Breve histórico do cooperativismo Em Goiás

alimentabogota.gov.co

Breve histórico do cooperativismo Em Goiás

Entidade de organização da produção familiar de

Goiás


GOIÂNIA


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Breve histórico do cooperativismo Em Goiás

No segundo semestre de 1995 começou o Projeto de Criação

de Cooperativas,

Na Década de 80 foi criada em Goiás em torno de 700

Associações de Produtores,quando do advento do FCO

( Fundo Constitucional do Centro Oeste);

Estas associações na época foram criadas para acessar

credito (Compra de Gado Leiteiro e Maquinas Agrícolas) o acesso

a estes recursos fez com que Goiás ocupasse o segundo lugar

como produtor nacional de leite.


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Breve histórico do cooperativismo Em Goiás

PROBLEMAS:

PROBLEMAS:

Neste momento não foi pensado em comercialização,

sendo que a mesma era feita individual e ainda na base do

GALÃO;

O Resultado disto Era PREÇO BAIXO numa mesma

Associação três ou quatro Empresas coletavam o Leite.


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Breve histórico do cooperativismo Em Goiás

- Prestações começaram a vencer, uns tinham recursos

outros não, com isto ocorreram grandes divergências

nas entidades e também pessoais.

- COM ESTES PROBLEMAS SURGIRAM MUITAS

DISCUSSÕES EM BUSCA DE SOLUÇÕES:

• FATO FATO HISTÓRICO: HISTÓRICO: DOVERLÂNDIA DOVERLÂNDIA – ARROZ!

ARROZ!


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Breve histórico do cooperativismo

em Goiás

CRIAÇÃO CRIAÇÃO

CRIAÇÃO

DE DE COOPERATIVAS

COOPERATIVAS:

COOPERATIVAS

-

De 1996 a 1998 foram criadas 14

cooperativas, Coordenadas pela Federação dos

Trabalhadores – FETAEG.

A partir daí foram dados cursos

e treinamentos em

Cooperativismo aos agricultores.


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Breve histórico do cooperativismo em Goiás

As Cooperativas passam a ter Tanque de

Resfriamento Coletivo,deixando de transportar o leite

em grandes veículos, com o transporte mais rápido

melhorou também a qualidade do leite. Porem nem

todas as cooperativas conseguiram obter êxito com esta

comercialização.

• CASO CASO ITAPURANGA

ITAPURANGA...

ITAPURANGA

... ...(Preço ... (Preço do Leite)


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Breve histórico do cooperativismo em Goiás

CRIAÇÃO CRIAÇÃO DA CENTRAL CENTRAL: CENTRAL

• Criação da CENTRAL DAS COOPERATIVAS DE

COMERCIALIZAÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR DO

ESTADO DE GOIÁS – CECAF CECAF. CECAF

- Em 14 14 de março de 2003 com o apoio da Federação 8

Cooperativas criaram a Central, que foi legalizada em

2005 2005, 2005 e foi constituída a primeira diretoria que

administrou até março de 2008 2008. 2008


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Breve histórico do cooperativismo

em Goiás

- Porem esta diretoria pouco pode fazer

devido a falta de recursos financeiros;

A NOVA DIRETORIA DA CECAF

- Com a chegada do Programa Nacional de Produção e

Uso do Biodiesel em Goiás que já estava funcionando no

estado, porem com muita dificuldade de articular junto

aos agricultores, com a orientação da Federação, as

empresas procuraram as cooperativas, dando inicio uma

relação comercial entre a Central e suas filiadas,entrada

de recursos.


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

- BIODIESEL BIODIESEL: BIODIESEL

PROGRAMAS PROGRAMAS OFICIAIS OFICIAIS: OFICIAIS


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

PROGRAMAS PROGRAMAS OFICIAIS OFICIAIS: OFICIAIS

- BIODIESEL BIODIESEL: BIODIESEL

Deste de 2008 Algumas cooperativas já

comercializam produtos para as empresas de Biodiesel,

tendo como principal cultura a Soja.

Dados Dados: Dados

Safra 2008/2009, em torno de 200 200 mil mil mil sacas

sacas

- Safra 2009/2010 mais de 500 500 mil mil sacas

sacas

Safra 2010/2011 fechamos com 900 900 mil mil sacas

sacas

Safra 2011/2012 foi superada a meta de mais de Um

Um

Milhão Milhão de Sacas


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

PROGRAMAS

PROGRAMAS PROGRAMAS OFICIAIS

Programa de Aquisição de Alimentos


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Programa de Aquisição de Alimentos

PROGRAMAS PROGRAMAS OFICIAIS OFICIAIS: OFICIAIS

PAA – (Programa de Aquisição de Alimentos);

com a ajuda da Central varias cooperativas estão

participando do programa.

Dados Dados: Dados 2009/2010 = R$ 98.000,00

2010/2011 = R$ 694.000,00

2011/2012 = R$ 1.003.000,00

Parceria CONAB/SESC – (Projeto Mesa Brasil) e

doação diretas nas escolas e entidades , atendemos quase

400 400 locais locais. locais


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Programa de Aquisição de Alimentos

PROGRAMAS PROGRAMAS OFICIAIS OFICIAIS: OFICIAIS

Em 2012 2012/13 2012

13 para o Mesa Brasil

Estimamos comercializar em torno de UM MILHÃO MILHÃO E

MEIO MEIO DE REAIS REAIS. REAIS


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

PROGRAMAS PROGRAMAS OFICIAIS OFICIAIS: OFICIAIS

Programa Nacional de Alimentação Escolar


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Programa Nacional de Alimentação Escolar

O que é ?

É um Programa do Governo Federal, que garante,

por meio da transferência de recursos financeiros aos municípios,

a alimentação escolar dos alunos da educação infantil (creches e

pré-escola) e do ensino fundamental, inclusive das escolas

indígenas, matriculados em escolas públicas e filantrópicas.

Quando começou o Programa ?

O programa existe desde de 1995 porem só a partir

de 2009 conforme estabelecido na Lei Federal nº 11.947 de 16

de junho , é que passou a obrigar que 30% deste recurso fosse

destinado a aquisição de alimentos da Agricultura Familiar.


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Programa Nacional de Alimentação Escolar

Valores envolvidos.

A transferência de recursos do governo federal para

as escolas públicas , através do FNDE( Fundo Nacional de

Desenvolvimento da Educação), é de aproximadamente R$ 3

bilhões por ano.

Com a nova lei, cerca de R$ 900 milhões devem ser

adquiridos da agricultura familiar. Cada agricultor pode vender até

R$ 20 mil anuais.

Numeros em Goiás

As escolas públicas de Goiás recebem em torno de

R$ 90 milhões por ano do FNDE. Destes, cerca de R$ 27 milhões

são para aquisição da agricultura familiar.


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Programa Nacional de Alimentação Escolar

Negócios da CECAF.

Desempenho comercial das cooperativas ligadas

á Cecaf:

Em 2010/2011, em torno de R$ 2 milhões;

Em 2011/2012, cerca de R$ 3,2 milhões;

E em 2012/13, aproximadamente R$ 8 milhões.

O numero de famílias atendidas ~ 800/ano


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

MODO MODO MODO DE ATUAÇÃO DA CECAF CECAF: CECAF

Disponibiliza assessoria técnica

especializada para:

Negociar com as partes consumidoras

(escolas) a inclusão de produtos da Agricultura Familiar

na merenda escolar;

Elaborar os projetos de vendas;

Acompanhar a execução e a

finalização legal dos projetos.( logística, terceirização)


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Caso Caso Goiânia Goiânia: Goiânia

A Prefeitura de Goiânia recebe do FNDE

cerca de R$ 10 milhões por ano, para atender 100 mil

alunos, distribuídos em mais de 200 escolas.

Em 2011/2012, as cooperativas da Cecaf

comercializaram em torno de 360 toneladas de alimentos,

que corresponderam a aproximadamente R$ 2 milhões .

Semanalmente, foram entregues 20

toneladas em média a 180 escolas, o tempo de entrega

não ultrapassou os 2 dias.

O êxito desta operação motivou a Prefeitura

a ampliar as aquisições da agricultura familiar, passando

em 2012/2013 a mais de R$ 8 milhões.


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

NEGÓCIOS NEGÓCIOS FUTUROS FUTUROS: FUTUROS

Iniciamos no final de 2011 2011 com o apoio da

Agos(associação goiana dos supermercados)

as conversações com as Redes de

Supermercado, para fornecermos produtos da

agricultura familiar aos mesmos, Este ano de 2012 2012

conseguimos fechar uma primeira venda para Uma Grande

rede, de Melancia, já estamos com cooperativas

cadastradas na citada rede para entrega no CD de São

Paulo.

E trabalhamos para este ano além de ampliar

as vendas, avançarmos as conversas para outros futuros

parceiros e ainda consolidar a nossa parceria com

distribuidores do Ceagesp Ceagesp. Ceagesp Ceagesp


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Cecaf e as cooperativas singulares


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Coostec

Atuação:

Assistência técnica


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Coopersanto

Coopersanto

Atuação:Leite

Cooperfamiliar

Atuação:

PNAE e PAA

Cooperouro

Cooperouro

Atuação:Leite

Coopafana

Coopafana

Atuação:PNAE,Biodiesel e Leite


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Comafm

Atuação:Gergelin,Biiodiesel

Coopermaf

Atuação:Gergelin,Soja e

Arrosz;Irrigados

Cooperbom

Atuação:Gergelin,Biodiesel

Luiz Alves

Coomafa

Atuação:Gergelin,Biodiesel

Cooperbijuí

Cooperbijuí

Atuação:Biodiesel

Cooperfam

Cooperfam

Atuação:Pimenta

Cooperaçafrão

Atuação:PNAE,Biodiesel;

AÇAFRÃO e PAA


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Comafap

Atuação:PNAE,Biodiesel

e PAA

Cooperfat

Atuação:PNAE,Biodiesel;

PAA e Leite

Cooperarif

Atuação:PNAE,Leite e PAA

Comhamp

Atuação:PNAE,PAA,

Banana


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Coopermu

Atuação:Biodiesel;PAA e Leite

Coomafab

Atuação:Leite


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Cooperponte

Atuação:Leite

Coparpa

Atuação:Biodiesel;PAA;

Leite;PNAE;Mercado;e

Fabrica de Ração

Coopaf

Atuação:Biodiesel;PNAE

.


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Cooperguia

Atuação:Leite

Cooprama

Cooprama

Atuação:Leite;Mercado;

e Fabrica de Ração

Comafarpp

Comafarpp

Atuação:Biodiesel

Coopervat Coopervat

Coopervat

Atuação:Leite;PNAE

Coperfatima

Coperfatima

Atuação:Leite

Coopervarb

Coopervarb

Atuação:Leite;PNAE e Suínos


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Cooperrosa Cooperrosa

Cooperrosa

Atuação:Leite

Coopaz

Coopaz

Atuação:PNAE;PAA e Biodiesel

Cooperafi

Cooperafi

Atuação:Leite;PNAE;PAA;

Polpa de frutas;


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Organograma

administrativo

Secretaria

Secretaria

Regina

Regina

Siqueira Siqueira

Siqueira

Presidente

Presidente

Wilson

Wilson

Gottens

Gottens

Assessora

Assessora

Mirian

Mirian

Pereira

Pereira

Diretoria

Diretoria

Executiva

Executiva

Secretário Secretário

Secretário

Gilmar

Gilmar

Katzer Katzer

Katzer

Tesoureiro

Tesoureiro

Breno Breno

Breno

Chaves Chaves

Chaves


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Organograma

administrativo

Biodiesel

Biodiesel

Wilson Wilson Gottens Gottens e

Gilmar Gilmar Katzer

Leite Leite

Leite

Valons Valons Mota

Assessorias

Assessorias

técnicas

técnicas

Mercado

Mercado

Institucional

Institucional

Institucional

/Fruticultura

/Fruticultura

Sergio Sergio Schaeffer Schaeffer

Gerência Gerência

Gerência

Executiva

Executiva

Contábil

Contábil

José José José Damásio

Damásio

Eunires Eunires Eunires Santos Santos

Assessoria

Assessoria

de de Negócios

Negócios

Luiz

Luiz

Soledade

Soledade


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Áreas de atuação da Cecaf

1. GESTÃO ADMINISTRATIVA

Em parceria com o SENAR SENAR-GO, SENAR GO, está desenvolvendo

o programa TREINAMENTO TREINAMENTO EM EM COOPERATIVISMO

COOPERATIVISMO.

COOPERATIVISMO

O programa visa a profissionalização administrativa

das cooperativas.


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Áreas de atuação da Cecaf

2 . DESENVOLVIMENTO DE NEGÓCIOS

Em linhas gerais, a CECAF CECAF CECAF auxiliar as cooperativas

filiadas a produzir e comercializar em condições que

atendam tanto às exigências do mercado quanto à

sustentabilidade da atividade agrícola.

Nesse sentido, atua em algumas frentes:

• Organização da Produção

• Biodiesel

• PNAE

• PAA

• Leite


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA DA AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO DE GOIÁS

BRASIL

Áreas de atuação da Cecaf

3 . DESENVOLVIMENTO DE NEGÓCIOS

● Biodiesel

Além de intermediar contatos com empresas de biodiesel

atuantes em Goiás, a CECAF acompanha o

desenvolvimento das culturas e dos negócios.

Atualmente, mais de 10 cooperativas comercializam

matéria-prima (oleaginosas) à empresas de biodiesel como:

Granol;

Caramuru;

JBS;


CENTRAL CENTRAL DAS DAS COOPERATIVAS COOPERATIVAS DE DE PRODUÇÃO PRODUÇÃO DA

DA

AGRICULTURA AGRICULTURA FAMILIAR FAMILIAR DO DO ESTADO ESTADO DE DE GOIÁS/BRASIL

GOIÁS/BRASIL

GOIÁS/BRASIL

OBRIGADO PELA OPORTUNIDADE

More magazines by this user
Similar magazines