Segundo Draft do Livro da Aurora - MultiMediaMoments

multimediamoments.com

Segundo Draft do Livro da Aurora - MultiMediaMoments

Página 1


Aurora, através dos tempos você

construiu uma família, não só composta

de queridos parentes, mas também uma

grande comunidade que tem orgulho de

dizer que conhece a nossa Querida

Aurora e a considera como mãe ou

como irmã ou como grande amiga e

confidente!

É com grande alegria e carinho que

estes queridos parentes e esta grande

comunidade se reúne para festejar hoje o

seu aniversário, com a certeza que de

que você ainda vai influenciar

positivamente em muitos mais como

tem feito em todos os minutos de sua

vida.

Nós todos aqui lhe devemos muito mais

do que podemos expressar em palavras

mas aqui está somente um pouco de

tudo aquilo que você representa para

todos nós.

Muito obrigado, querida Aurora! Muito

obrigado por você ser a incrível pessoa

que você é!

Aurora, este livro é oferecido a você por

todos nós:

Autores:

● Ricardo Haragutchi

● Norma Uemura

● Silvia Uemura

Colaboradores (na ordem em que as

dedicatórias/fotos/informações foram

recebidas):

● Fábio Yonamine

● Adrea Yamamoto Date

● Roberto Ku Lin Hung

● Roberto Ido (Beto, Angélica,

Thaisa e Thiago)

● Lucas Alvares Hayashi

● Regina Y. Hashimoto Miura

● Mirian Takeshita

● Eduardo Takeshita (Dudu,

Jéssica e Pedrinho)

● Celia Kaori Ishihara

Yokomizo

● Marcio Tomya (Punk)

● Maria Augusta dos Santos

Barbosa (Guta)

● Flavio Uemura (Fi)

● Suely Akemi Tamashiro

● Roberto Toshio Matsuda

(Thyó)

● Reinaldo Ashitaka

Haragutchi

● Pâmela Ap. Biddulph

● Paula Ayumi Tamaki

Charity (Paula, John, Nicole

e Natalie)

● Daniela Higa (Dani)

● Rafael Keiti Shiguematsu e

família

● Marta Naomi Uehara

Yamada (Tata)

● Francine Hayashi Uessugui

● Victor Bruno Rodrigues

● Miguel Mitsuru Higa

● Adilson Yoshikazu

Yoshimatu

● Marcia Uehara

● Katia Hikaru Kurachi

● Luiza Kajita

● Dalva Hayashi

● Mauro Nishi

● Marcos Yamada

● George Hirata

● Adelina Cordeiro

● Tiyoka Tazitu

● Sônia Shigueko Morizono

● Cibele Akemi Sawada (Béia)

● FATIMA

● Gustavo Takeshita Uemura

● Maria Helena B. do Império

(Maria Helena, Juliana,

Silvinha e Lobinho)

● Silvia, Carla, Marcos, Sidney

● Eliane Hayashi Suzuki

● Suely Hayashi Suzuki

● Luiz Fernando Kajita

Página 1

● Alberto Mikio Uemura

● Beatriz Takeshita Barbosa

● Massayuki Suzuki

● Aline Hayashi Suzuki

● Luiza Takeshita Barbosa

● Marcos Uemura

● Waldomiro e Verônica

Hayashi

● Antônia e Vinícius Hayashi

● Marcos Hideki Hoshi

● Família Ohmuro

● Vivi Hayashi

● Daniela Hayashi (Dani)

● Ricardo Yuiti Miura

● Ivan Takatsu

● Valéria Diniz Hayashi Pinto

● Harry Chern

● Alexandre Ichiro Hashimoto

● Lourdes Uemura

● Celso Issamu Yamahaki

● Nara Hashimoto

A publicação deste livro foi possível

através dos fundos do Programa

Internacional de Intercâmbio Familiar

da:

Haragutchi Multimedia Productions

http://www.multimediamoments.com/

ifep/

e através dos recursos de computação

da:

MultiMediaMoments

http://www.multimediamoments.com


História

A Aurora Takeshita é a mais velha de 8

irmãos, praticamente criou os mais

novos porque os pais iam pra roça. Na

realidade, ela cuidou dos cinco irmãos

que nasceram depois dela (as duas

Página 2

últimas, Dalva e Suely, quase não

tiveram contato porque ela já estava em

São Paulo. Com a última irmã (Suely)

são 20 anos de diferença de idade. A

Aurora trabalhou na roça quase

até a maioridade, quando foi pra

São Paulo aprender "tudo o que

uma boa esposa precisava saber

na época".Existiam essas coisas,

dá pra acreditar? Portanto ela

sabe tudo: lavar, passsar,

cozinhar, costurar, bordar, tricô,

crochê, japonês,

"soroban"(ábaco),etc. Ela ainda

é fera no soroban, não conheço

ninguém que saiba como ela.

Acima à esquerda: Aurora

Acima à direita: Aurora e

com os pais e tios

Esquerda: Aurora com os pais

e irmãos


Acima: Aurora na Escola

Outros: Casamento da Aurora

Página 3

A Aurora

resolveu que

retomaria os

estudos e não

voltou mais para

o interior. Enquanto ela estava

estudando, ela conheceu o Nobuo

Takeshita (seu marido) em uma das

casas onde ela trabalhou durante este

período.

Ambos trabalharam num escritório de


contabilidade da CAC por um tempo.

A Aurora e o Nobuo tiveram 2 filhas:

Mirian e Norma Takeshita. Eles

trabalhava de domingo a domingo no

"armazém de secos e molhados" que a

família montou. Só folgavam no

domingo à tarde, era muito trabalho!

Na época do "Armazém de secos e

molhados" tinham clientes que queriam

ser atendidas somente pela Aurora,

quando da ausência, estes diziam que

voltariam depois, porque sentiam muita

confiança no atendimento dela. Como o

Armazém ficava próximo da escola

primária, aproveitava para vender os

materiais escolares e as crianças

compravam chicletes, balinhas, doces,

etc. Se fosse hoje seria um

supermercado devido a variedade.

Na foto do Armazém existe um fato

curioso para ser relembrado, onde

mostra o tambor com uma bombinha

para medir a quantidade referente a 1

litro, que é a venda de óleo de cozinha a

granel, de amendoim ou de algodão. Os

clientes tinham que trazer a garrafa

vazia para adquirir o óleo. Como o

Armazém era muito movimentado, os

visitantes (parentes) eram convidados a

ajudar.

Tudo no armazém era a granel. Tudo: o

óleo, arroz, feijão , fubá, bolacha(!!!!) ,

sabão em pedra, .............tinha de tudo

mesmo. Só não tinha verduras. Era uma

época que não existia supermercados, só

esses mercadinhos mesmo.

A Aurora enviuvou muito

cedo, aos 38 anos. Nobuo

Takeshita morreu em

novembro de 1973, às

vésperas do aniversário de

todos da família.

A Aurora iria fazer 38, a

Mirian, 10 e a Norma, 8

(Nobuo foi o único namorado

da Aurora, namoraram por 10

anos). Desde então a Aurora

sustentou as duas filhas, e os

Página 4

sogros. Ela cuida até hoje da sogra que

tem 94 anos.

O armazém foi vendido e a Aurora

resolveu que teriam direito a um pouco

de lazer, começou a frequentar o Clube

Piratininga. Lá precisavam de uma

secretária que falasse japonês, aceitou o

emprego em 1977 e nunca mais

conseguiu sair de lá, já são 30 anos.

Tem sido "mãezona" e amiga de todos

por lá, sempre muito, muito querida!


Mensagens Recebidas

As mensagens estão colocadas na ordem

em que elas foram recebidas, com as

mensagens dos autores colocados na

frente:

De Norma Takeshita

Uemura

Sempre que você vê

essa foto voce diz: "Eu

trabalhava tanto

naquela época que nem

percebi que voce

estava

andando.................".

Verdade que você

sempre trabalhou

muito, mas muito

mesmo, mas nunca foi

ausente. Nem agora

que estamos a 500km

de distância eu me

sinto longe de você.

Você sempre me

apoiou em todas as

fases da minha vida,

nem sempre eu estava

certa ,mas sempre tive

você do meu lado.

Poderia ficar aqui

falando o dia inteiro

que não conseguiria dizer tudo de bom

que você é ,e tudo de bom que fez nessa

vida. Felizes daqueles que puderam

conviver com você e ver o exemplo de

dedicação a família, ao trabalho e aos

amigos. Honesta, humilde , inteligente,

batalhadora e sobretudo, vencedora.

Tento me espelhar ao máximo em você

Página 5

Norma Takeshita Uemura com Aurora Takeshita

prá criar meus filhos como você nos

criou, se eu conseguir ficar "parecida"

prá mim já tá bom, porque igual é

impossível. Você é única. Se um dia

acontecesse um milagre e eu pudesse

nascer de novo e escolher minha

família, eu escolheria você prá ser

minha mãe de novo, mil vezes se fosse

preciso, prá gente viver tudo isso de

novo, juntas. Muito obrigada por tanta

dedicação. Te amo muito.

De Silvia Takeshita Uemura

"Tá boa, fia?" - e assim começa uma

temporada minha cheia de avó. A

melhor que alguém poderia ter. Foi

quem me ensinou a andar de ônibus

sozinha e a somar no soroban. Só ela

nunca desistiu de mim: tentou me

ensinar de tudo e eu ainda não aprendi

nada. A única pessoa que acordava

cedo, corria atrás de tudo o que eu

gosto, passava o dia todo trabalhando,

nadava de noite comigo, me levava pra

passear no shopping, voltava pra casa,

jogava baralho, tocava violão, me

aguentava falando coisas sem sentido e -

ufa! - cantando (ainda por cima muito

mal). Fazia tudo isso em um só dia sem

reclamar, sempre sorrindo e me

incentivando! É querida por todos e não

poderia ser diferente. E nenhum


depoimento que eu fizer vai ser bom

suficiente pra falar sobre ela... Vó,

obrigada por tudo! Amo você! Beijão.

Do Ricardo Haragutchi (Cary, NC

USA)

Aurora, eu queria aproveitar para

colocar aqui o meu agradecimento por

tudo aquilo que você significou ao longo

dos tempos em minha vida. Eu comecei

Silvia Takeshita Uemura with Aurora Takeshita and Norma Takeshita

Uemura

a frequentar o Piratininga quase ao

mesmo tempo em que você começou a

trabalhar lá e a sua dedicação, atenção e

cuidado com todos nós serviram de um

grande exemplo para mim dirigindo

tudo o que faço hoje. Desde os meus

primeiros anos como nadador, e jogador

de vôlei e de baskete, passando pelos

anos que se seguiram onde começamos

a montar clubinhos de cinema e

fotografia e até os anos seguintes com

nosso trabalho na Diretoria, você estava

lá sempre presente para nos suportar,

acompanhar, aconselhar e orientar.

Muito obrigado mesmo por tudo isso e

por ter colocado uma marca positiva em

minha vida.

Desejo a você

muitos mais

anos e anos

passando esta

sua energia

positiva para

todas estas

gerações que

tem passado e

que vão passar

pelo Piratininga

e por sua vida.

Muito obrigado

mesmo.

Página 6

Ricardo and Jacquie Haragutchi


De Fábio Yonamine (São Paulo, SP

BR)

Dona Aurora. O que dizer desta senhora

maravilhosa? Sempre serena, atenciosa

com todos os freqüentadores do

Piratininga. Já faz um tempão que não a

vejo, aliás, já não sou mais sócio do Pira

há muito tempo. Mas ela é uma pessoa

que não esquecemos nunca. Tudo que a

gente precisava era só pedir a ela que

dava um jeito de fazer ou indicava

alguém que pudesse nos ajudar. Lembro

da época que freqüentei muito a

secretaria, pois ficava batendo papo com

ela e com a nossa saudosa treinadora de

natação Lilian (pós Kenichi). Eu ficava

ali, enchendo, fuçando nas coisas e ela

nem ligava, ficava fazendo o trabalho

dela. Com certeza todos que a conhecem

gostam dela desde o primeiro momento.

Não sei como ela está hoje, o que faz.

Mas resolvi prestar essa homenagem a

uma pessoa especial que nunca vai sair

de minha memória e coração. Um

grande beijo e que a senhora esteja

muito bem.

De Andrea Date

oi!!!!!!!!!!!!Tudo bem?Não sei se

lembra de mim,mas em todo caso...Sou

filha da Yotian de rio Preto.Quero te

dizer que apesar de termos tido pouco

contato vc é uma gracinha de pessoa.

Muito boazinha,guerreira.Espero que vc

tenha muitos anos de vida pela

frente.Que se realizem todos os seus

sonhos.Simplesmente quero que vc seja

Lucas Alvares Hayashi

muito feliz.De todo meu coração.

Beijos.Fique com Deus. tchau!!!!!!!!!!

De Roberto Ku Li Hung (São Paulo,

SP BR)

Por pouco tempo eu frequentei e ajudei

na Pira. E a Dna. Aurora sempre estava

prontamente para me ajudar em todas

atividades que faziamos na Piratininga.

Dna. Aurora Obrigado novamente.

De Roberto Ido (São Paulo, SP BR)

D.Aurora,

A senhora se dedicou tantos anos ao

Pira, não somente a ele, mas também a

nós, é com muito carinho que a gente se

lembra da senhora, pena que não nos

encontramos mais, só tenho ido ao Pira

às quintas-feiras à noite, mas de

qualquer forma sempre lembro da

senhora lá dentro da secretaria. Muito

obrigado por todos estes anos e muita

saúde para senhora.

Um abraço,

Beto (volei), Angélica , Thaisa (4 anos)

e Thiago (7 meses)

De Lucas Alvares Hayashi (Penápolis,

SP - BR)

Todo filho mais velho é um pouco pai;

assim, toda filha mais velha é um pouco

mãe. Sem desmerecer a progenitora, às

vezes, essa filha é muito mãe. Conta

meu pai, o filho homem mais novo de

uma família de 8 filhos, que a Tia

Aurora foi mãe de

todos os irmãos.

Essa "mãe de

irmãos" tornou-se

mãe de suas próprias

filhas, e avó.

Naturalmente, a "D.

Aurora" também é

tia. Mas não é uma

tia qualquer: é a "tia

paquita", nos tempos

que as meninas -

minha irmã e minhas

primas - rebolavam

ao som da Xuxa, nos

Página 7

inesquecíveis Natais e Páscoas dos bons

tempos de infância. Pois bem: a D.

Aurora colocava as "xuxinhas" - vem

día mesmo - nos cabelos e entrava na

dança - literalmente!

Não posso deixar de dizer que a "tia

paquita" também é a minha madrinha do

civil, ao lado do meu avô, que

infelizmente, nos deixou no primeiro

mês deste ano.

Melhor exemplo de dedicação à família

e devoção ao trabalho, não há. E a Tia

"paquita" Aurora já tem seus pupilos:

seus irmãos, suas filhas, seus sobrinhos.

Eu sou afilhado e "paquito", graças à D.

Aurora, cuja luta de vida inspira a todos.

E com alegria!

De Regina Y Hashimoto Miura

Dona Aurora,

Para nós que frenquentamos o Pira por

muitos anos, sua imagem, seu nome, é

sinônimo de Pira. Local onde

crescemos, num ambiente muito

familiar, e que muito desse ambiente

família vem inclusive do modo como

sempre nos tratou. Às vezes a gente se

debruçava lá na janelinha da secretaria

para conversar, para observar, e a

senhora sempre lá, com seu soroban,

fazendo contas, preenchendo recibos...

Sempre tranquila, serena, com um

sorriso no rosto... Quando penso na

senhora vem sempre esta imagem boa,

uma sensação boa, de felicidade, pois é

o que sempre nos transmitiu . Tenha

certeza de que nunca nos esqueceremos

da senhora. Estou escrevendo como

"nós" pois tenho certeza que tudo que

representa para mim, também representa

para minhas irmãs e meu irmão, que

assim com eu também cresceram lá no

Pira, convivendo diariamente com a

senhora. Um forte abraço, e um beijão,

Reca.

De Mirian Takeshita (São Paulo, SP -

BR)

Sou prá lá de suspeita pra falar da minha

própria mãe, mas como os dois genros a

A-DO-RAM, dá pra ter idéia da pessoa

maravilhosa que é. Sempre trabalhou

muito, coisa que fez até com que não

acompanhasse tão de perto o


crescimento das filhas, isso ela sempre

comenta, mas nunca foi ausente. Sempre

muito correta, alegre,humilde,

perfeccionista (até demais, às

vezes...rsrsrs), foi sempre a pessoa que

sabia fazer tudo,e tudo muito bem feito.

Aprendi coisas que hoje em dia pouca

gente sabe: costura, bordado,

tricô...aprendi a me virar com tudo e

tentar fazer sempre os 100%, dar sempre

o melhor que a gente pode. Poucos

morariam com os sogros e cuidariam tão

bem deles como ela cuidou. Cuida até

hoje da sogra de 94 anos, não é fácil. É

uma pessoa que pensa muito nos outros

em detrimento dela mesma. É uma

heroína pra mim e pra muita gente!

De Eduardo Takeshita (Hamamatsu-

Japão)

Tia Aurora sempre atenciosa e dedicada,

cuida da minha Batyan até hoje. Não

nos vemos com frequencia pois sempre

moramos em cidades diferentes, agora

em países diferentes , mas sempre

mantemos contato.

Parabéns pelo seu exemplo de vida .

Obrigado por tudo. Um grande beijo de

Dudu, Jéssica e , agora , Pedrinho.

De Celia Kaori Ishihara Yokomizo

(Sorocaba, SP - BR)

Falar da Dona Aurora não é algo fácil,

pois é um sentimento que me emociona

muito e sentimentos não conseguimos

colocar no papel é difícil expressar.

Ela é uma

mulher

batalhadora que

criou com muito

afinco suas filhas

e soube

encaminhá-las

para a vida. Ela

foi mãe e tia de

muitos!!! Acho

que da minha

geração todos a

consideram dessa

forma carinhosa.

Não sei como ela

nos aguentava,

era tanta criança

e adolescente

juntos...Rsrsrs...

Eu sou uma pessoa que leva as amizades

para sempre, mesmo perdendo contato,

não me esqueço do amigos. E a Dona

Aurora é uma delas, fez parte da minha

vida, cuidou de mim e de meus irmãos

no Pira, nossa 2ª casa na infância.

Dona Aurora agradeço pelo carinho e

pelas broncas (eu levei poucas broncas.

Rsrsrs...) e pelo sorriso que sempre a

senhora abria quando chegávamos ao

clube e logo colocávamos a cara na

secretaria e gritávamos "Oi, Dona

Aurora!!!" Que a vida continue nos

presenteando com seu vigor e sua

alegria.

Obrigada por todos estes anos.

Abraços com muito carinho, Kaori

De Marcio Tomya

Celia Kaori Ishihara Yokomizo e família

Página 8

Eduardo Takeshita (Dudu), Jéssica e Pedrinho

Oi Dona Aurora

Agora estou um pouco mais longe,

casado, etc e tal, por isso não compareço

mais ao Pira, mas para o dia 19 de

novembro, mesmo não estando por aí, já

deixo um abraço acompanhado de

muitas felicidades.

A senhora merece.

Marcio (Punk)

De Maria Augusta dos Santos

Barbosa (Vila Velha, ES - BR)

Sou grande admiradora da Aurora,essa

pessoa forte,decidida,trabalhadora e

batalhadora mas que sabe também curtir

a vida.Quando é possível,a Aurora

viaja,dança,bate papo com amigas...

Acho que a Aurora é completa.

Parabens,Aurora,pelo seu aniversário.

Maria Augusta dos Santos Barbosa e família


Parabens Mirian e Norma por terem essa

mãe!Parabens Marcão e Serginho pela

bênção de ter essa super sogra!

Guta

De Flavio Uemura

Eu sou um grande fã seu!

Acho que todos nós do Pira que tivemos

a oportunidade de te conhecer somos

pessoas fortunadas. Você pode ter

certeza que você influenciou a nossa

formação e as nossas vidas de uma

forma muito positiva. Com seu sorriso, a

sua simpatia, o seu astral sempre

positivo, você é um exemplo a ser

seguido por todos nós.

Existe uma música do Guilherme

Arantes que sempre me faz lembrar

você:

"Prá nunca

perder

Esse riso

largo,

E essa

simpatia

Estampada

no rosto.

Cuide se

bem!

Eu quero te

ver com

saúde

E sempre de

bom humor

E de boa

vontade

Com tudo"

Um grande

abraço

(saudades!)

e muito

obrigado

Fi

De Suely

Akemi

Tamashiro

(Suzuki)

Da. Aurora....a quanto tempo....Que

saudades!!!! Graças á Deus tive esta

oportunidade para poder te agradecer e

felicitá-la.

Eu sou a Suely, irmã da Mary,

Miti....lembra? Pois é, ainda estamos por

aqui, planeta terra, só que do outro lado

Página 9

Flavio Uemura e família

do Brasil.....

Com muito carinho desejamos um Feliz

Aniversário!!! E mais uma vez, muito

obrigada pela paciência...não foi fácil,

nos pegar na fase da adolência.....

ARIGATO!!! Beijos no coração!!!

Suely Akemi Tamashiro, suas filhas e fotos do Japão perto de sua Residência na próxima página


De Roberto Toshio Matsuda (Thyó)

Dona Aurora,

Esta figura sempre simpática e sempre

tão esforçada...

Nunca a vi brava, ou alterada por algum

motivo. E olha que frequento o Pira

desde 1982!

É a primeira cabeça que vejo, por trás

do guichê, quando chego ao Pira.

Sempre de cabeça baixa, lendo,

escrevendo, organizando, ou fazendo o

seu serviço como uma formiguinha.

Sempre trabalhando!!!

E sempre que peço para fazer o recibo

do pagamento, digo: Kirei na Ji dessu

ne!

Parabéns, Aurora-san! Continue sempre

assim!

Roberto Toshio Matsuda (Thyó)

De Reinaldo Ashitaka Haragutchi

Puxa Aurora, quanto tempo, né? E aqui

vou falar da minha única tristeza em

relação a sua pessoa. Não vamos poder

tocar violão juntos porque você parou as

aulas. Grande beijo e feliz aniversário.

De Pâmela Ap. Biddulph

O que falar desta pessoa maravilhosa!!!

Bom Dona Aurora, a senhora me viu

crescer, e acompanhou minha trajetória,

fico feliz em saber que faço parte do seu

ciclo de amizades. Saiba que a senhora

faz a diferença. Que esta data se repita

por muitos e muitos anos, que Deus te

ilumine hoje e sempre. Parabéns!!!!

beijocas

De Paula Ayumi Tamaki Charity

Eh muito dificil escrever sobre a Dona

Aurora......com

tantas qualidades

maravilhosas.....em

um espaco tao

pequeno!!

Dona Aurora,

obrigada por ter

feito parte de

minha vida. Tenho

saudades do tempo

de Piratininga,

aprendi muito la.

Desejo muitas

felicidades, saude e

muitos anos de

vida. Parabens

pelo aniversario

e tambem pela dedicacao e carinho que

tens com todos.

Um grande abraco,

Paula, John, Nicole e Natalie.

De Daniela Higa

Página

A Dona Aurora participou da minha

infância inteirinha que foi no Pira!

Sempre que precisava (e preciso) de um

esparadrapo ou bandaid era com ela que

tudo se resolvia! Feliz Aniversário Dona

Aurora! Fico muito feliz de saber que

você marcou muitas vidas e que existem

muitas pessoas que compartilham um

sentimento bom por você.

Um grande beijo e abraço da acidentada

Dani!

De Rafael Shiguematsu

Olá Aurora,

O tempo pode ter causado efeito em

nosso corpo fisico, porém nada te afetou

por dentro. Sempre que a vejo, mesmo

após anos sem contato, você mostrou

esse brilhante coração... Espero que

continue sempre assim...

Feliz Aniversario!!!

Beijos e abraços

Rafael Keiti Shiguematsu e familia

De Marta Naomi Uehara Yamada

Oi Dona Aurora,

quanto tempo não nos vemos, que

saudades da senhora!

Pelo jeito a senhora continua a mesma,

com o mesmo sorriso, a mesma boa

vontade de sempre e cativando a todos

que passam por sua vida!

Muito obrigada por toda a sua

dedicação, amor e carinho.

A senhora praticamente me viu crescer

lá no Pira, acho que eu passava mais

tempo no Pira do que em casa! Era

muito bom, troquei minhas bonecas pelo

Pira, e tenho certeza que meus pais


Marta Naomi Uehara Yamada

ficavam bem tranquilos de saber que eu

estava lá, pois sabiam que se eu

precisasse de alguma coisa, a senhora

estaria lá para me ajudar, como sempre

fez!!

Muito Obrigada

por tudo!

Feliz Aniversário,

com muito

carinho

Tata

De Andrea

Yamamoto Date

(Hamamatsu -

JP)

oi!!!!!!!!!!!Espero

que esteja

bem.Não sei se

lembra de mim,

sou filha da Yotian de Rio Preto,não a

conheço muito,pois tivemos pouco

contato mas pelo pouco que nos vimos

Andrea Yamamoto Date e família

Página

posso dizer que é uma pessoa

maravilhosa, super alto astral, de bem

com a vida e muito amável com

todos.Só ouço coisas boas sobre ela.Um

enorme beijo.

De Francine Hayashi Uessugui

(Penápolis, SP - BR)

Tenho o maior orgulho de dizer que sou

a sobrinha dessa pessoa maravilhosa que

é a tia Aurora!

Desde sempre a tia foi um grande

exemplo de força, determinação e

paciência! E muitas vezes ouvi de minha

família a história de vida dela, de como

trabalhou desde cedo, suas

responsabilidades como filha mais velha

e depois como esposa e mãe vivendo em

São Paulo. Sua vida é com certeza uma

grande lição de vida para todos que a

conhecem!

Ao vir aqui e escrever esse depoimento,

me lembro da tia em vários momentos

de minha vida... Quando eu era criança

ela sempre vinha com um enorme

sorriso estampado no rosto e dava

aquele abraço apertado! E claro, nunca

vou me esquecer, na época dos meus 7

ou 8 anos, quando o meu maior sonho

era ser uma paquita da Xuxa, a tia

Aurora vinha toda animada dançar

comigo e com as minhas primas!

O tempo foi passando e depois vieram

as temporadas de férias em São Paulo!

Geralmente em julho, eu e Sílvia

ficávamos uma semana em companhia

da tia, com ela nos ensinando a pegar

ônibus, chegar aos shoppings e nos


Francine Hayashi Uessugui

levando para nadar na piscina aquecida

do Pira. Adorávamos ficar conversando

com ela, observar os mangás que tinha

numa estante nos fundos... E me

impressiono até hoje como a tia

conseguia fazer tudo: trabalhar no Pira,

cuidar dos sogros e ainda dar atenção

para a gente! Uma verdadeira Mulher

Maravilha oriental! Hihihi!

E gostaria de dizer que mesmo a vendo

muito pouco devido à distância,

compromissos e dificuldades, guardo

essa tia tão especial no sempre no

coração com um carinho inexplicável.

Amo demais essa pessoa que sempre foi

carinhosa, gentil, paciente, que sempre

chega com um sorriso meigo no rosto,

falando "Oi fia, tá boa?" e que estende a

mão para nos acolher.

Por isso minha tia querida, tudo o que

eu posso desejar é que a senhora

continue sendo esse exemplo, essa

mulher forte, batalhadora e que receba

sempre o melhor que essa vida pode

oferecer, pois a senhora merece isso e

muito mais. Com certeza você é uma luz

na vida de todos que te conhecem.

Muito obrigada por tudo que

proporcionou!

Felicidades e amo você!

De Victor Bruno Rodrigues

Dna. Aurora desde pequeno a senhora

me ajudou muito no Pira... são boas

lembranças...Muito obrigado por

tudo, Parabens...

De Miguel Mitsuru Higa

Sempre sorridente e alegre, que nos

faz feliz também, apesar de parecer

ser pouco, é tudo que um ser

humano precisa para viver em PAZ.

FELIZ ANIVERSÁRIO, Dona

Aurora.

De Adilson Yoshikazu Yoshimatu

Quando começei a treinar kendo a

quase 20 anos, a primeira pessoa que

conheci no Piratininga foi a Dona

Aurora. E por todos estes anos que

continuei ela sempre estava lá,

pronta para ajudar e atender.

Muitas pessoas passaram pelo

Piratininga, como socios, como

diretores, como presidentes, e ela estava

sempre la, diria que ela é a propria

historia do Piratininga.

Gosto muito dela, e sinto falta hoje

quando passo pela secretaria e não a

vejo. Parabens.

De Marcia Uehara

D.Aurora,

Envio desde já vibrações de amor,

gratidão, respeito e admiração pela

pessoa que sempre esteve presente como

uma tutora do nosso lazer e vivencia da

"turma" do Pira. Que a vida a cada dia

lhe proporcione

oportunidades de

colheita farta e

generosa em

Saúde, Paz,

Amizade e muito

calor humano.

De Katia Hikaru

Kurachi

Oi Dona Aurora,

oguenki dessuka ?

Nossa, faz tanto

tempo que não a

vejo, que saudades

!! Lembra-se de

mim ? Sou a

Página

Kátia que começou a jogar voley na

época em que o Lagoa dava treinos, da

turma do Beto Ido, Norio, Mauro, Béia,

Lê, Jie, Mary, Suely, etc, lembra-se ?

Houve uma boa época que tínhamos

uma família fora de casa no Pira. Como

todos, lembro-me muito bem de sempre

que chegava ao Pira, a primeira coisa a

fazer era olhar pela janelinha de vidro

da portaria e receber um Bom dia ou

Boa tarde ou Boa noite com um sorrisão

enorme da pequenina Dona Aurora, que

sempre tava de bom humor, preocupada

com a gente, uma verdadeira mãezona.

Fico muito feliz de poder participar

desta sua surpresa de aniversário.

Dona Aurora, S U P E R F E L I Z A N

I V E R S Á R I O !!!!!

Desejo tudo do melhor pra senhora.

Milhões de beijokas.

Katia Hikaru Kurachi.

De Luiza Kajita (Penápolis -SP)

Quanto aprendi , naqueles tempos da

nosssa convivência, lá na Miguel Isasa!

Tive em você a amiga, a companheira,

um pouco mãe a me puxar as orelhas.

Vi nascer e crescer a grande guerreira de

coração imenso, que socorre a todos os

"irmãos" quando uma dificuldade

qualquer aparece.

Aurora , seja feliz!! Ou melhor, seja

MUITO mais feliz!!!

Abraços,

Luiza

Luiza Kajita


De Dalva Hayashi (Penápolis -SP)

Aurora querida,

Você é um exemplo prá todos nós : uma

mulher guerreira, determinada,

perseverante e acima de tudo, uma

vitoriosa e de bem com a vida.

Como todo mundo tem seus defeitos,

você não foge a regra, mas o seu defeito

é ser boa demais e mima a todos com

esse enorme coração, que eu não sei

onde você guarda nesse corpo tão

pequeno. Um corpo que não pára, está

sempre mexendo e como mexe bem, até

prá dançar de "Paquita" nos aniversários

das crianças, lembra??

Um beijo enorme no seu coração e

saiba, você mora no meu.

Dalva

De Marcos Yamada

Dalva Hayashi

Dona Aurora ????

E uma amigona tipo

maezona. Eu a

conheci em 1977,

quando comecei a

dar aulas de tenis de

mesa no PIRA,

onde estou ate

hoje.....nem por $$

$, nem por estrutura

e sim porque

aprendi a gostar do

PIRA e obviamente

dela.

A Dona Aurora e

patrimononio do Pira e se ela sair as

coisas podem complicar bastante no

clube. Com sua simpatia e carisma ela

consegue agradar todos os associados....

Se nao fosse ela, com certeza muitos ja

teriam abandonado o clube. Ela e nota

10 !!! Tem muita visao eh muito honesta

e excelente profissional. Enfrentamos

muitas crises do clube juntos nestes 30

anos, mas aprendemos muito com elas.

Passamos por varias gestoes de

presidentes, sofremos e nos ajudamos

mutuamente sempre, ate quando eu

fiquei 2 anos fora por problemas

internos/politicos, foi ela que informou

ao novo presidente sobre os motivos de

minha saida, fazendo com que eu

retornasse para reerguer o tenis de mesa.

Marcos Yamada

Página

A filha dela Norma tambem foi aluna

junto com a Shizuka, Mikio, Hideki,

Silvio, ....a primeira turma de tenis de

mesa do PIRA. QUando vou ao Pira e a

encontro, meu humor e a motivacao

para dar aula ate melhora.

Amo a Dona Aurora !!!

De Mauro Nishi

Feliz Aniversário, Querida Aurora!

Você que durante nossa infância e

adolescência foi nosso anjo da guarda

no Pira.

Sempre dedicada e prestativa, sempre

simpática e amiga.

Que Deus te abençoe com muitos anos

de vida, com muita paz e amor como

você sempre nos protegia.

De George Hirata

Dona Aurora fez parte da vida de muita

gente que passou pelo Pira. Sempre foi e

sempre será uma referência para todos

nós. O tempo passou, mas a certeza de

encontrá-la na secretaria do Pira, fazia

com que nos arriscassemos a voltar ao

clube, pois teríamos alguém conhecido

para abraçar, beijar, conversar e reviver

os bons tempos. Bons tempos que

permanecerão na memória de todos. Foi

muito bom rever seu sorriso neste site.

Parabéns por todo esse carinho que você

merece!! Beijos!!


De Adelina Cordeiro (Praia Grande )

A Norminha que me desculpe mas eu

sou a filha cacula, tive o privilegio de

ser praticamente criada por ela, uma

mulher a frente do seu tempo, bondosa e

pouco, ela por muitas vezes deixou de

seguir seu caminho para cumprir

regras... A casa dela tem um perfume

todo especial, acho que estamos falando

de um anjo com grandes asas capazes de

acolher o menor dos seres.

Carinhosa, amiga, capaz de cuidar de

pessoas dificies, mais sempre em paz

com sua consciencia. Quem teve o

prazer de conhece-la tenha a certeza que

conheceu um ser SUPERIOR

ILUMINADO POR DEUS.

EU AMO MUITO ESTA GRANDE

MULHER. PARABENS GUERREIRA

E PROFESSORA DE MUITOS.

De Tiyoka Tazitu

Adelina Cordeiro Adelina Cordeiro e Norma Takeshita

Uma mulher corajosa, batalhadora,

dedicada, generosa, despretensiosa,

perseverante e, sobretudo, humana,

todas estas qualidades resumem-se num

só nome: AURORA.

Conheço-a há muito tempo e sempre a

admirei pela sua postura invejável.

Ser sua amiga é uma honra da qual

muito me orgulho.

Beijos,

Tiyoka

De Sônia Shigueko Morizono

Olá Dra. Aurora,

Parabéns pelo seu dia, e muitas

felicidades.Faz muito tempo e talvez a

Sra. nem lembre de mim. Eu era muito

amiga da Mary e da Suely do voley

lembra?

Como frequentei pouco o clube, talvez

não tenha dado tanto trabalho e talvez a

Sra. nem lembre, mas de qualquer

Tiyoka Tazitu à esquerda com Aurora Takeshita à direita

Página 14

maneira tenho boas recordações do

pessoal e dos amigos que fiz neste

clube, e que mantenho contato até hoje.

Que Deus abençoe a senhora e a familia

linda que a Sra. tem.

Beijos

Sônia

De Cibele Akemi Sawada

Dna. Aurora !!! Quanto tempo...e muito

bons tempos!!!! Que saudades daquele

mimeógrafo... contas com soroban (é

isso?)...pensar em Pira sem pensar em

Dna. Aurora não existe! Dedicação,

carinho e muuuita paciência!!!!

Tudo de muito bom pra sra....Dna.

Aurora!!!

Saudades Beijos!

Cibele (Béia)

De Silvia, Carla. Marcos, Sidney

D.Aurora

desejamos que Deus ilumine sempre

seus passos com muita alegria e saúde.

Parabéns!! Beijos e muitas felicidades.

De Maria Helena B. do Império

Aurora,

que Deus a abençoe neste dia tão

especial.

Ficamos felizes e honradas em tê-la

como amiga.


Parabéns e muitas felicidades!!!

Maria Helena, Juliana, Silvinha e

Lobinho

De FATIMA

Amiga Aurora,

É um prazer deixar essa mensagem em

data tão bonita para todos os que privam

de sua amizade.Eu como sua vizinha e

amiga posso assegurar que por sua

bondade e atenção fico feliz em vê-la

diariamente com tanta disposição e

alegria nas caminhadas que efetuamos

na USP, as quais espero sejam por

muitos anos, sempre com muita saúde,

se Deus assim permitir. Amiga Aurora,

feliz aniversário e muito amor, que é o

que você tem de melhor para todos que

contigo convivem. Parabens, de sua

amiga Fatima.

De Gustavo Takeshita Uemura

Vóóóóóóóóóó

Te amo muitoooo!!!!!!!

POR QUE?!?!?!?!

porque você é muito legal, carinhosa,

FATIMA Gustavo e Silvia Takeshita Uemura

está sempre sorrindo...

xD

faz muitas coisas para nós, nos ajuda

muito em qualquer problema (mesmo

estando longe), dá moedinha pa mim e

pa minha irmã...xD

faz de tudo pra nos deixar feliz :)

trabalha o dia todo e continua fazendo

tudo de bom!!

Página 15

continue assim vó, você é a MELHOR!!

amo você³!!

(do seu mais melhor netinho do mundo)

xD

De Eliane Hayashi Suzuki (São Paulo

- SP)

Oi tia!

Eliane Hayashi Suzuki


Acima: Suely Hayashi Suzuki com Aurora Takeshita

Abaixo: foto do armazém descrito pela Suely

Primeiramente gostaria de parabenizá-la

pelo seu aniversário, muitas felicidades

porque você merece!

Bom, como eu sou econômica também

nas palavras, serei meio compacta...

bem o nosso estilo, né tia?

A tia Aurora foi quem primeiro me

abrigou em São Paulo... e com certeza

foi uma importante fase de adaptação na

minha vida, porque eu era toda

caipirona na cidade grande. Por isso,

serei-lhe eternamente grata! Hoje até

consigo passar por paulistana! ;)

Portanto, obrigada tia, por tudo, e

parabéns pela pessoa que você é!

Sempre otimista, mesmo com todas as

dificuldades. Direta ou indiretamente,

você também foi responsável pelo que

sou hoje. E um exemplo para toda

família!

Beijos!

PS: Outro dia, a minha mãe ficou rindo

ao encontrar uma agenda velha na qual

eu rabiscava alguma coisa quando

estava aprendendo a escrever. Lá, eu

havia escrito o nome das tias: "tia Dalva,

tia Luiza, tia Elza e tia Orora"!!

De Suely Hayashi Suzuki (Mogi

Mirim - SP)

Oi AURORA !

Página 16

Lembro da época do "missê", quando eu

nem sabia andar em São Paulo, e você

deixava as crianças (Mirian e Norma),

para andar de ônibus comigo. Eu ficava

aterrorizada... e você dava risada, e

confiava na gente !

Como você não tinha tempo, eu fazia

bolo para as meninas. Elas me

ajudavam, e quando eu pedia para a

Mirian pegar ovos, ela perguntava: do

pequeno , do médio, ou do grande ?

Como você trabalhava... e continua

batalhadora, incansável, leal, amiga,

sempre pronta para ajudar a quem

precisa. Parabéns, felicidades mil, que

você merece.

Na época do "Armazém de secos e

molhados" tinham clientes que queriam

ser atendidas somente pela Aurora,

quando da ausência, estes diziam que

voltariam depois, porque sentiam muita

confiança no atendimento dela. Como o

Armazém ficava próximo da escola

primária, aproveitava para vender os

materiais escolares e as crianças

compravam chicletes, balinhas, doces,

etc. Se fosse hoje seria um

supermercado devido a variedade.

Na foto do Armazém existe um fato

curioso para ser relembrado, onde

mostra o tambor com uma bombinha

para medir a quantidade referente a 1

litro, que é a venda de óleo de cozinha a

granel, de amendoim ou de algodão. Os

clientes tinham que trazer a garrafa

vazia para adquirir o óleo. Como o

Armazém era muito movimentado, os

visitantes (parentes) eram convidados a

ajudar.

De Luiz Fernando Kajita

É sempre um risco falar de alguém com

quem não convivemos diariamente.

Corre-se o risco de só arranhar a

superfície, de enxergar só o que está em

negrito. É também arriscado falar de

alguém que deixamos de ver com

freqüência. A vida é dinâmica.Mas eu

posso falar do passado, acreditando que

o que as pessoas tem de essencial nunca

muda.

Tios e avô que me perdoem, mas esse

lado da nossa família sempre foi um

"matriarcado". Elas que saíam de casa,


palpitavam sobre tudo etc. Das cinco

irmãs, uma é minha mãe e outra a

Aurora, mãe de Mirian-Norma, que

nossa avó pronunciava como se fossem

uma só entidade.

Dela, Aurora, minha mãe sempre

contava (e ainda conta) do quanto foi

ajudada em seus primeiros tempos em

SP por ela e por seu marido. Já eu me

lembro das incontáveis idas a SP, no Rio

Pequeno. Das noites dormidas no sofácama

na sala da casa dela. Dos almoços

regados a Pepsi e Crush. Dos brindes de

doces, as caixinhas-surpresa, as hélices

e revólveres de mola, bolinhas de gude,

os revólveres de água, que entre os

amigos de infância eu sempre tinha em

primeira mão graças ao "missei".

Houve fases menos felizes, da viuvez,

com duas filhas e dois sogros pra criar,

mas ela sobreviveu e deu às filhas o

essencial.

Depois veio a fase do Butantã, que nós

parentes usamos tantas vezes como base

quando tínhamos compromissos na

capital. Tudo sempre com as

costumeiras hospitalidade e

generosidade. Também batia ponto lá

com freqüência nessa época.

Hoje já não bato à porta, "não quero

incomodar", que é o que se diz quando

se perdeu a proximidade, a naturalidade.

Mas, felizmente, isto não é um

necrológio; o que passou, passou

depressa, mas, nos breves encontros

familiares, cada vez mais raros (cada um

vive em suas próprias sub-famílias),

ainda é possível encontrá-la, como se os

anos não tivessem passado.

De Alberto Mikio Uemura

Dona Aurora,

O que seria de minha infância sem a

senhora, foram tantas bolas furadas,

chaves perdidas, mensalidades

atrasadas, entradas na piscina sem

exame médico, curativos, etc, etc, mas a

senhora nunca brigou ou ficou chateada,

mas sempre me tratou com carinho e a

paciência como se fosse seu filho.

Muito obrigado por tudo neste período

tão importante de minha vida!

Mas lembrei do mais importante! O que

seria do meu desenvolvimento

humano e sentimental, sem a chave da

sala de televisão? A senhora sempre foi

um anjo!

Um grande beijo!

Alberto Mikio Uemura

De Beatriz Takeshita Barbosa

VÓÓÓÓÓ!!!! Feliz aniversáriooo!!

Muitos anos de vidaaa!!

Adoravel

Util

Página 17

Beatriz Takeshita Barbosa

Radiante

Otimista

Responsável

Amavel

Tudo isso se encontra em você!

Beijos e felicidades de sua neta Bia!

De Massayuki Suzuki

Foto enviada por Massayuki Suzuki

Piratininga; Viviane Uessugui; Katsuro

Hayashi; Miyoko Hayashi; Elza, Luiza,


Shirô, Saka, Deco, e Daba (Dalva); Luiz

Fernando, Carmem, Carlos, Valéria,

Daniela, Fabiana, Lucas, Bruno, Vânia,

Francine, Vanessa,Verônica e

Vinicius;duas filhas são as coisas que

temos em comum, onde:

- Piratininga por ela trabalhar no Clube

com este nome e eu na CPFL Piratiniga;

- Viviane por sermos padrinhos de

batizado e sobrinha;

- Katsuro Hayashi por ser pai da minha

esposa Suely (a caçulinha) e ela ser a

filha de fato (ou irmã como registrado

no cartório);

- Miyoko Hayashi por ser a mãe da

Aurora (Primogênita) e da Suely

(Caçulinha);

- Elza, Luiza, Shirô, Saka, Deco, e Daba

(Dalva) que são irmãos e para mim são

os meus cunhados;

- Luiz Fernando, Carmem, Carlos,

Valéria, Daniela, Fabiana, Lucas,

Bruno, Vânia, Francine,

Vanessa,Verônica e Vinicius por serem

nossos sobrinhos.

- Duas filhas porque a Aurora tem a

Miriam e a Norma enquanto nós temos

Eliane e Aline.

Tudo isso são coincidências que

ocorrem em nossas vidas.

Foi muito legal confiar-nos a guarda das

suas filhas, Miriam e Norma, para as

viagens para Penápolis (de 1977 a 1983)

e até mesmo confiar na Suely, quando

Foto enviada por Massayuki Suzuki

solteira na época do cursinho (1974),

para visitar a Tia Luiza, de ônibus em

Guapiara. Conforme a Suely viajaram

de noite e chegaram entre 2 e 3 horas da

manhã (quando a previsão era chegar as

6 horas) e não tinha campainha na casa

para acordá-los. Nisto passou o dono da

padaria, de carro, que ofereceu ajuda,

que poderia usar o telefone para entrar

em contato com a Luiza, neste momento

a Suely ficou preocupada se estavam

Página 18

falando verdade. No final deu tudo

certo.

Foi de grande ajuda quando acolheu a

minha filha Eliane para morar

temporariamente até se estabelecer em

São Paulo, quando entrou na FAU em

2001. Isto nos deu um grande alívio para

o início da vida na cidade grande.

Parabéns pelo aniversário no dia da

nossa Bandeira, que pequena grande

mulher!

De Aline Hayashi Suzuki

Oi Tia!!!

Para mim, você é uma pessoa bem

especial em vários sentidos: é a única

que eu conheço que nasceu pelo pé;

registrada como filha do próprio avô;

que dança com as primas paquitas; toma

um copo vinho na praia (e nem percebe)

e fica muito feliz; gosta de viajar; está

sempre contente e até consegue me

elogiar quando eu dirijo!.... rs.

Parabéns! ...pelos XXX anos e por

conquistar tantos objetivos e amigos

com bastante simplicidade.

Bjos

Nota: as duas fotos na próxima página

também foram enviadas por Aline

Hayashi Suzuki.

Foto enviada pela Aline Hayashi Suzuki


Foto enviada pela Aline Hayashi Suzuki

Página 19


De Luiza Takeshita Barbosa

Eu conheço uma mulher

Doce e gentil senhora

Sempre alegre e sorridente,

O seu nome é Aurora.

Se alguém me dissesse que conheço um

anjo,

Anjo que agora se revela

Eu diria sem demora

Que o anjo era ela

É amiga, companheira

Nunca deixa ninguém só.

E então, agora digo:

FELIZ ANIVERSÁRIO, VOVÓ!!

Uêêêêêê! ^^ Já fiz poemas melhores, e

esse nem de longe conta todas as

qualidades da vó, mas eu tentei! Te

amo, vó!! Feliz aniversário!!

De Marcos Uemura

Ela não se chama Aurora por acaso.

Enquanto aurora significa o alvorecer de

um novo dia rompendo a escuridão da

noite, a Aurora significa a luz. Luz na

vida de muita gente, luz na minha vida

também.

Sempre amiga, presente, compreensiva,

paciente e infinitamente bondosa. Na

verdade, não existem adjetivos capazes

de expressar o valor desta pessoa tão

importante, tentar resultaria numa lista

interminável.

Ao me casar com sua filha caçula, ela,

com suas atitudes, criou

uma situação curiosa: eu

não tenho sogra!

É um caso raro de uma

pessoa casada que, ao

invés de ter uma mãe e

uma sogra, tem duas

MÃES.

Obrigado por ser tão

maravilhosa, mãe

Aurora.

De Waldomiro e

Verônica Hayashi

Olá Tia Aurora!

Estou escrevendo em

meu nome e em nome de

meu pai.

Quando soube da

homenagem (mais do

que merecida) que iam

lhe fazer, fui atrás de

fotos que pudessem

dizer algo. Achei!

Descubri que a senhora

foi madrinha de

casamento dos meus

pais, está presente no álbum deles.

Pena que os fatos são poucos, mas não

menos importantes...

Tenho lembranças das vezes em que a

família se juntava em viagens pra praia.

As tias Luiza e Aurora se juntando pra

tocar violão e dançar...Tia paquita né?!

Fotos enviadas por Waldomiro e Verônica Hayashi

Página 20

Aurora Takeshita e Marcos Uemura

Era pequena, mas me lembro disso...

Passei tanto tempo sem a ver que no

reencontro (no ínicio do ano) a senhora

mal reconheceu a mim e meu irmão,

mesmo assim não deixou de ser terna.

Mais ainda comigo quando me mandou

um "kit de sobrevivência" quando soube

que eu tinha passado no vestibular e ia


morar fora.O gesto só provou que a

senhora pode estar longe, mas sempre se

preocupa com todos.

Queria agradecer pelo carinho dedicado

a mim como sobrinha e ao meu pai

como irmã mais velha.

É dífil escrever sobre alguém que se tem

tão pouca convivência, corre-se o risco

de errar, mas digo sem medo que tenho

muito orgulho de tudo que sei ao seu

respeito tia!

Parabéns, muitas felicidades hoje e

sempre!

Beijos

De Antônia e Vinícius Hayashi

(Araraquara, SP)

Homenagiar alguém é bom, melhor

ainda quando a pessoa homenagiada é

carinhosa acima de tudo, batalhadora e

uma vencedora.

Consegue ser mãe, mulher, avó, tia,

amiga, cunhada, irmã; e faz isso muito

bem.

Amiga e tia para todas as horas.

Parabéns querida Aurora.

Foto montagem enviada por Antônia e Vinícius Hayashi

De Marcos Hideki Hoshi

Olá, Dona Aurora.

Parabéns pelo aniversário.

Não nos vemos há anos. Para falar a

verdade, a última vez que vi a senhora

foi no século passado. Ainda bem que

envelhecemos todos juntos.

Acho que ainda não agradeci o presente

de casamento que a senhora me

mandou. Agora

tenho a

oportunidade de

agradecer em

público. Muito

obrigado.

Tenho duas

filhinhas, e faço

questão de

apresentá-las à

senhora. Me espere

qualquer dia, ou

apareça em minha

casa. Deixo aqui o

meu endereço:

Avenida São Paulo,

780

Página 21

Peruíbe, SP

Telefone: (13)3455-7713,(13)9701-1401

De Família Ohmuro

Feliz aniversário!!

Muitas saudades

Família OHMURO

Família Ohmuro


De Vivi Hayashi

Tia Aurora e Vivi Gui e Vivi

Querida Tia e Madrinha Aurora,

confesso que passei alguns dias

pensando na mensagem que eu deixaria

nesse espaço tão especial que foi criado

por todos que amam a senhora e a

admiram.

Com muito carinho lembrei das várias

vezes que fomos recebidos em sua casa

sempre com aquele belo sorriso no rosto

e muita comida gostosa na mesa; de

todas as temporadas de manga lá da

granja em que sempre pensamos como

seria bom poder despachar algumas

caixas para São Paulo... Nada disso

parece importante quando penso no

exemplo de vida que a senhora deixou

para as hayashis mais novas. A trajetória

das "irmãs cajazeiras" é motivo de

orgulho para nossa família: a

determinação, força e independência em

todos momentos difíceis que

enfrentaram devem ser seguidas por

todas nós. Admiro como a senhora é

uma das pessoas mais doce que já

conheci mesmo depois de ter lutado

muito, principalmente quando tinha

duas filhas pequenas para criar.

De todo coração, desejo que a senhora

tenha muitos mais anos de felicidade

junto com a linda família que conseguiu

formar.

Um grande beijo,

Vivi

Fotos enviadas pela Daniela Hayashi

Página 22

De Daniela Hayashi

Olá Tia!!!!

É muito bom mandar mensagem p

senhora!!! Faz muito tempo q a gente

não se vê! Primeiramente gostaria de dar

PARABÉNS! Muitas felicidades, saúde,

paz! Muito sucesso a nossa eterna tia

paquita! Nossa tia, me lembro como se

fosse hj as festas de finais de ano, as

Pascoas, q passávamos todos reunidos!

Muitas brincadeiras! E me lembro da

senhora sempre alegre, sorrindo! E

dançando comigo, com a Vivi, com a

Valéria...

Estou falando em nome dos meus pais,

apesar da gente não ter convivido muito

com a senhora, sempre lembramos da

"Tia Paquita" uma pessoa com muita

garra, muita força de vontade para

vencer na vida, coisa q nem é todo

mundo q tem! Isso me orgulha muito

Tia!

Para mim, a imagem da senhora, de

acordo com as histórias q minha mãe

contava, uma pessoa q lutou muito e

ainda luta. E a gente vê agora q toda

essa garra valeu apena, com filhas,

genros e netos!

Parabéns tia! Tudo de bom mesmo! Do

fundo do coração! Sempre lembramos

da senhora com muito carinho e a

imagem de uma mulher sempre alegre!

Estamos mandando nossas fotos tb.

Bjos. Daniela, Amir, Gabriel, Rafaela e

Nicanor e Cidinha!

TIA

ADOROOOOOOOOOOOOOOOOOO

OOOOOOO VC!!!!!! Dani.


De Ricardo Yuiti Miura

Os Piratininganos sempre lembram de

você quando falam do Pira.

Não é por menos, pois o Pira ainda

sobrevive por causa da sua competência

e dedicação.

Gestões e gestões se passaram e você

continua firme, trabalhando para deixar

Foto enviada pela Daniela Hayashi

Ricardo Yuiti Miura

tudo em ordem e funcionando. Como

um dos Ex-Presidentes do Pira, tenho

muito a agradecê-la, pois acima de tudo

sempre pude contar com o seu apoio e

conhecimento. Como Piratiningano,

digo abertamente que todos a respeitam

e admiram pela pessoa que você é e eu

compartilho totalmente com esta

opinião.

Apesar de estar freqüentando

pouco o Pira ultimamente,

fico feliz em poder vê-la no

clube e quando meus filhos,

Bruno e Eric, vão juntos

comigo, faço questão que eles

digam um alô prá você,

porque você merece toda a

nossa atenção.

Obrigado por tudo!

De Ivan Takatsu

Dna Aurora,

Eu, assim como todos os meus

amigos de "Pira", tenho você

como uma pessoa mais do que

especial. Afinal de contas, a

Sra estava sempre pronta a

nos atender e também a

conversar conosco, nos

passando sua experiência de

vida e nos fazendo

companhia.

Página 23

Desejo a você e sua família toda a

felicidade do mundo !!!!

Um grande abraço,

obs.: Acho que você ainda se lembra de

mim, né ? Bom, vai aí uma lista da

turminha que andava comigo: Betinho,

Béia, Nelsinho, Jie, Tinho, Beto, Sé,

Lina, Mary, Sakai, Lica, Reca, Jeca,

Nanae, Sandrinha, Morishin, Katinha,

Estevão, George, Mikio e vai longe....

De Valéria Diniz Hayashi Pinto

Olá tia! É com imenso prazer que

escrevo para homenagea-la. Para isso

emprestarei versos da música de Milton

Nascimento "Maria, Maria":

Aurora, Aurora é um dom, é tom, é uma

certa magia de uma mulher que merce

viver e amar como outra qualquer do

planeta. Mas é preciso ter garra é

preciso ter gana é preciso ter sonho

sempre, quem traz no corpo essa

marca"Aurora" costuma ter fé na vida.

É assim que a vejo. Mulher forte,

vitoriosa e preocupada com todos da

família. Sempre liga para meu pai

desejando Feliz Natal e um ótimo Ano

Novo. Quando eu era ainda menina

fomos para Praia Grande paramos na

volta em um restaurante fui comprar um

sorvete com uma nota alta e o cara foi

grosso comigo lembro-me da tia me

defender e pagar meu sorvete. E é assim

que "Aurora"é mãezona, vovó adorável,

meiga, doce, boazinha e linda mulher é

por isso que nunca envelhece.

Obrigada tia pelo cobertor (presente de

casamento), é o que eu mais gosto

porque tenho certeza que ele veio com

um carinho e com as benções de tão boa

dama. "Ah! se todos fossem no mundo

"Aurora", como você". Seria

maravilhoso!!!!

Obrigada titia linda por todos os sorrisos

e carinhos oferecidos a nós que tivemos

a honra e prazer de estar em sua

presença adorável.

Muita alegria com carinho VALÉRIA.

De Harry Chern

Só quem viveu um tempinho no Pira,

por menor que seja, sabe o quanto foi

importante a Dona Aurora para suas

vidas e, também, para o Clube. Ela foi


Foto enviada por Celso Issamu Yamahaki

mãe para muitos jovens que frequetaram

o Piratininga. Desde os que eram

"danado", como ela chamavam os que

davam mais trabalho e mal-criados, até

os "bonzinho", que eram comportados e

educados, com certeza, são gratos pelo

carinho e dedicação da Dona Aurora que

influenciaram na formação do carater e

de moral de cada um.

Na minha primeira participação da

diretoria do Piratininga, fiquei admirado

e impressionado

com os

conhecimentos e

a memória da

Dona Aurora

sobre a história

do Piratininga.

Durante todas as

gestões que

participei as

minhas fontes de

consulta sobre

contas, historicos

do clube, exassociados,

material e outros

coisas, eram a

Dona Aurora.

Agradeço a Dona Aurora por tudo que

ela fez não só a mim, mas a todos os

Piratininganos que tiveram o privilégio

de tê-la com uma "maezona".

De Alexandre Ichiro Hashimoto

obrigado dona Aurora

eu só tenho oque agradecer a dona

Página 24

Aurora obrigado !!!!

sei que dei trabalho,

sempre fazia arte, e a

senhora sempre me

orientando, bastava a

senhora olhar, eu ja sabia

que a senhora sabia que

eu estava aprontando

alguma arte... mas hoje

só de pensar, tenho

saudades, obrigado por

tudo ....

e vou escrever mais ....

De Lourdes Uemura

Querida Aurora,

Parabéns pela grandiosa

homenagem!!! Você

com toda certeza

merece, e muito isto!!

Quero também registrar

aqui o quanto foi

significativo a sua

presença em nossas

vidas!! Sendo a

sogrona/mãezona de meu amado filho!!

Continue sempre com esta alegria

contagiante!!!

Espero que logo possamos nos divertir

novamente na praia!!!

Muito Obrigada!!!

Um grande beijo!!!

De Celso Issamu Yamahaki

Demorei pra chegar até aqui, mas vou

escrever, tem meses que a Norma me

falou sobre isso e só agora que vou

conseguir escrever algo (que vergonha

u.u)

Dona Aurora, assim como a Tsuioco

foram duas mãezonas pra mim, eu que

trabalhava no Pira, nossa, como

cuidaram de mim ^^

Não é pra menos que ela mereça

tamanha homenagem.

Bom, eu não sou muito bom em

escrever depoimentos, mas vou deixar

aqui mais para registro nessa

homenagem.

Dona Aurora, tudo de bom.

Um grande abraço e beijos.


De Nara Hashimoto

A Dona Aurora foi uma das pessoas

mais presentes na minha infância dentro

do Piratininga. Eu ficava horas e horas

dentro da secretaria atormentando e ela

pacientemente me ensinava as coisas e

conversava comigo. Queria deixar meu

agradecimento a ela por tanta paciência

e pelas lições de vida que com ela

aprendi.

Um grande abraço.

De Ricardo Haragutchi

Querida Dona Aurora,

O projeto de criação deste livro

dedicado a você começou a mais de 35

anos atrás. Daquela época até hoje eu

percebi que sua presença no Piratininga

continuava marcante para aqueles que

frequentavam nosso querido clube. Sua

atuação estava presente até mesmo nos

registros das páginas de “social

networking” na Internet.

Naquele momento, em 2007, nós

iniciamos um trabalho para documentar

tudo aquilo que você significou para

tanta gente. Foi apenas um pulinho de lá

até chegarmos à idéia de lançarmos um

livro em sua homenagem.

O que parecia inicialmente um trabalho

de longo prazo e de difícil

implementação acabou se tornando um

sucesso imediato. Em menos de 3 meses

nós já tinhamos material suficiente para

a publicação. É claro que as facilidades

existentes hoje de criação e

comunicação a longa distância ajudaram

muito mas nós temos certeza que o que

realmente possibilitou a realização deste

sonho foi você.

Sua vida e seu trabalho tocaram tantas

pessoas positivamente que um sonho de

longo prazo acabou se

tornando uma realidadede

grande sucesso e de

rápida implementação.

Nós recebemos uma

grande quantidade de

colaboradores, nomeados

no início do livro, que

mandaram notas,

informações e fotos que

permitiram a rápida

criação de tudo isso que

você está vendo. Em

comum a todos eles, a

vontade de colaborar na

criação desta homenagem

especial que estamos

todos dedicando a você.

Sua vida é um modelo de dedicação e

doação para aqueles que estão ao seu

redor. Nós todos aprendemos muito com

você e esta dedicação é apenas um

pequena forma de demostrarmos nossa

gratidão por tudo isso que você

representou, representa e ainda

representará para todos aqueles que tem

a sorte de estar perto de você,

De todos nós, muito obrigado, querida

Aurora!

Livro da Aurora

O Livro da Aurora está disponível

através do link na homepage da Aurora:

http://www.multimediamoments.com/

aurora/

Além das mensagens recebidas em

notas, nós estamos também colocando

todas as mensagens multimedia (áudio e

Página 25

vídeo) em formato DVD. Aqui estão

alguns exemplos do coneúdo do DVD:

Mensagem em áudio da Aurora assim

que ela recebeu o presente

Animação digitalizada

da Aurora desde o casamento até os

dias de hoje

O DVD da Aurora deve ser solicitado

separadamente. Para receber sua cópia

gratuita do DVD da Aurora, basta

solicitar ao Ricardo Haragutchi através

dos seguintes contatos:

– e-mail: haragutchi@nc.rr.com

– correio: 1513 Welch Way,

Wilmington, NC 28411, USA

– telefone: (11) 3711-3835


Multimedia

Estamos colocando aqui todas as fotos

que recebemos durante a campanha

criada para comemorar o anoversário da

Aurora em 2007.

De Celia Kaori Ishihara Yokomizo

Depois de anos e anos (unas 25 anos!!)

reencontrei a filha da Dona Aurora, a

Norma.

Ela era amiga da minha irmã na época

do Pira, não que não fosse minha amiga

também, mas havia uma certa difernça

de idade.

Fotos acima enviadas pela Norma Takeshita Uemura

Acontece que os anos passam e essa

"diferença" não existe mais, hoje somos

adultas, esposas e

mães.

Em 2006

passamos alguns

dias em Lins e foi

maravilhoso rever

a Norma e ver

que temos muitas

coisas em

comum.

Tudo isso é um

presente divino,

obrigada Dona

Aurora por ser

Página 26

mãe da Norma.


Foto na página anterior: Norma, Marcos, Bruno (meu

filho) e eu

Foto acima à esquerda: família da Norma (gu, Norma e

Marcos) e a minha família eu, Bruno e Nelson

Foto acima à direita: Gu e Bruno

Página 27

Todas as outras fotos nesta página foram enviadas pela

Norma Takeshita Uemura


Fotos acima e à direita foram enviadas pela Norma Takeshita

Uemura

Página 28

Fotos à esquerda foram enviadas pela Mirian

Takeshita

Esquerda no meio: a sogra Shinobu Takeshita,

Aurora e a neta Bia (minha caçula)

Esquerda abaixo: o genro Sergio (meu marido) e a

mãe dele Guta


Fotos nesta página foram enviadas pela Mirian Takeshita

Acima e à direita: casamento da Aurora Takeshita com o Nobuo

Takeshita

Página 29

Esquerda no meio: a sogra, "eu", Aurora e a bia nó-cega

fazendo chifrinho na avó...

Esquerda abaixo: foto "artística" que o Sergio tirou dela


Fotos acima enviadas pela Miriam Takeshita:

Foto à esquerda: ela e o pai Katsuro Hayashi (falecido); Foto à direita: Ela e Bia

Fotos abaixo enviadas pela Silvia Takeshita Uemura:

Primeira à esquerda: 08/09/2001; Primeira à direita: 15/04/2001; Segunda à esquerda: 16/11/2002; Segunda à direitn:

Nov./1999

Página 30


Página 31


Fotos da página anterior e desta página foram enviadas

pela Silvia Takeshita Uemura

Página anteior: Primeira à esquerda: Abril/2002;

Primeira à direita: Janeiro/1997; Segunda à esquerda:

Abril/1995; Segunda à direita: Julho/1998; Terceira à

esquerda: 28/11/99; Terceira à direita: 28/11/1999

Nesta página: Primeira à esquerda: Julho/1998;

Primeira à direita: Novembro/1999; Segunda à

esquerda: 24/12/94; Segunda à direita: 24/12/94;

Terceira à esquerda: 17/06/06

Página 32


Fotos desta página foram enviadas pela Silvia Takeshita Uemura

Todas as fotos: 17/06/06

Página 33


Fotos desta página foram enviadas pela Silvia Takeshita Uemura

Fotos da primeira fileira e a segunda à esquerda: 17/06/06; Segunda à direita: 24/12/2005;

Terceira à esquerda: 07/01/2005; Terceira à direita: 31/10/2004

Página 34


Fotos desta página foram enviadas pela Silvia Takeshita Uemura

Primeira à esquerda: 31/10/2004; Primeira à direita: 30/12/2004;

Segunda à esquerda: 30/10/2004; Segunda à direita: 06/1/2004;

Terceira à esquerda: 28/12/2003; Terceira à direita: 28/12/2003

Página 35


Fotos desta página foram enviadas pela Silvia Takeshita Uemura

Primeira à esquerda: 25/12/2003; Primeira à direita: Julho/1999; Segunda fileira: 25/12/2003;

Terceira fileira: 29/06/2001

Página 36


Página 37

Fotos desta página foram

enviadas pela Eliane

Hayashi Suzuki

Primeira à esquerda: tia

aurora e eu - "Tá com

fome, tia?" (1983)

Segunda à esquerda: Salto –

povo reunido em casa no

aniversário da tia Aurora

(19685)

Restante das fotos:

Penàpolis (2007)


Página 38

Fotos desta página e as duas primeiras fotos da próxima

página foram enviadas pela Tiyoka Tazitu


Fotos descritas abaixo foram enviadas pela Norma

Takeshita Uemura

Segunda foto à esquerda: Gramado, jan1981

Segunda foto à direita: com os netos ,Bia , Luiza e

Gustavo .03/10/04

Terceira foto à direita: Dalva, Aurora , Elza , Luiza ,

Suely e mãe Miyoko

Página 39


Fotos desta página foram enviadas pela Norma Takeshita Uemura

Primeira foto: 1992, última vez q conseguimos reunir toooda família numa foto, depois aumentou mto mais

Segunda foto à esquerda: 1992, única dos irmãos tb. Cima : Waldomiro, Nicanor, Fernando . Bx: Dalva , Suely,

Katsuro, Miyoko, Luiza , Aurora e Elza

Segunda foto à direita: Torres-RS jan,1981

Página 40


Fotos desta página foram

enviadas pela Norma

Takeshita Uemura

Primeira foto à esquerda:

eu, Mirian no colo do meu

pai

Primeira foto à direita:

Aurora

Restante das fotos:

armazém, +ou - 1969,

Mirian , Norma Nando

( meu primo) , Issao (irmão

do meu pai, morreu dois

anos antes do meu pai ) ,

Dityan Issamu(faleceu em

2000)

Página 41


Página 42

Fotos desta página foram enviadas

pela Norma Takeshita Uemura

Primeira à esquerda: gakuem,

1956. A terceira da direita p/ esq

em cima

Segunda à esquerda: gakuen do

Kishimoto "Sensei", 07/11/1954 é a

da esq p/ dir da 1ª fileira de bx

Acima: Nobuo e Aurora/ turma do

gakuen

Ao lado: foto 3x4 :1954, sentada :

08/05/1955


Fotos desta página foram enviadas pela Norma Takeshita Uemura

Primeira foto à esquerda: a família toda (Suely na barriga da mãe ainda). cima: Fernando, Aurora, Elza, Luiza e

Waldomiro.Bx: Nicanor, Myoko, Katsuro e Dalva

Primeira e segunda foto à direita; visita a família a de cima +ou - 1960 , a de baixo 1956 , Suely no colo

Segunda foto à esquerda e no meio: a única foto de bebê, no colo da mãe(Myoko) , em pé da esq p/ d, pai Katsuro, tios

(o irmão da mãe casou com a irmã do pai)

Sugunda foto à direita: em pé: Aurora e Elza, sent: amigo e Waldomiro

Página 43


Fotos desta página foram enviadas pela Norma Takeshita Uemura

Primeira à esquerda: 1981; Primeira à direita: 1966

Outras fotos: sem detalhes

Foto pequena à esquerda: sem data mas já morava fora de casa

Página 44


Fotos desta página e as duas primeiras da próxima página foram enviadas pela Norma Takeshita Uemura

Página 45


O Projeto Aurora começou em setembro

de 2007 com uma simples idéia:

homenagear uma que todos admiramos

e que serviu de modelo para muitos de

nós.

Somente idéias não geram muito mas a

quantidade de pessoas que colaboraram

com o conteúdo deste livro nos

permitiram criar o projeto Aurora.

Os próximo parágrafos descrevem o

projeto Aurora como foi publicado na

homepage.

Fase 1: 23 de Outubro a 19 de

Novembro de 2007

A Fase 1 foi concluída com enorme

sucesso! A Aurora recebeu a homepage

em sua homenagem às 22:15hs de

sábado, dia 17 de novembro. A emoção

foi tão grande que ela ficou na frente do

computador até às 3:10hs da madrugada

de domingo. A Norma teve de chamá-la

para dormir senão ela iria continuar lá.

A emoção dela está também na gravação

disponível no DVD que deve ser

solicitado em separado.

Solicite a sua cópia do DVD para:

haragutchi@nc.rr.com

Projeto Aurora

Nós queremos agradecer a todos vocês

que ajudaram, mandaram mensagens,

fotos e informações. Sem vocês não

teríamos trazido a felicidade que a

Aurora merece.

Como vocês podem ver na descrições

das próximas fases, tem muito pela

frente e, mais uma vez, pedimos a

colaboração de todos, não apenas

trazendo material mas também

convidando outras pessoas que

conhecem a Aurora a participar.

Agradecemos novamente desde já!

Fase 2: Agosto de 2008

A fase 2 consiste em todos nós

contribuirmos com mais detalhes das

histórias que vocês tem sobre a nossa

querida Aurora. Depois que nós vimos

todas estas mensagens e momentos

incríveis que vocês contaram em suas

dedicatórias, achamos que seria ótimo

colecionar todas essas histórias em mais

detalhes antes da produção final do

livro.

Nesta fase, gostaríamos de pedir sua

contribuição com histórias,

experiências, fotos, vídeo, qualquer

informação adicional que você tenha

sobre a querida Aurora. Utilize o

Página 46

formulário abaixo para isso. Caso você

queira contribuir com qualquer arquivo

multimedia (foto, vídeo, audio, etc.),

envie-os para:

haragutchi@nc.rr.com

Ainda é possível nesta fase, contribuir

com mais dedicatórias de qualquer

pessoa que não teve a oportunidade de

contribuir até agora. Estamos tentando

acessar o máximo de pessoas mas como

vocês mesmo sabem, tem tanta gente

que adora a nossa querida Aurora que é

difícil avisar todos num período

limitado de tempo. Se você conhecer

mais alguém que foi abençoado pela

companhia da nossa querida Aurora, por

favor, mande uma notinha ou ligue para

eles, falando deste trabalho.

Fase 3: Realizando em Conjunto com

a Fase 2

Nesta fase estaremos entrando no

processo de desenvolvimento do livro

que vai ser publicado. Estaremos

permanentemente mantendo a versão

PDF do livro disponível para que todos

possam revisar, corrigir e incluir

informacões. Sua participação nesta fase

também é muito importante!


Fase 4: Setembro de 2008

Nesta fase estaremos entrando no

processo de publicação do livro que vai

ser em côres e de capa dura. Com o

material que temos home estamos com

um livro de mais ou menos 50 páginas e

de tamanho 8,5 por 11 polegadas (para

tornar a impressão em casa mais fácil).

Estaremos utilizando um servico da

Internet chamado "print on demand" que

permite publicar um livro com custos de

publicação bastante reduzidos além de

permitir a disponibilização DA

VERSÃO PDF do livro SEM

NENHUM CUSTO para quem quiser

imprimir em casa ou manter no disco

rígido do seu computador ou flash drive.

Fase 5: 19 de Novembro de 2008

Nesta fase nós estaremos entregando o

livro para a Aurora em cerimônia na

qual todos serão convidados.

Projeto Aurora

Fase 1

Aqui está uma mensagem que ela pediu

para mandar para

todos:

Página 47

Que coisa boa

voces me

proporcionaram,

foi a surpresa

mais gostosa que

aconteceu em

minha vida.

Fiquei muito

honrada com

depoimentos de pessoas importantes.

Que bom eu ter encontrado esse

caminho que me levou ao Piratining

aonde conheci muita gente boa,

aprendi muito e ganhei muitos

amigos.

Obrigada por tudo. Que Deus

abençoe as pessoas que me honraram

com os seus depoimentos.

Um grande abraço a todos.

Aqui estão as primeiras fotos que

recebemos do momento em que a

Aurora recebeu a surpresa (obrigado por

enviá-las, Norma):


Fim...

… deste livro mas o exemplo de vida da nossa querida Aurora

continua por toda a eternidade!

Página 48

Similar magazines