Views
5 years ago

HOMOSSEXUALIDADE

HOMOSSEXUALIDADE

HOMOSSEXUALIDADE Introdução Tema complexo, em torno do qual os mais amplos debates estão abertos, a homossexualidade tem estado presente em praticamente todas as civilizações que passaram sobre a Terra, sendo encarada com as mais diversas e contraditórias visões. Colocada no plano dos rituais sagrados de diversos povos, anatemizada como um desvio da natureza humana por muitas religiões, classificada nos códigos penais de várias sociedades, considerada doença com possibilidades de tratamento e cura por alguns estudiosos da Medicina, encaixada como objeto de análise nos campos da Psicologia e Psicanálise, ou finalmente, tida como uma opção de cada um, dentro da sua liberdade individual, podemos afirmar que ninguém, nenhum grupo, nenhuma idéia, nenhuma escola, nenhuma hipótese consegue abarcar, de forma definitiva, todos os aspectos do grave assunto. "A homossexualidade", lembra Emmanuel, "não encontra explicação fundamental nos estudos psicológicos que tratam do assunto em bases materialistas, mas é perfeitamente compreensível à luz da reencarnação". "Observada a ocorrência", continua o Mentor, "mais com os preconceitos da sociedade, constituída na Terra pela maioria heterossexual, do que com as verdades simples da vida, essa mesma ocorrência vai crescendo de intensidade e de extensão, com o próprio desenvolvimento da Humanidade, e o mundo vê, na atualidade, em todos os países, extensas comunidades de irmãos em experiência dessa espécie, somando milhões de homens e mulheres, solicitando atenção e respeito, em pé de igualdade ao respeito e atenção devidos às criaturas heterossexuais."(1) As causas da homossexualidade, segundo a Doutrina Espírita Compreendamos que, para a Espiritualidade "o sexo não ‚ considerado unicamente por baliza morfológica do corpo de carne, distinguindo macho e fêmea, definição unilateral que, na Terra, ainda se faz seguir de atitudes e exigência tirânicas, herdadas do comportamento animal. Entre os Espíritos desencarnados, a partir daqueles de evolução mediana, o sexo é categorizado por atributo divino na individualidade humana, qual ocorre com a inteligência, com o sentimento, com o raciocínio e com as faculdades outras, até agora menos aplicadas nas técnicas da experiência humana."(2) Desta forma, além dos recursos somáticos, "a alma guarda sua individualidade sexual intrínseca, a definir-se na feminilidade ou na masculinidade, conforme os caracteres acentuadamente passivos ou claramente ativos que lhe sejam próprios."(3) "A sede real do sexo não se acha, dessa maneira, no veículo físico, mas sim na entidade espiritual, em sua estrutura complexa."(3) Simonetti esclarece tais colocações, quando diz que "reencarnando como mulher ou como homem, consoante contingências evolutivas, o Espírito desenvolve paulatinamente, em sua psicologia, a masculinidade e a feminilidade. No estágio humano sempre haverá predominância de uma delas, segundo suas próprias opções." "Portanto," continua, "não há masculinidade plena, nem plena feminilidade na Terra. Tanto a mulher tem algo de viril, quanto o homem de feminil." No processo reencarnatório "há o que se costuma definir como polarização (no sentido de atrair, concentrar), fazendo sobressair no indivíduo as características do sexo escolhido."(4) A ocorrência deste mecanismo "não assegura possibilidades de comportamento íntimo normal para todos, segundo a conceituação de normalidade que a maioria dos homens estabeleceu para o meio social."(2) Embora reconheçamos que "a maioria das consciências encarnadas permanecem seguramente ajustadas à sinergia mente-corpo" (3), em algumas circunstâncias especiais aquela polarização citada não se realiza, "estabelecendo um confronto entre o sexo espiritual e o físico."(4) Dentre estas condições especiais, o Dr. Jorge Andréa (5) vai estudar quatro, mais detalhadamente: a) Intersexualismo (Pseudo-Hermafroditismo): indivíduos que desde o nascimento apresentam fisicamente órgãos sexuais ambíguos, porém sempre com a predominância de um pólo sexual que vai ajudar na definição sobre o sexo. Poderá haver necessidade de cirurgia corretora com posterior amparo psicológico e educacional. Serão classificados em pseudo-hermafroditas masculinos ou femininos conforme as gônadas (glândulas sexuais) sejam masculinas ou femininas; b) Hermafroditismo: existência de órgãos reprodutores dos dois sexos, em potencialidades idênticas. Seria o chamado andrógino; 1

Homossexualidade : produção cultural, cidadania e saúde - Abia
Política, Direitos, Violência e Homossexualidade - Núcleo de ...
Como%20pol%c3%adticas%20do%20orgasmo ... - Riseup
Práticas Sexuais e Conscientização sobre AIDS: - Abia
homens, mulheres ea exploração sexual comercial de ... - Promundo
Questões de Sexualidade - Institute of Development Studies
Sexo e Herança Genética
Vamos falar sobre masculinidade?
As flores do mal - Charles Baudelaire - Sombrias Escrituras
Roteiro 15 O Corpo Físico - Federação Espírita Brasileira
Videoaula 06 - Elucidações doutrinárias a respeito dos ... - Espiritizar
Untitled - Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana
ADOLESCENTE NÃO VACILE, FIQUE LIGADO. - Prefeitura de Guaíba