan

  • Page 228:

    190 cárneo e aos insultos público

  • Page 230:

    192 A teimosia era ter dignidade e

  • Page 232:

    i94t rál-o e desgostál-o talvez c

  • Page 234:

    196 era todavia dotada de sufficien

  • Page 236:

    108 sacrificar, o esquecimento dos

  • Page 238:

    200 da acclamação de D. Maria II,

  • Page 240:

    202 muita pena que o tempo nos não

  • Page 242:

    204 Em vez de descer a maiores reve

  • Page 244:

    206 até ao excesso. Baste provar-s

  • Page 246:

    208 as exigências, recorreu o inno

  • Page 248:

    ite qne mande procuração ao pae d

  • Page 250:

    212 XV

  • Page 252:

    214 de lieroismo ha muitos séculos

  • Page 254:

    216 vava-se o emprego e abolia-se a

  • Page 256:

    218 «Queremos liberdade: este é o

  • Page 258:

    220 «Recordo-me de duas calúmnias

  • Page 260:

    222 julho, E a estas horas —que e

  • Page 262:

    224 «E os 80:000 homens combateram

  • Page 264:

    226 «Quanto folgamos de individual

  • Page 266:

    228 afundara, embora tivesse arriba

  • Page 268:

    230 accusando o recebimento do prim

  • Page 270:

    232 «O caso é serio e grave. Mas

  • Page 272:

    234 VI

  • Page 274:

    236 sobre o Portugiiez e os que ell

  • Page 276:

    2^ bord du TageK E aqui publicou, n

  • Page 278:

    : 240

  • Page 280:

    242 camará municipal a nova consti

  • Page 282:

    244 confiança entre a coroa e o po

  • Page 284:

    246 tecimentos nao devem ser mancha

  • Page 286:

    248 augustos avós de vossa magesta

  • Page 288:

    250 XII

  • Page 290:

    252 tratados de direito politico; a

  • Page 292:

    254 bilitaçôes para tachygraphos

  • Page 294:

    2oG Braamcamp, teve logar a 18 de j

  • Page 296:

    258 «E aqui começa uma nova e bri

  • Page 298:

    260 chavão sédiço das velhas sec

  • Page 300:

    ^62 innovadores. Passos Manuel excl

  • Page 302:

    — —

  • Page 304:

    266 a que me dirijo, com as provas

  • Page 306:

    268 «Doesse partido nâo ha que te

  • Page 308:

    270 ministro da coroa, se a coroa n

  • Page 310:

    272 eloquente e inspirado como o qu

  • Page 312:

    274 quellas importantes provindas :

  • Page 314:

    276 isto desencontradas alavancas p

  • Page 316:

    278 de capítulos faltavam ao seu t

  • Page 318:

    280 lhes um systema geral de regime

  • Page 320:

    288 «Honra á revolução emquanto

  • Page 322:

    284 britannicas: porque o Canadá t

  • Page 324:

    286 Maior e mais possante era Arag

  • Page 326:

    288 «Terei dito erros, pôde ser;

  • Page 328:

    290 «Assim é que sou, e me honro

  • Page 330:

    292 tirara o direito de opção, li

  • Page 332:

    294 Efite discurso enche seis colum

  • Page 334:

    296 convicções se unissem para di

  • Page 336:

    298 a politica fosse sciencia abstr

  • Page 338:

    300 rio das cortes ! Os que o aggre

  • Page 340:

    302 illuslrados, que estudámos nos

  • Page 342:

    304 bral ministro, Garrett, que n^e

  • Page 344:

    306 ria que eu sei, eu e mais algu

  • Page 346:

    308 Nunca se dar por dorido,

  • Page 348:

    310 chapéus de papelão azul à co

  • Page 350:

    3IÍ X

  • Page 352:

    314 muito agradável e que na geral

  • Page 354:

    316 «Esqueceu-me dizer o meu nome,

  • Page 356:

    318 hiam. Nenhuma d'essas occupaç

  • Page 358:

    320 moria dos mortos, sem prejudica

  • Page 360:

    322 mcria da qual o seu coração p

  • Page 362:

    324 paixão. Conservo ainda um ramo

  • Page 364:

    326 as necessidades do estado, nós

  • Page 366:

    328 dos para as reformas dos consul

  • Page 368:

    IX Prosegne a revolta dos marechaes

  • Page 370:

    332 nação, que as cortes constitu

  • Page 372:

    334 essa medida na sessão de 29 de

  • Page 374:

    33G « . . .Qual de nós é agora d

  • Page 376:

    33^ que ao mesaio passo que mo apro

  • Page 378:

    340 constituição escripta, e que

  • Page 380:

    342 gára ter direito a escusar-se,

  • Page 382:

    344 nhou, imprimindo-os em separado

  • Page 384:

    346 com o povo, e que os seus traba

  • Page 386:

    348 Ignorando absolutamente de que

  • Page 388:

    3o0 sagem de cumprimentos à rainha

  • Page 390:

    352 nossas questões de formas e mo

  • Page 392:

    354 poeta para elogiar a gloria de

  • Page 394:

    3oG tes do governo, José Estevão

  • Page 396:

    358 qualquer que seja o juizo dos h

  • Page 398:

    360 que lhes tirasse a vez, as suas

  • Page 400:

    362 dois dias depois, aquelles cala

  • Page 402:

    364 a sessão ordinária, e só ent

  • Page 404:

    366 dia. Sem os ódios politicos, q

  • Page 406:

    3G8 Reiffenberg, que depois foi bar

  • Page 408:

    370 tacões regulares do estado os

  • Page 410:

    372 freguezia de Cedofeita «G:000

  • Page 412:

    374 Respondeu-lhe o irmão, em 1 de

  • Page 414:

    : 376

  • Page 416:

    378 Garrett, no Porto. Irmã uma s

  • Page 418:

    380 mérito, esta que chamo varieda

  • Page 420:

    : 382

  • Page 422:

    384 enthusiasmo portuguez pela glor

  • Page 424:

    386 Pouco antes de concluído o dra

  • Page 426:

    388 conde do Farirobo dera ordem pa

  • Page 428:

    390 Doux explorava os seus escriptu

  • Page 430:

    392 . h-

  • Page 432:

    394 digo) n'este objecto. Sei e ava

  • Page 434:

    396 XIII

  • Page 436:

    398 aEmfim, esperámos que v. ex.^,

  • Page 438:

    400 XV

  • Page 440:

    402 grita-lhe Garrett.

  • Page 442:

    404 «Em todo o caso, nâo se deite

  • Page 444:

    406 por fim abandonado e lançado

  • Page 446:

    408 foi interrompido pelos aconteci

  • Page 448:

    410 «Vae escrupulosamente organisa

  • Page 450:

    4i2 XX

  • Page 452:

    414 que sem todos os factos reunido

  • Page 454:

    O período dos Filippes ; —

  • Page 456:

    418 pois as suas divergências com

  • Page 458:

    420 íancia e da mais decidida util

  • Page 460:

    • 422

  • Page 462:

    XI Mais serviços. — Ainda o depo

  • Page 464:

    420 ptores, pelos nossos sábios—

  • Page 466:

    428 bre o espirito nâo sobre o cor

  • Page 468:

    430 IV

  • Page 470:

    432 Parece que os factos, e a falia

  • Page 472:

    434 assignalados de valor ou devoç

  • Page 474:

    430 As idéas expendidas n'esse dis

  • Page 476:

    438 mos qiie o sou eu n'este caso.

  • Page 478:

    440 porque segundo as leis geraes d

  • Page 480:

    442 absurda que a constituição fu

  • Page 482:

    4U reconhecido c protegido este dir

  • Page 484:

    440 traz a livre communicação dos

  • Page 486:

    448 já consagrada no artigo 23 da

  • Page 488:

    450 cenas que dar ao génio ; temos

  • Page 490:

    452 na precoce viuvez de suas espos

  • Page 492:

    454 artigo 1.°, o auctor, incansá

  • Page 494:

    456 José Estevão perguntou se Gar

  • Page 496:

    458 um gracejo que o sr. deputado q

  • Page 498:

    460 pio, que negou passados annos.

  • Page 500:

    462 Garrett, tendo respondido ás r

  • Page 502:

    464 outras, e não as cl'este mundo

  • Page 504:

    dernos ;

  • Page 506:

    468 o fabricante que lhe forneceu o

  • Page 508:

    470 de combater «com uma das mais

  • Page 510:

    472 minha parte, é certo; mas n'es

  • Page 512:

    474 «Emquanto não respondo d mat

  • Page 514:

    476 V. ex.* quizer. No resto, a res

  • Page 516:

    478 ponho possível que a outras na

  • Page 518:

    480 se agita hoje na Europa acerca

  • Page 520:

    i82 Quem viu e soube o que eu vi e

  • Page 522:

    484 jo'. A correspondência não s

  • Page 524:

    es, de perseguir a fraude e a pirat

  • Page 526:

    488 outros paizes. Confio em que o

  • Page 528:

    490 chamar a attenção de v. ex.%

  • Page 530:

    402 um facto que ninguém ignora to

  • Page 532:

    494 111.^° e ex.""** sr. ministro

  • Page 534:

    496 «rReconhecidos os princípios

  • Page 536:

    498 ção, acabaram de tirar todas

  • Page 538:

    XIII Retoma-se a chronologia. — M

  • Page 540:

    502 tilho recitou versalhada. O meu

  • Page 542:

    504 II

  • Page 544:

    506 Tratado da educação é fonte

  • Page 546:

    508 ferindo-se ao congresso constit

  • Page 548:

    510 nas echo, ainda não de todo de

  • Page 550:

    512 A carta da tia D. Goleta Cândi

  • Page 552:

    514 dimento pretérito de qualquer

  • Page 554:

    516 ou quasi, de desemprego, fizera

  • Page 556:

    5i8 causa do estado de atrazo em qu

  • Page 558:

    520 servatorio nomeando-o seu sóci

  • Page 560:

    522 vir a rainha e o reino, direi q

  • Page 562:

    524 lido corresponder nem de longe,

  • Page 564:

    526 a Oh! é verdade. Forquem é ma

  • Page 566:

    528 e duas edições do poema e rim

  • Page 568:

    530 Europa, quando em muitos pontos

  • Page 570:

    532 tou a generosa protectora das e

  • Page 572:

    534 outro ? Responda-me como amigo,

  • Page 574:

    33G tigo acerca da traducçâo do E

  • Page 576:

    mais exactamente, de desmandada tyr

  • Page 578:

    540 «Péza-me ter de passar em cla

  • Page 580:

    542 D. João ou o Vilhena, um d'est

  • Page 582:

    XIV Rodrigo José de Lima Felner.

  • Page 584:

    546 fútil incidente os desuniu nos

  • Page 586:

    548 respondencia. 1 .° Ás pessoas

  • Page 588:

    550 não tivesse explorado. E por a

  • Page 590:

    552 dente, escapando-lhe na carta,

  • Page 592:

    554 da união, sonhada por Garrett.

  • Page 594:

    556 tema representativo. Depois de

  • Page 596:

    oradores da França e da Inglaterra

  • Page 598:

    560 veu na capa, do lado de fora:

  • Page 600:

    562 attribuamos á nação uma culp

  • Page 602:

    564 consequências sociaes dos prin

  • Page 604:

    566 sociedade conservadora do syste

  • Page 606:

    568 letarios ou vagabundos, que nen

  • Page 608:

    O/O «Art. H.° Toda a correspondê

  • Page 610:

    572 sabendo-se-lhe a historia; e se

  • Page 612:

    574 festára-se violenta opposiçâ

  • Page 614:

    57G E no mesmo dia a xManuel Rodrig

  • Page 616:

    578 deve por força encurtar-lhe o

  • Page 618:

    580 mente o votou para primeiro sub

  • Page 620:

    582 dir a palavra, disse que era so

  • Page 622:

    584 Na mesma sessão, disculindo-se

  • Page 624:

    '.01' 586

  • Page 626:

    588 tudo o que hoje dissemos um e o

  • Page 628:

    590 este pequeno drama em três act

  • Page 630:

    592 i «De V. ex.^ muito obrigado e

  • Page 632:

    594 ceitou a missão «e a desempen

  • Page 634:

    596 por João Baptista, que achava

  • Page 636:

    598 e não a elle, que não era sac

  • Page 638:

    ! 600

  • Page 640:

    602 de se retirar a estes o subsidi

  • Page 642:

    C04 a minha maravilha, ao entrar n'

  • Page 644:

    606 «assim dentro como fora da cam

  • Page 646:

    608 recido juizo de v. ex.* as idé

  • Page 648:

    610 cia moderna podesse avaliar o q

  • Page 650:

    612 panha. As demoras e difficuldad

  • Page 652:

    614 transferencia para outra missã

  • Page 654:

    XVI Recomposição ministerial. —

  • Page 656:

    CI8 VOS devia declarar-me opposiç

  • Page 658:

    620 em todos os casos, estar por tu

  • Page 660:

    C22 Todas as palavras que trocou co

  • Page 662:

    624 Praia da Victoria ha de levanta

  • Page 664:

    626 estudo assíduo, quando adverti

  • Page 666:

    628 minoso código de pretensões c

  • Page 668:

    630 o governo tinha a sua pretensã

  • Page 670:

    632 de desleal, nem de caprichoso,

  • Page 672:

    634 escandalisaram tanta gente, e q

  • Page 674:

    636 palavra ligeireza, a palavra ve

  • Page 676:

    638 cera e franca, que se funda n'u

  • Page 678:

    640 teu a ordem de alguns paragraph

  • Page 680:

    C)42 na outra casa do parlamento, e

  • Page 682:

    644 vinha substituir desde logo o p

  • Page 684:

    646 TiegadoSj, o Camões do Rocio,

  • Page 686:

    648 injustos, fingiam ignorar que e

  • Page 688:

    650 eslà cansada de mim, com essa

  • Page 690:

    652 anno se publicaram *. De uma e

  • Page 692:

    G54 II

  • Page 694:

    Co6 vemos tratar é de fixar a subs

  • Page 696:

    C58 A 30 de agosto, discutindo-se o

  • Page 698:

    GCO podemos trabalhar, por não se

  • Page 700:

    G62 fazendo é uma lei posthuma. Eu

  • Page 702:

    G64 partido constitucional, começa

  • Page 704:

    0G6 se não eram familiares e minis

  • Page 706:

    G68 narchica constitucional. Se alg

  • Page 708:

    670 cie cartistas; apenas incoramod

  • Page 710:

    072 O duque da Terceira, coherentem

  • Page 712:

    674 sin

  • Page 714:

    676 palavras ^liberdade ou morte',

  • Page 716:

    G78 correspondia ao que se esperava

  • Page 718:

    680 guintes, da Revista litteraria,

  • Page 720:

    G82 que eu, sem ser duque, restitui

  • Page 722:

    684 teleiro pelo coração e pela c

  • Page 724:

    Ghao e simples como Abreu, que mand

  • Page 726:

    688 unicamente desejo segurál-o de

  • Page 728:

    G90 «E esse homem, esse Rodrigues,

  • Page 730:

    692 esse crime o que o ha de fazer

  • Page 732:

    C94 honra. Mas os successos cl'esse

  • Page 734:

    696 VIII

  • Page 736:

    698 ficio aproveita, nenhum systema

  • Page 738:

    700 deira portugueza, e accusou-os

  • Page 740:

    70-2 sidente, depois da sessão enc

  • Page 742:

    704 entre os soffrimentos de uma do

  • Page 744:

    706 das n'esse dia, até 1 de dezem

  • Page 746:

    708 sua parte, se digne auxiliál-a

  • Page 748:

    710 P. Juan Valera, suppondo-o insp

  • Page 750:

    Realmente, creio que não se dever

  • Page 752:

    714 gémeos d'esses, e feitos talve

  • Page 754:

    71() sciever todas as suas conespon

  • Page 756:

    718 volnmps por dois.— Extractos

  • Page 758:

    720 XI

  • Page 760:

    722 tivo. — Navegação do Douro.

  • Page 763:

    PAG. ERRATAS

  • Page 770:

    j^-ipsrasr

  • Page 772:

    &Í.

  • Page 7: GARRETT
  • Page 10: Racontez toul: la postérité fei-a
  • Page 13: (í Extracto da acta da sessão da
  • Page 15: IX um período brilhantíssimo no r
  • Page 17: XI vissimos factos que apresenta; e
  • Page 19: XIII professa pela memoria do mavio
  • Page 21: XV « o livro do sr. Gomes de Amori
  • Page 23: XYII «tos nas sepulturas porque em
  • Page 25: XIX senão que de forma alguma lhe
  • Page 27: XXI "Grande e sublime espirito, o q
  • Page 29: XXIII vão até 18o4 seja tão feli
  • Page 31: XXY nedictinas, seja licita a phras
  • Page 33: XXVII em Byron, foi também poderos
  • Page 35: ' «Em
  • Page 37: XXXÍ que está concebido e executa
  • Page 39: A historia de Garrelt é inseparáv
  • Page 41: Como já referi no começo d'estas
  • Page 43: serviços, creavam-se rendosas sine
  • Page 45: melindroso e delicado a curiosa car
  • Page 47: 9 governo. Se nas anteriores e post
  • Page 49: 11 me cobria, de pedir emprestado,
  • Page 51: 13 lidade de visitador régio, segu
  • Page 53:

    15 duque) de Palmella, com os meios

  • Page 55:

    17 estado, quasi todos mais moderno

  • Page 57:

    19 Apenas constituída, a commissã

  • Page 59:

    21 julgava capaz de fazer o trabalh

  • Page 61:

    23 tem visto, negaiido-lhe ou conte

  • Page 63:

    25 ter recebido; e o próprio minis

  • Page 65:

    27 rei formado em leis pela univers

  • Page 67:

    J.9 forma que em direito valha, e p

  • Page 69:

    31 as allegações eram verdadeiras

  • Page 71:

    33 IX

  • Page 73:

    \ 3o

  • Page 75:

    : 37

  • Page 77:

    39 consideração sou—De v. ex.^

  • Page 79:

    41 que a meu cargo estavam como vog

  • Page 81:

    í 43

  • Page 83:

    45 governo de sua magestade, a minh

  • Page 85:

    47 Nada d'isso ambiciono. Vejo por

  • Page 87:

    49 ficante, que podia quasi prescin

  • Page 89:

    M «Não creio que paiz nenhum civi

  • Page 91:

    53 «III.'"*^ e ex.""" sr.— Confi

  • Page 93:

    L 55

  • Page 95:

    57 commerciaes e relativos á naveg

  • Page 97:

    59 voltarem a seu paiz, onde, como

  • Page 99:

    61 continuam em Flandres, tem suspe

  • Page 101:

    63 — «Por esta occasiâo rogo la

  • Page 103:

    65 o mesmo Senhor te deu, a bem da

  • Page 105:

    67 contas d'esse tempo, não poupar

  • Page 107:

    II Mais correspondências : doença

  • Page 109:

    71 «Por minha humilde parte só me

  • Page 111:

    73 vam já a nove mezes, e ainda n

  • Page 113:

    D para o augmento do meu insufficie

  • Page 115:

    77- ou nâo transmitlil-a a v. ex/

  • Page 117:

    79 tive a honra de submetter á sua

  • Page 119:

    81 as pretensões ambiciosas, que o

  • Page 121:

    83 siaclo, o vir para tão longe do

  • Page 123:

    85 Por este modo se preencherão as

  • Page 125:

    87 peso que aqui se publicam, O Ind

  • Page 127:

    89 que na ultima sessão da legisla

  • Page 129:

    91 riam a levar estas memorias muit

  • Page 131:

    93 solemnidade e importância do ca

  • Page 133:

    95 dhidas para formar o meu pequeno

  • Page 135:

    97 el-rei, e da amisade que me tenh

  • Page 137:

    99 antes de sua alteza real o itine

  • Page 139:

    101 ^ão qualquer, é triste. Infel

  • Page 141:

    103 soberanos, que bem dissesse á

  • Page 143:

    105 rasse a sacar de novo sobre o n

  • Page 145:

    107 e ex."^° sr. — Por commiini

  • Page 147:

    109 «No emtanto, e por estes motiv

  • Page 149:

    1 1 tente com este acto, que uma ve

  • Page 151:

    H3 sia, da França mesmo, e d'essa

  • Page 153:

    H5 «Dê V. ex.^, por quem é, um m

  • Page 155:

    H7 maram pela longa residência cia

  • Page 157:

    119 f «que de Lisboa, do Rio de Ja

  • Page 159:

    i21 honra de entreter a v. ex."", e

  • Page 161:

    123 e nem ha força nem tempo que p

  • Page 163:

    125 facilmente saber mais; mas cont

  • Page 165:

    127 Pôde o mundo dar mil voltas, q

  • Page 167:

    129 vel, e tanta devoção e zelo e

  • Page 169:

    ^131 VIII

  • Page 171:

    \23 poder, este contratempo. Os hom

  • Page 173:

    : 135

  • Page 175:

    í IV

  • Page 177:

    139 geral o caso de tim dos jantare

  • Page 179:

    : d41

  • Page 181:

    143 milde quota de sacrifícios, o

  • Page 183:

    145 lY

  • Page 185:

    147 «deseja muito esta alliaiiça,

  • Page 187:

    i49 a V. ex.^ se digne pôr aos pé

  • Page 189:

    151 terra, e desejava elle ir consu

  • Page 191:

    153 que segundo as determinações

  • Page 193:

    155 tar a pequena trégua que me da

  • Page 195:

    157 passar e soífrer de novo tudo

  • Page 197:

    159 nheciam bem, e os que me iiâo

  • Page 199:

    161 simplesmente da intenção da s

  • Page 201:

    163 com elle a Moçambique. Este g

  • Page 203:

    165 valer no acto de tratar com a B

  • Page 205:

    167 n'esse tempo a J. P. Aillaiid q

  • Page 207:

    i69 nuar a ser do agrado da rainha

  • Page 209:

    171 do que geralmente se usa na urb

  • Page 211:

    I 173

  • Page 213:

    J73 a rainha quem escolhera D. Luiz

  • Page 215:

    177 mentira teem gosado sempre de m

  • Page 217:

    179 III

  • Page 219:

    !8I recebi), reduzi logo a dinheiro

  • Page 221:

    183 «Parecendo bem este arbítrio

  • Page 223:

    185 YII

  • Page 225:

    187 que me sejam dadas ajudas de cu

  • Page 227:

    189 dado o que se lhe devia, a cont

  • Page 229:

    191 «Não me é possível, no meu

  • Page 231:

    193 publicidade da insólita descon

  • Page 233:

    i95 ainda em exercício junto á co

  • Page 235:

    197 ordenados, pequenos e mal pagos

  • Page 237:

    199 e nem elles nem as cortes conse

  • Page 239:

    201 «Desculpe v. s.^ esta sécca i

  • Page 241:

    203 sabendo-se qne n'este mesmo mez

  • Page 243:

    205 milhante extremidade o homem ma

  • Page 245:

    207 eterna separação; que, sabend

  • Page 247:

    209 que a mulher tinha direito a re

  • Page 249:

    211 Esta carta não foi feita, é c

  • Page 251:

    213 índia, não precisa juslificar

  • Page 253:

    215 pessoaes interesses que a miude

  • Page 255:

    217 «O mais illustre príncipe cia

  • Page 257:

    VI *Calúmnias. — Outra carta a B

  • Page 259:

    221 tos de entrada para umas bagate

  • Page 261:

    223 ptor. Escarneçam-nos de poeta:

  • Page 263:

    225 «Quê! Essa é usurpação que

  • Page 265:

    227 «Ora tenham vergonha; e vejam

  • Page 267:

    229 guma parte está a cegueira: ta

  • Page 269:

    231 quer que prestou informações

  • Page 271:

    233 vam senão com cachinadas; e at

  • Page 273:

    235 mesmo modo que Lisboa toda se i

  • Page 275:

    237 riaes todos? Então que fazer o

  • Page 277:

    239 seus parentes, sobretudo ás pa

  • Page 279:

    I 241

  • Page 281:

    minha idade ; associei-me ás suas

  • Page 283:

    245 que se assignoii na belemzada,

  • Page 285:

    247 guez : «Valetudinário, e acha

  • Page 287:

    249 No dia 15, isto é, Ires dias d

  • Page 289:

    que este ignorava a tal ponto os ne

  • Page 291:

    253 comrnissão incumbida de organi

  • Page 293:

    VII Congresso constituinte. — S.

  • Page 295:

    257 Constituída a camará, no dia

  • Page 297:

    259 cumentos ofíiciaes do seu temp

  • Page 299:

    261 exclamara — que não podia co

  • Page 301:

    263 espécie de academia, composta

  • Page 303:

    265 tar-me a citar os seus discurso

  • Page 305:

    267 que de suas estipulações espe

  • Page 307:

    269 belle quanto garridlo, que d'an

  • Page 309:

    271 ço; — a que serve este anno

  • Page 311:

    273 é digna de um ministro patriot

  • Page 313:

    27o «Esta é que é a verdade sem

  • Page 315:

    277 perversa fatuidade o suscitaram

  • Page 317:

    279 ço, que nós fomos colónia su

  • Page 319:

    281 d'aquellas provindas nada podem

  • Page 321:

    283 aristocrata 1 Ai da nação que

  • Page 323:

    285 XY

  • Page 325:

    287 mos, e que nós ensinámos a do

  • Page 327:

    289 doutrinário; hoje faço-a igua

  • Page 329:

    VIII Representa a Terceira, era vez

  • Page 331:

    293 que nâo menos haviam de repugn

  • Page 333:

    295 sna coberencia politica, corrig

  • Page 335:

    297 abstracta utopia da organisaç

  • Page 337:

    299 nós — pobres, raros, e aband

  • Page 339:

    301 sentativo era caro, mas «quem

  • Page 341:

    303 t3em explicito e claro no modo

  • Page 343:

    305 YI

  • Page 345:

    307 também, e que beneficiada, san

  • Page 347:

    309 «Eis aqui como elle a passa. T

  • Page 349:

    311 «São horas de jantar: vae-se

  • Page 351:

    313 pente e no meio do espanto gera

  • Page 353:

    k 3iS

  • Page 355:

    317 a coUecção toda. Aquelle nume

  • Page 357:

    I 3i9

  • Page 359:

    32 í que poderiam fazer suppor o c

  • Page 361:

    323 peco de trabalho zanguento e de

  • Page 363:

    325 ainda hoje estou, que nâo era

  • Page 365:

    327 Em 7, declarou que na véspera

  • Page 367:

    329 mesma sessão, tratando-se de m

  • Page 369:

    3âi em Silva Sanches, Leonel Tavar

  • Page 371:

    333 ao paiz', para ser assignada po

  • Page 373:

    335 succumbindo já quasi, ao numer

  • Page 375:

    337 Beira e Traz os Montes protesta

  • Page 377:

    339 solvição nacional não apague

  • Page 379:

    341 cional, disse que tal requerime

  • Page 381:

    343 doutrina, que era a de Machiave

  • Page 383:

    345 E os cárceres, os exílios, os

  • Page 385:

    347 sendo approvada a mensagem, ped

  • Page 387:

    349 constituição, declarava nâo

  • Page 389:

    351 — «Então fallarei contra el

  • Page 391:

    3o3 XIII

  • Page 393:

    355 seguida pelos que conceberam a

  • Page 395:

    357 povo mostrava-se indignado, inq

  • Page 397:

    359 instituições por que sacrific

  • Page 399:

    361 por uma portaria. Estes factos

  • Page 401:

    363 A 20 de março assignou a const

  • Page 403:

    365 todas as nossas forças, mas at

  • Page 405:

    X Condecorações a sábios estrang

  • Page 407:

    369 «Visconde de Sá da Bandeira (

  • Page 409:

    371 chama 'verdadeira decepção'.

  • Page 411:

    373 se fazia nas catacumbas de Roma

  • Page 413:

    375 posta dos professores e artista

  • Page 415:

    377 servatorio que nâo tenho, mas

  • Page 417:

    379 os de Sebastião da Arruda, do

  • Page 419:

    381 «Em conformidade do parecer da

  • Page 421:

    383 Este, que estava cabeceando, d

  • Page 423:

    385 profundamente a nova epocha da

  • Page 425:

    I 387

  • Page 427:

    : 389

  • Page 429:

    tas 391

  • Page 431:

    393 . amigos pretendiam que, a nâo

  • Page 433:

    395 respeitos, pesar o nome de v. v

  • Page 435:

    ta ; 397

  • Page 437:

    399 as que poder fornecer, que eu d

  • Page 439:

    401 XVI

  • Page 441:

    403 «Lisboa, 23 de junho de 1838.

  • Page 443:

    405 também *. Parecendo-lhe que fr

  • Page 445:

    407 pedido, nem quiz que o officio

  • Page 447:

    409 apresentar, e com elle combinar

  • Page 449:

    I 411

  • Page 451:

    I 413

  • Page 453:

    415 romana — dos celtas, tribus,

  • Page 455:

    417 «Esta leitura durou duas horas

  • Page 457:

    419 rioridade de talento e saber qu

  • Page 459:

    421 sr. Garrett. Hamildemente assen

  • Page 461:

    423 -eu nâo estava incurso em tal

  • Page 463:

    425 affirmál-o: todos fazem inteir

  • Page 465:

    427 suas opiniões religiosas ; e t

  • Page 467:

    429 mento e da saudade. Não faltar

  • Page 469:

    431 terra da sua naturalidade, ving

  • Page 471:

    433 cos; eu não sou casuista, nem

  • Page 473:

    435 tar a carestia das subsistênci

  • Page 475:

    437 nifestaya desconfiança ao novo

  • Page 477:

    439 cução por decreto da dictadur

  • Page 479:

    441 O qual o direito do auctor cess

  • Page 481:

    4(3 çâo que lodos devêramos estu

  • Page 483:

    445 seu cocligo civil de 1809, adop

  • Page 485:

    447 outros brios, e pela voz dos se

  • Page 487:

    449 prometto a apresentar brevement

  • Page 489:

    451 «O fructo de tão longas Yigil

  • Page 491:

    453 mado declarou que a sua intenç

  • Page 493:

    45o nha curtíssima comprehensão n

  • Page 495:

    i 457

  • Page 497:

    III Herculano pngna, em 18iO-41, pe

  • Page 499:

    461 Porque não impugnaria Herculan

  • Page 501:

    \ 463

  • Page 503:

    465 Aproveitando-se então da circu

  • Page 505:

    por diverso rumo í A

  • Page 507:

    469 sustentar as mesmas opiniões.

  • Page 509:

    471 por tal motivo. Mas deve dizer-

  • Page 511:

    473 convenção —a que realmente

  • Page 513:

    475 em parte justa satisfação, po

  • Page 515:

    I 477

  • Page 517:

    479 Se esse ministro apparecer ser

  • Page 519:

    481 Inglaterra a uma estricta recip

  • Page 521:

    483 tudo, como homem superior tamb

  • Page 523:

    485 V. ex.^ que nos plenos poderes

  • Page 525:

    k 487

  • Page 527:

    489 anno, indo outro ministro para

  • Page 529:

    491 nem por argumento) a grande ras

  • Page 531:

    493 «E porque se dignou encarregar

  • Page 533:

    495 «Tão profundas e tâo antigas

  • Page 535:

    497 da alfandega quanto é minima a

  • Page 537:

    499 beijo submissamente a augusta m

  • Page 539:

    501 N'esta occasiâo se concedeu o

  • Page 541:

    503 abril publicou o programma, em

  • Page 543:

    505 talisar o cysne que ousou cant

  • Page 545:

    507 esta edição de todas as suas

  • Page 547:

    509 a sua vida, e que não teve moc

  • Page 549:

    511 muito consolado com a enorme ep

  • Page 551:

    513 vernar-se o estado pelas regras

  • Page 553:

    I 515

  • Page 555:

    517 «Ouso remetter a v. ex.* um ex

  • Page 557:

    I 519

  • Page 559:

    521 historia litteraria; e por igua

  • Page 561:

    523 ceitaria, mas para obtel-a ousa

  • Page 563:

    525 anno de 39, foi muito acrescent

  • Page 565:

    527 ratura. Esta conjectura creio q

  • Page 567:

    , 529 curiosos documentos que se se

  • Page 569:

    531 de uma d'ellas é aquelle grand

  • Page 571:

    533 a mesma offerta, e o louva pelo

  • Page 573:

    535 para o intento; além de que ta

  • Page 575:

    537 dizer, a parte intellectual nâ

  • Page 577:

    539 «Se cobria modesto o tabernác

  • Page 579:

    541 do coração que eu tenho por m

  • Page 581:

    543 zer ao nosso Alheira, isto é q

  • Page 583:

    545 modesto, tímido, quasi humilde

  • Page 585:

    547 apontamentos, resultado de inve

  • Page 587:

    549 III

  • Page 589:

    551 «Se o dito sr. nâo poder ou n

  • Page 591:

    553 A 26 de novembro formára-se no

  • Page 593:

    555 tanto por vara. Peço que a rep

  • Page 595:

    557 que nao são as pessoas que lhe

  • Page 597:

    todo. No dia seguinte escrevia-llie

  • Page 599:

    561 gradas, são o tributo que a na

  • Page 601:

    563 já bem poucos, atidos ás remi

  • Page 603:

    565 de que, até, com elle se abra

  • Page 605:

    567 dade do povo portuguez, favorec

  • Page 607:

    569 res serão renovados por metade

  • Page 609:

    571 gados na sua execução, promov

  • Page 611:

    573 fazem classificações e se dâ

  • Page 613:

    575 Dissolvida a camará, escreve G

  • Page 615:

    577 fosse despachado bibliothecario

  • Page 617:

    h XV

  • Page 619:

    581 torrão em que nasceram todos o

  • Page 621:

    k S83

  • Page 623:

    585 ciaes amnistiados, exclamou :

  • Page 625:

    k 587

  • Page 627:

    589 «O importante discurso do sr.

  • Page 629:

    59Í res receios. O meu biographado

  • Page 631:

    593 ignorância, não erro. Que sen

  • Page 633:

    595 Lima), escrevendo ao cunhado qu

  • Page 635:

    597 sido combatidas as coisas que e

  • Page 637:

    599 viesse e se tornasse útil. Sus

  • Page 639:

    601 liasse os princípios utilitár

  • Page 641:

    603 a palavra, termina d'este modo

  • Page 643:

    G05 d'esses illusíres varões*. Em

  • Page 645:

    G07 gas e das doenças orientaes, r

  • Page 647:

    609 rou a mesa da sociedade de scie

  • Page 649:

    611 «Se a sociedade conyier n'este

  • Page 651:

    613 Incidentemente manifesta a conv

  • Page 653:

    615 por se lhe terem exacerbado os

  • Page 655:

    617 brava-se ainda das desconsidera

  • Page 657:

    619 nos debates da commissão poder

  • Page 659:

    621 de certo tenho e confesso, mas

  • Page 661:

    623 generoso, envia respeitosamente

  • Page 663:

    625 Parece que Rodrigo da Fonseca t

  • Page 665:

    627 tem pessoa de muito espirito in

  • Page 667:

    629 «A camará deve saber (posso a

  • Page 669:

    mi nem o meu capricho, nem o meu go

  • Page 671:

    633 vida, a sua applicação, a sua

  • Page 673:

    YIII As yaiclades irritadas desafog

  • Page 675:

    637 sempre as mesmas pessoas». Acr

  • Page 677:

    639 dores tinham já notado a inuti

  • Page 679:

    641 profundamente. Doêra-lhe mais

  • Page 681:

    : 64a

  • Page 683:

    645 Embora estivesse no ministério

  • Page 685:

    Ci7 tivos que me obrigam a quebrar

  • Page 687:

    649 nascido em 1819). De Ires filho

  • Page 689:

    XVII fublíca Merope e Gil Vicente.

  • Page 691:

    653 lecido, e dos outros, ausentes,

  • Page 693:

    G55 ciar outros, nâo se queixava o

  • Page 695:

    657 ficio do pouco que se havia sal

  • Page 697:

    659 servidores fieis. Por muito tem

  • Page 699:

    661 tado á sessão, o que não era

  • Page 701:

    663 tomou em alguns d'elles parte,

  • Page 703:

    665 Fizeram-se varias tentativas pa

  • Page 705:

    667 foi que a rainha, em 1842, rasg

  • Page 707:

    669 estadista, a convicção de que

  • Page 709:

    671 periencia mostrára-lhes desde

  • Page 711:

    673 a quatro annos, em Torres Yedra

  • Page 713:

    675 No theatro do Porto, onde se fe

  • Page 715:

    677 o esperar, porque desesperei de

  • Page 717:

    679 mento. No último está a prosa

  • Page 719:

    681 procurarei dar dono, e apesar d

  • Page 721:

    XVIII Garrett a Silva Abreu. — Re

  • Page 723:

    685 Vianna que em mim votará.— S

  • Page 725:

    687 em Allemanha por uma sociedade

  • Page 727:

    689 é que eu me occupe de um que,

  • Page 729:

    691 cantissima despeza, me transpor

  • Page 731:

    ! 693

  • Page 733:

    695 «As cores, os signaes, todos o

  • Page 735:

    697 que precisa legitimado pela int

  • Page 737:

    699 Discutindo-se na segunda parte

  • Page 739:

    701 Este em breve se restabelece o

  • Page 741:

    703 Comparecendo, ao abrir-se a ses

  • Page 743:

    70o fúnebres. O templo eslava sump

  • Page 745:

    707 Eis o que lhe escrevia um dos q

  • Page 747:

    709 bia quatro bilhetes de platéa

  • Page 749:

    711 Isto não quer dizer, me parece

  • Page 751:

    713 por ahi algumas mais. Aqui vae

  • Page 753:

    Dedicatória

  • Page 755:

    717 de Lavradio.— Combinações d

  • Page 757:

    71Ô bulada.— Ora a favor do Porl

  • Page 759:

    721 dre. — Julgam têl-o converti

  • Page 761:

    723 ria II não podia amar os que a

  • Page 768:

    OBRAS DE FRANCISCO GOMES DE AMORIM

  • Page 771:

    ^rv^Pr"

Saecular-Feier, 1801-1901 - Scholars Portal Books

Saecular-Feier, 1801-1901 - Scholars Portal Books

Lamb and Hazlitt, further letters and records hitherto unpublished

Lamb and Hazlitt, further letters and records hitherto unpublished

Russisch-deutsches und deutsch-russisches Wörterbuch

Russisch-deutsches und deutsch-russisches Wörterbuch

Ottokars Osterreichische reimchronik

Ottokars Osterreichische reimchronik

ü Him

ü Him

Exzentrische Novellen

Exzentrische Novellen

Berlioz; eine Biographie

Berlioz; eine Biographie

Die Katharinenlegende der HS. 11, 143, der Kgl. Bibliothek zu Brüssel

Die Katharinenlegende der HS. 11, 143, der Kgl. Bibliothek zu Brüssel

Jüdische Sprichwörter

Jüdische Sprichwörter

Saadia Al-fajjűmi's arabische Psalmenübersetzung und Commentar ...

Saadia Al-fajjűmi's arabische Psalmenübersetzung und Commentar ...

Empfindung und Gefühl bei Kant, Herbart, Th. Lipps und C. Stumpf ..

Empfindung und Gefühl bei Kant, Herbart, Th. Lipps und C. Stumpf ..

Medical annual - Parent Directory

Medical annual - Parent Directory

V 2 *%~

V 2 *%~

The American journal of the medical sciences

The American journal of the medical sciences

Diseases of the stomach and upper alimentary tract

Diseases of the stomach and upper alimentary tract

Die synagogale Poesie des Mittelalters

Die synagogale Poesie des Mittelalters

Garden and Forest; a journal of horticulture, landscape art and forestry

Garden and Forest; a journal of horticulture, landscape art and forestry

Erinnerungen an Henrik Ibsen

Erinnerungen an Henrik Ibsen

Die synagogale Poesie des Mittelalters

Die synagogale Poesie des Mittelalters

Briefe, Zeitgemäss;

Briefe, Zeitgemäss;

I CO I II

I CO I II

Dictionnaire français-occitanien

Dictionnaire français-occitanien

Untitled

Untitled

QUART!

QUART!

I DICTIONARY!!

I DICTIONARY!!

Original

Original

Studia ad arbitrium in Menandri Epitrepontibus exhibitum

Studia ad arbitrium in Menandri Epitrepontibus exhibitum

Untitled

Untitled

The history of the Peloponnesian war, Book I;

The history of the Peloponnesian war, Book I;

The elements of structural botany : with special reference to the ...

The elements of structural botany : with special reference to the ...

© 2006-2014 by i-Magazine AG