Visão Judaica

visaojudaica.com.br

Visão Judaica

20

VISÃO JUDAICA • julho de 2003 • Av • 5763

Encontro reúne curitibanos em Israel

Por Henrique Kuchnir (Neno)

De Israel - Numa manhã ensolarada,

dia 28 de junho, lá vamos nós para

o Encontro dos Curitibanos. O encontro

é num parque natural às margens

de um riacho, o Mekorot

Hayarkon (nascente do rio Yarkon).

Vieram 110 adultos e um número

sem fim de crianças. Foi emocionante

encontrar aqueles que desde Curitiba

não vimos mais.

E até houve aqueles a quem tivemos

de perguntar quem seriam. Eis alguns

nomes dos presentes

e peço desculpas

pelos que não consigo

recordar. Começando

pelas visitas; a

Rosa (avó da Mihal), o

casal Hirsch, o casal

Kuperstein e mais outros

que não conheço.

Antes de mais

nada, a comissão organizadora

que merece

os nossos parabéns:

Gilberto e Billy, Fábio e Cybele,

Marcelo (Piupa) e Miri, Evelyn e Sérgio,

e David e Miriam (com a Mihal).

O pessoal de Bror Chail: Mina e Pedro,

Raquel e Schlomo, Fany e Bucki,

Mário e esposa, Zelio e esposa, e

... Eugenia e José Etrog, Ester e Akiva

Ronen (Bronfman), Ydel e Sonia

(Zukerman) Idan, Rebeca Daitchman,

Bracha (Gandelsman) e Arie Ben

Shemen, Ana e Moisés Fucks, Clara e

Marcos Guelmann, Limor e Marcelo

Guelmann, Eva (Miller) e o marido,

Fany (Mohamed) e o marido, a Sônia

irmã da Fany, Dina e Neno, Maiana

Laredo (Kuchnir), Avri e Guila

Kuchnir, Yossi Kuchnir, Ilana

(Zveibil) e Yoram Bialik, Íris (Zveibil),

Mauro e Ida Zveibil, Tito (Milgrom)

Rimon e esposa, Maurício (Milgrom)

Rimon e esposa, Suzi e Tzvi Rubinstein,

Arturo Rubinstein, Neni Rubinstein

e esposa, Beatriz (Lichtenstein)

e Yehuda e mais uns quarenta cujos

nomes não recordo.

A programação não foi extensa,

mas sempre tem aqueles que quiseram

contar as lembranças do passado.

Organizaram alguns jogos para a

criançada (alguns marmanjos também

participaram).

E na mesa central estavam as comidas

— variedade sem fim, um lindo

colorido, um cheiro apetitoso. Claro,

não faltou nem a famosa caipirinha de

cachaça (foram doze litros).

De tardezinha a debandada e a promessa

de que no ano que vem, de novo

estaremos nos encontrando.

More magazines by this user
Similar magazines