0 JORNAL DOS BAIRROS DE J.F.

cpvsp.org.br

0 JORNAL DOS BAIRROS DE J.F.

■HapN * m '■ VIMHW •••v—'

^'íS lis Pisiorãl íum

8IBLI0TEC

0 JORNAL DOS BAIRROS DE J.F.


EM MENOS DE

JUNHO, 0 GOVERNO

ECONÔMICOS, PARA

PAGUE PELA CRISE

EDITORIAL-

2 SEMANAS, NO FINAL DE

EMBRULHOU VÁRIOS PACOTES

QUE A SOCIEDADE BRASILEIRA,

QUE ELA NÃO FEZ E NÃO PARTI

CITOU MAIS UMA VEZ QUEM IRA SE SACRIFICAR

SAO OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS. AS DONAS DE CA

. SA r;^Ltc PREGADÜS DAS ESTAT AIS CPETROBRÂS,-

FM í^f ÃS ' FURNAS ' ETC.)E OS TRABALHADORES

IO DE í'nA ^c/ INFLA Ç Ã0 BAIXASSE, OS CUS

TO DE VIDA CAÍSSE DIA A DIA E A VIDA MELHO-~

RASSE,, ESTE SACRIFÍCIO, APESAR DE NÃO SER

JUSTO, VALERIA UM POUCO A PENA SÕ

QUE COM TODAS AS MEDIDAS QUE O GOVERNO IMPÍF

MENTOU PARA ACABAR COM A SRISE.SÕ ^TP^RA"

r.c Lt AS - NA VERDADE AS REGRAS ECONOMI-"

CAS QLE O GOVERNO TEM IMPOSTO Ã SOCIEDADE

nrf ^cT TEM C0M0 INTUIT 0 SALVAR OS GRAN- .

DES EMPRESÁRIOS E MULTINACIONAIS DA CRISE

ECONÔMICA. A POLÍTICA ECONÔMICA DITADA POR

DELFIN NETO VISA CRESCER A DEPENDÊNCIA DO

BRASIL COM O ESTRANGEIRO (JÃ SE FALA EM VEN

^?pÍM.rf RE ! AS D0 G0VERN0 PARA AS EMPRESAS

C.STRANGLI RAS ) .

MAS COMO FICA A GENTE NESTE BURACO QUE O GO '

VERNtf KSTÃ NOS ENFIANDO? A RESPOSTA Ê UMA SÕ

MAIS POBRES, ENQUANTO OS QUE FALAM QUE VÃO

ACABAR COM A INFLAÇÃO VIVE EM ESCANDALOSAS

MORDO-MIAS, COM DINHEIRO NOS BANCOS DA SUICA

EDUCANDO OS NOSSOS PEQUENOS SALÁRIOS MAS

NAO PODEMOS FICAR PARADOS VENDO QUE NÃO DÁ

MAIS PARA COMPRAR LEITE DAS CRIANÇAS, O

PAO,,0 AÇÚCAR, O CAFÉ E OUTROS GÊNEROS, EN-

QUANTO ALGUNS ESTÃO NUMA BOA. DEVEMOS EXI-,

GIR QUE AQUELES QUE FIZERAM A CRISE QUE A

PAGUE, QUE AS MULTINACIONAIS E-GRANDES EM-

PRESAS PERCAM SEUS PRIVILÉGIOS E QUE O BRA

SIL NAO PAGUE ESTA DÍVIDA EXTERNA E COMECF"

A TER INVESTIMENTO NO DESENVOLVIMENTO DO

PAIS E EM MELHORES CONDIÇÕES DE VIDA PARA

TODO O POVO. SABEMOS QUE OS NOSSOS GOVER-

NANTES NAO FARÃO ISTO POR BOA VONTADE DELES

E SÕ PARTICIPANDO EM NOSSOS SINDICATOS ASSO

CIAÇÕES E COMUNIDADES, LUTANDO CONTRA AS IN _

VESTIDAS DO GOVERNO,QUE CONSEGUIREMOS BANIR

DE NOSSO PAÍS A FOME E O DESESPERO DE MTLHA-

DE TRABALHADORES.

15/07/83 - 79 aniversário dos assassinatos de

Rodolfo Luckenbein (missionário), e Simão (indio

Bororó), mártires dos povos indígenas no Brasil.

%iRm

M o JKCRftO

H0ROSC0PO* :

ARIES;Você tá sabendo que estão

querendo transformar a MASCA-

RANHAS numa "FÁBRICA DE CULTURA'.'

O que você acha?

15iiR2 = Voce n ão e um móvel ou ura

utensílio, por isso permita-se

di alogar.

GÊMEOS; E agora João, você já

viu opreço para que foi o pão?

CÂNCER;Que tal você nos dar a

mao e lutarmos juntos pela Liber

t aç ao ?

EEAO: A lâmpada só vê a luz,quan

do se encontra com a eletricida"-

de , moro ?

VIRGEM:Cuidado com o álcool. Be-

ber demais faz mal para a saúde

e para o bolso.

LIBRA: "Pensou, mudou.'" Pensa

mais que você descobre outras

coisas. Ê sÓ olhar.

ESCORPIAO:Nã

se perde com

Va em frente

de você.

ipense que a guerra

apenas uma batalha.

a vitória depende

SAGITÁRIO:0 inverno chegou. Ajude

a agasalh ar seu irmão.

CAPRICÓRNIO: Se você conscientizar-se

do se u papel no mundo,

você o trans formará.

AOUÁRIO:" No ssa maior luta e

nao querer e ntender que tudo depende

de nÓs ." Reflita.'

PEIXES: AtÓ agora, o mar está

para você, s o os rios é que não,

pois tã uma sujeira.

CDNTRR H

Lil Dl

sE&immrçH

MBlilKSl

UNIBAIRROS f.oi

• •

a FUNALFA e conversou men t ar sua

com um de seus di retores

própria eu 1 tur a ,' produ zindo

: SÉRGIO EVAN e ven tos que

GELISTA (Serjã o).

dao aos movimentos artísti

cos e c u 11 u

|Num bate papo, Sérgio Ev

rais das localidades, opor~

angelista diz tuni dades d

que a^FUNALFA, de acordo

e mostrarem seus trabalhos.

com as metas Serv e també

|da atual admin i s t raç ao m

m como intercâmbio cultural

uni ei pa 1 , tetn e n t r e a per

como propôs t a apoi ar a p

iferia, pois os movimentos

opuIaç ao pe ri de u m bairr

feri ca e sua p

o podem ser apresentados em

roduçao eu Itural, que ou tr os .

late então nao merecia at ençao, do po- O Pr o j e t o n

Ider publico. O

ao termina aí, ele e apenas

Projeto " FUZUÊ CULTU- um p onto de

IRAL" e um exem pio disso,

partida para a população pe

poi s p romove rife rica de

lum dia de cult

spertar para seus próprios

ura, organ izado pela valo r e s, de

Ipropria popula çao local.

duç a o e o c

IO Projeto cons i8 te em le var para os

■bairros incent i vo e aj ud a para incre-

-

scentralizandor assim, a pro

onsumo cultural da cidade. -

UNIBAIRROS/ JUNHO DE 19 83


GRAMA

Apôs as eleições da Sociedade Pro Melhora-

mento do Bairro Grama, bairro este cheios de

problemas, os moradores começaram a se organi-

zarem para que possam lutar por melhorias no^

bairro. Aqui em Grama os moradores agora estão

se conscientizando de que e necessário a UNIÃO

para se conquistar as melhorias que tanto neces

sitam, como: água, luz, esgoto, colocação de

mais telefones públicos, arrumação das ruas se- I

cundárias, construção do Salão Comunitário e ou

trás mais reivindicações.

Também já começaram, os moradores se reunirem

por localidade. Dia 30 de junho foi a vez dos

moradores da Vila Montanhesa. Os moradores^dis-

cutiam os problemas daquela localidade e ja

prepararam uma CARTA que será levada em uma au-

diência, já marcada, com o Sr^ Prefeito, na qual

terá as seguintes reivindicações: Agna, luz, üs_

goto. Também se discutiu a questão da legaliza-

ijçao daquela localidade, pois um dos loteadores,

o gr. Roberto Procopio, já a muito vem prometen

do a legalização e nada tem feito de concreto

para resolver a situação de angústia dos morado

res da Vila Montanhesa.

A Comissão da Vila Montanhesa nao parou o

seu trabalho e deixou um aviso: de que eles con

tinuarão a lutar pela legalização do Loteamento

por água, luz e esgoto, pois os mesmos entendem

que estas reivindicações nao e favor, mas sim

direito de todos os moradores da periferia.

COMISSÃO DOS MORADORES

EA OLAVO, SÔ QOTÔ'i

E 0 PESSOAL DA OLAVO COSTA TÃ QUENTE NA LUTA

0 PROBLEMA DE QUASE 6 MIL FAMÍLIAS Ê 0 TÍTULO

DE PROPRIEDADE, QUE HÃ 30 ANOS ELES VEM LUTANDO

PRÁ CONSEGUIR. E PARECE QUE A COISA AGORA VAI

SAIR. Ê QUE NA VILA, EM UMA ASSEMBLÉIA DE MORA-

DORES REALIZADA EM MAIO, 0 POVO ELEGEU UMA CO-

MISSÃO DE MORADORES PRA REPRESENTÁ-LOS JUNTO

AOS ÓRGÃOS DA PREFEITURA. NESSA COMISSÃO FAZEM

PARTES PESSOAS DE VÁRIOS MOVIMENTOS, COMO POR

EXEMPLO: SOCIEDADE DO BAIRRO, GRUPO JOVEM, GRU-

PO "SO 0 AMOR CONSTRÓI", CLUBE DE MÃES, E OUTROS

E A COMISSÃO TEM TRABALHADO MUITO. TEM IDO

DISCUTIR COM OS TÉCNICOS DO IPPLAN (órgão da

Prefeitura, responsável por esta área) OS DETA_

LHES DA DOAÇÃO.

É A FORÇA DE VONTADE E 0 ESPIRITO DE UNIÃO

QUE FAZEM DESSES MORADORES CONSEGUIREM SEUS

OBJETIVOS: QUE Ê MELHORES CONDIÇÕES DE VIDA.

PRÁ FRENTE VILA OLAVO COSTA:

UNI BAIRROS TÁ JUNTO COM VOCÊS1!I

Editoria de Bairros

MAIA LOTERIAS

A CASA DA BOA FÉ

FEDERAL E MINEIRA

c Júlio Cézat

Gerente

Rua Beniarnin Constant, 352 — Fone

)uiz de Fora - Minas Gerais

&

UNIDOS VENCEREMOS

ESTE 6 0 SÍMBOLO DA SOCIEDADE PRÕ MELHORA-

MENTO DO BAIRRO SANTA TEREZINHA: "UNIDOS VEN-

CEREMOS", QUANTO EM FEVEREIRO DO CORRENTE ANO

FOI ELEITA A DIRETORIA PARA 0 BIÊNIO 83/84;

OS MORADORES SENTIRAM A GRANDE NECESSIDADE DE

LUTAREM PELO CÓRREGO TAPERA, PELA EROSÃO DO

ALTO ELDORADO(que conturba e causa enorme preo

upação aos residentes nesse logradouro como

aos que moram na parte baixa, que é o Bairro

Santa Terezinha, com suas ruas: José Eutropio

Tenente Freitas, Sebastião de Andrade e adja-

cências.)

OS NOVOS DIRIGENTPS COGITARAM TAMBÉM DA DOA

ÇÃO DE UM TERRENO PELA PREFEITURA PARA A ENTI-

DADE , DA LIMPEZA PELO DEMLURB NAS RUAS DO BAIR

RO, DOS MEIOS FIOS NA JOSÉ EUTROPIO, HUMBERTO

DE CAMPOS, JOSUÉ DE QUEIROZ, DO ASFALTAMENTO

DA RUA SANTA TEREZINHA, JÂ PEDIDO ANTERIORMEN-

TE. INICIARAM CONTATOS COM A EDILIDADE JUIZFO-

RANA, ESCREVENDO A CADA VEREADOR DO PMDB E PDS

EXPONDO A NECESSIDADE DA UNIÃO SEM A EOLITICA

PARTIDÁRIA, UMA VEZ QUE A SOCIEDADE PRÕ MELHO-

RAMENTO FAZ QUESTÃO DE FRISAR, QUE, RESPEITAN

DO A VONTADE PESSOAL DE CADA UM DE SEUS DIRI-

GENTES, DAQUELES QUE ALMEJAM 0 BEM ESTARÁ DA

NOSSA COLETIVIDADE SANTATEREZINENSE, É UMA A-

GREMIAÇÃO SEM FINS POLÍTICOS PARTIDÁRIOS.

EVIDENTEMENTE, PELO ÓBVIO, LUTA COM 0 GOVERNO

MUNICIPAL PARA QUE POSSA ALCANÇAR A SUA META

PRIORITÁRIA QUE É O BEM COMUM DETODOS QUE VI-

VEM EM DERREDOR DELA.

João Vogeler

-Editor Geral de "A VOZ DO BAIRRO", orgao

Informativo da Sociedade Pró-Melhoramento-

GRANDIOSA FESTA

VAI TER UMA FESTA EM BENEFICIO DE UMA FAj

VELINHA EM SANTA TEREZINHA (AO LADO DO PRESÍ

DIO). TEMOS OS PRAZER DE CONVIDAR VOCÊS, PRA

FESTA QUE VAI SER NOS DIAS 23 E 24 DE JULHO,

NA RUA TENENTE DE FREITAS, EM SANTA TEREZI^

NHA.

A FESTA SERÁ PARA ARRANJAR DINHEIRO PRA

MELHORAR OS BARRACOS, QUE ESTÃO FICANDO PIOR

POR CAUSA DAS CHUVAS.

Moradores da Favela

^VJ


MUTIRÃO EM SANTANA

SANTANA E UM LOTEAMENTO COMO MUITOS OU-

TROS T.OTEAMENTOS PERIFÉRICOS DE JIZ DE FORA

TEMOS ALGUNS PROBLEMAS DE SANEAMENTO BÁSICO

QUE Â PREFEITURA NÃO RESOLVE. COM MUITA LU_

TA CONSEGUIMOS COLOCAR ÁGUA DO DAE EM NOSSO

L0T3AMENT0 E FICARAM AS PROMESSAS DA PREFE^

TORA COM RESPEITO AO CALÇAMENTO E A REDE DE

ESGOTO.

SANTANA FICA NO MORRO, LÃ NA CIDADE ALTA

(SÃO PEDRO) E QUANDO CHOVE É IMPOSSÍVEL SU_

BIR NO LOTEAMENTO, ENTÃO OS MORADORES DA

RUA HEHMAN TOLEDO E RUA "F". CANSADOS DE

SOFRER ESTES PROBLEMAS, RESOLVERAM SENTAR E

DISCÜIÍR Á MELHOR MANEIRA DE RESOLVE-LOS.

FOMOS TODOS OS MORADORES DESTAS RUAS NA PRE

FEITURA, LÃ ESCUTAMOS TUDO NOVAMENTE: QUE A

PREFEITURA NÃO TEM VERBAS, NÃO TEM EQUIPES

DE TRABALHO, ETC. MAS AT RESOLVEMOS VOLTAR

ORITO00 IPIRRI\IOR|

Pr- 'lemas, sempre, problemas. Este e o

nosso Ipiranga. Um bairro muito de morar e

muito bom de viver, MAS ruas como a Bady G£

ara, a principal de acesso ao Bairro Santa

Efigenià no cruzamento com a Darci Vargas,

continua a mesma pouca vergonha. Aquele as-

falto enganador agora esta se auto revelan-

do, mostrando a sua péssima qualidade e o

seu alto valor administrativo que foi de

grande irresponsabilidade. Está na rua LÍcji_

nio Prereira Cortes (antiga Doutor >Decio)o

esgoto entupido, calçamento arrebentado,

poste caindo, que e a grande preocupação

dos moradores, que nao vao fazer o que a

prefeitura deseja, que esqueçam temporária

mente o problema.

O grande e apavorador buraco que ja acompa-

nha o Ipiranga desde que foi tapado cora um

pinche, dando-se o nome de asfalto, este

buraco fica na Avenida Darci Vargas, quase

que no meio da Avenida, no cruzamento com

a Etiene Loures. Mas apesar de tudo isso

VIVA O IPIRANGA DE GENTE BOA E MUITO PER-

SISTENTE. Aos interessados da Prefeitura,

procurar falar com moradores das ruas Etie-

ne Loures, Darci Vargas, Bady Ceara, Lici-

nio Pereira Cortes, onde e bom sempre lem-

brar: nada de promessas, porque de promes-

sas todo político sujo ganha e nao cumpre.

MORADORES DO IPIRANGA '

Moradores do Bairro Santana

PARA DISCUTIRMOS SOBRE A POSSIBILIDADE ,DE NÕS

MORADORES (ja que é um problema comum) CONS-

TRUIRMOS AQUILO QUE Ê DE OBRIGAÇÃO DA PREFEITU

RA. BEM, EM REUNIÃO COM 25 REPRESENTANTES DE "

FAMÍLIAS DAS 2 RIJAS, TIRAMOS QUE A PROPOSTA

NOSSA ERA QUE A PREFEITURA FIZESSE A REDE DE

ESGOTO E DESSE AS PEDRAS E_ MEIOS FIOS PARA QUE

NÕS MORADORES FIZÉSSEMOS ATRAVÉS DE MUTIRÃO, O

CALÇAMENTO. A PREFEITURA ACEITOU E NÓS INICIA-

MOS AS OBRAS NO DIA 2 DE JULHO.

"E IMPORTANTE LEMBRAR QUE NÓS DE SANTANA NÃO

ESTAMOS NOS REUNINDO SOMENTE PARA ESSE PROBLE-

MA, MAS GARANTINDO A CONTINUIDADE DE NOSSA OR-

GANIZAÇÃO, POIS ACREDITAMOS QUE SÔ UNIDOS, MAS

REALMENTE UNIDOS E ORGANI7ADOS Ê QUE VAMOS

TRANFQRMAR ESTA SOCIEDADE QUE VIVEMOS E TERE-

MOS DIAS MELHORES E RUAS MELHORES.

A UNIÃO FAZ A FORÇA.'

QUIQUIOCEACHA?

E 0 NOVO AUMENTO DO ÔNIBUS?

NO DIA 6 DE JUNHO, O SR. PREFEITO, TARCÍSIO

DELGADO, CONVOCOU ENTIDADES E PARTIDOS PARA

PARTICIPAREM DE UMA REUNIÃO NA CÂMARA MUNICI-

PAL, PARA FALAR SOBRE-A QUESTÃO DO AUMENTO DO

PREÇO DAS PASSAGENS DE ÔNIBUS. 0 OBJETIVO DES

TA REUNIÃO SERIA DISCUTIR A QUESTÃO, SENDO

QUE ISTO NÃO ACONTECEU. 0 SR. PREFEITO LEVOU

0 SECRETÁRIO DOS TRANSPORTES E UM REPRESENTAN

TE DOS' EMPRESÁRIOS DOS ÔNIBUS AFIM DE EXPLICAR

ATRAVÉS DE FUNDAMENTOS TÉCNICOS, 0 MOTIVO DO

AUMENTO. SÓ QUE ELES ESQUECERAM QUE A POPULA-

ÇÃO TÁ PREOCUPADA COM OS BAIXOS SALÁRIOS QUE

RECEBEM E COM A ALTA INFLAÇÃO QUE ENFRENTAM

NO DIA A DIA. VÁRIAS ENTIDADES E PARTIDO LEVA-

RAM AO PREFEITO UMA PROPOSTA DE ESTUDO (Uma

comissão de representantes) A FIM DE VEREM SE

HAVIA NECESSIDADE DE MAIS UM AUMENTO OU NÃO, E

TUDO ISTO ATRAVÉS DE UM ESTUDO JUNTO Ã POPULA-

ÇÃO. POIS NÃO PODEMOS ESQUECER QUE COM O AUMEN

TO, SOMENTE OS EMPRESÁRIOS LUCRARIAM. A PROPOR

TA FOI RECUSADA PRÁ ESSE AUMENTO (55,00) E FOI

APROVADO 0 AUMENTO (apesar de jã estar muito

tempo antes desta reunião). COM ESTA ATITUDE

NAO MUITO DEMOCRÁTICA DO SR. PREFEITO, ALGUMAS

ENTIDADES SE RETIRARAM, POIS NÃO APROVARAM A

FORMA EM QUE SE FOI COLOCADO ESTE AUMENTO:

AGORA, TEMOS QUE MOVIMENTAR A COMISSÃO (que o

Prefeito achou uma boa idéia) PARA QUE PRÓXI-

MOS AUMENTOSNÁO SEJAM INJUSTOS.

. ATENÇÃO WU TUA RIOS.'

NAO PAGUEM A PRESTAÇÃO DE JULHO/83.

O BNH NOS NEGOU 0 DIREITO DE PAGAR O AUMENTO DA PRESTAÇÃO DA CASA PRÓPRIA DE ACORDO COM

0 AUMENTO DO SALÁRIO E VAI, ARBITRARIAMENTE, AUMENTAR AS PRESTAÇÕES PARA 130,42% OU FORÇAR

OS MUTUÁRIOS A ACEITAREM O AUMENTO SEMESTRAL (DESSA FORMA 0 AUMENTO DAS PRESTAÇÕES DO IMÓ-

VEL SERÁ BEM MAIOR QUE 130,42%).

É NECESSÁRIO QUE NESTE MOMENTQ TODOS OS MUTUÁRIOS FIQUEM UNIDOS.' SOMENTE ASSIM SERÁ POS-

SÍVEL EVITAR IX) DRAMA DE MUITAS FAMÍLIAS.

AGUARDEM A PRÓXIMA ASSEMBLÉIA DA "ASMUTH-BRAS/JF", ONDE SERÃO DEFINIDAS OUTRAS•FORMAS DE

LUTA.

ASSOCIAÇÃO D0S\MUTUÁRIOS DO BRASIL - SUB-SEDE JUIZ DE FORA

.Apoio UniBairros,


AQUI VOCÊ BRINCA E SE INSTRUB1

COMPANHEIROS, PROCURE E MARQUE NO DIAGRAMA AS PALAVRAS GRIFADAS, FAL(5?

* 0 QUE AUMENTOU;

•PÃO

•LEITE

•CAFEZINHO

•FEIJÃO

-GASOLINA

DESCONTOS

■MÉDICO

DENTISTA

•ÔNIBUS

■CORRUPÇÃO

■ETC

vAGORfl

ÊNJTEMpEíJDO

GtvJE Ef.HJ:

FofAE

MVSERíA

lNJO£»TÍ W J A D

E K F N 0 E T I E L J C B s J a

P J D J L S I D J C N s 9 D I p

P R U D I D J S K D U c ) 8 E A

D & S H N D A J D N C 0 S F 0

E D H D P. E C H D ? D ) D J G

1

S D 0 D 0 I R A L A S J D J C •

C D E N T I S T A K C N V Ç s 0

0 D 0 S K 0 H N I Z E F A c £ I

N S K D N C 0 A Ç P U R R 0 C K

T C L A ü D I A E 0 N 0 F R E r

-Q- & -L _fi- ■^ -E_ JL JL JL A JL Ji

TROVAS. POESIAS & PENSAMENTOS

' SONETO ÃS ESTRELAS QUE

CHORAM

É noite. Uma estuela brilha

Se ela choara a sua solidão

sao duas estrelas que choram

Uma tem brilho, outra desilusão.

Se a noite é o consolo do dia

As duas caminhando se vao

Uma caminha sozinha, a

outra so na multidão.

E com o raiar do dia

Uma perde o brilho e se apaga

Esperando que a noite outra vez

se avizinha.

E a outra numa crescente anatomia

Seca as lagrimas e a alma cala

Cumprindo a sua sorte tao mesqui-

nha.

ROSALI M. HENRIQUES

Bairro Ipiranga

GOSTO DA NOITE OU DO DIA?

Nao sei se gosto da noite

ou do dia.

Gosto do dia porque me leva

a realidade.

Gosto da noi te

porque me leva ao sonho.

Gosto do dia e da noite

como uma gota de orvalho

brincando com as flores do campo

LUCIANA LOPES DE ALMEIDA

Bairro N.S.Aparecida

^SE 0 SEU SALÁRIO E 0..MÍNIMO,

NAO PRODUZA 0 MÁXIMO?

«NO COMBATE A UIOLENCIA URBANA

A POLICIA QUEBRA A CARA."

MEU RIO

Meu rio

de águas cristalinas

o que vocês fizeram com

você

Ah I Meu rio

Porque estas tao negro

"assim.

Quando passo por aqui

sinto tristezas em te ve

em saber o que foi você

e hoje o que fizeram de

você, meu rio.

De fundo verde

Hoje verde preto

peixes sem salvação

Ah I Meu rio

Abandonei o short e o

arras t ao

Porque hoje você e so

Polui ç ao.

SÉRGIO C. MACIEL

Bairro Nova Era

ÔÒtA 6'ÁGUA

caiu

e ficou boiando

sobre o verde da

folha

sem se deformar.

Bela e atraente

resistente

ao vento

ao tempo

mas se desmanchou

no dedo criminoso

curioso

fria e úmida

triste de acabar.

MARIA FELICIA

N .3.Aparecida

NO DIA 17 DE JUNHO, NA REITORIA, FOI LANÇADO 0 LI-

VRO "SÃO BERNARDO". 0 LIVRO TRATA DAS LUTAS OPERÁ-

RIAS NO ABCD PAULISTA NO FINAL DOS ANOS ,70, PERÍ-

ODO DAS GRANDES GREVES. 0 LIVRO FOI ESCRITO PELO

PROFESSOR LUIZ FLÃVIO RAINHO E POR OSWALDO BARCAS,

SECRETARIO GERAL DO SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE

SÃO BERNARDO (SP). O LIVRO NARRA TODA A CAMINHADA E

TODO 0 PROCESSO NAS FABRICAS, NÓ SINDICATO, AS MANI

FESTAÇÕES E TODA A REPRESSÃO SOFRIDA POR TODOS AQUE

LES QUE LUTAVAM ECONTINUAM LUTANDO EM BUSCA DE SEUS

DIREITOS, OU SEJA, SALÁRIO JUSTO, MELHORES CONDI-

ÇÕES DE TRABALHO, DE VIDA E CONTRA A POLÍTICA ECO-

NÔMICA DO GOVERNO. É UM LIVRO MUltO INTERESSANTE QUE

VALE APENA SER LIDO. FICA AÍ A NOÍSA SUGESTÃO.

*VOCE PODE ADQUIRIR ESTE LIVRO COM O PROFESSOR

RAINHO NA UFJF OU COM QUALQUER MEMBRO DO UNIBAIR-

ROS . Editoria de Cultura 6


P AVEIA*

ENTREVISTA COM O LUIZ JOÃO DE SOUZA,

PRESIDENTE DA "ASSOCIAÇÃO DOS FAVELA-

DOS" DE PIRACICABA (SP), FEITA NO DIA

21 DE MAIO EM PIRACICABA.

UNI BAIRROS:Luí z João, como surgiu a

Asaoci ação?

LUI.' 1 JOÃO: Surgiu de uma maneira bem

ampla e clara. Desde que surgiu em 78

a construção do "PROFOLURB" e do pre-

feito (oposição) vem ameaçando de pas^

sar a maquina por cima dos barracos.

Nos recorremos ã Igreja e os padres

disseram que era para nos continuar-

mos no mesmo lugar, então juntamente

com estes padres, eu fui procurar as

pessoas para fazermos algumas reuni-

ões, e Ia só encontrei algumas mulhe-

res que ja se reuniam e demos inicio

ao movimento em 81, na Favela Teresa

Cristina.

UN.OAIRR0S : Luiz, o que é "PROFOLURB"?

LUIZ JOÃO; É um engano. Ê a própria

demagogia do poder publico e a tapea^

ção através do BNH. Sao casas que sao

financiadas em 25 anos. Falam que sao

loteamentos urbanizados e de fácil a-

cesso e quando vai ver, nao acontece

nda disso.

UNIBAIRROS:Luiz, quantas favelas exͣ

tem e quantas sao filiadas na Associa.

çao?

LUIZ JOÃO:São 26 favelas ao todo, mas

TTliadas ã Associação sao 23, pois t£

mos muita dificuldade de entrar nesta

3 ou trás.

UNIBAIRROS:Luí z, qual a população das

fave Ias ?

LUIZ JOÃO:Antes de sair a "PROFOLURB"

existia cerca de 25 a 26 mil favelado

nas 26 favelas, agora existe, que nós

sabemos nas 23 favelas, cerca de 20

mi 1.

UNIBAIRROS:Qual o objetivo da Associa

çao?

LUIZ J0Ã0:É representar as favelas

j unto aos orgaos municipais e estadu-

ais, para acusar as necessidades das

pessoas menos favorecidas.

UNIBAIRROS : A Associação tem.algum re^-

curso financeiro?

'' «■ - . .

LUIZ JOÃO:Nao. pois ninguém contribui

com a mensalidade, por achar que o

dinheiro e pra uso próprio.

UNIBAIRROS: O que você planeja no Fu-

turo ?

LUIZ JOÃO:Cri ar uma FEDERAÇÃO NACIO-

NAL DAS FAVELAS

UNIBAIRROS: Como será o Congresso?

LUIZ:Como a porta esta fechada para

os estudos de favelas, nós elaboramos

o jjCONGRESSO com a finalidade de unir.

PERSONâBENS DA CRISE

* "FMI": FUNDO MONETÁRIO INTERNCIONAL,

146 PAÍSES PARTICIPAM DELE. 0 BRASIL É

UNS DOS PARTICIPANTES, MAS QUEM MANDA

NELE SÃO OS ESTADOS UNIDOS, EUROPA E

JAPÃO. SUA POLÍTICA É DE SACRIFICAR OS

PAÍSES POBRES E AJUDAR A ENRIQUECER AIN

DA MAIS OS PAÍSES RlCOSj .

* "EXPURGO DO INPÇ": INPC QUER DIZER IN

DICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR.

È CALCULADO PELO GOVERNO. O INPC Ê REGU

LADOR DOS REAJUSTES SALARIAIS E ALUGUEL

0 GOVERNO EXPURGOU (tirou) 1,5 POR CEN-

TO EM JULHO DO INPÔ, COM ESTE EXPURGO

QUEM TEM REAJUSTE EM AGOSTO RECEBERA

MENOS E 0 CUSTO DE VIDA CONTINUARÁ SU-

BINDO . COM 0 EXPURGO, 0 TRABALHADOR TE

RÂ QUE FAZER MAIS ftlLAGRES PARA COMPRAR

0 QUE NECESSITA tk

-:. "EXPURGO DA CORREgÃO MONETÁRIA":CORRE

ÇÃO MONETÁRIA E UM ÍNDICE QUE, ACOMPANHA

K DESVALORIZAÇÃO (inflação) DO CRUZEIRO

0 GOVERNO EXPURGOU DA CORREÇÃO TODOS OS

AUMENTOS QUE OCORRERAM EM JUNHO E QUE

ALIMENTARIAM A DESVALORIZAÇÃO DO DINHEI

RO. COM ESTE EXPURGO QUEM TEM CADERNETA

DE POUPANÇA PERDERAM EM TORNO DE 7 POR

CENTO. EM OUTRAS PALAVRAS, ROUBO Ã LUZ

DO DIAj '

*ROBERTO CAMPOS:SENADOR DE MATO GROSSO.

CONSEGUIU SE ELEGER GRAÇ AS AOS "VOTOS

DE CRIANÇAS, FALECIDOS E PESSOAS QUE

NUNCA EXISTIRAM. FOI MIN ISTRO DOPLANEJA

MENTO LOGO APÔS O GOLPE DE 64. Ê UNS

DOS ATUAIS REPRESENTANTE S DOS BANCOS ES^

TRANGEIROS. PROPÕEM QUE OS TRABALHADO-

RES PERCAM O 139 SALÁRIO , QUE OS POBRES

NAO TENHAM MAIS FILHOS E A REDUÇÃO GERAI

DOS SALÁRIOS. QUANDO FOI MINISTRO, ROU-

BOU DOS TRABALHADORES VÃ RIAS CONQUISTAS

SALARIAIS;

*DELFIN NETO:ATUAL MINISTRO DO PLANEJA-

MENTO. NOTAVEL POR SUAS CONTAS BANCÁRI-

AS NA SUÍÇA. SUA FÓRMULA PARA ACABAR

COM A CRISE É A FOME E O DESEMPREGO;

*MARIO ANDREAZZA:RESPONSÁVEL PELO ESCAN

DALO DA DELFIN E O AUMENTO DE 130% PARA

OS MUTUÁRIOS DO BNH. É UNS DOS "PRESIDEÍ

CIAVEIS"; EX MINISTRO DOS TRANSPORTES,

RESPONSÁVEL PELAS OBRAS FARAÔNICAS:

TRANSAMAZONICA, PONTE RIO-NITERÕI E TAN

TAS OUTRAS. Ê ATUAL MINISTRO DO INTERIO

SEU CURRAL ELEITORAL É O NORDESTE;

*PAULO MALUF:EX - GOVERNADOR DE SAO PAU-

LO NOTÁVEL POR SER CORRUPTO, É UNS DOS

PRESIDENCIÃVEIS . SUAS CONTAS NÃO FORAM

AINDA APROVADAS PELO TRIBUNAL DE CONTAS

DE S.P.. COMPRA VOTOS PARA SE ELEGER NO

VALOR DE 40 MILHÕES DE CRUZEIROS

*GALVEAS E LANGONI:SERVIÇAIS DE ORDENS

DO DELFIN NETO; '

^JOÃO FIGUEREDO:PRESIDEIjTE DA ABERTURA

DEMOCRÁTICA. GRANDE RESPONSÁVEL PELA

IMCOMPETÊNCIA DE SEU GOVERNO EPELA CRI-

SE. ESTÁ VIAJANDO PARA OS ESTADOS UNI-

DOS ENQUANTO 0 BRASIL VAI.PRO BURACO. 6


MOV NEGRO

APÔS RECEBER UMA CARTA CONVIDANDO HA PAF

TICIPAR DO "119 ENCONTRO DO NEGRO DA BAIXA-

DA" (RJ), UM DETERMINADO GRUPO,LIGADO AO

UNIBAIRROS, COMEÇOU A REUNIR PARA VIABILI

ZAR A IDA DE II COMPANHEIROS DE JF.

NESTE ENCONTRO, CUJA A PAUTA TEM O NE-

GRO COMO TEMA CENTRAL, SERÃO DISCUTIDOS

VÃRIOS ASSUNTOS COMO: CULTURA, RELIGIÃO,

POLÍTICA, EMPREGOS, EDUCAÇÃO, ETC

O GRUPO JUIZFORANO, NESTE ENCONTRO, TE

RÃ O OBJETIVO DE CAPTAR AS EXPERIÊNCIAS

DESSES MOVIMENTOS E, FUTURAMENTE, ABRIR

ESPAÇO PARA SE CRIAR UM GRANDE MOVIMENTO

NEGRO^EM JUIZ DE FORA, CONVIDANDO A TODOS

QUE JÃ SE ENCONTRAM EMPENHADOS NA LUTA

PELOS DIREITOS HUMANOS.

CONTAMOS COM A PARTICIPAÇÃO DE TODOS

(NEGROS E BRANCOS...) EM NOSSAS REUNIÕES

QUE SE REALIZAM Ã RUA DO CARMELO N9 19

AOS DOMINGOS ÃS 16:00 hs.

GRATOS.

Comissão Pro- Negro

UNIBAIRROS

É BOM SABERMOS!

Vocês sabiam que no Bairro Vitorino Braga,

na Rua Baependi, ha^mais de 30 anos existe o For-

ró mais tradicional da cidade?

Pois é moçada, é isso.

Trata-se do Forró da D. Ana, uma senhora que há

muito mantém uma tradição, que é uma resistência

cultural das mais verdadeiras. Enquanto o siste-

ma nos obriga a ouvir ou mesmo a gostar de musi-

cas que nada entendemos, simplesmente porque in-

teressa ãs grandes empresas que as pessoas com-

prem, porque passa na televisão, no radio ou es-

tão nas primeiras paradas de sucesso; D. Ana pro

move todo ano, na varanda de sua casa, um delici-

oso Forró. Forró daqueles que faz subir poeira,

onde todos se^divertem, crianças, jovens, adultos

e velhos, alein de saborearem o quentão, a broa

de milho e o cachorro quente da D. Ana.

Seria bom moçada, que ao invés das discotecas e

outrasporcarias, deveríamos dar uma chegada no

Forro da D, Ana e ver-mos o que ainda de bom tem

na cultura do Brasil.

EDITORIA DE BAIRROS

PIRACICABA SP.

E NOS MULHERES!

Realizou-se nos dias 24 a 30 de maio em Piracicaba,

uma cidade de Sao Paulo, o 19 Seminário

Internacional de Educação Popular. NO VI9 ENCONTRO DO UNIBA IRROS, ÂLGU

Estiveram presentes delegações da Nicarágua, MAS PESSOAS, NO HORÁRIO LIV RE, DISCUTI

Bolivia, El Salvador, representantes de vá- RAM COMO PODÍAMOS FAZER DA COLUNA "N?S

rios estados do Brasil, e também 7 represen- MULHERES" UM ESPAÇO CADA VE Z MAIOR DE

tantes do UNIBAIRROS. As discussões se deram DISCUSSÃO DOS NOSSOS PROBLE MAS .

através das apresentações das situações em VIMOS QUE SÃO MUITOS OS NO SSOS PROBLE

que atualmente se encontram os países da A- MAS, MAS NÃO É INTERESSANTE PROPORMOS

merica Latina. Foram divididos grupos espe- NENHUMA DISCUSSÃO SEM ANTES SABERMOS O

cíficos para discussão: Comunidades de Base, QUE A GENTE ANDA PENSANDO E QUAIS OS

Alfabetizaçao, Pesquisa, Saúde e Comunicação PROBLEMAS MAIS SENTIDOS, DE ACORDO COM

Conhecemos muita gente boa, que vem lutando A NOSSA REALIDADE.

por melhores condições de vida por esse mundo SAIU ENTÃO UMA PROPOSTA DE FAZERMOS UM

afora. Aos poucos o UNIBAIRROS vai publican- QUESTIONÁRIO E DEPOIS, COM OS PRINCIdo

o que a gente viu por lã. (Neste número PAIS PROBLEMAS LEVANTADOS, COMEÇARMOS

ta saindo uma entrevista com o presidente da UMA DISCUSSÃO EM NOSSOS BAI RROS .

Associação de Favelas de Piracicaba (SP)). 0 QUESTIONÁRIO AINDA NÃO FO I ELABORADO

Queremos agradecer a Prefeitura, na pessoa Ê MUITO IMPORTANTE QUE VOCÊ MANDE SUdo

Sr. Tarcisio Delgado, Prefeito Municipal, GESTÕES E PARTICIPE DAS REU NIOES.

ao Deputado José Luiz Guedes e todos aqueles

que ajudaram e deram força na viagem de nos- Mulheres do UniBairros

sos companheiros a Piracicaba.

EDUCAÇÃO

19 CONGRESSO MINEIRO DE EDUCAÇÃO PARA A

MUDANÇA

VAMOS TIRAR A ESCOLA DO QUADRO NEGRO EM

QUE ELA SE ENCONTRA: PARTÍCIPE DE 2 A 6

DE AGOSTO,NA ESCOLA DE SEU BAIRRO, DO CON

GRESSO DE EDUCAÇÃO PARA A MUDANÇAf.' >.

APOIf A

CftCCJI*


DíAADIA

OS FEJMNTES SE REUNIRAM NO ULTIMO DIA

5/07. NÀ SEDE ONDE SE GUARDA AS BARRACAS NO

ORINO BRAGA, COM O OBJETIVO DE SE

CRMB UMA ASSOCIAÇÃO OU UM SINDICATO DA CA-

0 QUE, SEGUNDO OS PRESENTES. SO PO

R A ACONTECER COM A APROVAÇÃO DE TO-

DOS AlIÈM DE MUITAS VANTAGENS, QUE TERIA A

CATEGORIA ORGANIZADA, UMA DELAS, É QUE SE

ESTIVER TODO MUNDO UNIDO, OS FEIRANTES TE-

BIAl' CONDIÇÕES DE SEGURANÇA, IMPENDINDO AS-

SIM, Sr.REM JOGADOS DE UM LADO PARA OUTRO, Ã

MERCÊ DAS AUTORIDADES. POIS DE UMA HORA PA-

RA OUTRA, MUDA DE ADMINISTRAÇÃO, E LÁ SE

VAI A FEIRA PARA OUTRO LUGAR. ALÉM DISTO E

MUITO MAIS A PRÓPRIA POPULAÇÃO (SEGUN-

DO OSPARTICIPANTES) TERIA MELHORES CONDI-

ÇÕES DE SER SERVIDA.

O QUE PARECIA PARA MUITOS UM SONHO IMPOSSÍ-

VEL, Vkl AOS POUCOS SE TORNANDO REALIDADE,

POIS ESTA FOI A 19 REUNIÃO E CONTOU COM A'

PRESENÇA SIGNIFICATIVA DE PARTICIPANTES.

A' ■IA PARA SE FUNDAR UM SINDICATO, A LEI

EXIC CERTAS BUROCRACIAS. TEM DE HAVER UM

QUORUM DE PARTICIPAÇÃO DE NO MÍNIMO 1/3 DA

CATEGORIA; UMA DIRETORIA FORMADA COM NO MA

XIMO 7 E NO MÍNIMO 3 PARTICIPANTES; UM CON-

SELHO FISCAL E SUPLENTES; E O ESTATUTO DO

SINDICATO É ATRELADO AS EXIGÊNCIAS DO MINIS

TÊRIO DO TRABALHO.

NÃO EXISTE AINDA UMA DIRETORIA: QUEM QU^

SER PODERÁ APRESENTAR UMA CHAPA PRA CONCOR-

RER. Ê PRECISO MUITA LUTA, MAS TODAS AS DE-

CISÕES SERÃO VOTADAS E A OPINIÃO DE TODOS

SERÃO RESPEITADAS. UMAS DAS BANDEIRAS DE LU

TA DA ASSOCIAÇÃO OU SINDICATO É A PROFISSIO

NALÍZAÇÃO DOS FEIRANTES, POIS NÃO SÃO RECO-

NHECIDOS COMO PROFISSÃO; E NO ENTANTO SÃO

PESSOAS QUE TRABALHAM HONESTAMENTE, FAZENDO

DA FEIRA LIVRE O SEU GANHA PÃO.

Vitorino Braga

FRANJAS BETâNIA: UNIãO

Ja vem de mu i t o

Granjas Betania

Um bairro longe,

te mpo

tem t

com

que o povo de

entado a UNIÃO

ruas sem calça

mento, água, Red e de esgoto, luz.

Parecido com mui tos o u t ros .

E foi que no dia 9/7, Sábado, duran

te todo o d ia, o p o v o se juntou,

E s t av a a c o n C e c e n do o mu ti rao da Rede

de esgoto.' Q u ase 1 00 pessoas entre

crianças, ve lhos e adultos enfi^

aram a cara no t r ab a l ho (com a ajuda-da

Prefeitura que de u o material'

Foi uma de mon s t r ação mui to mais de

UNIÃO E ORGANIZA ÇÃO .. A luta ja vera

de mui to t empo, n ao f oi agora que

iniciou. K A LUT A CON TINUA. É preci_

s o c a 1 ç ame n t o , - e s c o 1 a e mui tas outrás

coisas. E o piovo continuara se

unindo para me 1h orar 0 seu bairro,

pois já formaram uma comissão de mo

radores para def e n 3 e r e lutar pelos

interesses de to do o povo das Granj

as Betani a . 6 I SSO A 1 GENTE :! I

'*No dia 2/6/83 estreiou lã na Escola Mu-

cipal Jesus de Oliveira, do Bairro Ipi-

ranga a PEÇA de Teatro "CRISTÃO NEGRO",

encenado pelo grupo PROGRESSISTA. Foium

sucesso tremendo. E outras apresentações

virão em breve. AGUARDEM! _.

^ATENÇÃO povo de SANTA TEREZINHA, SAO PE

DRO e VITORINO BRAGA, jã estão circuland

nos seus bairros os excelentes' jornais,

que vem informando sobre as lutas locais

TOMEM NOTA:

-SÃO PEDRO: Orgao Informativo do Centro

Comuni tari o;

-VITORINO: "BOLETIM'^ Informativo da Co-

missão de moradores;

-SANTA TEREZINHA:"A VOZ DO BAIRRO" In-

formativo da Sociedade PróMe lhoramentos .

*No dia 30/7/83 (SÁBADO) ãs 10:00 da ma

nha, no Espaço Cultural (RUA SÃO JOÃO)

será realizada mais uma reunião do "MOVI

MENTO ECOLÓGICO". Se você estiver inte-

ressado, PARTICIPE;

ÃDeütro de alguns dias estará circulandoi

em nossosbairros a 3? parte da Cartilha

CAMINHADA DE UM POVO",- produzida pelo

UNIBAIRROS. Dessa vez sobre a historia

do FMI; ;

^ATENÇÃO poetas de todos^ os lugares:

UNIBAIRROS jã tã recebendo poesias para

o 29 livro (HORA EXTRA), que iremos edi-

t ar b revê ; ;

^o dia 2/7 lã em São Pedro teve o casa-

nento de 2 companheiros do UNIBAIRROS,

CLAUDIA PRENDADA & ONOFRE. DESEJAMOS AOS

DOIS MUITAS FELICIDADES NA VIDA CONJUNTA

[jUE AGORA INICIAM; ____

*Tirna rua o Jornal "VENCEREMOS", do co-

Tii te do Vereador Marcus Pestana. Nesse

19 numero vem notícias do Vitorino Braga

Sta. Cândida e outras .

*Em Belém (PA), as pessoas que visitaram m

os 13 posseiros presos desde agosto de

1981, passam por situações vergonhosas

ante aos militares do 19 Comando Aéreo

Regional (GOMAR). Desde ihterrogatõrio

ate obrigados a tirarem as roupas. Nimguém

fica a salvo destas arbitrariedades

Até o Bispo-coadjutor da Arquidiocese de

Belém, D. Vicente Zico, foi vítima desta

violência. Afinal, pra que tantas exigen

cias, se os visitantes levam apenas o a-

poio moral e solidariedade aos presos?

0 governo quer convecer a opinião publica

que os 13 posseiros e os padres franceses

são perigosos para a segurança da

Nação, quando na verdade eles apenas defendiam

o direito de cultivar a terra.

*E o povo do Bairro de Santa Cândida,

através de sua Comunidade Eclesial de

Base, não para em serviço. Ê que agora

partiram para a construção de um salão

para suas reuniões. É issp ai. Vamos mos.

trar pra todo mundo que o povo unido e

organizado consegue vitorias,

A UNIÃO FAZ A FORÇA.

UNÍB/llRli?05 : Ru^ J>o C/

More magazines by this user
Similar magazines