Views
5 years ago

ecologia comparada e conservação da onça-pintada - Pró-Carnívoros

ecologia comparada e conservação da onça-pintada - Pró-Carnívoros

ecologia comparada e conservação da onça-pintada -

ECOLOGIA COMPARADA E CONSERVAÇÃO DA ONÇA-PINTADA (PANTHERA ONCA) E ONÇA-PARDA (PUMA CONCOLOR), NO CERRADO E PANTANAL LEANDRO SILVEIRA Orientador: Prof. Dr. Jader Marinho-Filho Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal da Universidade de Brasília como parte dos requisitos para a obtenção do título de Doutor em Biologia Animal. Brasília – D.F. Janeiro de 2004

  • Page 2 and 3: Este trabalho é dedicado a minha m
  • Page 4 and 5: Os resultados desta pesquisa não s
  • Page 6 and 7: SUMÁRIO RESUMO ...................
  • Page 8 and 9: Censo aéreo.......................
  • Page 10 and 11: Corredores de Dispersão………
  • Page 12 and 13: ABSTRACT This study raised informat
  • Page 14 and 15: continuidade de hábitats naturais
  • Page 16 and 17: Os dados analisados neste trabalho
  • Page 18 and 19: Figura 1. Localização das áreas
  • Page 20 and 21: nativas. Em seu limite leste, delim
  • Page 22 and 23: Área da Propriedade em Hectares 16
  • Page 24 and 25: PANTANAL O Pantanal é a maior plan
  • Page 26 and 27: Figura 6. Mapa do Parque Estadual d
  • Page 28 and 29: Schaller, G. B. 1996. Introduction:
  • Page 30 and 31: extintas de uma área, essas espéc
  • Page 32 and 33: O monitoramento dos animais equipad
  • Page 34 and 35: mais centros de atividades e área
  • Page 36 and 37: Figura 7. Localização das armadil
  • Page 38 and 39: UTILIZAÇÃO DE HÁBITAT Utilizaç
  • Page 40 and 41: Coleta e análise de fezes Fezes fo
  • Page 42 and 43: Média de Peso de Presa (MPP) A mé
  • Page 44 and 45: Tabela 2. Média e Desvio Padrão (
  • Page 46 and 47: Tabela 6. Número de localizações
  • Page 48 and 49: Tabela 7. Percentagem de localizaç
  • Page 50 and 51: Longitude Figura 4. Área de vida d
  • Page 52 and 53:

    ONÇA-PARDA As seis onças-pardas m

  • Page 54 and 55:

    Longitude 8027547 8017446 8007346 7

  • Page 56 and 57:

    Longitude 8028313 8021913 8015513 8

  • Page 58 and 59:

    machos e uma fêmea mantiveram algu

  • Page 60 and 61:

    Tabela 13. Matriz de sobreposição

  • Page 62 and 63:

    Figura 14. Localização de indiví

  • Page 64 and 65:

    Figura 15. Exemplos de registros fo

  • Page 66 and 67:

    PADRÃO DE ATIVIDADE Foram analisad

  • Page 68 and 69:

    Percentagem de Registros Fotográfi

  • Page 70 and 71:

    Tabela 16. Disponibilidade, utiliza

  • Page 72 and 73:

    As diferenças de uso de hábitats

  • Page 74 and 75:

    Figura 25. Parque Nacional das Emas

  • Page 76 and 77:

    Comparativamente, as espécies pred

  • Page 78 and 79:

    Tabela 21. Freqüência de ocorrên

  • Page 80 and 81:

    DISCUSSÃO Hoogesteijn e Mondolfi (

  • Page 82 and 83:

    As fêmeas de onças-pintadas dever

  • Page 84 and 85:

    indivíduos marcados registraram 43

  • Page 86 and 87:

    implica diretamente nas densidades,

  • Page 88 and 89:

    deve estar refletindo a movimentaç

  • Page 90 and 91:

    CONCLUSÕES • Onças-pardas fême

  • Page 92 and 93:

    LITERATURA CITADA Ackerman, B.B., L

  • Page 94 and 95:

    Franklin, W.L.; Johson, W. E.; Sarn

  • Page 96 and 97:

    Mizutani, S. C e Jewell, P. A. 1998

  • Page 98 and 99:

    Seidensticker, J. C. 1976. On the E

  • Page 100 and 101:

    CAPÍTULO II ECOLOGIA DE ONÇAS E S

  • Page 102 and 103:

    ABUNDÂNCIA DE ONÇAS E SUAS PRESAS

  • Page 104 and 105:

    Um índice fotográfico das onças

  • Page 106 and 107:

    mais quentes do dia. No período de

  • Page 108 and 109:

    pelo pesquisador 1, e B - é o núm

  • Page 110 and 111:

    Tabela 1. Esforços de amostragem a

  • Page 112 and 113:

    ABUNDÂNCIA DA FAUNA DO CERRADO E P

  • Page 114 and 115:

    Jaratataca Conepatus semistriatus 1

  • Page 116 and 117:

    Taxa fotográfica 350 300 250 200 1

  • Page 118 and 119:

    Onça-parda 19 28 5 48 39 35 21 40

  • Page 120 and 121:

    Taxa Fotográfica 1.2 1.0 0.8 0.6 0

  • Page 122 and 123:

    Taxa Fotográfica 0.4 0.4 0.3 0.3 0

  • Page 124 and 125:

    Veado-caatingueiro 0,049 0,022 -1,4

  • Page 126 and 127:

    Tabela 11. Matriz de correlação d

  • Page 128 and 129:

    Tabela 12. Padrão de atividade de

  • Page 130 and 131:

    DISCUSSÃO COMPOSIÇÃO E CARACTERI

  • Page 132 and 133:

    egistrou valores significativos par

  • Page 134 and 135:

    geométrica) de 17,41 kg, ao passo

  • Page 136 and 137:

    CONCLUSÕES • 43 espécies de mam

  • Page 138 and 139:

    LITERATURA CITADA Ab'Saber, A. N. 1

  • Page 140 and 141:

    Mourão, G.M. e Campos, Z., 1995. S

  • Page 142 and 143:

    CAPÍTULO III ONÇAS E FAZENDAS DE

  • Page 144 and 145:

    Paula/CENAP/IBAMA, com. pess.). Ent

  • Page 146 and 147:

    lavouras e pastagens. As conexões

  • Page 148 and 149:

    Figura 2. Representatividade (em po

  • Page 150 and 151:

    Tabela 2. Caracterização das prop

  • Page 152 and 153:

    de onças-pintadas e onças-pardas,

  • Page 154 and 155:

    Para atender aos seus objetivos o

  • Page 156 and 157:

    Algumas fazendas cadastradas recebe

  • Page 158 and 159:

    Tabela 3. Caracterização das 11 F

  • Page 160 and 161:

    Santa Sophia 30-Maio-03 Onça-pinta

  • Page 162 and 163:

    50 40 30 20 10 0 51 43 total reclam

  • Page 164 and 165:

    8 7 6 5 4 3 2 1 0 1.6 8.3 Barranco

  • Page 166 and 167:

    80 70 60 50 40 30 20 10 0 48 79 1ª

  • Page 168 and 169:

    Entre todos os funcionários atendi

  • Page 170 and 171:

    DISCUSSÃO Historicamente, o homem

  • Page 172 and 173:

    ataques com os hábitats associados

  • Page 174 and 175:

    2) Programas de compensação devem

  • Page 176 and 177:

    todos os grandes predadores eram ca

  • Page 178 and 179:

    Desta forma, programas de conserva

  • Page 180 and 181:

    Não é intenção aqui, discutir u

  • Page 182 and 183:

    CONCLUSÕES • Entre as 14 proprie

  • Page 184 and 185:

    Crawshaw, P.G. 1995. Comparative ec

  • Page 186 and 187:

    do Turvo, Rio Grande do Sul, Brasil

  • Page 188 and 189:

    Sanderson, and A. Taber. (eds.). ja

  • Page 190 and 191:

    onças-pintadas e onças-pardas, qu

  • Page 192 and 193:

    separadamente. Reservas indígenas,

  • Page 194 and 195:

    Figura 1. Unidades de Conservação

  • Page 196 and 197:

    Área em Hectares 800000 700000 600

  • Page 198 and 199:

    PN das Emas 131,868 Cerrado sim Sim

  • Page 200 and 201:

    Figura 4. Distribuição de onça-p

  • Page 202 and 203:

    Tabela 5. Distâncias (km) entre Un

  • Page 204 and 205:

    Tabela 9. Caracterização das baci

  • Page 206 and 207:

    Quadro 1. Principais conexões natu

  • Page 208 and 209:

    Quadro 2. Principais conexões natu

  • Page 210 and 211:

    Uruçuí-uma Rios, Balsas, Parnaíb

  • Page 212 and 213:

    PERN Aricá-Mirim, Pixaim, Cuiabá,

  • Page 214 and 215:

    APA SB Rios: São Bartolomeu, Fragm

  • Page 216 and 217:

    extensão a mesma composição e ab

  • Page 218 and 219:

    ao menos, seu uso controlado e moni

  • Page 220 and 221:

    Nacional da Ilha Grande (PNIG) e o

  • Page 222 and 223:

    em lavouras e pastagens. A espécie

  • Page 224 and 225:

    pintada o Parque do Cantão faz par

  • Page 226 and 227:

    PARQUE ESTADUAL DO MIRADOR Criado e

  • Page 228 and 229:

    dos rios (Rabinowitz, 1986; Quigley

  • Page 230 and 231:

    serem percorridas são menores. Em

  • Page 232 and 233:

    iomas terão poucas alternativas de

  • Page 234 and 235:

    CONCLUSÕES • Das 37 Unidades de

  • Page 236 and 237:

    Dias, B. F. S. 1996. Cerrados: uma

  • Page 238 and 239:

    Oliveira, T. G. 1996. A situaçao d

  • Page 240:

    Weber, W. e Rabinowitz, A. R. 1986.

Plano de ação para a conservação do lobo-guará - Pró-Carnívoros
ecologia comparada e conservação da onça-pintada - Pró-Carnívoros
conservação da onça-pintada no pantanal ea percepção do ... - Ecoa
ECOLOGIA COMPARADA E CONSERVAÇÃO DA ONÇA-PINTADA
Ecologia, Conservação e Manejo do Queixada ... - Pró-Carnívoros
ECOLOGIA DA ONÇA-PINTADA NOS PARQUES NACIONAIS ...
Genética da conservação e ecologia molecular de onças-pintadas ...
PROJETO ONÇA-PANTANEIRA - Pró-Carnívoros
PROJETO ONÇA-PANTANEIRA - Pró-Carnívoros
Boletim Carnivoros do Iguaçu_01.pdf - Pró-Carnívoros
Projeto Onça-Pantaneira captura dez onças ... - Pró-Carnívoros
Boletim informativo Projeto Onça Pantaneira_06.pdf - Pró-Carnívoros
Boletim informativo Projeto Onça Pantaneira_11.pdf - Pró-Carnívoros
Revisão do conhecimento sobre ocorrência e ... - Pró-Carnívoros
Dieta, Disponibilidade alimentar e padra de ... - Pró-Carnívoros
Promoção da Saúde na Serra da Canastra.pdf - Pró-Carnívoros