HB Notícias 08 - Hospital Balbino

hospitalbalbino.com.br

HB Notícias 08 - Hospital Balbino

VeRÃO TRanQUILO:

saiba como prevenir as

doenças da estação.

EMaGrEÇa cOM saÚdE

dicas para aBaNdONar O ciGarrO

NOVa cirUrGia aliVia dOr Na cOlUNa

dez - 2011/jan - 2012


2

A ética na prática da enfermagem

Reconhecendo a credibilidade e a qualidade dos serviços

prestados pelo Hospital Balbino, o Conselho Regional de Enfermagem

do Rio de Janeiro (COREN-RJ) selecionou a instituição

para implantar uma comissão interna de ética em enfer-

Projeto para a terceira idade é premiado

O Hospital Balbino foi classificado como finalista do Prêmio

Sodexo Vida Profissional 2011, organizado pela empresa

de serviços corporativos Sodexo. O projeto Viva com Saúde a

Terceira Idade, desenvolvido pelo Serviço de Geriatria desde

2006, concorreu com 35 outros projetos de todo o Brasil, inscritos

na categoria Soluções para a Qualidade de Vida.

A coordenadora do programa e geriatra do hospital, Lenita

Balbino, recebeu troféu e placa de homenagem. Para ela,

a premiação significa que o Hospital Balbino está inovando

quando pensa em promoção de saúde para a comunidade.

“Esse projeto traduz a assistência que é prestada aqui. Nós

cuidamos da saúde e também nos preocupamos com a qualidade

de vida de todos”, afirma.

A psicóloga Margarete de Pinho, que também é uma das

responsáveis pelo projeto, destaca que o ‘Viva com Saúde’

está crescendo a cada ano. “Começamos apenas com palestras

educativas. Depois, introduzimos as oficinas de

memória, com dinâmicas e atividades. Hoje, temos teatro,

organizamos passeios, fazemos caminhadas, promovemos

aulas de dança, trazemos atrações para as palestras e pretendemos

evoluir ainda mais”, comenta.

Ludemila Rebelo, 84 anos, moradora da Vila da Penha,

participou de todas as palestras do projeto este

ano. Para ela, o ‘Viva com Saúde’ é uma oportunidade

de vivenciar novas experiências. “Acho maravilhoso

para a saúde e a mente. É uma alegria poder conhecer

coisas novas e compartilhar o calor humano”, disse.

Participante do projeto há três anos, Luiz Carlos da

Ressurreição, 64 anos, morador de Duque de Caxias,

considera que o aprendizado com as palestras mudou

magem. Formada por enfermeiros e técnicos de enfermagem

da unidade, a comissão terá como principal missão fiscalizar

o cumprimento dos direitos e deveres dos profissionais de

enfermagem do hospital, no exercício de suas funções.

Os membros da comissão foram escolhidos através de

voto e tomaram posse em uma cerimônia realizada no

dia 16 de novembro, no auditório do Hospital Balbino.

O presidente do COREN-RJ, Pedro de Jesus Silva, esteve

presente ao evento e elogiou o trabalho dos profissionais

da instituição. “Parabenizo o empenho do Hospital

Balbino em formar a sua comissão de ética. Fico muito

feliz ao ver a dedicação de todos vocês para fazer um

trabalho diferenciado e de qualidade. Saio deste hospital

com mais vontade de lutar por essa profissão tão

sofrida”, disse.

Segundo a coordenadora geral de enfermagem do Hospital

Balbino, Jane França, o trabalho da Comissão de Ética

proporcionará mais segurança ao paciente, além do aprimoramento

no cuidado técnico dos profissionais. “Esse processo

é inovador e significa um marco na história da enfermagem

deste hospital”, afirmou.

seus hábitos. “Agora, cuido melhor da minha saúde e também

fico mais feliz por ter uma forma de descontração e

poder fazer novos amigos”, explica.

O Viva com Saúde a Terceira Idade é um programa de

cunho sócio-educativo e consiste em encontros mensais para

o público da terceira idade, com ações de promoção à saúde

e diversas atividades. Entre diferentes temas abordados,

o projeto trata de maneira simples e agradável os principais

aspectos relacionados ao envelhecimento feliz e saudável. As

inscrições são gratuitas e, por ano, são beneficiadas mais de

500 pessoas.

Acompanhe a programação do projeto para 2012 no site

www.hospitalbalbino.com.br

hb notícias - dez - 2011/Jan - 2012


Conquiste o peso ideal sem arriscar a saúde

As ‘fórmulas mágicas de emagrecimento’ estão cada vez

mais populares. Nos sites de busca, há dezenas de ‘emagrecedores

relâmpago’, vendidos livremente. A proposta é tentadora,

mas é preciso muito cuidado, pois eles podem ser uma

grande “cilada”. O alerta é de Marcelo Cruzick, endocrinologista

do Hospital Balbino. Segundo ele, os emagrecedores não

respeitam a fisiologia do corpo humano e possuem diversos

efeitos colaterais potencialmente graves à saúde.

Vilões?

Existem emagrecedores prescritos e vendidos com retenção

da receita, como a sibutramina, um eficaz estimulador da

saciedade. Entretanto, seu uso inadequado pode acarretar sérios

danos ao paciente. Outros medicamentos, usados como

inibidores de apetite, também podem gerar reações adversas.

Prova disso é que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária

(Anvisa) proibiu a produção, distribuição e comercialização de

Femproporex, Anfepramona e Mazindol em território nacional.

As substâncias, derivadas da anfetamina, podem causar

dependência, efeitos cardiovasculares graves e desencadear

distúrbios psiquiátricos severos, como a psicose aguda.

Para o especialista, o problema não está nas substâncias

inibidoras de apetite, mas no seu consumo irregular, muitas

vezes, sem orientação médica. O médico aponta que, em alguns

casos, os emagrecedores podem ser benéficos. “Quando

o paciente precisa perder peso, mas não responde bem aos

tratamentos convencionais, muitas vezes, o risco dos inibidores

compensa, porque os problemas associados ao sobrepeso

são ainda mais danosos à saúde”, ressalta.

Receita saudável

A melhor forma de combater o sobrepeso é a prevenção. É

recomendável que todas as pessoas, independentemente da

predisposição à obesidade, adotem hábitos saudáveis de alimentação

e evitem o sedentarismo. Dietas devem ser adota-

X Curso Intensivo de Revisão

em Cardiologia Clínica

Começa em 2012 a décima edição do Curso Intensivo

de Revisão em Cardiologia Clínica, coordenado pelo cardiologista

Rogério de Moura. Certificado pela Comissão Nacional

de Acreditação, o curso é voltado para cardiologistas e

clínicos gerais e tem conteúdo e metodologia dedicados à

reciclagem e preparação para concursos e/ou prova de Título

de Especialista em Cardiologia da Sociedade Brasileira de

Cardiologia (TEC/SBC). Fazem parte da programação temas

como exame físico em cardiologia, fisiologia cardíaca, métodos

diagnósticos em cardiologia, farmacologia cardiovascular,

febre reumática e endocardite infecciosa, miocardite

e pericardite, doença cardíaca congênita e taquiarritmias,

entre outros.

hospital balbino – Você presente no futuro

das com cautela e sempre acompanhadas por um especialista.

“Quem faz dieta por conta própria corre o risco de colher mais

prejuízos do que benefícios. Dietas radicais, além de restringirem

as calorias, também reduzem significativamente vitaminas,

fibras e minerais, compostos indispensáveis para o bom

funcionamento do organismo”, explica Marcelo Cruzick.

Dicas, dicas, dicas...







Coma de tudo, mas com moderação. Dê preferência às frutas,

verduras e carnes magras e, sempre que possível, evite

guloseimas, como doces e frituras.

Alimente-se a cada 3 horas e beba muitos líquidos.

Faça refeições sem pressa, atento àquilo que come.

Prefira alimentos integrais, que, por terem digestão mais

lenta, saciam a fome por mais tempo.

Escolha um exercício físico de seu agrado e o pratique regularmente.

Visite seu médico regularmente para avaliar as etapas do

emagrecimento.

10ª EDIÇÃO

CIRCC CIRCC

CURSO CURSO INTENSIVO INTENSIVO DE REVISÃO REVISÃO

EM CARDIOLOGIA CARDIOLOGIA CLÍNICA CLÍNICA

As aulas teóricas começam em 10 de janeiro e as presenciais

ocorrerão de 3 de março a 1º de setembro, no Centro de Estudos

do Hospital Balbino.

Inscrições, até 31 de janeiro, pelo site www.cursointensivocardio.com.br

ou pelo telefone (21) 3869-8012.

3


4

Aproveite o verão com saúde

Férias, sol, praia, comidas exóticas, quebra total da rotina.

O verão é a época mais festejada do ano, mas é também

o período em que são cometidos perigosos excessos com a

saúde. Nas emergências adulta e pediátrica do Hospital Balbino,

nesse período, aumentam os casos de intoxicação alimentar,

diarreia, micoses, conjuntivite e queimadura solar.

Para que o verão não se transforme em ‘dor de cabeça’, é

preciso ficar atento a alguns cuidados.

A médica Fabianne Ricci, do Serviço de Dermatologia do

Hospital Balbino, lembra que, nessa época, a radiação de raios

ultravioleta é extremamente alta, o que causa danos à pele.

“Esses raios são responsáveis pelo aparecimento de diversos

tipos de câncer de pele, que devem ser tratados o mais precocemente

possível. Qualquer lesão suspeita deve ser avaliada

por um dermatologista”, comenta Fabianne. “Por isso, é importante

evitar a exposição solar entre as 10 e as 16 horas,

período de maior radiação no dia, e aplicar filtro solar cada

três horas ou toda vez que sair da água”, indica.

O protetor é importante não apenas contra o câncer de

pele, mas também contra queimaduras solares. Além de vermelhidão

e sensação de ardência, tomar sol sem proteção

pode gerar queimaduras mais graves, de segundo grau, caracterizadas

pelo aparecimento de bolhas. Por isso, os cuidados

devem ser redobrados, principalmente com as crianças,

que têm a pele mais fina do que a dos adultos e, consequentemente,

mais sensível. De acordo com o chefe da Emergência

Pediátrica do HB, Antônio Carlos Turner, a constituição

Cuidados com a alimentação

Em dias muito quentes, nosso organismo despende esforço extra para

manter a temperatura do corpo estável. Por isso, é recomendado comer

alimentos mais leves, que demandem menos energia para digestão, como

frutas, legumes, cereais e carnes magras. Também é importante ‘ficar de

olho’ nos alimentos vendidos nas ruas e na praia, para evitar o risco de contaminação

e infecções alimentares.

O médico Cláudio Loredo, chefe da Emergência Geral do hospital, diz

que a gastroenterite é a campeã de incidência nessa época do ano. A doença

é causada pela ingestão de alimentos contaminados ou pelo contato

com outras pessoas infectadas. “É preciso ter cuidado redobrado na preparação

dos alimentos, zelando sempre pela higiene. O calor e a umidade

típicos da estação estimulam a maior proliferação bacteriana”, alerta.

Hepatite A

da pele das crianças exige um filtro específico, com um fator

de proteção solar (FPS) elevado e resistência a água. “Mas

apenas isso não basta. Os pais devem lançar mão também de

barreiras físicas contra o sol, como camisetas, bonés, óculos

e guarda-sóis”, afirma o médico.

Nesse período, crescem também os casos de hepatite A. A doença, causada pelo

vírus HAV, se dissemina mais nessa época do ano pela mudança de hábitos durante

as viagens de férias e pela ingestão de água e alimentos contaminados, como frutos

do mar e verduras e vegetais crus. De acordo com Cláudio Loredo, a maioria

dos casos é assintomática, mas a hepatite A pode causar febre, prostração,

dores musculares e icterícia, podendo ainda evoluir para complicações

hepáticas mais graves. “As medidas de prevenção da doença são basicamente

higiênicas, como lavar as mãos, consumir água filtrada e lavar corretamente os

alimentos”, salienta.

hb notícias - dez - 2011/Jan - 2012


Desidratação

A desidratação é outro problema causado pela própria gastroenterite, pelo excesso de calor

ou pela pouca ingestão de líquidos. Antônio Carlos Turner conta que a doença leva à queda da

pressão, à taquicardia e à prostração intensa. “A ingestão frequente de líquidos é fundamental,

principalmente no caso de crianças e idosos”, alerta. “Outra causa da desidratação pode ser a

insolação. A proteção à pele, evitando exposição excessiva ao sol, e a correta hidratação são as

melhores forma de prevenção”, orienta.

Quando o calor aumenta...

... nosso corpo sofre uma série de alterações para manter a temperatura estável.

CÉREBRO

O sistema de regulação

corporal percebe

o aumento da

temperatura e dispara

ordens a fim de manter

a temperatura corporal

em torno de 36°C.

CORAçãO

O coração bombeia

mais sangue para a

superfície do corpo,

para tentar liberar mais

calor. Por isso, a pele

fica mais corada. Esse

processo faz a pressão

cair ligeiramente.

hospital balbino – Você presente no futuro

Proteja seus olhos

Glauber Marques, chefe do setor de oftalmologia da BalClinic, lembra que os

olhos precisam de cuidados com as altas temperaturas. O clima quente favorece a

proliferação de vírus e bactérias, gerando o aparecimento de conjuntivites, além de

alergias oculares e ceratites (inflamação da córnea). “Com temperaturas mais propícias

à infecção, o jeito é não coçar os olhos, lavar sempre as mãos e evitar recintos

muito aglomerados”, comenta. O médico lembra que “é importante fazer uso de óculos

escuros, pois os raios ultravioleta são prejudiciais e podem causar queimaduras na

córnea e lesões na retina, favorecendo ainda o aparecimento precoce da catarata”.

ESTôMAGO

O estômago trabalha

mais devagar, porque

a digestão exige um

volume maior de

sangue concentrado

no abdômen. Nos dias

quentes, a circulação

está mais dirigida à

superfície. Por isso,

no verão, o ideal é

comer alimentos leves,

mais fáceis de serem

digeridos.

RInS

Os rins concentram

mais urina. Por isso,

as pessoas urinam

menos no verão, o que

evita a perda de água

e sais minerais, que já

são expelidos no suor,

devido à transpiração.

PELE

A pele aciona uma

espécie de “sistema

de refrigeração”, por

meio do suor. Também

produz mais sebo, que

funciona como um

protetor térmico.

5


6

Nova técnica de cirurgia de coluna melhora

qualidade de vida do paciente

Um terço dos brasileiros sofre com dores na coluna,

a doença crônica mais comum no país de acordo com estudo

realizado em 2010 pela Escola Nacional de Saúde

Pública, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Se você se

encaixa nessa parcela da população, saiba que boa parte

desse grupo, principalmente os portadores de doenças

degenerativas da coluna, só encontrará alívio por meio de

intervenção cirúrgica. A boa notícia é

que os avanços nessa área são grandes

e o Hospital Balbino oferece a

mais nova técnica cirúrgica aos seus

pacientes.

A técnica, chamada de intermuscular,

adotada regularmente pela

equipe de neurocirurgia, é indicada

em casos de doenças degenerativas,

como a artrose, comum em homens

e mulheres após os 50 anos. E traz

mais vantagens, devido ao tempo

menor de internação e recuperação

pós-operatória mais rápida, principalmente.

“Essa técnica é menos

invasiva. Os pacientes não precisam

permanecer em Centro de Terapia

Intensiva (CTI) durante o pós-operatório

e alguns recebem alta já no dia

Na luta contra o cigarro

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que um terço da

população mundial adulta, isto é, 1 bilhão e 200 milhões de pessoas,

sejam fumantes. Mais de 10 mil mortes por dia estão associadas ao

tabaco. A estatística assusta e, para revertê-la, campanhas contra o

fumo estão estimulando pessoas por todo o país. Recentemente, o

projeto Brasil sem Cigarro, comandado pelo médico Drauzio Varella

e realizado pelo Fantástico/TV Globo, teve como proposta ajudar as

pessoas a vencer os primeiros dias de crise de abstinência.

O Hospital Balbino também fez sua ‘lição de casa’. Para incentivar

seus funcionários a vencer essa dependência, o tema

foi abordado na Semana Interna de Prevenção de Acidentes do

Trabalho (SIPAT), realizada em novembro. A palestra Medidas

de Combate ao Tabagismo foi uma das mais procuradas. Segundo

a enfermeira do HB, Ana Maria Braga, responsável pela

Educação Continuada, ações como essa são importantes para

conscientizar os funcionários a cuidarem da própria saúde. “Lidamos

com doentes, mas não podemos adoecer. Como educadora,

eu mesma dei o exemplo e parei de fumar há um ano e

meio, após 25 anos de dependência”, explica.

Para Felipe Martins, pneumologista do Hospital Balbino, é primordial

que o fumante tenha uma vontade verdadeira de mudar

de vida e abandonar o cigarro. Segundo ele, para a maioria dos

fumantes de longa data, é difícil parar sem apoio de um médico,

seguinte”, ressalta Jorge Luiz Amorim Correa, neurocirurgião

do Hospital Balbino.

Segundo ele, as técnicas cirúrgicas tradicionais são mais

lesivas aos músculos, produzindo, em muitos casos, dores

crônicas e atrofia muscular. Para realizar essa técnica é utilizado

equipamento próprio para afastar a musculatura.

Para o especialista, os avanços tecnológicos dos exames

de imagem, como ressonância

magnética e tomografia computadorizada,

permitiram aprimorar

o estudo da anatomia da coluna,

de suas doenças e, consequentemente,

o desenvolvimento de

técnicas cirúrgicas que ampliam

o conforto do paciente. “As cirurgias

minimamente invasivas

de coluna não estão relacionadas

apenas ao tamanho da incisão,

mas à menor agressão às

estruturas de sustentação da

coluna. Com essa técnica intermuscular,

não cortamos ou

coagulamos a musculatura,

apenas a afastamos, deixando

a anatomia preservada”,

explica Correa.

psicólogo e, às vezes, utilização de terapia medicamentosa

associada. “O tabagismo atualmente

é considerado uma doença, devendo

ser acompanhado de perto por um profissional

com experiência nesse tipo de

tratamento”, ressalta.

Dicas para abandonar o cigarro:

• Mude seus hábitos diários.

Praticar exercícios, beber

muita água e evitar

o açúcar ajudam a

aliviar os sintomas da

abstinência;

• Evite ações que, na sua vida, estavam

relacionadas ao fumo, como saídas

para beber com os amigos ou tomar

café nos intervalos do trabalho;

• Se não conseguir resistir a fumar um

cigarro, não desista. Recomece e fique

atento à ação que causou a sua

recaída, para não repeti-la. Caso tenha

dificuldade, procure um médico.

hb notícias - dez - 2011/Jan - 2012


eQUIpe médIca

Um time cada vez mais forte

Em 2011, o Hospital Balbino deu continuidade à sua expansão. Para atender à crescente demanda, a equipe de médicos

da unidade recebeu o reforço de novos especialistas. O destaque é para a equipe da UTI Pediátrica, recentemente

inaugurada, composta por oito médicos intensivistas. Conheça alguns deles.

DRA. JUlIANA PAIVA RAMos

coordenadora da Uti pediátrica

Formada em Pediatria em 1997 pela Escola de Ciência de

Volta Redonda (RJ), Juliana Paiva Ramos possui o título de especialista

em cardiologia pediátrica, cursou a residência médica no

Hospital Universitário Pedro Ernesto e trabalha na área de pediatria

intensiva há mais de 10 anos. Coordenadora da UTI Pediátrica

do Hospital Balbino desde a sua inauguração, em outubro

de 2011, a médica destaca o trabalho de excelência desenvolvido

pelo serviço: “A UTI Pediátrica conta com todos os recursos necessários

em termos de equipamento e profissionais capacitados

para prestar uma assistência de qualidade aos mais diversos casos,

inclusive no pós-operatório de cirurgia cardíaca.”

DRA. sARItA Do CARMo VARANIs

pediatra intensivista

Formada em Pediatria na Universidade Federal do Mato

Grosso do Sul (MS), no ano de 1993, Sarita do Carmo Varanis

também é especialista em terapia intensiva pediátrica e neuropediatria.

Trabalhando há 10 anos no Rio de Janeiro, a Dra.

Sarita possui experiência em grandes hospitais da rede pública

da cidade. Agora começa uma nova etapa de sua carreira

na UTI Pediátrica do Hospital Balbino. “O nosso objetivo é ser

referência no atendimento de qualidade”, revela.

DRA. PAloMA CoseR tessARolo

pediatra intensivista

Nascida no Espírito Santo, Paloma Coser Tessarolo mora

no Rio de Janeiro há dez anos, onde se formou em Medicina,

em 2007, na UNIGRANRIO. Especialista em pediatria intensivista,

volta ao Hospital Balbino, onde, em 2007, trabalhou

como médica plantonista da Emergência.

DEMais MéDiCos Da Uti pEDiátRiCa:

Dr. Daniel Hilário Santos

Dr. Diogo Gomes Luque

Dra. Teresa Cristina de Freitas

Dra. Sandra Rabelo Barcellos

Dra. Carla Verona Barreto

expedIenTe

hospital balbino – Você presente no futuro

outros especialistas

DRA. BRANCA CRIstINA sIMões

otorrinolaringologista

Formada em 1993, pela Faculdade Souza Marques,

especializou-se em otorrinolaringologia, em 1995, pela

PUC-Rio. A médica faz parte do Colégio Brasileiro de Cirurgiões

como membro adjunto. Atuando no Ambulatório

de Otorrinolaringologia do Hospital Balbino desde novembro,

ela faz planos: “Pretendo, em breve, ampliar meu

atendimento no Hospital Balbino para a área cirúrgica em

otorrinolaringologia.”

DR. JesUs JoRge ClARos sAlINAs

ginecologista

Formou-se em Medicina pela Universidade Federal de

Santa Catarina (PR), em 2001. Especializou-se em ginecologia

na Santa Casa da Misericórdia, no Rio de Janeiro.

Possui experiência em hospitais da rede pública, atuando

na área de oncologia ginecológica. Já fez parte da equipe

de médicos do Hospital Balbino em 2008 e agora está retornando

à unidade. “Meu foco é a prevenção de câncer

do colo do útero e das demais patologias relacionadas à

oncologia ginecológica”, explica.

DR. HUgo De olIVeIRA tINoCo

ortopedista, da equipe do dr. Marcos giordano

Graduado na Universidade Gama Filho, em 2008, Hugo

de Oliveira Tinoco atuou como oficial médico do Exército

Brasileiro em 2009 e 2010. Carioca, 28 anos, está fazendo

a residência em ortopedia no Hospital Federal do Andaraí

e, em outubro, passou a integrar a equipe da Emergência

Ortopédica do Hospital Balbino.

Marcação de consultas: 3977-2000

Hospital BalBino | Rua Angélica Mota, 90 – Olaria – RJ – Tel.: 3977-2000 | FUnDaDo EM MaRÇo DE 1975 | FUnDaDoREs: Dr. Elysio Alves

Balbino, Dr. Benedicto Octaviano Balbino, Fátima Salluh Balbino e Lúcia Maria Sampaio Balbino | ConsElHo DiREtoR: Elysio Alves Balbino Filho,

Dr. Eduardo Salluh Balbino, Luciano Sampaio Balbino e Dra. Lenita Sampaio Balbino da Costa | DiREtoRia EXECUtiVa: Dr. José Roberto Murad |

pRoJEto EDitoRial E REDaÇÃo: SB Comunicação – Tel.: 3798-4357 | EDiÇÃo: Maria Cristina Miguez | REpoRtagEM: Andréa Mazilão, Igor

Waltz, Vivian Lopes e Thiago Ribeiro | pRoJEto gRáFiCo E DiagRaMaÇÃo: Eduardo Samaruga

7


8

BalClinic: equipe médica

especializada

Inaugurada em outubro de 2011, a BalClinic conta

com profissionais gabaritados e o mesmo padrão de

qualidade encontrado nos centros médicos do Hospital

Balbino. Conheça alguns dos novos profissionais que

integram a equipe.

DR. CARlos ANDRé BUeNo KloJDA

Urologista

Professor da Universidade do Rio de Janeiro (UNIRIO) e

membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia, Carlos

André Bueno é carioca, tem 48 anos e cursou Medicina na

Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde também

obteve o título de mestre em Urologia. Segundo o Dr.

Carlos, seus atendimentos na BalClinic vão englobar a urologia

geral e infantil, além da uroginecologia.

DR. ANDRé FeRNANDo seNRA FARIA

neUrocirUrgião

Especialista em neurocirurgia pela PUC-Rio, André Fernando

Senra concluiu a faculdade de Medicina em 1995, na

Universidade do Rio de Janeiro (UNIRIO). Tem 43 anos e faz

parte do quadro da Sociedade de Neurocirurgia do Rio de Janeiro.

“Todos os tipos de tratamento que desenvolvo visam,

em primeiro lugar, à qualidade de vida do paciente, seja ele

criança, adulto ou idoso”, afirma.

DR. José HeNRIQUe MeNDes sPIRIto

cardiologista

Natural do estado do Rio de Janeiro, José Henrique

Mendes Spirito concluiu a faculdade de Medicina em

1994, na Universidade Gama Filho, e especializou-se em

Cardiologia cinco anos depois. Aos 41 anos, acaba de ser

integrado à equipe de especialistas da BalClinic, trazendo

na bagagem sua experiência em grandes hospitais da

cidade. “Atenderei pacientes na cardiologia em geral e a

minha expectativa é de que, em breve, também iremos realizar

exames de imagem”, conclui.

outros especialistas

Unidade de oftalmologia passa a atender na BalClinic

Os profissionais qualificados; os equipamentos modernos;

e a variedade de exames e tratamentos da Unidade de

Oftalmologia do Hospital Balbino estão agora disponíveis exclusivamente

na BalClinic.

Referência no cuidado com a saúde dos olhos, a Unidade de

Oftalmologia conta com quatro oftalmologistas e um ortoptista,

oferecendo as melhores opções de diagnóstico e tratamento

das mais diversas doenças da visão, como glaucoma, catarata,

estrabismo e problemas da retina.

Entre os equipamentos e exames de ponta estão o facoemulsificador,

aparelho importado dos Estados Unidos, utilizado

para cirurgia de catarata e que proporciona uma procedi-

DR. José lUIs gUtIeRRez CesPeDes

cirUrgião vascUlar

Morando no Brasil há dez anos, o boliviano José Luis Gutierrez

formou-se em Medicina na Universidade Cristiana de

Bolívia, no ano de 1999. Suas especializações foram em Cirurgia

Geral, no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (UNIRIO)

e também em cirurgia vascular, no Hospital Federal do Andaraí.

Ele destaca que, entre os procedimentos que realiza, um

diferencial é a técnica de punção guiada por ultrassom, com

acesso venoso profundo. “Esse procedimento oferece mais

segurança para o médico e para o paciente”, diz.

NOME ESPECIALIDADE

André da Silva Loyola de Camargo Cirurgia geral

André Marchiori Angiologia

Cássio Vinícius Aguiar Borges Cirurgia geral

Luis Eduardo Ramos Carnevale Urologia

Paula Marques dos Santos Angiologia

mento mais rápido, seguro e cuidados pós-operatórios mais

simples; e o campo visual computadorizado, indicado para

diagnóstico de glaucoma e doenças neurológicas.

Segundo o coordenador da Unidade de Oftalmologia,

Glauber Cavalcanti, com a transferência do serviço para a

BalClinic, será possível ampliar, em 20%, o atendimento, que

atualmente está em torno de 900 pacientes por mês. O médico

destaca ainda que o novo espaço oferece mais conforto

e privacidade aos pacientes.

O serviço de Oftalmologia funciona de segunda a sexta, das

8h30min às 17h.

endereço: Rua Baturité, 19 - Bonsucesso | Horário: de segunda a sexta, das 7h às 17h.

Consultas: 3977-2000

hb notícias - dez - 2011/Jan - 2012

More magazines by this user
Similar magazines