Red, Port, Biologia, Química, Geografia - Anglo RS

anglors.com.br

Red, Port, Biologia, Química, Geografia - Anglo RS

REDAÇÃO

O tema da redação este ano dá continuidade

a uma tendência já inaugurada em 2009

pela banca da UFRGS, a de tornar as suas

propostas mais objetivas e mais vinculadas

a questões sociais concretas. A proposta exigiu

de forma explícita um posicionamento

do candidato, obrigando-o a pensar sobre

questões de civilidade e cidadania, o que é

fundamental em termos de país, além de ter

implicações importantes para o direcionamento

do trabalho dos professores de Ensino

Médio de todo Estado. O tema foi bem-vindo

e merece elogios por sua oportunidade e pela

qualidade de sua apresentação e formulação.

A proposta apresenta uma pequena coletânea

de referência e exemplos de incivilidades

e de infrações que devem ser tomadas

como referência para que o candidato

defenda seu ponto de vista. A tarefa argumentativa

era clara: redija uma redação,

de caráter dissertativo, demonstrando que

cometer incivilidades e infrações cotidianas,

mesmo que aparentemente insignificantes,

prejudica o convívio social. Observe-se que

o candidato não poderia discordar dessa

afirmação, o que mostra uma preocupação

da Universidade com a dimensão ética e

formativa de seu trabalho e com sua indiscutível

repercussão.

As instruções específicas também estavam

bem formuladas e claras. Era preciso (1)

utilizar os exemplos das incivilidades e infrações

referidas como base da reflexão e

(2) avaliar as razões pelas quais tais atitudes

impedem a construção de uma sociedade

sadia. O candidato, não precisava, no

entanto, ater-se àqueles exemplos, poden-

do ampliar a discussão, o que lhe permitia

mostrar seu repertório cultural e qualificar a

abordagem em termos de autonomia. No

final da proposta, a UFRGS repete as instruções

formais usuais: exigibilidade de título,

extensão mínima de 30 linhas, letra legível e

uso obrigatório de caneta. No todo, a proposta

está muito bem articulada e direcionada.

Parabéns à banca.

À guisa de elogio e de fechamento, alguns

comentários podem ser feitos sobre o tema

de 2010 e suas implicações:

1.A temática filia-se à linha ético-social defendida

pelo Enem, o que gera maior unidade

entre as diferentes instituições públicas envolvidas

com os processos seletivos no país.

2. O tema passa a exigir um maior comprometimento

ético dos candidatos diante das

questões coletivas, o que supera a excessiva

generalidade e abstração de temas anteriores,

que acabavam priorizando abordagens muito

conceituais e distantes de algumas questões

fundamentais de país, que precisam ser assumidas

pela Escola e pela Universidade.

3. A proposta apresenta também uma maior

aproximação da experiência adolescente,

pedindo que se parta do próximo- a experiência

concreta da infração cometida- para

o distante- a discussão ética sobre o problema

posto. Este movimento do concreto

para o abstrato é adequado à faixa etária

preponderante no Concurso, além de obrigar

o candidato a uma inserção pessoal

diante da questão. Além disso, o apoio no

caso concreto evita a repetição de clichês e

lugares-comuns, que parecem se multiplicar

em temas muito subjetivos e/ou mais desconectados

da experiência do jovem.

São muitos, portanto, os méritos do tema

deste ano. Mesmo algumas reclamações

feitas pelos candidatos podem ser desconsideradas

ou relativizadas, especificamente

as que alegam que o tema ficou parecido

demais com o do Enem, que o atrelamento

aos exemplos listados poderia tornar as redações

muito similares entre si, ou que a

obrigatoriedade de acatar a tese defendida

pela banca seria uma restrição à liberdade

de expressão (sic). Em primeiro lugar, os

temas andam parecidos pela importância

e premência da discussão e superação da

crise ética que se vive. Em segundo lugar, a

existência de exemplos comuns como ponto

de partida não significa que o candidato

tenha de se restringir a eles ou reduzir sua

análise ao que foi elencado pela banca. Por

último, e o mais importante, não vejo na

proposta nenhum cerceamento censurável.

De fato, cabe ao mundo adulto e especificamente

à Universidade formar indivíduos

para o exercício da cidadania. Não se pode

ser complacente, como diz a própria banca,

com o individualismo, com o egoísmo, com

a falta de civilidade. Assumir essa perspectiva

em termos de ensino público não é uma

prática cerceadora, mas sim revolucionária.

LÍNGUA PORTUGUESA

Instrução: As questões 01 a 10 estão relacionadas

ao texto abaixo.

Ver texto no site www.anglo-rs.com.br

1) Assinale a afirmação que está de acordo com o texto.

A) Na opinião de um especialista, Darwin não julgava importantes

para seus objetivos os espécimes que coletava

em suas viagens.

B) Darwin ficou tão impressionado com o que testemunhou

da violência contra os escravos no Brasil que decidiu que

nunca mais viajaria para terras desconhecidas.

C) Para Adrian Desmond, Darwin escolheu focar nas origens

da espécie humana, entre outras razões, porque

acreditava que, assim, poderia demonstrar a irmandade

entre raças.

D) De acordo com Desmond, a repercussão mais significativa

do fato de Darwin ter presenciado a tortura de um

escravo no Brasil foi ter guardado na memória o som

terrível que ouviu.

E) O biólogo Adrian Desmond conseguiu mostrar a preocupação

abolicionista de Darwin após estudo detalhado

dos princípios morais que moviam seu trabalho sobre

a evolução humana.

QUESTÃO 1 – LETRA C

Questão de compreensão textual. A alternativa

A está errada porque o texto não afirma

que Darwin não julgava importante os

espécimes que coletava em suas viagens. A

alternativa B também está incorreta uma vez

que Darwin não assinala, em nenhuma passagem

textual, que não viajaria para terras

desconhecidas. A letra D não está correta

já que Darwin não presenciou a tortura de

um escravo, ele somente ouviu urros, que

julgou serem humano. Para finalizar, a letra

E encontra-se incorreta, pois o texto não

apresenta a ideia de um estudo detalhado

dos princípios morais que moviam o trabalho

sobre a evolução humana. Ainda nessa

alternativa, é mister ressaltar a amibiguidade

suscitada pelo pronome possessivo seu.

2) Considere as seguintes propostas de reorganização dos

parágrafos do texto.

1 - Unir o segundo parágrafo ao primeiro.

2 - Unir o terceiro parágrafo ao segundo.

3 - Segmentar o terceiro parágrafo, criando um novo a

Distribuição gratuita - Venda proibida.


partir de Desmond acaba de ... (l. 32).

Quais propostas são corretas, entendendo-se que parágrafo

se conceitua como uma unidade de sentido?

A) Apenas 1. D) Apenas 1 e 3.

B) Apenas 2. E) Apenas 2 e 3.

C) Apenas 3.

QUESTÃO 2 – LETRA D

Questão de coesão textual. A coesão entre

parágrafos se estabelece pela estruturação

semântica que o autor deseja implementar.

Por isso, pode-se dizer que a primeira proposta

de reorganização do texto está correta. Isso

porque a união do segundo parágrafo ao

primeiro assinala a continuidade da ideia de

mostrar o estarrecimento de Darwin diante do

escravismo constatado. A terceira proposta de

reorganização também está certa visto que a

separação mostra duas sequências diferentes:

a primeira, que aponta Darwin como difusor

de ideais étnicos igualitários; a segunda, que

faz menção a um estudo de Desmond sobre

a paixão abolicionista de Darwin.

QUESTÃO 3 – LETRA C

Questão de acentuação gráfica. Os acentos

presentes no vocábulos sós, é e trás podem

ser justificados por duas razões: oxítonas

terminadas em a, e e o, seguidas, ou não,

de s; monossílabos tônicos terminados em

a, e e o, seguidos, ou não, de s.

QUESTÃO 4 – LETRA A

Questão de formação de palavras. A primeira

afirmação é a única falsa já que as palavras

insuficiente e insistiam não apresentam

prefixos com o mesmo valor semântico. Para

se considerar que vocábulos tenham o mesmo

prefixo, o referido afixo precisa registrar o

mesmo sentido e a mesma grafia; entretanto,

insuficiente apresenta prefixo de sentido negativo

e insistiam não apresenta prefixo.

QUESTÃO 5 – LETRA C

Questão de semântica. A palavra idílica é

derivada de idílio (algo romântico e poético);

portanto, dentro do contexto, sinaliza

para algo idealizado. Já a palavra testenhumar

registra o sentido de observação uma

vez que se refere aos horrores presenciados

por Darwin. A palavra revelada apresenta o

sentido de exposição, manifestação.

QUESTÃO 6 – LETRA E

Questão de referência anafórica. A alternativa

A está errada porque o pronome seus

refere-se a Darwin. No que tange a alternativa

B, a referência está incorreta visto que o

pronome o também se refere a Darwin. Já a

alternativa C apresenta erro em sua referência

uma vez que desse modo não se refere

somente a todas as raças eram iguais, e sim

à ação de mostrar que todas as raças eram

iguais. A alternativa D está incorreta porque

o pronome seus refere-se ao termo cientista.

QUESTÃO 7 – LETRA D

Questão de concordância. A afirmação

I está correta porque, com a troca de um

som por sons, três palavras precisariam de

ajustes, ficando a frase da seguinte forma:

Em vez do gorjeio do sabiá, o que Darwin

guardou nos ouvidos foram sons terríveis

que o acompanharam por toda a vida. A

afirmação II está correta já que a frase necessitaria

da seguinte adaptação: (...) mostrar

que todas as raças eram iguais e, desse

modo, enfim, objetar a quem insistia em

dizer que os negros pertenciam a uma espécie

diferente e inferior à dos brancos. A

terceira e última alternativa está errada visto

que a troca de origem por raízes não provocaria

a troca de tinha por tinham. Isso

porque o referido verbo tem como sujeito a

palavra que da linha 39, enquanto as palavras

origem e raízes funcionam apenas

como complementos verbais.

QUESTÃO 8 – LETRA C

2

Anglo Resolve

Vestibular UFRGS - 2010

Questão de paráfrase. Nos deslocamentos

propostos, o único inadequado, por alterar

o sentido , é o terceiro, já que o adjetivo

“pessoais” passaria a referir-se exclusivamente

à palavra “diários”.

QUESTÃO 9 – LETRA C

Questão de regência. A substituição proposta

na afirmativa I é inadequada, pois a

expressão “da ocasião que” apresenta um

erro de regência. O correto seria “da ocasião

em que”. Na afirmativa II, a proposição feita

(“argumentar contra”) acarretaria a alteração

de “àqueles”, que deveria ser grafado

sem crase. A substituição proposta em III é

adequada, pois é feito também o ajuste das

respectivas preposições.

QUESTÃO 10 – LETRA A

Questão de paráfrase. Das três paráfrases

propostas, apenas a I mantém o sentido original.

Na II, a substituição de “justamente”

por “em parte” altera o significado da frase;

na III, a expressão “exatamente” modifica o

sentido original do termo “justamente”.

QUESTÃO 11 – LETRA D

Questão de compreensão do texto. O foco

da história é o relato de um peão que perde

as trezentas onças, ou seja, o dinheiro que

seu patrão lhe pedira para transportar.

QUESTÃO 12 – LETRA B

Esta questão também aborda a compreensão

do texto. A questão solicita que o candidato

identifique que a história está sendo

contada a outro personagem, bem como é

solicitada a referência ao local em que se

passa a narrativa. Na alternativa B, a forma

verbal “olhe”, no imperativo, é indicadora

de um diálogo, bem como o pronome

“nos”. As expressões adverbiais “ali” e “à

sombra daquela mesma reboleira de mato”

indicam o local em que ocorreu o fato.

QUESTÃO 13 – LETRA B

Questão de correspondência de tempos verbais

e de aspectos semânticos. Os segmentos

“viajava” e “estava viajando” indicam

uma ação em processo. Os verbos “Devia” e

“planejava” estão no mesmo tempo verbal,

pretérito imperfeito, e mantêm uma proximidade

de significado, indicando a intenção

do viajante em escolher o local onde descansaria.

As expressões “dava” e “ia dando”

também representam a mesma ideia, ou

seja, um processo.

QUESTÃO 14 – LETRA E

Questão de vocabulário e marcas de regionalismo.

Esta questão apresenta expressões como

“três léguas”, “porteira”, “coriscos”, “onças de

ouro”, “rastro”, “ vereda” que não são marcas

de regionalismo sulinos, pois também são usadas

em outras regiões do país.

QUESTÃO 15 – LETRA B

Questão de emprego de pronomes. As mudanças

propostas em 1 e 3 estão incorretas.

Em 1, o segmento sugerido para a substituição

não encaixaria sintaticamente no período por

causa do uso equivocado do pronome reto

“eu”. Em 3, o segmento “a ele”, em lugar de

“lhe”, geraria mudança na estrutura da frase,

sendo entendido como um objeto indireto.

QUESTÃO 16 – LETRA B

Questão de pontuação. A única assertiva

correta está expressa em 3. A oração que

inicia depois de desgraça é apositiva, e poderia

ser separada tanto por vírgula quanto

por dois-pontos. A mudança proposta em 1

está incorreta. A vírgula isola uma explicação

circunstancial. Em 2, a substituição não seria

possível, pois tornaria siamesa a oração “parecia

que estava me chamando”.

QUESTÃO 17 – LETRA A

Questão de transposição de discurso. A

única assertiva que faz uma correta passagem

do trecho para o discurso indireto é a

primeira. A segunda erra no uso do tempo

verbal do verbo “foi”, que deveria ser usado

no pretérito mais que perfeito (“fora”). Na

terceira assertiva, o erro ocorre pelo uso

incorreto do pronome de tratamento “senhor”,

como vocativo, que indicaria uma interlocução,

característica do discurso direto.

QUESTÃO 18 – LETRA B

Questão de concordância verbal. Na primeira

lacuna, o certo seria usar a forma

“eram”, já que os determinantes “os” e “outros”,

antes da porcentagem, fazem que a

concordância deva ser feita no plural. Na

segunda lacuna, o verbo “começar” também

deve ser usado no plural, concordando

com seu sujeito “alguns elementos fonéticos

e gramaticais (...)”. A terceira lacuna apresenta

verbo na voz passiva. A única forma

errada seria “atesta-se”, utilizado no singular,

pois seu sujeito está no plural: “muitos

dos fenômenos diferenciadores”.

QUESTÃO 19 – LETRA A

Questão de fonética e sintaxe. A segunda e

a terceira assertiva demonstram claramente

características fonéticas do português europeu,

falando no emprego de vogais e consoantes.

As demais tratam do uso dos tempos

verbais, de cunho gramatical.

QUESTÃO 20 – LETRA D

Questão de compreensão de texto. A única assertiva

que não tem respaldo no texto é a terceira.

Não há elementos argumentativos que

atribuam à variedade lingüística brasileira um

fechamento a variações na fala e na escrita.

O autor inclusive afirma que essas variações

acontecem há muito tempo, como no terceiro

parágrafo: “Tem-se notado que desde o século

XIX começaram a aparecer no português do

Brasil alguns elementos fonéticos e gramaticais

diferentes do uso europeu.”

QUESTÃO 21 – LETRA C

Questão de anafóricos, envolvendo pronomes

e também advérbios. A primeira afirmação

está errada, já que o pronome “os outros” refere-se

a “aloglotas, ameríndios e africanos”,

ou seja, justamente quem não falava a língua

portuguesa. A segunda afirmação também é

falsa, já que o segmento “por aqui” não tem

como referente um lugar, mas o raciocínio exposto

na frase anterior. A terceira afirmação

está certa: o pronome “nisso” retoma o segmento

“o modo de combinar características

inovadoras e conservadoras”.

QUESTÃO 22 – LETRA D

Questão de paráfrase. A primeira proposta de

reescrita está errada, porque o deslocamento

de “efetivamente” para o início da frase faz com

que o advérbio passe a se referir ao segmento

“foi necessário” da oração principal e não mais

ao segmento “se tornasse” da oração subordinada.

A segunda afirmação está correta, embora

possa confundir o candidato. A frase cria

uma identidade semântica entre a expressão

“se estabelecesse” contida na frase do texto e

“efetivamente se tornasse”. É óbvio que os sentidos

são similares, mas o candidato poderia

supor que o apagamento do advérbio estaria

suprimindo uma parte da frase original. A afirmação

três está correta, já que “de fato” e “efetivamente”

são sinônimos perfeitos no contexto.

QUESTÃO 23 – LETRA D

Questão original sobre o diferente papel das

perguntas na língua. A primeira pergunta referida

é uma caracterização do tema geral do

texto. A segunda, indiscutivelmente, sinaliza a

presença do interlocutor, atendendo ao telefone.

A terceira é uma pergunta retórica, de

valor enfático, que encaminha a discussão

presente no último parágrafo. Observe-se

apenas que o candidato poderia, com razão,

considerar esta pergunta uma questão que

“pressupõe uma resposta negativa”, o que seria

uma leitura possível, embora não contemplada

pelas alternativas. A última pergunta é

uma pergunta indireta, e a presença no texto

do relativo “por que” e a ausência do ponto

de interrogação ajudam nessa percepção.

QUESTÃO 24 – LETRA E

Questão de aplicação de princípios fonéticos.

O candidato deveria perceber que o apagamento

identificado em “tulfón” só se repete em

“diferenciadores/difrenciadores”, já que em A

e C, em que também aparecem apagamentos

vocálicos, os mesmos não se dão antes da vogal

tônica, como exigido pelo enunciado.

QUESTÃO 25 – LETRA E

Questão de nexos. A única proposta errada

é a primeira, em que o nexo enquanto não

pode ser substituído por um nexo temporal, já

que, no contexto, ele aparece com valor de

“por sua vez”. Em 2 e 3, as propostas estão

corretas,uma vez que “então”, na frase em

questão, aparece com valor conclusivo e “e

sim” tem no trecho valor adversativo.

1) Leia o quadrinho abaixo.

BIOLOGIA

Adaptado de: . Acesso em: 8 jan. 2006

Considere o enunciado abaixo, referente ao significado da

resposta de Mafalda, e as três propostas para completá-lo.

A expressão direção 5'→ 3' refere-se

1- à ligação entre fosfato e açúcar no processo de replicação

do DNA.

2- à atividade da enzima RNA polimerase no processo de

transcrição do RNA.

3- à união entre os aminoácidos no processo de tradução

das proteínas.

Quais propostas estão corretas?

A) Apenas 1. D) Apenas 1 e 2.

B) Apenas 2. E) 1, 2 e 3.

C) Apenas 3.

QUESTÃO 1 – LETRA D

A expressão 5’→3’ faz referência a ligação

existente entre o grupo fosfato e os carbonos

existentes no açúcar como mostra a figura

abaixo.

Tanto no processo de replicação quanto na

transcrição, a produção de DNA e RNA respectivamente,

o sentido de formação das

fitas vai do nucleotídeo que possui o fosfato

ligado ao quinto carbono (seta A) até o

último nucleotídeo na mesma fita, cujo terceiro

carbono do açúcar não está ligado a

nenhum grupo fosfato (seta B).

Os aminoácidos são as unidades que formam

uma proteína e são constituídos de um

carbono central ligado a um hidrogênio, a

uma amina, a uma carboxila e a um radical

variável, portanto, são quimicamente distintos

dos nucleotídeos.

Anglo Vestibulares

www.anglors.com


2) A coluna da esquerda, abaixo, apresenta o nome de

teorias sobre a evolução da vida na Terra; a da direita,

afirmações relacionadas a três dessas teorias.

Associe adequadamente a coluna da direita à da esquerda.

1 - Abiogênese 4 - Evolução química

2 - Biogênese 5 - Hipótese autotrófica

3 - Panspermia

( ) Os primeiros seres vivos utilizaram compostos inorgânicos

da crosta terrestre para produzir suas substâncias

alimentares.

( ) A vida na Terra surgiu a partir de matéria proveniente

do espaço cósmico.

( ) Um ser vivo só se origina de outro ser vivo.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de

cima para baixo, é

A) 4 - 2 - 1. D) 5 - 1 - 3.

B) 4 - 3 - 2. E) 5 - 3 - 2.

C) 1 - 2 - 4.

QUESTÃO 2 – LETRA E

A origem da vida na Terra é assunto de

grande interesse entre os pensadores desde

muito tempo. Na Grécia antiga, Platão e

Aristóteles fundaram a teoria da Abiogênese

ou Geração Espontânea, segundo a qual os

seres vivos tinham origem na matéria bruta,

explicando, por exemplo, o surgimento

de crocodilos a partir do lodo e do calor do

fundo dos rios. Mais modernamente, cientistas

como John Needham e Isaac Newton

mostraram-se defensores da abiogênese.

Francisco Redi e Louis Pasteur estão entre

os principais adeptos à teoria da Biogênese,

segundo a qual seres vivos originam-se

apenas de outros seres vivos preexistentes.

Segundo a teoria da Panspermia, a vida teria

se originado em algum outro lugar do

Universo, tendo viajado pelo espaço, sob a

forma de esporos, em meteoritos que bombardeavam

a Terra. O cientista russo Alexsandr

Oparin propõe a teoria da Evolução

Química, sugerindo que a origem dos primeiros

seres vivos tenha se dado a partir da

reação entre compostos inorgânicos presentes

no planeta primitivo. Por fim, a Hipótese

Autotrófica defende a ideia que os primeiros

seres vivos eram capazes de produzir seu

próprio alimento através de processos como

a fotossíntese ou a quimiossíntese, hipótese

contraposta pela ideia que os primeiros seres

vivos alimentavam-se de moléculas orgânicas

presentes no meio (Hipótese Heterotrófica).

QUESTÃO 3 – LETRA C

Proteínas são macromoléculas constituídas

por aminoácidos. Levando-se em consideração

o fato de que o biscoito 1 é o que

apresenta maior quantidade de proteínas,

no processo de digestão ocorrerá quebra

das ligações peptídicas existentes entre os

aminoácidos e, consequentemente, liberação

de maior quantidade de aminoácidos

para o organismo. Já as proporções de íons

sódio nos permite comparar a quantidade

de sal presente em cada biscoito, concluindo

que o biscoito 3, por apresentar menor

quantidade de sódio, é o único biscoito doce

dentre os três.

QUESTÃO 4 – LETRA B

A fermentação é um processo no qual a molécula

de glicose é degradada com a formação

de duas moléculas de ácido pirúvico e a

produção líquida de duas moléculas de ATP.

De acordo com o tipo de transformação que

sofrem as moléculas de ácido pirúvico, podemos

distinguir basicamente dois tipos de

fermentação: a alcoólica e a lática.

O processo de fermentação alcoólica é realizado

por fungos unicelulares (leveduras)

utilizados na produção de pães e bebidas

alcoólicas, como a cerveja e o vinho. Na

fermentação alcoólica ocorre a formação

de etanol e CO 2 .

Na fermentação lática ocorre a quebra de

glicose com a formação de ácido lático sem

a liberação de CO 2 . Esta reação é comum

em bactérias e na musculatura esquelética

em caso de fadiga.

Anglo Vestibulares

www.anglors.com

QUESTÃO 5 – LETRA C

A questão traz um mapa conceitual que indica

o trajeto percorrido por uma proteína,

desde sua produção nos ribossomos (letra

B) aderidos ao retículo endoplasmático granular

(letra C) até a sua secreção realizada

pelo complexo golgiense (letra A).

6) Observe o quadro abaixo, referente a diferentes fases

do ciclo celular de uma célula meiótica de uma determinada

espécie.

A B C D E F

Número de cromátides por célula 20 40 40 20 20 10

Número de cromossomos por célula 20 20 20 10 10 10

Com base nos dados apresentados no quadro, assinale a

afirmação correta.

A) A separação das cromátides-irmãs é responsável pela redução

do número de cromossomos entre as fases C e D.

B) O aumento do número de cromátides em relação ao

número de cromossomos na fase B é consequência da

separação dos cromossomos homólogos.

C) O valor n mantém-se constante em todas as fases do

ciclo celular.

D) O número de cromossomos de células haplóides desta

espécie é 20.

E) A redução do número de cromátides entre as fases E e

F deve-se à separação das cromátides-irmãs.

QUESTÃO 6 – LETRA E

A questão traz a comparação entre o número de

moléculas de DNA, presentes na forma de cromátides,

e o número de cromossomos de uma determinada

espécie ao longo do ciclo celular de uma

célula que sofre meiose.

Na fase B temos a duplicação das cromátides (período

S da interfase) formando cromossomos duplicados.

De C para D ocorre a redução do número

de cromossomos (2n) pela metade (n), evidenciando

assim a anáfase I. Nas fases E e F ocorre a separação

das cromátides-irmãs, característica da

anáfase II meiótica.

7) Um indivíduo adulto submeteu-se a uma lipoaspiração

para a retirada de 700 mL de gordura.

A respeito da gordura retirada no procedimento, é correto

afirmar que ela é

A) armazenada no tecido muscular, rico em mitocôndrias

que metabolizam as reservas de gorduras.

B) composta de ácidos graxos capazes de liberar mais

energia que' a glicose, em reações de oxidação nas

mitocôndrias.

C) estocada nos adipócitos sob a forma de glicogênio.

D) utilizada pelas células do sistema nervoso para produção

de ATP.

E) removida do tecido conjuntivo denso modelado.

QUESTÃO 7 – LETRA B

As gorduras referidas são os triglicerídeos

constituídos de unidades químicas chamadas

glicerol e ácidos graxos. Os ácidos

graxos são convertidos enzimaticamente,

através de várias reações, em Acetil-Coa,

por um processo chamado beta-oxidação.

Nessas reações ocorre uma maior disponibilidade

de íons hidrogênios encaminhados,

posteriormente, para a cadeia respiratória

levando ao aumento de produção de ATP.

QUESTÃO 8 – LETRA D

Os ovos são classificados de acordo com a

quantidade e distribuição de vitelo, e o tipo

de sua segmentação também está relacionada

a esses dois fatores. Quanto maior a

quantidade de vitelo, mais difícil será a segmentação,

logo, ovos telolécitos completos

ou megalécitos terão segmentação apenas

no disco germinativo, como aves e répteis.

Os mamíferos placentários possuem ovos

com pouco vitelo, oligolécitos, portanto, segmentação

total ou holoblástica e igual, isto

é, os blastômeros possuem praticamente o

mesmo tamanho. Os ovos dos insetos possuem

o vitelo localizado na região central,

e suas células distribuem-se pela periferia,

ovo centrolécito. Os ovos dos anfíbios possuem

maior concentração de vitelo no pólo

vegetativo, ovo heterolécito, portanto sua

segmentação é total, porém desigual, o que

origina blastômeros de tamanhos diferentes.

QUESTÃO 9 – LETRA A

A gripe A é uma doença viral transmitida entre

seres humanos através de contágio direto,

sem haver um organismo transmissor. Caracteriza-se

por febre acima de 39ºC associada

a comprometimento da função respiratória e

dores articulares agudas. O tratamento não

é feito com antibióticos, mas com o antiviral

fosfato de oseltamivir, distribuído sob a denominação

de Tamiflu. Devido ao rápido avanço

do vírus H1N1, a OMS decretou situação de

pandemia em junho de 2009. Pesquisas estão

em andamento para produção e testagem de

vacinas para a prevenção da doença.

10) Assinale a alternativa correta sobre fungos.

A) Trata-se de organismos heterotróficos, cuja nutrição

ocorre por absorção de substâncias orgânicas.

B) Incluem espécies parasitas que podem causar doenças

como, por exemplo, a herpes.

C) Possuem queratina nas paredes celulares, o que lhes

confere maior resistência estruturaI.

D) Apresentam hifas que, no processo de reprodução

assexuada, formam corpos de frutificação.

E) As leveduras são exemplos de fungos multicelulares que

fazem fermentação.

QUESTÃO 10 – LETRA A

Fungos são organismos que não realizam a

síntese de substâncias orgânicas, mas as absorvem

diretamente do meio, sendo, portanto,

heterótrofos por absorção. Incluem espécies

sapróvoras (decompositoras) ou parasitas.

Suas células têm organização eucariótica com

a presença de parede celular formada pelo

carboidrato quitina. Cogumelos, orelhas-depau

e bolores são exemplos de fungos pluricelulares,

enquanto as leveduras são unicelulares.

As patologias causadas por fungos são

conhecidas como micoses, dentre as quais não

se inclui a herpes, que é uma patologia viral.

QUESTÃO 11 – LETRA C

Briófitas são plantas avasculares, que realizam

a condução da água e nutrientes minerais célula

a célula por meio de osmose e difusão.

Através desses processos, água e nutrientes

não conseguem alcançar grande altura no interior

da planta, o que determina seu pequeno

porte. Pteridófitas são as primeiras plantas

vasculares, podendo desenvolver tamanhos

maiores. Em samambaias, a produção de esporos

se dá em esporângios reunidos na face

inferior dos folíolos, em estruturas denominadas

soros. Embora sejam as plantas mais

simples, tanto briófitas como pteridófitas apresentam

estruturas de sustentação.

12) Assinale a alternativa que preenche corretamente as

lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem.

Jacarandás (Jacaranda sp.) e ipês (Tabebuia sp.) são

árvores utilizadas na arborização de Porto Alegre. Suas

flores vistosas enfeitam a cidade na primavera. Seus frutos

contêm sementes aladas.

Tanto jacarandás quanto ipês são ........ , têm frutos ........

e dispersão por ........ .

A) angiospermas - secos indeiscentes - anemocoria

B) angiospermas - carnosos -zoocoria

C) gimnospermas - secos deiscentes - anemocoria

D) angiospermas - secos deiscentes - anemocoria

E) gimnospermas - carnosos - zoocoria

QUESTÃO 12 – LETRA D

Angiospermas constituem o grupo vegetal cuja

principal característica é o desenvolvimento

de fruto que contém sementes em seu interior.

As sementes podem ser dispersadas por animais

(zoocoria), pelo vento (anemocoria) ou

pela água (hidrocoria), no caso das plantas de

mangue, por exemplo. Sementes dispersadas

pelo vento desenvolvem-se em frutos secos

deiscentes, isto é, frutos cujo mesocarpo não

é carnoso (não tem “polpa”) e que se abrem

espontaneamente ainda quando presos à

planta-mãe. Tais sementes devem apresentar

características que facilitem seu espalhamento,

dentre as quais estão a leveza, o desenvolvimento

de plumas, o formato ou a presença de

projeções semelhantes a asas que favoreçam

a flutuação (sementes aladas). Frutos deiscen-

tes são aqueles que não se abrem espontaneamente,

necessitando de um impacto (queda)

ou que sejam comidos por animais.

13) Plantas de deserto nem sempre apresentam adaptações

estruturais para a retenção de água.

Considere as afirmações abaixo, sobre as estratégias

adaptativas dessas plantas.

I- Suas sementes apresentam longos períodos de dormência.

II- Elas germinam e crescem lentamente, após breve período

de umidade no solo.

III- Elas cumprem seu ciclo de vida completo - de semente

a semente - em um período de vários anos.

Quais estão corretas?

A) Apenas I. D) Apenas I e II.

B) Apenas II. E) I, II e III.

C) Apenas III.

QUESTÃO 13 – LETRA A

As plantas de deserto que não apresentam

adaptações morfo-fisiológicas para evitar a

perda de água têm como estratégia de sobrevivência

o cumprimento de um ciclo de

vida curto, de forma a aproveitar os breves

períodos de condições favoráveis, especialmente

com referência à disponibilidade de

água. Com a ocorrência de chuvas, o solo

encharca e as sementes germinam, dando

origem, rapidamente, às partes aéreas do

vegetal. Logo há o florescimento e a reprodução,

com a formação de sementes que

são capazes de permanecer em estado de

latência por longos períodos no solo até que

as condições ambientais tornem-se propícias

novamente, o que pode ocorrer somente

no ano seguinte.

QUESTÃO 14 – LETRA C

Os anfíbios foram os primeiros vertebrados a

invadirem o meio terrestre e os répteis foram

os primeiros a dominá-lo. Isso aconteceu, entre

outras coisas, porque os répteis possuem pele

seca, altamente queratinizada, o que lhes confere

proteção contra o ressecamento, esqueleto

mais forte, principalmente no crânio, e musculatura

mais desenvolvida, o que lhes propicia

melhor sustentação. Outro aspecto de suma

importância, para este domínio, foi o ovo: este

possui casca calcárea e porosa, permitindo trocas

gasosas e conferindo proteção contra pequenos

choques; surge o âmnio e o cório, responsáveis

pela conservação da água no interior

do ovo, evitando o ressecamento, protegendo

contra choques e mantendo uma pressão uniforme

e constante sobre o embrião evitando,

assim, deformidades; surge também o alantóide,

estrutura responsável pelo armazenamento

de excretas nitrogenadas. Estas características

permitiram aos répteis colocarem seus ovos em

terra firme, contribuindo para sua expansão no

inicio da era Mesozóica, também conhecida

como a era dos répteis. Resumindo, o grande

lance evolutivo dos répteis em relação aos anfíbios

foi colocar a água dentro do ovo, em vez

de colocar o ovo dentro da água.

15) Assinale com V (verdadeiro) ou com F (falso) as afirmações

abaixo, referentes a animais marinhos.

( ) Os camarões apresentam exoesqueleto quitinoso.

( ) Dos ovos das lulas, nascem larvas que sofrem mudas

até atingirem a fase adulta.

( ) Os peixes cartilaginosos apresentam bexiga natatória.

( ) Nos mexilhões, as partículas alimentares penetram no

manto por meio do sifão inalante.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de

cima para baixo, é

A) F - V - F - V. D) F - V - V - F.

B) V - F - F - V. E) V - V - F - F.

C) V - F - V - V.

QUESTÃO 15 – LETRA B

Os camarões, como todos os artrópodes,

possuem exoesqueleto formado por quitina, o

que lhes confere proteção. As lulas são moluscos

cefalópodes que possuem desenvolvimento

direto, sem fase larval. A bexiga natatória,

órgão de equilíbrio hidrostático, é uma

exclusividade dos peixes ósseos e não dos

peixes cartilaginosos, esses, para garantir sua

flutuabilidade possuem esqueleto cartilagino-

Anglo Resolve

Vestibular UFRGS - 2010

3


so (mais leve que o esqueleto ósseo) e fígado

grande, rico em óleo que é menos denso que

a água. Os mexilhões, moluscos bivalves, filtram

a água que penetra através do sifão inalante

em suas brânquias para obter alimento,

sendo a água expelida pelo sifão exalante.

QUESTÃO 16 – LETRA C

Em uma sinapse neuromuscular, a terminação

do axônio lança seus neurotransmissores

numa placa motora. Quando se tem a

“ligação” entre neurônios, fala-se em sinapse

nervosa.

As vesículas mostradas no número 1 não

são vacúolos digestivos, pois contêm neurotransmissores,

representados pelo número

2, e são substâncias químicas armazenadas

no complexo de Golgi e liberadas por vesículas

na fenda sináptica, número 4.

17) Durante um procedimento cirúrgico, um paciente apresentou

hipertermia maligna. Essa condição hereditária, antigamente

letal, é desencadeada pela utilização de anestésicos.

Ao analisar a família do paciente, o médico constatou que sua

avó materna havia falecido em decorrência da utilização de

anestésico. A mãe do paciente e seus tios maternos nunca foram

submetidos a processos cirúrgicos, mas o pai e os tios e tias

paternos já sofreram cirurgias e não apresentaram sintomas de

hipertermia maligna. O avô paterno do paciente é hemofílico.

Sabe-se que a hiperterrnia maligna é uma condição autossômica

dominante e que a hemofilia é uma condição

recessiva ligada ao X.

Com base no exposto acima, assinale a alternativa correta.

A) A mãe do paciente tem o alelo para hipertermia maligna.

B) O pai do paciente é hemofílico.

C) Todos os filhos do paciente terão o alelo para hipertermia

maligna.

D) Os tios maternos são homozigotos para hipertermia

maligna.

E) As tias paternas não têm chance de ter filhos hemofílicos.

QUESTÃO 17 – LETRA A

A hipertermia maligna é uma característica

cujo padrão de herança é autossômico (freqüência

igual em homens e mulheres) e dominante

(gerada por um alelo que expressa o

fenótipo em dose única ou dupla), porém com

uma particularidade, só se manifesta em indivíduos

que foram submetidos a cirurgias. O

fato da avó materna e do seu neto, o paciente

citado no texto, serem afetados pela característica

(ambos são A_), bem como, o pai deste

mesmo indivíduo ter passado por cirurgia sem

inter-corrências, o que dá a ele a condição genotípica

recessiva (aa), condiciona a mãe deste

mesmo paciente a ser portadora do alelo A

sem ter manifestado o problema, pois ela não

sofreu processos cirúrgicos.

QUESTÃO 18 – LETRA B

A Segunda Lei de Mendel trata da segregação

independente de pares de alelos presentes

em cromossomos homólogos distintos. Os indivíduos

cruzados são duplo-heterozigotos e

constituem a geração parental (P). Cada um

deles produz quatro tipos de gametas: AB,

Ab, aB e ab. Existem dezesseis possibilidades

de encontros gaméticos que levam a formação

da descendência, a primeira geração fenotípica

(F1), apresentando quatro fenótipos

diferentes na proporção 9:3:3:1.

19) A cor da pelagem em coelhos é causada por quatro

alelos diferentes do gene c: os alelos selvagem, chinchila,

himalaia e albino. O alelo tipo selvagem é totalmente

dominante em relação aos demais; o alelo chinchila

apresenta dominância incompleta em relação ao alelo

albino e codominância em relação ao alelo himalaia. O

alelo himalaia, por sua vez, é totalmente, dominante em

relação ao alelo albino.

De acordo com essas informações, quantos diferentes fenótipos

podem ser encontrados para a pelagem de coelhos?

A) 2. B) 3. C) 4. D) 5. E) 6.

QUESTÃO 19 – LETRA E

Pelas informações do texto, os alelos possíveis

seriam quatro: selvagem (c s ), chinchila

(c ch ), himalaia (c h ) e albino (c a ). Através da

análise das relações de dominância entre os

alelos, os fenótipos prováveis e seus respecti-

4

Anglo Resolve

Vestibular UFRGS - 2010

vos genótipos seriam estes elencados abaixo:

Fenótipo 1 – Selvagem – c s c s , c s c ch , c s c h , c s c a

Fenótipo 2 – Chinchila – c ch c ch ,

Fenótipo 3 – híbrido entre chinchila e himalaia – c ch c h

Fenótipo 4 – híbrido entre chinchila e albino – c ch c a

Fenótipo 5 – himalaia – c h c h e c h c a

Fenótipo 6 – albino – c a c a

20) Charles Darwin, em seu livro Origem das Espécies,

reconhece que, em seu sentido literal, o termo seleção

natural é inadequado.

De acordo com o significado que ele atribuiu a essa expressão,

aceito até hoje, seleção natural designa

A) a origem comum dos seres vivos.

B) a sobrevivência do mais forte.

C) o surgimento de novas formas.

D) a persistência do mais apto.

E) o aumento da complexidade dos organismos.

QUESTÃO 20 – LETRA D

Segundo Darwin, as mudanças ambientais

são responsáveis pela seleção dos organismos

que possuem alguma variação favorável

para se adaptar às novas condições impostas.

As variações selecionadas não serão obrigatoriamente

as que conferem maior força ou

maior grau de complexidade ao organismo,

mas sim as que promovem maior adaptação

às condições ambientais. Estas variações

adaptativas já existem naturalmente entre os

organismos, não ocorrendo o surgimento de

mudanças que visem a adaptação.

21) Assinale com V (verdadeiro) ou com F (falso) o as

afirmações que seguem, relativas à especiação.

( ) As espécies de tentilhão observadas por Darwin nas ilhas

Galápagos se diversificaram por cladogênese.

( ) Duas espécies estabelecidas em razão de isolamento geográfico

prolongado apresentam especiação alopátrica.

( ) Novas espécies são atualmente descritas segundo o conceito

tipológico no qual um indivíduo é tido como padrão.

( ) As espécies atuais, por estarem em seu pico adaptativo,

não estão sujeitas às forças evolutivas.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de

cima para baixo, é

A) V - F - V - F. D) F - V - V - V.

B) F - V - F - V. E) V - V - F - F.

C) V - F - F - F.

QUESTÃO 21 – LETRA E

Com relação às afirmações incorretas feitas

sobre a especiação, cabe considerar que as

novas espécies são identificadas atualmente

segundo a ocorrência de isolamento reprodutivo

entre elas e não apenas através de

critérios morfológicos. Além disso, todas as

espécies que existem e já existiram no planeta

encontram-se em contínua evolução,

uma vez que estão sujeitas à pressões seletivas

constantes e com muita frequência não

uniformes, que favorecem a sobrevivência

diferencial dos indivíduos melhor adaptados.

22) A ema (Rhea americana), que habita campos e

cerrados do Brasil até o Uruguai, e o avestruz (Struthio

camelus), que habita savanas na África, são espécies afins

que vivem em ambientes muito parecidos e que têm hábito

alimentar onívoro.

No esquema de uma cadeia trófica com quatro níveis

tróficos, a ema pode inserir-se

A) apenas no segundo nível.

B) apenas no terceiro nível.

C) apenas no primeiro e no segundo nível.

D) apenas no terceiro e no quarto nível.

E) apenas no segundo, no terceiro e no quarto nível.

QUESTÃO 22 – LETRA E

Onívoro, vem de omnis = tudo e voros = alimento,

logo, um animal onívoro se alimenta

tanto de animais, como de vegetais e fungos.

Numa cadeia trófica com 4 níveis temos os

produtores (vegetais), consumidores primários

(herbívoros), consumidores secundários

(carnívoros de 1 a ordem) e consumidores terciários

(carnívoros de 2 a ordem). Uma ema

não é um vegetal, logo, não pode pertencer

ao primeiro nível trófico, mas ela se alimenta

tanto de vegetais, quanto de herbívoros e de

carnívoros (como aranhas).

23) Considere as seguintes interações entre seres vivos de

uma comunidade.

1- As garças-vaqueiras que se alimentam de carrapatos

ectoparasitas de búfalos.

2- Algas e fungos que formam os liquens.

3- Duas espécies de cracas que convivem em litorais

rochosos e utilizam os mesmos recursos.

Os casos referidos em 1, 2 e 3 são, respectivamente, exemplos de

A) comensalismo, mutualismo e predatismo.

B) comensalismo, mutualismo e competição.

C) protocooperação, amensalismo e predatismo.

D) protocooperação, mutualismo e competição.

E) protocooperação, amensalismo e competição.

QUESTÃO 23 – LETRA D

As garças, ao se alimentarem de carrapatos,

são beneficiadas com alimento e beneficiam

os búfalos, pois esses se livram dos ectoparasitas.

Porém essa relação, benéfica para

ambos, não é de caráter obrigatório, ou

seja, ambos sobrevivem separados, sendo

denominada protocooperação.

Os liquens são uma associação que beneficia

ambas as espécies, que não sobrevivem

separadas, isto é, existe a obrigatoriedade

da relação, portanto, mutualismo.

Quando duas espécies vivem no mesmo hábitat

e têm o mesmo nicho ecológico, elas

competem por recursos ambientais, havendo

entre ela uma competição interespecífica.

24) Considere o enunciado abaixo e as três propostas

para completá-lo.

As palmeiras são espécies tropicais que fornecem importantes

recursos alimentares à fauna silvestre e ao homem,

além de outros produtos de interesse comercial. Um

exemplo disso é o palmiteiro (Euterpe edulis), que tem sido

explorado intensivamente.

A exploração excessiva do palmiteiro pode apresentar,

como consequência ecológica,

1 - desequilíbrio nas espécies que compõem a teia alimentar

associada a ele.

2 - menor oferta de recursos alimentares e consequente

aumento da competição entre aves frugívoras.

3 - aumento da variabilidade populacional da espécie nas

áreas fragmentadas remanescentes.

Quais propostas estão corretas?

A) Apenas 1. D) Apenas 1 e 2.

B) Apenas 2. E) 1, 2 e 3.

C) Apenas 3.

QUESTÃO 24 – LETRA D

A exploração excessiva do palmiteiro em determinada

área diminui a abundância desta

espécie, diminuindo, consequentemente, a

variabilidade genética da população. além

da quantidade de alimento oferecido no ambiente.

Esta situação acarreta desequilíbrio na

teia alimentar e aumento de competição intra

e interespecífica entre os animais que se beneficiam

do fruto desta árvore.

25) Na Floresta Atlântica, várias áreas utilizadas no passado

para extração madeireira ou para cultivo foram abandonadas

e hoje se encontram em processo de sucessão

secundária.

Assinale com V (verdadeiro) ou com F (falso) as afirmações

que seguem sobre esse processo.

( ) Ele se caracteriza, em seu início, pela colonização de

espécies pioneiras, tais como gramíneas e vassouras.

( ) As espécies dos estágios iniciais e intermediários mantêmse

em locais de estágio avançado da sucessão florestal.

( ) As redes alimentares e as interações entre espécies

tornam-se mais complexas com o avanço do processo.

( ) A biodiversidade e a biomassa tendem a um aumento

progressivo, mesmo quando a comunidade atingiu o

estágio clímax.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de

cima para baixo, é

A) V - F - V - F. D) F - F - V - V.

B) F - V - V - F. E) V - F - F - V.

C) V - V - F - F.

QUESTÃO 25 – LETRA A

Espécies pioneiras propiciam condições para

o estabelecimento de espécies ecologicamente

mais exigentes, possibilitando a ocorrência de

sucessão ecológica. Conforme novas espécies

se estabeleçam em determinada área, a diversidade

de vida aumenta culminando em uma

maior complexidade das relações ecológicas

ali existentes, podendo vir a atingir o estágio

de comunidade clímax. A comunidade clímax

apresenta taxas de biomassa estáveis devido

à diminuição da produtividade líquida, conseqüência

do equilíbrio entre as taxas de fotossíntese

e respiração, o que leva também à

estabilidade da biodiversidade no ecossistema.

QUÍMICA

QUESTÃO 26 – LETRA B

A substância I é alterada após o aquecimento,

e a emissão de luz branca indica que houve

combustão. Já as substâncias II e III, ao

serem aquecidas, não sofrem alteração em

suas estruturas e passam, respectivamente,

do estado sólido ao líquido (fusão) e do estado

líquido ao gasoso (ebulição).

27) Considere o enunciado abaixo e as três propostas

para completá-lo.

Em dada situação, substâncias gasosas encontram-se armazenadas,

em idênticas condições de temperatura e pressão, em

dois recipientes de mesmo volume, como representado abaixo.

Nessa situação, os recipientes 1 e 2 contêm

1- o mesmo número de moléculas.

2- a mesma massa de substâncias gasosas.

3- o mesmo número de átomos de oxigênio.

Quais propostas estão corretas?

A) Apenas 1 D) Apenas 2 e 3.

B) Apenas 2. E) 1, 2 e 3.

C) Apenas 3.

QUESTÃO 27 – LETRA A

Gases com mesmo volume e nas mesmas

condições de temperatura e pressão apresentam

igual quantidade de matéria, ou seja, o

mesmo número de moléculas. As massas das

substâncias são diferentes, pois elas possuem

massas molares distintas. As quantidades de

átomos de oxigênio também são diferentes,

pois, considerando que cada recipiente comporta

x moléculas, haverá 2x átomos de oxigênio

no recipiente 1 e x átomos no recipiente 2.

28) Fabricantes de pigmentos para tatuagens deverão

brevemente obter registro de seus produtos junto aos

órgãos oficiais. A preocupação com as normas para essas

tintas decorre do fato de muitos pigmentos apresentarem

derivados de metais pesados, o que pode provocar efeitos

adversos à saúde. Atualmente, pode ser encontrado HgS no

pigmento vermelho, PbCrO 4 no amarelo e Cr 2 O 3 no verde.

Assinale a propriedade compartilhada pelos metais Hg

(mercúrio), Pb (chumbo) e Cr (cromo).

A) Apresentam altos valores de potenciais de ionização.

B) Têm seus elétrons distribuídos em um mesmo número

de camadas eletrônicas.

C) Reagem vigorosamente com a água, formando óxidos.

D) Apresentam elevados valores de eletronegatividade.

E) Podem apresentar mais de um estado de oxidação.

QUESTÃO 28 – LETRA E

(A) INCORRETA. Os metais apresentam valores

baixos de potencial de ionização.

(B) INCORRETA. O número do período, na

tabela periódica, indica o número de camadas

eletrônicas.

(C) INCORRETA. Não reagem com água em

condições normais.

(D) INCORRETA. Apresenta valores baixos

de eletronegatividade.

(E) Alguns estados de oxidação dos metais

apresentados: Hg -1 , Hg -2 , Pb -2 , Pb -4 , Cr -2 e

Cr -3 .

29) A partir do século XIX, a concepção da ideia de

átomo passou a ser analisada sob uma nova perspectiva:

a experimentação. Com base nos dados experimentais

disponíveis, os cientistas faziam proposições a respeito da

estrutura atômica. Cada nova teoria atômica tornava mais

clara a compreensão da estrutura do átomo.

Assinale, no quadro abaixo, a alternativa que apresenta a

correta associação entre o nome do cientista, a fundamen-

Anglo Vestibulares

www.anglors.com


tação de sua proposição e a estrutura atômica que propôs.

QUESTÃO 29 – LETRA C

Ernest Rutherford desenvolveu um experimento

em que uma lâmina de ouro foi bombardeada

por partículas radioativas α (alfa),

de carga positiva, e, com base na observação

do espalhamento destas partículas ao

passarem ou serem repelidas pela lâmina,

propôs um modelo atômico segundo o qual

o átomo é constituído por um núcleo central

positivo, pequeno em relação ao tamanho

do átomo e cercado de partículas negativas.

QUESTÃO 30 – LETRA A

Os carbonos indicados na questão apresentam

as seguintes estruturas:

31) Um cubo de gelo flutua em um copo com água. Tal fenômeno

ocorre porque a água no estado sólido é menos densa

que a água no estado líquido, visto que a água apresenta a

particularidade de aumentar de volume quando solidifica.

Qual das afirmações abaixo apresenta uma justificativa

adequada para esse fenômeno?

A) Na água líquida, as interações intermoleculares se dão

através de ligações de hidrogênio, enquanto no gelo

essas interações são do tipo Van der Waals, mais fracas,

o que resulta em maior afastamento entre as moléculas.

B) O gelo é mais volumoso porque nele as moléculas de

água se organizam em posições bem definidas em uma

rede cristalina hexagonal, a qual ocupa um espaço maior

que a disposição pouco ordenada dessas moléculas no

estado líquido.

C) No estado sólido, as baixas temperaturas provocam uma

significativa diminuição da polaridade das moléculas

de água, o que contribui para um maior afastamento

entre elas.

D) Quando passa ao estado sólido, a água aprisiona em

sua rede cristalina átomos de oxigênio, transformando

suas moléculas em H 2 O 2 , que são mais volumosas que

as de H 2 O.

E) Durante a formação dos cristais de gelo, ocorre alteração

da geometria molecular das moléculas de água,

que passa de angular para linear, a fim de permitir um

melhor ajuste das moléculas aos nós da rede cristalina.

QUESTÃO 31 – LETRA B

A disposição cristalina das moléculas de

água no estado sólido gera uma estrutura

com volume maior do que aquele ocupado

pelas moléculas no estado líquido.

32) Observe a reação representada abaixo, que pode ser

utilizada para obtenção de cobre metálico.

3 CuO + 2 NH 3 → 3 Cu + N 2 + 3 H 2 0

Utilizando essa reação, foram realizados dois experimentos,

nos quais se partiu de quantidades diferentes dos reagentes,

na ausência de produtos. As massas iniciais dos reagentes e

as massas finais dos produtos foram cuidadosamente pesadas.

Essas massas, em gramas, encontram-se no quadro abaixo.

A análise desses dados permite concluir que as massas

m 1 e m 2 da espécie NH 3 apresentam a relação indicada

Anglo Vestibulares

www.anglors.com

na alternativa

A) m 2 = m 1 x 2. D) m 2 = m 1 + (2 x 50).

B) m 2 = (m 1 x 2) –50. E) m 2 = m 1 – (2 x 50).

C) m 2 = (m 1 x 2) + 50.

QUESTÃO 32 – LETRA C

O experimento I foi realizado em condições

estequiométricas, seguindo as proporções

indicadas pelos coeficientes da reação. Já o

experimento II foi efetuado com o dobro da

massa de CuO, portanto a massa de NH 3 necessária

será (m 1 x 2). Como há excesso de

50g de NH 3 em m 2 , logo m 2 = (m 1 x 2) + 50.

33) O gás hilariante recebe essa denominação pois sua

inalação provoca uma leve euforia, com contrações faciais

involuntárias semelhantes ao riso.

O gás hilariante, representado na equação química abaixo

como substância X, pode ser preparado em laboratório,

com aquecimento, a partir da seguinte reação.

(NH 4 ) 2 SO 4 + 2 KNO 3 → K 2 SO 4 + 4 H 2 O + 2 X

A fórmula e o nome químico adequado para o gás hilariante

são, respectivamente,

A) NO e óxido de mononitrogênio.

B) NO 2 e dióxido de nitrogênio.

C) NO 3 e óxido nítrico.

D) N 2 O e monóxido de dinitrogênio.

E) N 2 O 5 e peróxido de nitrogênio.

QUESTÃO 33 – LETRA D

Podemos resolver essa questão aplicando a

lei de Lavoisier. A massa dos reagentes deve

ser igual à massa dos produtos. Em outras

palavras, o número de átomos de um elemento

de um lado da reação deve ser igual

ao número de átomos desse elemento do

outro lado. Assim, no lado esquerdo da reação

temos um total de átomos de nitrogênio

(N) igual a 4; logo, no lado direito, X possui

2 átomos de N. Procedendo da mesma maneira

no caso do oxigênio, temos um átomo

do lado direito. A fórmula do gás hilariante,

então, fica N 2 O, e seu nome químico é monóxido

de dinitrogênio.

34) Em fogo provocado por sódio metálico não devem ser

utilizados extintores de incêndio à base de gás carbônico,

pois esse gás pode reagir com o metal aquecido, conforme

a equação química abaixo.

4 Na + 3 CO 2 → 2 Na 2 CO 3 + C

Assinale a afirmação correta sobre essa reação e as substâncias

nela envolvidas.

A) Essa é urna reação de auto-oxirredução.

B) Na reação, os átomos de sódio sofrem oxidação,

enquanto a totalidade dos átomos de oxigênio sofre

redução.

C) No sódio metálico, os átomos de sódio apresentam

estado de oxidação +1.

D) Na reação, a totalidade dos átomos de carbono sofre

redução.

E) Os átomos de carbono presentes no CO 2 apresentam o

mesmo estado de oxidação que os átomos de carbono

presentes no Na 2 CO 3 .

QUESTÃO 34 – LETRA E

A reação apresentada mostra os seguintes

números de oxidação:

Os átomos de sódio aumentam seu

nox, sofrendo oxidação, entretanto os átomos

de oxigênio não modificam seu nox. O

carbono sofre redução.

35) A lagarta-rosada (Pectinophora gossypiella) é considerada

uma das pragas mais importantes do algodoeiro.

Armadilhas de feromônio sexual à base de gossyplure

permitem o monitoramento da infestação e a consequente

redução das aplicações de inseticidas.

Observe a estrutura da molécula de gossyplure.

Considere as seguintes afirmações a respeito dessa

molécula.

I- Ela apresenta 18 átomos de carbono.

II- Ela apresenta duas ligações duplas C=C com configu-

ração geométrica cis.

III- Trata-se de um éster cujo grupamento ligado ao oxigênio

é uma cadeia alifática insaturada.

Quais estão corretas?

A) Apenas I. D) Apenas I e II.

B) Apenas II. E) Apenas I e III.

C) Apenas III.

QUESTÃO 35 – LETRA E

Analisando as afirmativas:

I- CORRETA. Em cada vértice e/ou ponta de

linha há um átomo de carbono.

II- FALSA. A ligação dupla da direita apresenta

isomeria trans.

III- CORRETA. Cadeia alifática é sinônimo

de cadeia aberta. Insaturada é a cadeia que

apresenta ligação dupla ou tripla entre átomos

de carbono.

QUESTÃO 36 – LETRA B

A molécula apresentada não tem cadeia

aromática. Os carbonos assinalados na estrutura

são tetraédricos.

QUESTÃO 37 – LETRA D

O benzoato de etila é uma substância apolar

e insolúvel em água. Logo, é solúvel em um

solvente pouco polar ou apolar, como o clorofórmio.

Como este último é mais denso que a

água, ocupa a parte inferior do sistema.

QUESTÃO 38 – LETRA D

As funções orgânicas comuns aos dois compostos

estão assinaladas nas estruturas. São

o éter, a cetona e o álcool.

39) Observe abaixo a estrutura do aspartame, um composto

usado como adoçante.

Considere as seguintes afirmações sobre esse composto.

I- Por ser um adoçante, o aspartame é considerado um

glicídio.

II- Por possuir ligação peptídica, o aspartame pode ser

classificado como proteína.

III- Um dos aminoácidos que origina o aspartame apresenta

fórmula HO 2 CCH 2 CH(NH 2 )CO 2 H.

Quais estão corretas?

A) Apenas I. D) Apenas I e II.

B) Apenas II. E) Apenas I e III.

C) Apenas III.

QUESTÃO 39 – LETRA C

O aspartame é um aminoácido. Glicídios

apresentam função mista poliol e cetona (ou

aldeído). Como a ligação peptídica deste composto

une apenas duas moléculas, ele não

pode ser classificado como proteína, já que

proteínas apresentam normalmente mais de

uma centena de moléculas de aminoácidos.

QUESTÃO 40 – LETRA D

A soma dos átomos em cada molécula pode

ser feita observando-se suas estruturas:

41) O atleta Michael Phelps é considerado um fenômeno

na natação. Contribui para esse sucesso uma particularidade

metabólica que lhe confere uma recuperação fora

do comum. Enquanto a maior parte dos nadadores, depois

das competições, apresenta uma média de 10 milimols

de ácido lático por litro de sangue, o nadador campeão

apresenta apenas 5,6 milimols.

Fonte: Veja, n. 2073, p. 122, 13 ago. 2008.

As concentrações de ácido lático (C H O ), em gramas

3 6 3

por litro de sangue, que correspondem, respectivamente,

a 10 milimols/L e 5,6 milimols/L, são de aproximadamente

A) 1 x 10 -1 e 5,6 x 10 -1 .

B) 1 x 10 -3 e 5,6 x 10 -3 .

C) 4,5 X 10 -1 e 2,5 x 10 -1 .

D) 9 x 10 -1 e 5 x 10 -1 .

E) 9 x 10 -3 e 5 x 10 -3 .

QUESTÃO 41 – LETRA D

A massa molar (M) do ácido lático, C 3 H 6 O 3 ,

é 90 g/mol. A correspondência entre as

concentrações comum (C) e molar (m) pode

ser feita por C = m x M. Como 1 milimol

(1 mmol) equivale a 10 -3 mol, temos:

Solução 1:

m = 10 mmols/L M = 90g/mol

C = m x M C = 10x10 -3 x 90 = 9x10 -1 g/L

Solução 2:

m = 5,6 mmols/L M = 90 g/mol

C = m x M C = 5,6x10 -3 x 90 = 5x10 -1 g/L

42) Um laboratorista preparou 100 mL de urna solução

aquosa contendo 4,0 g de NaOH, e um colega seu preparou

urna solução aquosa de igual volume, mas contendo

4,0 g de KOH.

Sobre essa situação, são feitas as seguintes afirmações.

I- A primeira solução é mais básica que a segunda.

II- Ambas as soluções requerem 50 mL de HCl 2,0 mol L -1

para a sua neutralização.

III- A primeira solução apresenta pH = 14.

Quais estão corretas?

A) Apenas I. D) Apenas I e II.

B) Apenas II. E) Apenas I e III.

C) Apenas III.

QUESTÃO 42 – LETRA E

As concentrações molares das duas soluções

podem ser calculadas da seguinte forma:

NaOH: V= 0,1 L M= 40 g/mol m = 4g

1

Logo, sua concentração molar é 1 mol/L.

KOH: V= 0,1 L M= 56 g/mol m = 4g

1

Logo, sua concentração molar é 0,71 mol/L.

Análise das afirmativas:

I – CORRETA. A concentração da solução de

NaOH (1 mol/L) é maior do que a da solução

de KOH (0,71 mol/L).

II – FALSA. Em 50 mL de solução 2 mol/L de

HCl há 0,1 mol de soluto. A solução de KOH

apresenta 0,071 mol, logo exige apenas

0,071 mol de HCl para sua neutralização.

III – CORRETA. A concentração molar da solução

de NaOH é 1 mol/L. A [OH-1 ] também

é 1 mol/L. O cálculo do pOH para esta solução

é dado por pOH = - log [OH-1 ]. Então,

pOH = - log 1 e pOH = zero. Como pH +

pOH de uma solução é igual a 14, o pH é 14.

43) Assinale a alternativa que completa corretamente as

lacunas no texto abaixo, na ordem em que aparecem.

Dois copos contendo igual volume de líquido são colocados

sob uma campânula impermeável, como na figura que segue.

O copo 1 contém água do mar e o copo 2 água pura. Com

o tempo, o líquido do copo 1 apresentará um volume ........

líquido do copo 2. Esse fato se explica pelo efeito ........ .

A) maior que o - tonoscópico

B) menor que o - tonoscópico

C) igual ao - osmótico

D) maior que o - osmótico

E) menor que o - osmótico

QUESTÃO 43 – LETRA A

O efeito tonoscópico consiste na diminuição

da pressão de vapor de um solvente após o

acréscimo de soluto não-volátil. Com a adição

do sal (água do mar), ocorre diminuição da

evaporação do solvente (água). Logo, o copo

com água pura terá uma maior velocidade de

evaporação, e seu volume ficará menor.

QUESTÃO 44 – LETRA A

A questão usa as entalpias de ligação para

uma reação química. As ligações químicas de

substâncias reagentes são rompidas e absorvem

energia (processos endotérmicos), e as

Anglo Resolve

Vestibular UFRGS - 2010

5


ligações de produtos são formadas e liberam

energia (processos exotérmicos). A equação

da reação referida na questão e sua interpretação

estão abaixo.

Calculando a entalpia dos reagentes:

8 (C – H) + (C = C) + 2 (C – C) + (H – H)

8 (+412) + (612) + 2 (348) + (436)= +5040 kJ

Calculando a entalpia dos produtos:

10 (C – H) + 3 (C – C)

10 (-412) + 3 (-348) = - 5164 kJ

O saldo energético da reação é

5040 – 5164 = - 124 kJ/mol

45) Observe as quatro equações termoquímicas abaixo.

CaO (s) + H 2 O (l) → Ca(OH) 2 (s) DH I

S (rômb.) + O 3 (g) → SO 3 (g) DH II

C (graf.) + O 2 (g) → CO 2 (g) DH III

6 C (graf.) + 3 H 2 (g) → C 6 H 6 (l) DH IV

Com base nessas informações, assinale a alternativa correta.

A) Os calores envolvidos nas reações correspondem todos

a entalplas de formação.

B) DH I corresponde a um calor de neutralização.

C) DH III e DH IV são calores de formação.

D) DH II e DH III são calores de combustão.

E) DH I corresponde a um calor de solubilização.

QUESTÃO 45 – LETRA C

A questão explora o conceito de calor de

formação das substâncias. Uma reação de

formação exige que os reagentes sejam

substâncias simples em seu estado físico ou

forma alotrópica mais comum, o que exclui

as reações I e II.

46) Observe o gráfico abaixo, no qual a concentração do

reagente e do produto de uma reação elementar A → B foi

monitorada em função do tempo.

Assinale a alternativa correta a respeito dessa reação.

A) A reação ultrapassa o equilíbrio, porque a concentração

final do produto é maior do que a do reagente.

B) A velocidade de desaparecimento de A é sempre igual

à velocidade de formação de B.

C) A velocidade de formação de B torna-se maior que a

velocidade de desaparecimento de A após o ponto em

que as curvas se cruzam.

D) A velocidade da reação direta é igual à velocidade da

reação inversa no ponto em que as curvas se cruzam.

E) A lei cinética para essa reação é v = k [A] [B].

QUESTÃO 46 – LETRA B

A reação elementar apresentada tem a seguinte

lei cinética: V = k [A]. Como os coeficientes

de A e B são iguais, a velocidade de

desaparecimento de A e a velocidade de formação

de B também são iguais.

47) Considere a reação abaixo, que está ocorrendo a 556 K.

2 HI (g) → H 2 (g) + I 2 (g)

Essa reação tem a sua velocidade monitorada em função da

concentração, resultando na seguinte tabela.

Nessas condições, o valor da constante cinética da reação,

em L mol -1 s -1 , é

A) 3,5 x 10 -11 . D) 3,5 x 10 -7 .

B) 7,0 x 10 -11 . E) 7,0 x 10 -7 .

C) 3,5 x 10 -9 .

QUESTÃO 47 – LETRA D

A lei cinética para a reação é V = k [HI] 2 .

Usando os valores de qualquer um dos experimentos

da tabela, calculamos o valor de k

em 3,5 x 10 -7 L.mol -1 .s -1 .

QUESTÃO 48 – LETRA C

A adição de H 2 em um instante desloca o equilíbrio

para a direita, aumentando também a

concentração de HI. Para que isso aconteça,

haverá um consumo maior de I 2 .

6

Anglo Resolve

Vestibular UFRGS - 2010

49) Observe a reação química que segue.

NO 2 (g) + CO (g) → CO 2 (g) + NO (g)

Nessa reação, apenas o NO 2 (g) apresenta coloração vermelho-castanha;

os demais reagentes e produtos são incolores.

Considere as seguintes afirmações a respeito dessa reação,

que se realiza isotermicamente.

I- Ao se partir de uma mistura equimolar de NO 2 e CO,

chega-se, após um tempo suficientemente longo, a uma

mistura com a mesma coloração a que se chegaria caso

se partisse de uma mistura equimolar de CO 2 e NO.

II- Ao se partir de uma mistura de dois mols de NO 2 e 1

mol de CO, chega-se a uma mistura com a mesma

coloração a que se chegaria caso se partisse de uma

mistura equimolar dos reagentes.

III- No equilíbrio, as velocidades das reações direta e

inversa são iguais e, portanto, a coloração do sistema

não mais se altera.

Quais estão corretas?

A) Apenas I. D) Apenas I e II.

B) Apenas II. E) Apenas I e III.

C) Apenas III.

QUESTÃO 49 – LETRA E

O gabarito indica que a questão se refere a

uma reação em equilíbrio, porém NÃO HÁ

A DUPLA SETA INDICATIVA DE EQUILÍBRIO

QUÍMICO. Com isso, algumas afirmativas

podem ter interpretações antagônicas.

Considerando que a reação esteja em equilíbrio,

analisamos as afirmativas:

I-CORRETA. Como a reação entra em equilíbrio,

não importa com quais substâncias

inicie, chegará ao equilíbrio nas mesmas

condições, isto é, com a mesma cor.

II-FALSA. Como a proporção da reação é de

1 mol de NO 2 pra cada 1 mol de CO, haverá

1 mol de excesso de NO 2 , deixando a

coloração castanha mais forte.

III-CORRETA. Após a reação atingir o equilíbrio

químico, as concentrações das substâncias

permanecem constantes. Logo, não

haverá mais alteração de cor.

QUESTÃO 50 – LETRA A

Na eletrólise do NaCl em solução aquosa

podemos considerar que ocorrem os seguintes

fenômenos:

I) dissociação do NaCl em água:

NaCl Na (s) + + Cl (aq)

(aq)

II) ionização da água (reação simplificada):

H O H 2 + + OH–

(aq) (aq)

Com a presença de dois cátions Na + e H + , ocorre

descarga de H + (o de maior potencial de redução),

com formação de H 2(g) no cátodo:

2H +

(aq) + 2e- H 2(g) (semi reação de redução).

Com a presença de dois ânions Cl – e OH - ,

ocorre descarga Cl – (o de maior potencial de

redução), com formação de Cl 2(g) no ânodo:

2 Cl – (aq) Cl 2(g) + 2e - (semi reação de

oxidação).

Com a descarga de H 2 e de Cl 2 , ocorre a diminuição

das concentrações de H + e de Cl – e a

manutenção das concentrações de Na + e OH – ,

o que torna a solução cada vez mais alcalina,

ou seja, aumenta o pH.

GEOGRAFIA

51) Ainda é 31 de dezembro no Brasil quando a televisão

noticia a chegada do Ano Novo em diferentes países. Entre

os países que comemoram a chegada do Ano Novo antes do

Brasil, encontram-se a Austrália, a Nova Zelândia e o Japão.

Este fato se deve

A) à inclinação do eixo terrestre.

B) ao movimento de rotação terrestre.

C) ao movimento de translação terrestre.

D) à maior proximidade do sol no verão.

E) à diferença de latitude entre esses países e o Brasil.

QUESTÃO 51 – LETRA B

A Terra gira de oeste para leste; logo, todos os

países situados a leste (oriente) recebem uma

iluminação solar antes dos países posicionados

a oeste (ocidente). O movimento responsável

por tal fenômeno é o de rotação da Terra.

52) Um geógrafo precisa representar uma porção da

superfície terrestre de 10 km de largura por 20 km de

comprimento numa folha de papel de 22 cm por 44 cm.

Qual escala permite representar de forma adequada e

legível essa superfície numa folha dessas dimensões?

A) 1:10.000. D) 1:250.000.

B) 1:25.000. E) 1:500.000.

C) 1:50.000.

QUESTÃO 52 – LETRA C

Escala é uma relação entre a realidade e a

sua representação. A proposição da questão

solicita o cálculo da escala de um mapa em

que as distâncias reais são 10 e 20km e suas

representações 22 e 44cm, respectivamente.

Basta o simples cálculo:

10km = 10.000m = 1.000.000cm

22cm / 1.000.000 = 2,2/100.000 = aproximadamente

1/50.000.

QUESTÃO 53 – LETRA A

A figura mostra o movimento convergente,

ou de choque, de duas placas tectônicas. As

placas se movimentam a partir da ocorrência

de movimentos convectivos do magma

(letra C) na porção logo abaixo da crosta,

ocasionados por diferenças de temperatura

e densidade. Na área de contato entre

as duas placas convergentes, identifica-se

o afundamento da placa mais densa (subducção,

letra B). Por conseqüência, ocorre o

soerguimento e a formação de montanhas,

conhecida como orogenia ou orogênese (letra

A), resultado típico do movimento convergente

de placas tectônicas.

54) Assinale a alternativa que preenche corretamente as

lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem.

A urbanização promove alterações no ciclo hidrológico, por

reduzir a infiltração no solo. O volume de água que deixa

de infiltrar permanece na superfície, .. ...... o escoamento

superficial. As vazões máximas ........ . Com a redução da

infiltração, ........ o nível do lençol freático.

A) aumentando - aumentam - diminui

B) aumentando - aumentam - aumenta

C) diminuindo - diminuem - diminui

D) diminuindo - aumentam - diminui

E) aumentando - diminuem - aumenta

QUESTÃO 54 – LETRA A

O processo de urbanização impermeabiliza

o solo, ampliando de forma violenta o escoamento

superficial das águas da chuva, sobretudo

em áreas de vales encaixados. Esse escoamento

rápido e concentrado das águas sobre

solos asfaltados e edificados pode, em alguns

casos, diminuir a alimentação dos lençóis freáticos

presentes no subsolo.

55) A combinação de chuvas fortes com moradias inseguras

já tornou rotineiras as tragédias nas grandes cidades

brasileiras. Os deslizamentos nas encostas, muitas vezes

responsáveis por tais tragédias, são condicionados por

fatores geomorfológicos, entre outros.

Considere os seguintes fatores geomorfológicos.

1- declividade e forma da encosta

2- relevo com porções côncavas na convergência dos

fluxos de água

3- relevo com porções convexas na divergência dos fluxos

de água

Quais estão relacionados aos deslizamentos das encostas?

A) Apenas 1. D) Apenas 1 e 2.

B) Apenas 2. E) Apenas 1 e 3.

C) Apenas 3.

QUESTÃO 55 – LETRA D

Todos os anos o Brasil vivencia uma “tragédia

anunciada” por conta das fortes chuvas

de verão nas encostas da Serra do Mar, sobretudo

no litoral do sudeste brasileiro. As

enxurradas tornam-se extremamente perigosas

nas áreas que apresentam vales encaixados

(côncavos) com fortes declividades

(acima de 30 graus), onde ocorre a concentração

das águas pluviais. Deve-se destacar

que os deslizamentos de terra e desmoronamento

de blocos são muito mais frequentes

e violentos em locais onde a Mata Atlântica

foi derrubada por ação antrópica, deixando

o solo exposto e desprotegido, suscetível a

erosão por gotejamento, como no caso recente

ocorrido no município de Angra dos

Reis (Rio de Janeiro).

QUESTÃO 56 – LETRA D

A localidade “A” está numa área de clima

equatorial, que é caracterizado pela ocorrência

de temperaturas elevadas e chuvas

intensas, porém com a possibilidade de haver,

em algumas regiões, uma redução da

pluviosidade nos últimos meses do ano (climograma

II).

Já a localidade “B” está presente numa área

de clima tropical típico, com duas estações

do ano bem definidas (inverno seco e verão

chuvoso), que fica melhor evidenciada pelo

climograma I.

A localidade “C” fica numa região próxima

à costa, também de clima tropical úmido ou

litorâneo, porém com maiores índices pluviométricos

(climograma III).

QUESTÃO 57 – LETRA E

A Amazônia Legal brasileira, bem como

toda a Hiléia sul-americana, desenvolve-se

sob o clima equatorial, chuvoso e quente,

sobretudo na fronteira do Brasil com a Colômbia.

Trata-se de um bioma em clímax,

onde parte importante da umidade que

sustenta a floresta advém da própria evapotranspiração

das plantas latifoliadas.

QUESTÃO 58 – LETRA C

Conforme mencionado na questão 57, com

a retirada da vegetação de grande porte e

seus distintos estratos florestais, a floresta

equatorial deixa de repor parte significativa

da umidade presente no ar, tornando o clima

mais seco, com características associadas

ao clima tropical típico do Brasil Central.

Dessa forma, com a retirada da mata

nativa, observa-se o processo de savanização

da Amazônia brasileira, com a expansão

do cerrado sobre áreas anteriormente

dominadas pela floresta.

QUESTÃO 59 – LETRA A

A chamada Amazônia Legal corresponde

a uma área maior do que os limites geográficos

do bioma amazônico, abrangendo,

além da região Norte, todo o estado do

Mato Grosso e parte do estado do Maranhão.

Durante o Governo Militar do Presidente

Castelo Branco, foi criada a Superintendência

de Desenvolvimento da Amazônia

(SUDAM), no ano de 1966, com o claro

objetivo de dinamizar a economia da Amazônia

Legal, procurando desenvolver o setor

agropecuário na região, integrando a economia

nacional. Como parte dessa política

desenvolvimentista, no ano de 1967 tem-se

a criação, no estado do Amazonas, da Zona

Franca de Manaus, área de livre comércio

e isenção fiscal a empresas nacionais e estrangeiras.

60) Considere o enunciado abaixo e as quatro propostas

para completá-lo.

Entre os impactos negativos da megassivilcultura sobre a

sociedade e a natureza, inclui-se

1- o trabalho safral e sem garantias trabalhistas.

2- a depreciação da paisagem.

3- a alteração dos ciclos hidrológicos, com redução dos

mananciais hídricos.

4- a destruição do banco de sementes de espécies vegetais

nativas do solo.

Quais propostas estão corretas?

A) Apenas 1. D) Apenas 3 e 4.

B) Apenas 2. E) 1, 2, 3 e 4.

C) Apenas 2 e 3.

QUESTÃO 60 – LETRA E

Por megassilvicultura podemos entender o

florestamento de grandes extensões de terra,

com a implantação de uma monocultura,

o que reduz a biodiversidade e a consequente

destruição das essências nativas.

O florestamento contribui para a redução

dos mananciais hídricos por causa da absorção

de água pelas plantas e pela monotonia

da paisagem.

O trabalho nessas áreas é realizado em épocas

de safra - desbaste, corte, retirada da casca ou

ainda extração de resina – utilizando mão-de-

Anglo Vestibulares

www.anglors.com


obra não qualificada, temporária e que não é

contemplada por direitos trabalhistas.

61) Considere o enunciado abaixo e as três propostas

para completá-lo.

Entre as razões que justificam o recente aumento mundial

do comércio de água engarrafada, é correto citar

1- o envolvimento cada vez maior de empresas

multinacionais no comércio de água.

2- a baixa qualidade dos aquíferos nos países de maior

consumo de água.

3- a busca por uma melhor distribuição da água entre países.

Quais propostas estão corretas?

A) Apenas 1. D) Apenas 1 e 2.

B) Apenas 2. E) 1, 2, e 3.

C) Apenas 3.

QUESTÃO 61 – LETRA D

O consumo de águas engarrafadas, mercado

que inclui desde as tradicionais águas

“minerais” até as mais recentes águas “com

sabor”, vem crescendo a uma média de

7% ao ano em todo mundo, sendo que os

mercados asiáticos apresentam crescimento

de 15% anuais, caracterizando-se como os

mercados mais promissores. Ainda que 75%

do mercado mundial esteja controlado por

marcas locais, a crescente participação da

Nestlé e da Danone neste mercado, exercendo

um controle sobre as marcas mais

tradicionais do ramo, é um fator importante

a ser considerado nessa expansão. Porém, a

relação estabelecida entre o detrimento da

qualidade das águas de aquíferos e o aumento

desse mercado é, no mínimo, questionável,

já que a expansão do consumo de

águas engarrafadas se dá, principalmente,

em detrimento do consumo da água encanada.

Para aceitarmos a afirmativa 2 como

correta, teríamos que estabelecer uma relação,

nos países onde há maior consumo

de água engarrafada, entre o fornecimento

de água encanada e sua origem em aquíferos,

o que não nos é possível salvo, talvez,

no caso do México, país que se consolidou

como segundo maior consumidor mundial

da água encanada. Já a afirmativa 3 não

carece de maiores discussões.

QUESTÃO 62 – LETRA B

Sempre que possível, é interessante refletir

na capacidade de síntese dos chargistas.

Nessa ótica, a charge apresenta um ser animal/vegetal,

onde a parte animal, bovina, é

muito maior que a vegetal (floresta). A discussão

em questão está diretamente relacionada

com a expansão da fronteira agrícola,

na borda oriental da Amazônia, para a formação

de pastagens destinadas à criação

de rebanhos.

QUESTÃO 63 – LETRA E

Em anos recentes, o continente africano tem

se transformado em arena para as disputas

entre Estados Unidos e China pelo controle

na exploração de recursos minerais, em especial

os recursos energéticos. É crescente o

volume de investimentos chineses em países

africanos, e o perfil destes investimentos, que

preveem amplos projetos de construção de

infraestrutura e logística nos países recebedores,

tem contribuído para que alguns países

optem pelo estabelecimento de parcerias

com os chineses. Em relação aos recursos

petrolíferos citados na questão, as maiores

jazidas do continente africano encontram-se

junto ao Golfo da Guiné, na costa ocidental

do continente, onde situam-se os países citados

na alternativa II. Já a África do Sul, apesar

de possuir algumas das mais importantes

reservas minerais do continente, destacandose

o ouro, o diamante e o carvão, não é uma

referência em reservas petrolíferas.

64) Assinale a alternativa que cita três países com grandes

reservas de carvão mineral.

A) Brasil - Venezuela - Estados Unidos

B) Brasil - Venezuela - China

C) China - Estados Unidos - Rússia

D) China - Japão - Rússia

E) Venezuela - Japão - Rússia

Anglo Vestibulares

www.anglors.com

QUESTÃO 64 – LETRA C

A alternativa C nos apresenta três países que

representam conjuntamente 90% das reservas

mundiais de carvão (valor aproximado).

As alternativas erradas citam países da América

do Sul, continente que no seu conjunto

não possui 2% das reservas carboníferas

mundiais. Já a alternativa “D” cita o Japão,

país cuja reconhecida carência em recursos

energéticos pode ser apontada como uma

das razões de seu expansionismo imperialista

no princípio do século XX, com destaque para

a região chinesa da Manchúria.

65) A economia do Méxioo apresentou no primeiro trimestre

de 2009 a maior retração das últimas três décadas,

registrando uma queda de 10,3%. A causa desse baixo

desempenho foi

A) o crescente êxodo rural das áreas de produção

agropecuária.

B) a crescente diminuição da produção de petróleo no país.

C) o aumento da produção de petróleo na Venezuela.

D) a crescente mobilidade da atividade industrial do país.

E) a redução das exportações para os Estados Unidos.

QUESTÃO 65 – LETRA E

A recessão financeira que atingiu os Estados

Unidos a partir do final de 2007 teve suas

consequências espraiadas na escala global,

dado o atual nível de integração das economias

mundiais num sistema no qual os Estados

Unidos ainda exercem posição central.

O caso do México é um bom exemplo, dado

que desde a entrada em vigência do NAFTA,

em 1994, a dependência da sua economia

para com seu vizinho do norte só aumentou,

sendo os EUA o destino de 80% das exportações

do país. Dados apresentados pelo

anuário estatístico da OMC apontam para

uma redução de aproximadamente 10% no

volume de transações comerciais entre os

países da América do Norte no último ano.

66) Considere o enunciado abaixo e as três propostas

para completá-lo.

O anunciado acordo militar entre Colômbia e Estados

Unidos tem provocado preocupações na região amazônica

brasileira em razão dos seus possíveis impactos sobre o

1 - combate ao narcotráfico na Colômbia.

2 - controle do movimento zapatista na região.

3 - desequilíbrio das forças militares na região.

Quais estão corretas?

A) Apenas 1. D) Apenas 1 e 3.

B) Apenas 2. E) 1, 2 e 3.

C) Apenas 3.

QUESTÃO 66 – LETRA D

O acordo estabelecido em agosto de 2009

para a utilização de bases militares colombianas

por efetivos dos Estados Unidos desatou

uma onda de preocupações e manifestações

de rejeição da quase totalidade dos países

sul-americanos (exceção feita a Chile e Peru).

Os motivos dessa preocupação encontramse

mencionados exclusivamente na afirmativa

3, que fala do desequilíbrio das forças

militares na região, sendo a presença estadunidense

considerada um fator de desestabilização

para o subcontinente. A afirmativa

1, considerada correta no gabarito proposto

pela UFRGS, nos traz a justificativa oficial

para o acordo, e não o motivo da rejeição

expressa pelos demais países. A utilização de

bases militares sul-americanas pelos Estados

Unidos não é uma exclusividade colombiana,

havendo a presença de militares daquele

país em bases peruanas, paraguaias (Mariscal

Estigarribia) e, recentemente (jan/2009),

na base equatoriana de Manta. Ainda assim,

caberia mencionar que é pouco provável

que as justificativas oficiais apresentadas

pelas partes representem a totalidade das

razões para tais acordos. O tema da água

tem sido pouco mencionado nessas análises,

mas, conforme o exposto na questão

61, mostra-se um tema de fundamental importância

para os países desenvolvidos.

QUESTÃO 67 – LETRA B

As atividades agrícola e agroindustrial sem-

pre contribuíram com parcela significativa

do PIB brasileiro. Nas décadas de 80 e 90, e

também no início deste novo século, o crescimento

do PIB agrícola foi sistematicamente

maior que o dos demais setores da economia.

O aumento da população urbana, em

detrimento da população rural, deveu-se,

entre outros fatores, à modernização da agricultura

e à consequente migração de pessoas

do campo para as cidades, e não pelo aumento

da mortalidade da população rural.

QUESTÃO 68 – LETRA A

A mecanização do processo de produção

agrícola é um dos principais motivos relacionados

ao êxodo rural, pois passa a existir

uma menor necessidade de mão-de-obra no

campo e, consequentemente, um aumento

do desemprego nas zonas rurais. Isso é evidenciado

no Brasil nas últimas décadas, em

que houve a intensificação dos movimentos

migratórios dos trabalhadores camponeses

para as cidades, o que pode ser relacionado

a uma série de problemas sociais, como o

aumento dos bolsões de pobreza das grandes

cidades, o subemprego e as submoradias.

QUESTÃO 69 – LETRA E

A política de industrialização baseada no modelo

de substituição de importações foi um

processo que deve ser creditado a uma iniciativa

estatal nos países onde foi adotado, não só

pelo apoio destinado pelo Estado à produção

propriamente dita, como também pela base

jurídico-legislativa necessária a tal estratégia

(reservas de mercado, políticas alfandegárias,

etc.), pelo planejamento e pela orientação do

processo. A adoção de um modelo de desenvolvimento

pautado na industrialização é

concomitante a um modelo de distribuição da

população que prioriza os espaços urbanos,

o que no caso brasileiro acabou privilegiando

os centros urbanos da região sudeste, dada a

presença do capital cafeeiro e a importância

política da capital do país, então situada na

cidade do Rio de Janeiro.

70) A camada submarina do pré-sal, onde foram descobertas

reservas de petróleo e gás, estende-se entre os estados

do Espírito Santo e de Santa Catarina, podendo estar

localizada a mais de 7.000 metros abaixo do nível do mar.

Considere as seguintes questões relacionadas à exploração

dessas reservas.

1- distribuição dos royalties entre a União e os estados

2- definição do marco regulatório para a exploração

3- redução dos limites territoriais marítimos do país, para

menos que as 200 milhas atuais

Quais têm sido objeto de debate no país?

A) Apenas 1. D) Apenas 1 e 2.

B) Apenas 2. E) 1,2 e 3.

C) Apenas 3.

QUESTÃO 70 – LETRA D

A exploração das reservas no pré-sal traduz-se

numa discussão da distribuição dos

royalties entre a União e todos os estados

brasileiros, uma vez que tal distribuição não

seguiria necessariamente os parâmetros da

exploração das reservas no pós-sal (cujos

direitos pertencem aos estados detentores

das jazidas). Essa discussão acirrou as disputas

entre os estados, mas a União assegurou

percentuais (ainda que diferenciados)

para todos os membros da federação. Além

disso, as conversações para a definição do

marco regulatório passam pela forma de

extração, pela tecnologia a ser utilizada, pelos

custos e pelas possíveis associações com

empresas não-brasileiras.

A retirada do petróleo do pré-sal das profundidades

oceânicas nada tem a ver com

a redução dos limites territoriais marítimos

do Brasil.

71) As grandes empresas sojíferas têm como base uma

logística que visa a reduzir os custos da produção. No Brasil,

elas realizam um verdadeiro reordenamento territorial, em

uma rede densa e ramificada.

Em relação à logística adotada na exportação de soja,

considere as seguintes afirmações.

I- Ela excluiu os portos das regiões Norte e Nordeste.

II- A hidrovia do rio Tapajós integra a logística de exportação.

III- A exportação pelo porto de Paranaguá, no Paraná,

garante os menores custos de transporte.

Quais estão corretas?

A) Apenas I. D) Apenas I e II.

B) Apenas II. E) I, II e III.

C) Apenas III.

QUESTÃO 71 – LETRA B

Os principais portos de escoamento da produção

de soja são Santos (SP) e Paranaguá

(PR), responsáveis por mais de 50% das exportações

de soja. Nas regiões Norte e Nordeste,

podemos citar os portos de Itacoatiara

(AM), Ponta da Madeira (MA) e Itaqui (MA),

que podem ser alcançados, entre outras formas,

pela hidrovia do rio Tapajós. O porto de

Santos tem maior capacidade de movimentação

e carregamento das embarcações e mais

vias de acesso que o Porto de Paranaguá. Há,

dessa forma, maior fluidez na convergência

da carga agrícola para o Porto de Santos, o

que pode garantir um menor preço, ainda

que essa informação não seja precisa.

72) A relação entre eventos meteorológicos e as características

de ocupação do território resultou em catástrofes

no estado de Santa catarina em 2008.

Assimile com V (verdadeiro) ou F (falso) os fatores abaixo,

conforme eles estejam ou não relacionados a essas

catástrofes.

( ) Combinação de frentes frias vindas do sul e massas de

ar quentes e úmidas vindas do norte do país.

( ) Influência da corrente marítima quente vinda do sul,

conhecida como corrente das Malvinas.

( ) Expansão da ocupação humana nas áreas de risco no

bioma Mata Atlântica. ( ) Chuvas torrenciais que geram

deslizamentos de encostas.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de

cima para baixo, é

A) V - V - F - V. D) F - V - F - F.

B) F - F - V - F. E) F - V - V - V.

C) V - F - V - V.

QUESTÃO 72 – LETRA C

As catástrofes que ocorreram em SC (2008)

e no RS (2009) são consequências das chuvas

frontais ocasionadas pelo encontro de

massas de ar frio vindas do sul com as massas

de ar quente e úmidas vindas do norte.

A intensa e desorganizada ocupação humana

das áreas de encosta da Mata Atlântica,

associada às fortes chuvas, provocaram

movimento de grande volume de terras, isto

é, deslizamentos que, além de danos materiais,

provocaram mortes.

A corrente marítima das Malvinas que atua

nas proximidades do Uruguai é fria.

73) Assinale a alternativa que preenche corretamente as

lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem.

Em 2007, mudou o principal destino das exportações

gaúchas. Em ordem decrescente, a ........ passou a ser o

principal destino das exportações, com 20,16% do total; em

segundo lugar, ficou a ........ , com 19,43%, e, em terceiro

lugar, ........ , com 15,01%.

A) Ásia - União Europeia - a Argentina

B) União Europeia - Ásia - os Estados Unidos

C) Ásia - África - os Estados Unidos

D) União Europeia - África - a Argentina

E) África - União Europeia - a Argentina

QUESTÃO 73 – SEM RESPOSTA.

Gabarito Oficial: LETRA A

Um aluno bem atento ao grande crescimento

do mercado asiático e à manutenção dos

padrões de consumo da união européia

rapidamente associaria os dois principais

destinos das exportações do estado às duas

primeiras lacunas, ou seja, eliminaria as alternativas

“C”, “D” e “E”. Mas e a terceira

lacuna? Dentro das possibilidades arranjadas

nas alternativas, a terceira lacuna faz

referência à Argentina ou aos EUA como

compradores de 15,01% das nossas exportações.

Ao buscarmos a fonte dos dados,

que não foi devidamente citada na questão,

encontramos no site do Atlas Socioeconômico

do Rio Grande do Sul (http://www.seplag.

Anglo Resolve

Vestibular UFRGS - 2010

7


s.gov.br/atlas/atlas.asp?menu=286) o seguinte

texto:

“Considerando os principais Blocos Econômicos,

deve-se destacar que os Estados Unidos

deixaram de ser o principal destino das exportações

gaúchas. A Ásia (exclusive o Oriente Médio)

passou a ser o principal destino das exportações

com 20,16% do total, seguido da União

Européia com 19,43% e dos Estados Unidos

(inclusive Porto Rico) com 15,01%.”

Ainda temos que, segundo um gráfico apresentado

pelo mesmo site mantido pelo governo

gaúcho, tendo como fonte o MDIC/

SECEX, 15,01% seriam destinados ao MER-

COSUL e não somente à Argentina.

Portanto, dentre as alternativas apresentadas,

não há resposta correta.

74) Considere as seguintes afirmações sobre o Rio Grande do Sul.

I- Historicamente, a metade sul do estado caracteriza-se

pela maior presença do latifúndio associado à pecuária.

II- No século XIX, a colonização alemã e a italiana

distribuíram-se uniformemente pelo território estadual.

III- Atualmente, a população concentra-se majoritariamente

na metade norte do estado.

Quais estão corretas?

A) Apenas I. D) Apenas I e III.

B) Apenas II. E) I, II e III.

C) Apenas III.

QUESTÃO 74 – LETRA D

Ao analisarmos a constituição histórica e a

dinâmica econômica do RS, encontraremos

a origem das características de cada “metade”:

a Sul, sujeita ao declínio econômico

8

Anglo Resolve

Vestibular UFRGS - 2010

devido à presença de latifúndios, do pouco

empreendedorismo e do grande conservadorismo,

e a Norte, com desenvolvimento calcado

em bases capitalistas européias - muito em

função da não uniforme distribuição da colonização

alemã e italiana no estado. Ou seja,

a Metade Sul é mais especializada no setor

primário, enquanto a Metade Norte dedica-se

mais à agricultura, ao comércio e a indústrias

com bom apelo de modernidade.

A baixa densidade demográfica na Metade Sul

pode ser vista como um empecilho, uma vez

que reduz o mercado consumidor e afugenta

investimentos privados.

75) A coluna da esquerda, abaixo, apresenta o nome

dos dois biomas que ocorrem no Rio Grande do Sul; a da

direita, as unidades de relevo do estado.

Associe adequadamente a coluna da direita à da esquerda.

1 - Mata Atlântica ( ) Planície Costeira

( ) Depressão Periférica

2 - Pampa ( ) Planalto Meridional

( ) Escudo Sul-Rio-Grandense

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de

cima para baixo, é

A) 1 - 1 - 2 - 1. D) 2 - 1 - 2 - 2.

B) 1 - 1 - 2 - 2. E) 2 - 2 - 1 - 2.

C) 1 - 2 - 1 - 1.

QUESTÃO 75 – B, D ou E

Gabarito Oficial: LETRA E

Nessa questão, o aluno deve ter encontrado

problemas para associar os referidos biomas

às unidades de relevo do RS, uma vez

que, em primeiro lugar, a nomenclatura do

relevo gaúcho está defasada, além de misturar

formas e macro-formas de relevo; em

seguida, podemos encontrar a Mata Atlântica,

de acordo com o mapa elaborado pela

FEPAM, nos Planaltos e Chapadas da Bacia

do Paraná, na Planície da Lagoa dos Patos

e Mirim e também na Depressão Periférica

Sul-Rio-Grandense.

Já o bioma de Pampas, atualmente denominado

Campos Sulinos, segundo o IBGE,

abrange 63% da área do RS, concentrado

na metade sul, ou seja, abarcando os Planaltos

e Chapadas da Bacia do Paraná, a

Depressão Periférica Sul-Rio-Grandense e

também a Planície da Lagoa dos Patos e

Mirim.

Dessa forma, poderíamos assinalar tanto

a letra “B” quanto a letra “D”, ou ainda a

oficializada no gabarito, letra “E”.

EXPEDIENTE

Redação e Língua Portuguesa:

Cláudio Ribeiro, Everson Ribas,

Maria Isabel Xavier e Ricardo Neis

Biologia: André Fozzy, Cesar

Milheiro, Cláudia Senandes e

Maurício Marczwski

Química: Alberto Becker, Carlos

Valerio, Flávio Schifino, Jorge

Ruffini e Marcus Ribeiro

Geografia: Alexandre Rosa, Guinter

Capelaro, Marcelo Câmara,

Teresinha Marques e Tomas Rech

Coordenador: André Fozzy

Anglo Vestibulares

www.anglors.com

More magazines by this user
Similar magazines