Views
4 years ago

1 Os Primórdios da Irmandade de Nossa Senhora da ... - Hospital

1 Os Primórdios da Irmandade de Nossa Senhora da ... - Hospital

A colocação

A colocação da Imagem em casa própria fez afluir o concurso de fiéis e com eles as dádivas: azeite, grão, linho, teias, vestidos, roupas, jóias, adereços, cordões de ouro. O Fundador já não era capaz de sozinho administrar as ofertas, pelo que se lhe associou o Padre José de Almeida. Nas celebrações do primeiro de Novembro de 1756, aniversário do terrível terramoto, o Padre Ângelo pôde dar a primeira benção papal por indulto apostólico e as esmolas em dinheiro recolhidas nesse dia ultrapassaram os trinta mil reis. A Capela da Lapa das Confissões, embora humilde e modesta, transformara-se de repente num lugar de peregrinação e afluência extraordinária de público de que eram testemunho evidente os incontáveis ex-votos, os retratos de «miraculados» e as mais diversas figurinhas de cera. As entrelinhas do manuscrito deixam perceber uma certa anarquia neste processo, decorrente da inexperiência dos dois padres que depressa se deram conta de que era necessário organizar um mínimo de contabilidade e de registos dos donativos, para o que nomearam como tesoureiro o Capitão Domingos Moreira da Silva, primo por afinidade do Fundador. A generosidade dos fiéis fez nascer no espírito do Missionário a ideia de que o melhor e o mais estável aproveitamento das esmolas seria a fundação de um estabelecimento para educação dos jovens portuenses, a que chamou Seminário, que seria dirigido por ele próprio. Obtido o prévio consentimento do Município, deslocou-se a Lisboa para obter a necessária autorização régia. Ao que parece, o seu pedido não foi tomado muito a sério e, por isso, não logrou despacho favorável. 5 O tempo das contrariedades - I A falta de estruturas capazes de organizar e administrar os contributos dos fiéis lançaram algumas dúvidas no espírito dos crentes sobre o verdadeiro destino das esmolas. Murmurava-se entre o povo que, perante a opulência das dádivas, não se justificava mais a modéstia da Capela. O fracasso do primeiro esforço para fundar o seminário também não ajudava muito. A tentativa do Fundador de obter do papa Bento XIV um Breve de colação para poder nomear um clérigo que estavelmente e à face do direito canónico administrasse as esmolas dos fiéis caiu mal no ânimo do Pároco de Santo Ildefonso, em cuja área de jurisdição a Capela fora fundada, o qual ameaçava exigir o seu direito de arrecadação e administração das esmolas. O resultado visível foi um certo afrouxamento do entusiasmo dos crentes que era visível no decorrer do ano de 1757, marcado, aliás, na cidade por tumultos e motins relacionados com os privilégios decorrentes da criação da Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, em Setembro de 1756. Mas as dúvidas e incertezas não obstaram a que os mesmos fieis descobrissem o caminho certo do futuro. O remédio: a criação da Irmandade e primeiros estatutos 5 Acrescente-se, no entanto, que a ideia da fundação do Seminário não morreu visto que, por alvará de 12 de Junho de 1792 Dª Maria I autorizou a abertura do dito estabelecimento. 4

De facto, perante a «decadência e a má reputação», um grupo de quase duas dezenas de leigos resolve partir em socorro do Fundador, requerendo ao Bispo provisão de erecção canónica da Irmandade de Nossa Senhora da Lapa, concedida em 23 de Junho e com estatutos confirmados a 5 de Julho de 1757. 6 A primeira Mesa Administrativa era composta por 18 individualidades que, por sua vez, nomearam 52 irmãos para cada um em sua semana receber as esmolas que a generosidade do povo entendia oferecer à Senhora da Lapa. O cargo honorário de topo, o de Director, foi concedido vitaliciamente ao Padre Sequeira. As funções executivas eram confiadas a um Presidente que no caso era o Senhor D. Lourenço de Amorim da Gama Lobo. Os Arquivos da Irmandade conservam o nome de todas as pessoas envolvidas não só na primeira Mesa como nas seguintes. Aliás, de todos os actos se fez assento, inclusive inventários de alfaias e objectos litúrgicos e livros de entradas de irmãos bem como livros de receitas e despesas, numa preocupação de grande transparência. A construção da Igreja A constituição da primeira Mesa Administrativa tornou mais fácil a concretização de um desejo que muito cedo havia conquistado adeptos: a construção de uma Igreja e de casas adjacentes para serviço da Irmandade. Aliás, corria a fama de que o P.e Ângelo havia lançado a primeira pedra da nova Igreja ás 8 da manhã do dia 17 de Julho de 1756, sem pompa nem solenidade. Se tal tradição é verdadeira, não parece que então a obra tenha passado disso, porquanto em 5 de Outubro de 1757 foi encomendado o risco ao Arquitecto Gonçalo Pereira que logo iniciou os trabalhos, vindo depois a interrompê-los por discordar do modo como a empreitada ia ser entregue. Mas o seu risco terá sido aproveitado pelo Padre Ângelo Sequeira para a construção de uma Capela de Nossa Senhora da Lapa, em Vila Viçosa, para onde se retirara compulsivamente o Governador do Bispado, D. João da Silva Ferreira, 7 com quem o Missionário parece ter mantido boa correspondência. Outro Arquitecto, João Clamer Strovel, continuou a obra da Lapa. Entretanto, movido pelo desejo de espalhar pelo Reino o culto a Nossa Senhora da Lapa e talvez de angariar fundos para a construção da Igreja, o Missionário pôs os pés ao caminho, dirigindo-se para Azurara, Vila do Conde, Esposende, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Braga, Guimarães, inscrevendo grande cópia de Irmãos e juntando uma boa ajuda pecuniária que entregou na Mesa Administrativa: 1.521$170 réis! Como o Missionário se fazia acompanhar de um livro para registo dos novos irmãos, e como alguns (talvez a totalidade) desses livros se encontram no Arquivo da Irmandade, mostra-se possível, se necessário, reconstituir esse périplo do Fundador e a expansão da Irmandade da Lapa pelo Norte de Portugal. Nem todos os dinheiros recolhidos se destinavam directamente às obras da construção. Pareceu importante às Mesas Administrativas garantir rendimentos certos para o que foi necessário fazer investimentos, para além dos 800$000 iniciais emprestados a juros, que aliás, por incúria, deixaram de ser cobrados. Os investimentos consistiram na colocação de mais de um conto de reis a juros e na construção de duas casas sobradadas 6 Estes primitivos estatutos felizmente ainda se conservam em muito bom estado e bem merecem ser publicados. 7 Ver FERREIRA, Cónego J. Augusto, Memorias Archeologico-historicas da Cidade do Porto (Fastos episcopaes e politicos), tomo II, Braga, 1924, p. 325. 5

“Enviai o Vosso Espírito, Senhor...” - Arquidiocese de Sorocaba
Advento: Preparar o Natal do Senhor - São Francisco de Assis
Informativo Semanal _ 562.pdf - PARóQUIA NOSSA SENHORA ...
Agosto de 2011 - Paróquia Nossa Senhora das Mercês
1 Ref ASSIM DIZ A IGREJA ASSIM DIZ O SENHOR ... - Tabernaculo
Irmandade do Senhor Bom Jesus dos Passos - CCHLA ...
as irmandades de nossa senhora do rosário e - Repositório da ...
Compromisso da Irmandade de Nossa Senhora da Lampadosa ...
Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte - UFRB
A Igreja de Nossa Senhora da Vitória Irmandade e Hospício (1530 ...
Irmandade do Glorioso Santo Eloy, 1795 - O Museu
As Irmandades mineiras de Nossa Senhora da Boa Morte
Um estudo sobre a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário da ...
Nossa Senhora da Pena, por Augusto Maurício
Arte colonial e mestiçagens no Brasil setecentista: irmandades
BOA MORTE A festa da irmandade - Facom - Universidade Federal ...
irmandades de homens pretos de goiana/pe - XI Congresso Luso ...
Festa da igreja para os padres, ea festa de Nossa Senhora do ...
Nossa Senhora da Lapa - Maria Mãe da Igreja
Capítulo V - Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição em ...
Exma. Senhora Dri' Helena Reis Marques - Hospitais da ...
HOSPITAL DE CARIDADE SENHOR BOM JESUS DOS PASSOS ...
Hospital Nossa Senhora do Rocio - Associação Médica do Paraná
Nossa Senhora do Bom Sucesso, por Augusto ... - Rememorarte
capela de nossa senhora da consolação - Câmara de Lobos
Aparição: No Brasil, Padre entrevista NOSSA SENHORA!
O pedido de Nosso Senhor e uma análise deste pedido
Informativo Julho - Paróquia (igreja) Nossa Senhora da Piedade