Views
5 years ago

realidade das empresa e normas internacionais - Masterdirect

realidade das empresa e normas internacionais - Masterdirect

realidade das empresa e normas internacionais -

REALIDADE DAS EMPRESAS E NORMAS INTERNACIONAIS Prof. Rodrigo Antonio Chaves da Silva, Membro da Escola do Neopatrimonialismo, Ganhador do prêmio Rogério Fernandes Ferreira (2011) Uma norma de contabilidade deve ser coerente com a realidade das empresas, isto é, com as maneiras de funcionamento concreto que fazem acontecer toda a dinâmica do capital (já que, se é contábil, é do patrimônio). Dessa maneira, não podemos ter normas que sejam ilusões, ou que permitem que os valores de balanços sejam híbridos. O balanço não pode ser inventado, criado com base empírica, isto é, sem fundamentação, todavia, o informe é um produto do fato, este que cria a informação, em resumo, a informação não cria capital, é o contrário. Faz praticamente 45 anos (desde 1976) que o Senado Americano denunciou que as normas de contabilidade eram produtos de acordos entre grandes corporações, empresas de auditorias (as oito grandes), e entidades governamentais focadas no controle do mercado. O próprio Senado Americano dizia que havia um estilo de “compra” e “venda” das normas, o que fazia da contabilidade americana algo de se “jogar na lata de lixo”, ou seja, uma “porcaria”. A conclusão do inquérito fora bastante surpreendente pelo tom das conclusões, porque o esquema de especulação, lavagem de dinheiro, e de ganhos ilícitos, para se produzir melhores normas, visavam apenas ludibriar investidores, e garantir o interesse dos “grandes clientes”, e desta maneira, as mesmas ficavam sem fundamentação científica, por serem alvo da manipulação. Ou seja, os padrões americanos foram condenados, e taxados como ruins, porque as práticas não eram provindas da contabilidade, todavia, eram produtos de esquemas. As normas, então, não atingiam o fim concreto para conseguir manter uma imagem fidedigna dos balanços, dessa maneira, prejudicando até o investimento dos usuários externos, para a vontade ou interesse de poucos. Em suma, não eram normas de contabilidade, mas, de acordos monopolísticos e políticos de blocos sociais dominantes. Do mesmo modo, o uso de contas para manipular balanços, que fizera nascer a “contabilidade criativa” (infelizmente como “vertente” da nossa disciplina), que não pertence à nossa área científica, mas, fora “jogada” pela linha da academia anglo-saxônica. No entanto, o feitiço virava contra o feiticeiro, pois, para conseguir mais investimentos, e captação de recursos, não se conseguia manter a empresa aberta só com “balanços enfeitados”, ou seja, ela quebrava do mesmo modo, pelas fraudes contábeis. Isso garante que não adianta ter normas para ludibriar balanços se a realidade gerencial da empresa é totalmente diferente. Uma coisa é desempenho da empresa, e outra coisa, é o balanço que a evidencia; um reflete o outro; para melhorar o empreendimento, não adianta inventar contas, tem é que se melhorar a gestão, esse é o melhor caminho. Com a vinda das normas internacionais tem-se falado que a atualização dos contadores, e que a imagem fidedigna das empresas ficou melhor, no entanto, em vários artigos nossos, e de outros colegas, comprovamos que isso não é totalmente real. Nossa opinião não se embasa no criticismo sem fundamentos, mas, na realidade informativa das empresas.

A adoção no Brasil das normas internacionais de ... - Faap
CTT Normas Correio Contrato Internacional
Princípios, normas e práticas - the Union for Ethical BioTrade
IFRS - Pequenas e Médias Empresas - Conselho Regional de ...
Normas de Conduta Profissional - Cardinal Health
ADAPTAÇÃO DE PRODUTOS AOS MERCADOS INTERNACIONAIS ...
normas internacionais de contabilidade - CCN - Departamento de ...
Normas Internacionais de Contabilidade (IFRS)
questionável legalidade das normas internacionais de contabilidade
Reflexos das Normas Internacionais de Contabilidade no Direito ...
Impactos da Adoção das Normas Internacionais de ... - CRC-RJ
ECONOMIA: UMA NORMA PARA 99,9% DAS EMPRESAS - Siagri
Resumo: A presença de uma empresa internacionalmente significa ...
dos Estudos Internacionais para a Realidade Brasileira - Revista ...
Livro Normas Internacionais de Relatório Financeiro (IFRS ... - Fipecafi
Características das normas internacionais do ... - Training.itcilo.it
Características das normas internacionais do ... - Training.itcilo.it
harmonização das normas internacionais de contabilidade no brasil
estratégia e marketing internacional em empresas - Fundação ...
A Teoria das Relações Internacionais e a Realidade do ... - CAEI
Normas Consolidadas para a Inspeção Empresas de Bebidas
Normas Etapa Amoraeville A - Jurerê Internacional
Impactos da adoção das normas internacionais de ... - LabCont
INTRODuÇãO A Empresa Social — do sonho à realidade
CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE NORMAS (ICS) - IPQ
Normas internacionais sobre a Inspecção do Trabalho - Autoridade ...
Normas em Português - Congresso Internacional de Administração
SÉRIE NORMAS INTERNACIONAIS UM MODELO DE ... - Article 19