Views
5 years ago

Gênero, feminismo e cultura popular ST.56 Carmo Thum UFPEL ...

Gênero, feminismo e cultura popular ST.56 Carmo Thum UFPEL ...

Gênero, feminismo e cultura popular ST.56 Carmo Thum UFPEL

Gênero, feminismo e cultura popular ST.56 Carmo Thum UFPEL/UNISINOS Patrícia Griep Kern SMEC/Canguçu Palavras-chave: Festa do Colono, Memória, Mulheres Pomeranas Imagens das Rainhas na Festa do Colono: espaços da mulher pomerana? O presente trabalho de pesquisa é de cunho qualitativo tem como base pesquisa o pressuposto qualitativo. A análise é fruto de uma investigação voltada ao resgate da memória da história da Festa do Colono em uma comunidade do município de Canguçu/RS com base nas fontes da história oral e imagens sobre a Festa do Colono como fonte documental. O estudo encaminhou-se a partir de entrevistas semi-estruturadas, a fim de resgatar aspectos significativos para melhor compreensão do tema, base pela qual foi estruturado o trabalho. O sujeitos pesquisados desempenharam diferentes papéis na festa, em especial as Rainhas da Festa do Colono desde os idos de 1948 1 . A memória individual de cada indivíduo ativa a memória coletiva, ao lembrar da história particular, entrecruzam-se fatos, que no seu conjunto, compõe a história social da festa. As transformações e contradições vividas no processo histórico da festa, onde a questão política se fez fortemente presente no ato festivo. Revisitar a história da Festa do Colono a partir de uma perspectiva de gênero oportunizou o afloramento de outras dimensões da memória histórica, onde o as questões de gênero se fizeram muito estereotipadas, ficando o feminino relegado ao processo de desfile, como objeto a ser contemplado em outras palavras, as mulheres são sempre representadas por um olhar alheio acabando assim expectadoras de si mesmas como nos lembra Martín (1998). Os significados dados pelas Rainhas das Festas nos aproximam da forma de ser e festejar deste grupo, que relegava à mulher o papel de co-adjuvante na promoção da festa. Analisando a participação da mulher, na voz das rainhas, através de relatos orais e imagens buscamos compreender o papel da festa na vida comunitária e o papel da mulher nas mesmas no período de 1948 a 1990. Os imigrantes pomeranos refizeram suas vidas no Brasil a vida. Construíram moradias, ergueram escola e igrejas. Criaram sociedades e estabeleceram normas de convivência. Passaram por inúmeras dificuldades em decorrência da I e II Guerra Mundial,

Gênero, feminismo e cultura popular. ST 56 ... - Fazendo Gênero
feminismo na cultura juvenil punk. In - Fazendo Gênero 10
Sujeitos do feminismo: políticas e teorias - ST 06 - Fazendo Gênero
Homens, gênero e feminismo. ST 9 Edilane Bertelli Unochapecó/SC ...
1 Os feminismos latino-americanos e suas ... - Fazendo Gênero
Sujeitos do feminismo: políticas e teorias. ST 6 ... - Fazendo Gênero
Aline Carmes Krüger - Fazendo Gênero - UFSC