PALESTRA4 - Carlos Eduardo - Incaper

incaper.es.gov.br

PALESTRA4 - Carlos Eduardo - Incaper

Criação varietal é atividade pouco desenvolvida

Fatores culturais

Direito de obtenção de uma nova variedade

Exceto orquídeas


A conservação dos recursos fitogenéticos carece

de valor “per si”, caso não apontem para uma

clara utilização sustentada dos mesmos. O

conhecimento da origem, atributos genéticos e

produtivos dos recursos são a base para o

aproveitamento da diversidade genética que

eles possuem.

O binômio conservação/utilização se constitui

assim em um corpo medular do trabalho com

recursos fitogenéticos devendo atender a um

equilíbrio adequado.


Centro de Horticultura

Introdução de flores e plantas ornamentais (1950)

350 espécies de palmeiras

1.500 espécies arbóreas

Centenas de espécies herbáceas


Coleta

Conservação ex situ

OBJETIVOS

Estudo de espécies nativas e exóticas e

variedades hortícolas, para a sua posterior

utilização na criação de novas variedades, e,

como meta final, a implantação de novas

culturas de valor agronômico


PROGRAMA DO IAC

Identificar genótipos excepcionais nos BAGs

ou entre as progênies oriundas de

cruzamentos entre diferentes espécies e

híbridos do gênero. O número de

características favoráveis a serem combinadas

é grande, além da resistência ou tolerância às

principais pragas e doenças


Antúrio

Amarílis

Alstroemeria

Hemerocale

Gladíolo

Pioneirismo do IAC

Atual: Zingiberales Ornamentais

Particular: bromélia - Gusmania


Cultivares modernos resultam de complexos

cruzamentos interespecíficos. Eles são normalmente

heterozigotos e muitas vezes tetraplóides. Transmissão

das numerosas características é pouco conhecida

Coleta de material silvestre

Introdução de novas espécies exóticas e

cultivares

Possibilidade de criação de novas formas de

flores, cores e texturas, tipos multifloridos,

cultivares perfumados

Características fisiológicas podem diferir do

original


ALSTROEMERIA

Híbridos descendem das espécies A. aurea, A.

pelegrina e A.ligtu.

São flores grandes e que apresentam alta

durabilidade pós-colheita revelando-se de

grande importância como flor de corte


Branco

Matizes diversos

Rosa

Amarelo

Laranja

Vermelho

Carmim

COLORAÇÃO DAS FLORES


Coleção IAC

Características interessantes

Plantas de menor porte

Flores menores e de formato mais delicado

Pintas típicas do gênero se transformam em

estrias

Alguns tipos com suave odor


Resultados obtidos

Alstroemeria orchidoides

Alstroemeria higrophylla

Híbridos oriundos de espécies diplóides

Triplóides tem maior valor comercial


ANTÚRIO

OBJETIVO

Detectar plantas de ótimo padrão de qualidade

através da seleção de plantas oriundas de sementes

de polinização manual cruzada, realizada seja por

produtores ou, principalmente gerada pelo próprio

programa de cruzamentos controlados.


24 seleções já disponibilizadas

Características do material

Plantas rústicas, adaptadas às condições de

cultivo em solo orgânico, sob telado de 70% de

sombreamento, sem controle de temperatura,

tolerantes às principais pragas e doenças e que

produzem flores de alto padrão de qualidade.


GLADÍOLO

OBJETIVO

Plantas são avaliadas quanto à resistência ou

tolerância à ferrugem (Uromyces transversalis)

1980 – identificado tipo silvestre tolerante

Variedades rústicas: Carmim e Paranapanema


AMARÍLIS

Cruzamentos interespecíficos (1979)

Apple Blossom, Orange Souverein, Red Lyon,

Telstar, Picotée

Registro no American Amarilis Society

IAC – desde 1982 – espécies nativas e híbridos

comerciais


HEMEROCALE

Atualmente tetraplóides

Pétalas grandes, largas e vistosas com cores

combinadas

Desde 2002 o IAC lançou 9 variedades


Estratégias do melhoramento de zingiberáceas

Polinização

Germinação de

sementes

Avaliação comercial

Seleções em campo

ou BAGs

Avaliação horticola

Objetivos do melhoramento

Critérios de seleção

Híbridos parentais

Dados da coleção

Heritabilidade, etc.

Avaliação de híbridos

e seleções

Cv comerciais

Novos

parentais


Critérios de seleção para Zingiber,

Etlingera, Heliconia e Costus

Critério Padrão minimo Zingiber Etlingera Helicônia Costus

Cor Vibrante – novas

combinações

Forma Uniforme, simétrica e

única

essencial importante importante -

Importante importante importante -

Comprimento da haste >50 cm essencial importante importante -

Vida de vaso > 14 dias essencial essencial essencial essencial

Perfume Agradável benéfico benéfico - -

Fluido nas brácteas Mínimo – ausência de

depósitos

importante - importante importante

Flores do dia Ausente ou reduzida Importante benéfico importante importante

Adaptabilidade Pleno sol essencial essencial essencial essencial

Transporte Fácil embalagem benéfico importante essencial essencial

Doenças Tolerante as podridões

de rizomas e flores

importante importante importante importante

Nematóides Tolerante Importante importante importante importante

produtividade N° de hastes/planta Essencial > 100 Essencial > 200 Essencial > 40 Essencial > 20

Colheita Fácil benéfica benéfica importante importante

Sazonalidade Colheita estentida –

continuamente suprida

essencial essencial essencial essencial


HELICÔNIA

Exploração da variabilidade natural

Espécies nativas

Flores eretas ou pendentes


Formas diversas

ALPÍNIA

Inflorescências compactas


23 espécies nativas

COSTUS


Bastão do Imperador e Gengibre Ornamental

Plantas asiáticas


COROA-DE-CRISTO


ORQUÍDEAS

Centenas de espécies

Colecionadores


Cattleya warscawiczii


Cattleya dowiana Cattleya luteola

Cattleya gullala x Cattleya pilliae


Cattleya mendelii Cattleya percivaliana

Cattleya labiata


Phal. Sonnentau x Phal. paul tatar

Phal. cacharal “Roc”


Phal. brother fancy

“Crownfox Crownfox Delicious”

Phal. plantation beau

“Diane” Diane”

Phal. super stupid x Phal. brother delight

“Crownfox Crownfox Amethyst wonder”


Indução a mutações

De 2252 cultivares – 552 em ornamentais

Facilidade de reconhecimento de mutantes

Tratamento de materiais altamente

heterozigotos – alta frequência de mutações

Métodos in vivo e in vitro 9mutantes sólidos

rapidamente


Físicos: radiações

Mutagênicos

Químicos: alquilantes (EMS –

metanossulfonato de etila

Calathea, Stromanthe, Aster, Amaryllis,

Gladiolus, Zantedeschia e Rosa

More magazines by this user
Similar magazines