Oração de Sapiência de Hilário Moreira_1990.pdf - Universidade de ...

bdigital.sib.uc.pt

Oração de Sapiência de Hilário Moreira_1990.pdf - Universidade de ...

Assim, enquanto Cataldo diz: «et cum uenisset defensurus Cicero»,

Hilário Moreira, (p. 60), põe: «At cum defensurus Cicero aduentasset».

Achamos mais feliz esta ordem de palavras e a escolha do velbo e da

adversativa. A frase torna-se mais movimentada, mais enérgica, o que fica

bem no ambiente de espectativa que a cena descrita em nós desperta.

Não podemos supor que estas substituições fossem eventuais. Elas

revelam antes um destro conhecedor da língua, usando-a conscientemente

e sabendo tirar dela efeitos estilísticos.

Mas ... «aliquando dormitat bonus Homelus».

Aparéce-nos realmente um caso - além de outros, em que talvez haja

corrupção do texto -, a que estas nossas observações parecem não tel aplicação.

Na (p. 50), diz: .. . «quod (Pythagoras) philosophiae domici/ium in Italia

diutissime exco/uerit» (1).

Não vemos que possam unir-se exco/ere com domicilium. Pretenderia

o nosso autor ligar exco/ere sintacticamente a domici/ium e conceptualmente

a philosophiae?

Se assim é, não achamos que se trate dum processo muito feliz.

Embora Hilário Moreira, respigue pensamentos de vários autores e de

diferentes épocas, não nos apercebemos, no entanto, que houvesse evolução

semântica no seu vocabulário. As palavras são usadas ordinariamente no

§entido dos autores clássicos, em especial de Cicero. Exceptuamos termos

como academia, licium, rector, etc. que, como é claro, se aplicam a conceitos

diferentes dos conceitos antigos.

Há, por vezes, a busca da pahivra rara do grecis:mo erudito, a que não

parece alheio um certo preciosismo. Repare-se, por exemplo nesta frase:

More magazines by this user
Similar magazines