mapas temáticos de síntese - LABOGEF

labogef.iesa.ufg.br

mapas temáticos de síntese - LABOGEF

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS

PEDOLOGIA APLICADA À GEOGRAFIA

ANÁLISE GEOAMBIENTAL E PLANEJAMENTO

PARTE 02

Selma Simões de Castro


Arenização – 1º.passo pra desertificação

antrópica ou induzida

areal


FALTA DE MICRODRENAGEM

(REDE DE GALERIAS, VALAS E

LANÇAMENTO ADEQUADO) E

RUA NO RUMO DO DECLIVE

OCUPAÇÃO ATÉ BORDAS DE DECLIVE


I- ESTUDOS BÁSICOS DOS CONDICIONANTES DO

MEIO FÍSICO PARA APROPRIAÇÃO, OCUPAÇÃO, USO

E MANEJO

-MAPAS TEMÁTICOS DE SERVIÇO: GEOLOGIA,

GEOMORFOLOGIA, PEDOLOGIA, USO E OCUPAÇÃO E DE

DISTRIBUIÇÃO DOS FOCOS.

-MAPAS TEMÁTICOS DE SÍNTESE: ZONEAMENTO, EROSIVIDADE,

ERODIBILIDADE, SUSCETIBILIDADE, RISCOS E SELEÇÃO DE

ÁREAS/SETORES PARA ESTUDOS DE DETALHE E MONITORMENTO

TÉCNICAS

‣ RESTITUIÇÃO/DIGITALIZAÇÃO DE BASES

CARTOGRÁFICAS

‣ SENS. REMOTO/GEOPROCESSAMENTO

‣ APLICAÇÃO DE PARÂMETROS DE

MODELOS

‣ VALIDAÇÃO EM CAMPO

‣ CORRELAÇÃO ENTRE MAPAS


EXEMPLO APLICADO

ÀS NASCENTES

DO RIO ARAGUAIA

ERA UMA ÚNICA

FAZENDA EM 1906 E

HOJE TEM MAIS DE

90 PROPRIEDADES

QUAL É O

PROBLEMA

LÁ?

EROSÃO HÍDRICA

TIPO VOÇOROCA


DEGRADAÇÃO AMBIENTAL

Discrepância entre uso atual

e as reais potencialidades da terra

PROCESSOS EROSIVOS


Vista geral

Topo da Chapada

Preparo do solo

Topo da Chapada

Cultura de Algodão


Exemplo de áreas selecionadas para estudos

de detalhe na alta bacia do rio Araguaia

Nascentes


Elaboração da carta - base

Identificação do problema

Identificação do problema

Exemplo:

Mapa de Ocorrências

Erosivas nas Nascentes

do rio Araguaia

(em vermelho)

1O. NÍVEL

s17 29’41”

s17 36’50”

s17 44’00”

s17 07’19”

s17 58’17”

Alto Araguaia

16

Taquari

15

13

5

4

6

Ribeirão do

8

9

7

OCORRÊNCIAS EROSIVAS

ALTA BACIA DO RIO ARAGUAIA

w53 23’08”

w53 15’14” w53 07’19” w52 59’25” s17 29’41”

Sapo

1

2

3

10

11

14

Córrego Cap ão

17

18

Rib. de

Mato Grosso

Ar gu

Rio

a a ia

Cima

Cór.

Goiás

Santa

Ribeirão

19

da

Divisa

R it a do Aragua ia

Ri eirão

b

Mineiros

20

21

22

23

24

27

25

26

28

Guariroba

12

29

66

68

30

Zeca No v ato

31

32

39

40

38

57

76

77

33

58 59

60 61

65

69

75

81

82

70

83

84

34

63

64

Rio

Araguaia

Córrego

62

71

85 86

41

37

C órrego

Capivara

43

Ribeirão Queixada

Mato Grosso

44

45

48

Goiás

46

55

54 53

52

49 51

47

56

w53 23’08”

w53 15’14” w53 07’19” w52 59’25”

CONVENÇÕES CARTOGRÁFICAS

Cursos d’água

Cabeceiras de Drenagem

12

Erosão Mapeada

Limite Estadual

Limite Municipal

Divisor da Bacia Hidrográfica

Figura 1.1.2 - Mapa de Ocorrências Erosivas

S E R R A V E R M E L H A

74

79

42

78

80

87

88

S E R R A D 0

72

73

C órr ego Bura c ã o

89

M O R R O V E R M E L H O

90

91

50

3 0 3 6 9 12

Km

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS

LABORAT ÓRIO D E GEOLOGIA E GEOGRAF IA FÍSICA

LABORAT ÓRIO D E GEOPROCESSAMENTO

APOIO: CONCIT EG/GO e CNPq

Elaboraç ão e Organização: M aria Gonçalv es da S. Ba rbalho

Coordenação: D ra. Selma Simõe s de Castro

s17 36’50”

s17 44’00”

s17 07’19”

s17 58’17”

Base: Folhas Topográficas: SE.22-V-C-V, SE.22-Y-A-II e SE.22-V-C-VI -

IBGE, escala 1/100.000.

S E R R A D O C A I A P Ó

MT GO


Elaboração das cartas

temáticas do meio físico

1O. NÍVEL


(%)

90

80

70

60

50

40

30

20

10

0

1965* 1977 1989 1997 2003 2006

*Fonte: BARBALHO,2002

Vegetação Nativa Uso Antrópico


Relação espacial entre tipos de uso e impactos erosivos

TIPOS DE USO DO SOLO FOCOS EROSIVOS

Campo Limpo 0

Cerrado Ralo 3

Cerrado Denso 3

Mata Ciliar 0

Pastagem

Agricultura

Total 91

52

33


Elaboração de cartas de síntese diagnóstica por

correlação espacial dos mapas temáticos


Identificação dos compartimentos mais críticos à erosão

COMPARTIMENTOS

ÁREA

(Km 2 ) FORMAS DE RELEVO

MP - I 301,1 Colinas amplas e

médias

MP - II 173,8 Superfície de cimeira

tabular e escarpa

erosiva

MP – III 224,6 Colinas amplas e

médias

UTILIZAÇÃO DA

TERRA

NÚMERO DE

EROSÕES

Agricultura 15

Agricultura 5

Pastagem 12

MP – IV 123,3 Idem MP III Idem MP III 16

MP – V 50,3 Colinas amplas e

médias

Agricultura 4

MP – VI 167,8 Idem MP III Agricultura 14

MP – VII 244,4 Colinas amplas e

médias

MP - VIII 231,6 Colinas amplas e

médias

Pastagem 21

Vegetação

natural

4

More magazines by this user
Similar magazines