GUiaS e SedeS de - Mahle.com

gcY3FAu69S

GUiaS e SedeS de - Mahle.com

Esta edição do MAHLE Aftermarket news traz diversos

assuntos relevantes para o mercado. Para começar, logo

após nosso editorial, abrimos nossa edição com a matéria

de capa, sobre o lançamento de guias e sedes de válvulas,

que complementam nossa linha para o mercado de reposição.

A seguir, informações técnicas sobre causas de camisas

de cilindros erodidas (cavitação) e sobre suprimento

de ar puro, quando falamos sobre a importância e a cres-

Í N D I C E

n e w s

A F T E R M A R K E T

J O R N A L P A R A O S D I S T R I B U I D O R E S , L O J I S T A S , A P L I -

C A D O R E S E R E P A R A D O R E S D O S E T O R D E A U T O P E Ç A S

VÁlVUlaS

cHEGou o coMpLEMEnto QuE FALtAvA pArA nossA LinHA dE produtos,

2 EDITORIAL

Edvaldo R. S. de Souza, Gerente

Nacional de Vendas

3 PRODUTOS

Guias e sedes de válvulas

4 MAHLE MUNDO

Camisa de cilindro erodido:

causas do dano

6 MAHLE MUNDO

Suprimento de ar puro: filtros

para linha pesada

cente demanda por sistemas de filtros do ar voltados para

a para a linha pesada. No mercado nacional, nossas ações

no aftermarket estão devidamente registradas, como a cobertura

de convenções de vendas realizadas por nossos

parceiros comerciais, prêmios, curso de motores, visitas,

palestras, aniversário de cliente e competições esportivas

patrocinadas pela empresa, como o Campeonato Mundial

de Rafting.

GUiaS e SedeS de

coM divErsos ForMAtos E MAtEriAis E coM tEcnoLoGiA dE pontA.

9 EVENTOS

Campeonato Mundial

de Rafting

12 TREINAMENTO

Curso e palestras

Mais na pág. 3.

13 VISITAS

Clientes visitam nossas

instalações

16 EVENTOS

Orbid comemora

metas cumpridas

2/2007

www.mahle.com.br


editorial

Edvaldo R. S. de

Souza, Gerente

Nacional de

Vendas

Prezados leitores.

O Grupo MAHLE tem estado em evidência ultimamente por vários motivos,

como as aquisições que vem efetuando, seus lançamentos de produtos e

outras inovações. Essas aquisições têm se mostrado de representativa importância

para nossos clientes, quer pelos produtos fabricados por essas

empresas, quer por suas tecnologias e presença no mercado.

Com a aquisição da divisão de componentes para motor da Dana, particularmente

nossa divisão Aftermarket teve acesso a novos canais de

distribuição, se fortaleceu no mercado e agregou importante faturamento.

A aquisição do negócio de coletores de admissão da Siemens VDO contempla

inicialmente os clientes montadoras.

Outro importante projeto diz respeito à aquisição de dois fabricantes líderes

de mercado de válvulas na Argentina e na China, que contribuirão

com a nossa iniciativa contínua para ampliar nossa linha de válvulas para

motores na América do Sul e na Ásia e complementar nosso leque de

produtos na Europa.

No Brasil, o lançamento de guias e sedes de válvulas (matéria de capa

desta edição), complementa nossa linha para o mercado de reposição,

com o mesmo padrão de qualidade mundialmente reconhecido, com peças

projetadas e fabricadas nos mais diversos formatos, com materiais e

tecnologia de ponta.

n e w s

A F T E R M A R K E T

Devido à ampliação de nossa oferta de produtos, nossos clientes também

se beneficiam com o fortalecimento do Aftermarket MAHLE. O crescimento

continuado no setor de veículos comerciais, alimentado pela dinâmica da

economia mundial e aumento nas necessidades de transporte, demonstra a

importância crescente dos nossos produtos nesse setor.

Além da linha de componentes de motor, a MAHLE aumentou significativamente

o desenvolvimento de sistemas de filtração, fornecendo soluções

para filtragens adequadas, com qualidade de equipamento original.

Portanto, entendemos como nossa missão central desenvolver continuamente

nossas novas atividades, integrá-las à nossa rede, conquistar novos

clientes e permitir aos parceiros fazer parte desses progressos e sinergias.

Muito obrigado e até a próxima.

Edvaldo R. S. de Souza


VÁlVUlaS

GUiaS e SedeS de

cHEGou o coMpLEMEnto QuE FALtAvA pArA nossA LinHA dE produtos,

coM divErsos ForMAtos E MAtEriAis E coM tEcnoLoGiA dE pontA.

MAHLE: pAdrão MundiAL dE ExcELênciA

O Grupo MAHLE cria e fabrica produtos considerados padrões de excelência

nos mercados de todo o mundo. No Brasil, a empresa conta com sete fábricas,

um Centro de Tecnologia em São Paulo (SP) e um Centro de Distribuição

em Limeira (SP), que não medem esforços para atender a todo o mercado de

reposição nacional e do exterior.

Com essa estrutura, são disponibilizadas linhas completas de pistões, filtros

e válvulas, além de pistões com anéis, kits, bronzinas, camisas, anéis para

pistões, tuchos, engrenagens, juntas, eixos de comando e bielas.

o MáxiMo EM dEsEMpEnHo, rEsistênciA E durAbiLidAdE

tAMbéM nA LinHA dE váLvuLAs

der mundial em componentes de motores, o Grupo MAHLE disponibiliza no

mercado de reposição brasileiro a mais completa linha de válvulas.

Agora, complementando essa família de produtos, a MAHLE Metal Leve S.A.

lança suas guias e sedes de válvulas, mantendo o mesmo padrão de qualida-

n e w s

A F T E R M A R K E T

ProdUtoS

de mundialmente reconhecido. São peças projetadas e fabricadas nos mais

diversos formatos, com materiais e tecnologia de ponta.

O resultado é o máximo em desempenho, resistência e durabilidade para todas

as aplicações: desde as necessidades diárias do mercado de reposição

até os motores de competição dos grandes campeonatos mundiais.

Afinal, excelência, credibilidade e liderança tecnológica são as chaves para o

sucesso de uma empresa. São a melhoria e inovação contínua de produtos e

serviços que garantem a satisfação permanente dos clientes.

Agora, só falta espalhar a boa notícia. Porque bons motivos você tem de

sobra.


MaHle MUNdo

W A S S E R M A N T E L

ProFUNdaMeNte

erodido

CaVitaÇÃo eM CaMiSaS de CiliNdro

os reparadores de motores são continuamente confrontados com camisas de cilindro profundamente erodidas em sua superfície. o diagnóstico:

dano causado por cavitação – também chamado de “pitting”. Qual a causa desse dano? e o que seu cliente poder fazer para evitá-lo?

A F T E R M A R K E T

n e w s

4


Essas camisas de cilindro têm uma coisa em comum: todas elas são as chamadas

camisas “molhadas” (tipo WN), que têm o líquido refrigerante banhando-as

por fora durante a operação. Nessa solução construtiva, o calor

gerado pela combustão é retirado com eficácia e dissipado no intercambiador

de calor.

QuAL o AspEcto do dAno por cAvitAção?

Nesse tipo de dano pode se verificar que as cavidades serão encontradas

principalmente nas regiões do ponto morto superior e inferior do pistão. Quando

se encontra essas cavidades típicas, constata-se um dano por cavitação.

Um acúmulo de pequenas cavidades na área do bolsão de água – indicação de dano

por cavitação.

o QuE é ExAtAMEntE A cAvitAção? E coMo ELA é cAusAdA

nAs cAMisAs dE ciLindro?

Cavitação (lat. cavitare – tornar oco, ocar) descreve a formação de espaços

vazios em líquidos (de fluxo forte) e que na maioria das vezes se dissipam imediatamente.

Esse fenômeno é provocado pelas flutuações de pressão que, no

caso dos motores, são devidas aos movimentos do pistão. Essas vibrações

são transmitidas para a camisa de água circundante, que passará igualmente

a vibrar. Quando a parede do cilindro recua em um desses ciclos vibratórios,

forma-se um vácuo no líquido refrigerante e aparecem bolhas de vapor no

local. Quando o ciclo vibratório retorna, essas bolhas de vapor implodem e

detonam” átomos individuais para fora da superfície do cilindro: o resultado

será uma corrosão, com formação de cavidades.

coMo diFErEnciAr dAno por cAvitAção ou corrosão

norMAL

O dano por cavitação apresenta duas características distintas: as cavidades

são encontradas somente nos lugares de maior ou menor impacto na camisa

do cilindro. Essa parte oca (erosão) pode resultar na perfuração total da parede

da camisa – até que o líquido refrigerante penetre no cilindro. Além disso,

quando a superfície do cilindro apresenta um dano iniciado pela cavitação, o

caminho estará aberto para maiores oportunidades de um dano maior, por

cavitação, e também de corrosão.

Cárie na camisa de cilindro: depois de efetuado o corte da camisa, pode ser visto claramente

que as cavidades se alargam em direção ao interior.

ForMAção dE cAvidAdEs – QuAis As rAzõEs?

Proteção anticongelante insuficiente no líquido: a composição do líquido

de refrigeração constitui uma causa comum nos danos por cavitação. Em

muitos países do mundo os motores funcionam sem um agente anticongelante

na água de arrefecimento – ou o contêm em proporção insuficiente.

O anticongelante não apenas protege contra o congelamento, mas também

previne a corrosão do radiador e do motor, além de lubrificar a bomba de

água. Um agente anticongelante adequado influencia as características físi-

cas e químicas do líquido refrigerante – abaixa o ponto de congelamento do

refrigerante e eleva seu ponto de ebulição. Isso reduz a tendência de formação

de bolhas e, portanto, o risco de um dano por cavitação.

Vazamento no sistema de refrigeração / insuficiente função de sobrepressão:

sob condições normais de operação, forma-se uma sobrepressão

no sistema de refrigeração, que reduz a tendência de formação de bolhas

de vapor. No entanto, até uma tampa de radiador com vazamento pode

impedir a formação dessa sobrepressão – podendo resultar em um dano por

cavitação nas camisas de cilindro. Termostatos defeituosos ou acoplamentos

viscosos da hélice do radiador podem reduzir o nível de temperatura do

motor a tal ponto que a sobrepressão não poderá se desenvolver no sistema

de arrefecimento.

operação do motor na faixa inferior de temperatura: danos por cavitação

foram observados especialmente em motores que operam em faixas

inferiores de temperatura (50-70ºC). Em temperaturas mais elevadas (90-

100ºC), a pressão maior da água previne a cavitação vaporosa.

Produtos de qualidade inferior: camisas de cilindro de qualidade inferior,

que não podem ser fixadas corretamente ao bloco, devido a tolerâncias excessivas

de fabricação, se movimentarão no motor. O aumento de vibração

disso resultante, seguidamente, acaba em dano por cavitação. Materiais de

baixa qualidade também poderão causar esse dano.

consErto do Motor Após o dAno por cAvitAção – rEco-

MEndAçõEs práticAs

O diâmetro da sede da área inferior da camisa de cilindro não deve ser

retrabalhado quando a superfície estiver corroída – a não ser que camisas

com diâmetros de assentamento mais largos estiverem sendo usados.

É importantíssimo que a tolerância correta de montagem do pistão seja

observada – deve ser evitada recolocação de pistões já usados e o brunimento

da camisa não poderá resultar em diâmetro maior. Deve-se recondicionar

o cilindro até a sobremedida seguinte (e o pistão adequado deverá ser colocado)

ou um novo conjunto (kit) deverá ser montado.

É essencial que se use permanentemente o agente anticongelante para

a proteção contra a corrosão, conforme recomendado pelo fabricante do

motor – mesmo que os motores estejam sendo usados somente em regiões

quentes, sem possibilidade de geadas ou dentro de prédios (por exemplo,

acoplados a geradores). Especificações com relação aos intervalos de troca

e com relação a aditivos alternativos para certas regiões também deverãoser

observados.

A qualidade da água também é importante: não se recomenda o uso de

água destilada, fortemente alcalina ou ácida. Recomendamos a verificação

do sistema de refrigeração, dos termostatos e da hélice do radiador a intervalos

regulares. Deve-se procurar assegurar a manutenção da sobre-pressão

do sistema (se necessário, trocar a tampa do radiador).

prEvinA dAnos por cAvitAção coM coMponEntEs MAHLE

pArA Motor

Em estreita colaboração com os engenheiros da indústria automotiva, a

MAHLE desenvolve componentes do motor com um mínimo de suscetibilidade

por danos por cavitação.

A pré-condição para uma longa vida do motor sem cavitação reside no uso

de um pistão de funcionamento suave. A MAHLE otimiza a forma do pistão

já durante seu desenvolvimento – tanto em inúmeros testes seriados, como

no próprio motor. Como resultado, obtém-se um funcionamento suave e uma

geração minimizada de pulsações durante os contatos alternativos dentro do

cilindro.

As camisas de cilindro da MAHLE garantem funcionamento otimizado, vida

longa em serviço e confiabilidade no motor: a proteção mais importante contra

a cavitação em camisas de cilindro reside na minimização da transferência

de vibrações. Para isso as camisas de cilindro MAHLE são usinadas com máxima

precisão e mínima tolerância – a fim de garantir uma montagem livre de

vibrações no bloco do motor e, portanto, um funcionamento confiável durante

toda a vida útil do motor.

A F T E R M A R K E T

n e w s

MaHle MUNdo


MaHle MUNdo

SUPriMeNto

de ar PUro

o mercado de veículos comerciais está em ascensão. Conseqüentemente, também aumentam as perspectivas de venda de filtros do ar para

cabines em carretas, caminhões e veículos de construção. Sistemas de ar-condicionado com filtros adequados tornaram-se equipamento

padrão nos dias de hoje. No entanto, quando um veículo é operado com o filtro do ar da cabine entupido, haverá severas conseqüências para

os sistemas de aquecimento e de ar-condicionado. os intervalos de troca determinados pelos fabricantes dos veículos devem ser rigorosamente

observados. isso significa, em termos gerais: cerca de 12.000 a 15.000 km. Para uma carreta que percorre uma distância de 250.000

km por ano, a troca deveria se dar a cada 3 semanas.

A F T E R M A R K E T

n e w s


Alguns anos atrás apenas carros de passeio eram equipados com filtros do ar

para cabine, mas hoje não existe praticamente nenhum veículo comercial que não

esteja equipado com um filtro que protege o motorista do ar poluído que possa

entrar na cabine. E isso é um bom desenvolvimento. Sem filtros do ar para cabine,

os motoristas estariam sujeitos a concentrações de poluentes 6 vezes maiores do

que aquelas encontradas na estrada. Isso se dá principalmente devido ao assim

chamado “efeito túnel”, pois a descarga do veículo da frente é diretamente dirigida

ao interior do veículo de trás. Também gases irritantes, como ozônio, gases tóxicos

produzidos por fertilizantes e partículas da descarga de motores diesel, além de

outros irritantes, como pólen, e odores desagradáveis invadiriam diretamente o

interior da cabine, se não houvesse filtros. Filtros da cabine MAHLE e Knecht podem

ser adquiridos para absorção de partículas ou como combinados. Filtros de

partículas protegem contra pó fino, mas também contra pólen, poeira industrial e

outras partículas muito finas que podem atingir os pulmões. Além disso, filtros de

carvão ativado absorvem odores e gases e reduzem o ozônio em até 99%.

A EstruturA dos FiLtros do Ar pArA cAbinEs, coM cArvão

AtivAdo

Uma camada de grânulos especiais de carvão ativado é espremida entre duas

camadas de velo. Os odores desagradáveis ficam depositados nos poros do carvão

ativado – que consiste principalmente de carbono (em geral > 90%) com uma

estrutura extremamente porosa. Os poros se interconectam como uma esponja.

Dois gramas de carvão ativado equivalem mais ou menos à superfície de um

campo de futebol – um filtro padrão contém aproximadamente 200 g de carvão, e

portanto equivale a uma superfície de 100 campos de futebol.

FiLtros do Ar pArA cAbinEs: o Fino E o Grosso

Diferentemente dos veículos de passageiros, os veículos comerciais são muitas

vezes usados em ambientes com muita poeira, como locais de construção.

Seus filtros terão de eliminar não apenas as menores partículas da

cabine, mas também as maiores. Quanto mais fina a filtragem, mais sujeira

é removida – e tão mais rápida é a exaustão da capacidade de filtragem. Os

engenheiros de P&D precisam combinar a filtragem fina com uma longa vida

útil. Quando a carga de partículas grossas é muito alta, como no caso de

locais de construção e pedreiras, o filtro necessita ser trocado com maior freqüência

– ou deve haver uma forma de limpá-lo. Durante o desenvolvimento

do LA 43, a decisão tomada foi a favor da limpeza.

pArA cArGAs ExtrEMAs dE pArtÍcuLAs GrossAs: o FiLtro

MAHLE QuE podE sEr LiMpo

Quanto maior o grau de poluição, mais rapidamente o filtro estará entupido. Em

ambientes extremamente poeirentos, o filtro de ar da cabine poderá estar sujo em

questão de horas e o sistema de ventilação praticamente pára de funcionar. Para

essas situações extremas, a MAHLE desenvolveu o elemento de filtro LA 43, em

cooperação com a Mercedes-Benz. O filtro pode ser limpo batendo-se a sujeira

fora, manualmente, e é usado em equipamento original, nas versões de construção

civil dos modelos Actros e Actros II.

O projeto do filtro foi modificado para torná-lo resistente ao processo de limpeza,

que é necessário ser feito diversas vezes ao dia, quando ocorrem cargas pesadas

de poeira. Visto por fora, o filtro especial se diferencia dos outros filtros da cabine

MAHLE por sua construção mais robusta, com reforços laterais em alumínio e

módulos terminais feitos de plástico. A vedação otimizada é atingida através da assim

chamada localização de lâminas na placa final do velo e uma espuma plástica

que veda o conjunto. Uma tela metálica resistente à corrosão suporta e protege

os dois lados do velo do filtro. O elemento filtrante consiste de um velo sintético de

filtragem, que foi projetado para uma capacidade de retenção de poeira significativamente

maior, determinada pela sua aplicação.

O velo do LA 43 é suportado e protegido por uma malha nos dois lados.

1

O LA 43: desenho robusto com partes internas de plástico (1) a alumínio (2), assim como

a vedação com espuma (3).

intErvALos dE trocA: soMEntE uMA oriEntAção

Os filtros do ar de cabine estão localizados em geral à frente do sistema de

refrigeração do veículo ou do sistema de ar refrigerado, onde o ar poluído do

exterior é aspirado e soprado para o interior do veículo depois de limpo – isso

pode representar até 150 l de ar por segundo, quando o filtro trabalha em

condições otimizadas. Em filtros entupidos, esse volume de ar fica reduzido.

Isso poder ser verificado claramente quando apenas um volume limitado de

ar atinge o compartimento de passageiros, embora a ventilação esteja ligada

ao máximo (em caso de dúvida, uma verificação visual do filtro ajudará). Se o

filtro estiver entupido, está mais do que na hora da troca ou, em se tratando

do LA 43, da limpeza – independentemente da quilometragem coberta desde

a última vez. Se isso não for feito, danos custosos poderão ocorrer no sistema

de aquecimento e/ou no ar condicionado.

O processo de limpeza do LA 43 pode ser repetido até 80 vezes. Os testes

em laboratório e a prática mostraram que, mesmo depois de 80 procedimentos

de limpeza (batendo e soprando), as condições iniciais estavam quase

que novamente alcançadas. Depois disso, porém, o filtro deverá ser substituído,

pois sua eficácia poderá diminuir rapidamente.

ELiMinAndo A suJEirA: dicAs pArA A LiMpEzA do LA 43

Limpeza prévia: batendo-se o filtro numa superfície plana, a maior parte

da sujeira será eliminada.

Também para o LA 43, a orientação de montagem deve ser observada da mesma

forma como é feita para qualquer outro filtro.

Limpeza principal: havendo disponibilidade de ar comprimido, o filtro pode

ser soprado posteriormente. Isso somente deverá ser feito do lado limpo,

isso é, na direção oposta às flechas do quadro exterior (veja a figura).

Se for feito ao contrário, as partículas de poeira serão sopradas através do

material e a eficiência de absorção, especialmente das partículas menores,

será significativamente reduzida, inutilizando o filtro. A escolha da pressão

também é importante: para se obter uma longa vida do filtro e evitar

danos, a pressão de ar normalmente usada nas oficinas não deverá ser

aplicada. Recomenda-se menor pressão, em particular por respeito à vida

útil. Isso quer dizer: não coloque o bico de ar próximo demais do filtro, mas

mantenha-o a uma distância entre 10 e 15 cm e use uma pressão baixa de

ar (no máximo 0,5 bar\0.)

Se não houver ar comprimido à disposição, basta bater a poeira do filtro e,

na próxima oportunidade, limpá-lo com ar comprimido da forma descrita

acima. Quando o filtro for novamente instalado, observe as instruções corretas

de montagem – seguindo o sentido das flechas dos quadros laterais.

Nota: embora o filtro apresente uma construção robusta, ele deve ser verificado

quanto a danos antes de sua recolocação. Em caso de dúvida, deverá

ser trocado.

3

r e i n s e i t e

r o h s e i t e

2

A F T E R M A R K E T

n e w s

MaHle MUNdo

7


eVeNtoS

dPK

A Convenção de Vendas realizada pela DPK contou com a presença de gerentes

e coordenadores de vendas de todo o Brasil, que se reuniram para

uma série de atividades voltadas a vendas e capacitação.

Como parte das ações da convenção, Edvaldo R. S. de Souza (Gerente Nacional

de Vendas) e Humberto Canobre (Supervisor de Promoção) apresentaram,

respectivamente, palestras comercial e motivacional, a 37 gerentes e

coordenadores de vendas da DPK de todo o Brasil, que também visitaram o

nosso Centro de Distribuição, localizado em Limeira (SP), onde conheceram

um pouco de nossa logística.

Após as atividades, como evento de encerramento, todos participaram de um

animado churrasco de confraternização, durante o qual foi realizada a entrega

dos prêmios da campanha de vendas.

Aniversário

A F T E R M A R K E T

n e w s

8

Sama

A MAHLE Metal Leve S.A. homenageou a Sama Filial Presidente Prudente,

com a entrega de uma placa comemorativa pelo aniversário de 20 anos de

fundação.

A placa foi entregue por Emilson Sabatini (Inspetor de Vendas) a Paulo Caravina

(Coordenador de Vendas) e Luís Koiti (Gerente da Filial), profissionais que

representaram a empresa. Desejamos muito sucesso a toda a equipe.


BraSil É

CaMPeÃo MUNdial

de raFtiNG

A equipe brasileira Alaya Bozo D’Água, patrocinada pela MAHLE, foi medalha

de ouro no Campeonato Mundial de Rafting 2007, realizado em Inje, na Coréia

do Sul. A vitória foi muito comemorada, pois ocorreu depois de 20 horas de

vôo, 3 horas de estrada e 12 horas de diferença de fuso horário. Além de todos

os obstáculos mencionados, a equipe enfrentou atletas de ponta dos países

participantes do evento, realizado na capital do rafting coreano, onde 30

equipes masculinas e 13 femininas disputaram o Mundial, de 27/6 a 2/7/07.

Em um campeonato com organização impecável, a disputa foi de altíssimo

nível. No cômputo das três provas do esporte, levamos a medalha de ouro.

A pequena diferença de pontos entre os três primeiros colocados mostrou

o quanto foi dura a disputa: o Brasil totalizou 783 pontos (ouro na categoria

Sprint e quinto lugar na Slalom e na Descenso); a República Tcheca fez 781

pontos e o Japão, 778.

O título de Campeão Mundial de Rafting é inédito não apenas para o Brasil,

mas foi a primeira vez que um país do continente americano ganha o mundial.

O capitão da equipe, Lucas Core, declarou à imprensa internacional que era

um sonho realizado e que valeu a pena o treinamento muito duro durante todo

o ano para que isso acontecesse.

Jean-Claude Razel, manager da equipe, falou sobre o campeonato e as

adaptações necessárias por ser realizado em um país tão distante e cercado

de pessoas de culturas diversas. “O patrocínio da MAHLE foi fundamental

para a nossa participação. Sem ele, seria impossível custearmos as despesas

mais básicas, como transporte e alimentação da equipe. O rafting, além

de ser um esporte em ascensão, é uma atividade que exige muito de seus

praticantes, nas atitudes individuais e em equipe. Esses mesmos requisitos

servem de referência de comportamento nos mais diversos setores da vida,

onde o desempenho isolado e em grupo são determinantes para o sucesso

das ações de uma pessoa ou de uma empresa. No Brasil, a MAHLE já tem

usado a prática do esporte como parte do treinamento de sua equipe de

colaboradores”.

Além de campeão nas provas, outro título foi conquistado pelos brasileiros: o

de equipe mais alegre e simpática. “Na noite de boas-vindas, um churrasco foi

organizado pelos coreanos. Sem dúvida, participamos da festa com demons-

trações de atividades da cultura brasileira, como capoeira, música e danças

típicas. Em termos de animar a festa, também ficamos no topo do ranking

mundial! Mas como nosso foco era a concentração para o bom desempenho

nas provas, nossa primeira atividade na manhã seguinte foi adaptar nossa

alimentação ao diferente cardápio coreano. Depois nos voltamos inteiramente

para a logística do campeonato, equipamentos para a competição e tarefas

administrativas. No primeiro treino, conhecemos o rio que, infelizmente, estava

com pouquíssima água, devido ao atraso da monção. Isso deixou muitas

equipes nervosas e a organização, muito pressionada. Mas nos concentramos

então em regular o sono e a alimentação, para estarmos prontos para as

provas oficiais”, finaliza Jean-Claude.

O resultado não poderia ter sido melhor.

Parabéns à equipe: Jean-Claude Razel (Manager); Lucas Paulino da Silva

Core, Paulo Sergio Bertato Silveira, Fábio Ramos Lourenção, André Brandão,

Antônio José Salvatti, Samuel Barbosa de Almeida, Rafael Ribeiro da Cruz,

A F T E R M A R K E T

n e w s

9

eVeNtoS


CoNVeNÇÕeS

Moto PeÇaS

A F T E R M A R K E T

n e w s

real

A MAHLE Metal Leve S.A. parabeniza a Real Moto Peças pelos 45 anos de

atividades dedicados ao setor. Para comemorar o aniversário, a empresa

realizou um jantar de confraternização, que contou com a presença de seus

profissionais e de diretores de diversas indústrias fabricantes de autopeças

nacionais. Participamos do encontro, quando foi realizada a entrega de uma

placa comemorativa aos representantes da distribuidora presentes.

A entrega está registrada na foto acima, na qual aparecem representantes

da Real Moto Peças e da MAHLE Metal Leve S.A.: Carlos Genaro Duarte da

Costa (Inspetor de Vendas), Otayde Júnior, Rogério Gomide, Franco Nardi

(Supervisor de Vendas), Othaide Gomide, João Gomide, Humberto Canobre

(Supervisor de Promoção) e João Alberto.

10

Aproveitamos a oportunidade para registrar também a Convenção de Vendas

realizada em maio pela Filial Salvador. O evento teve como um de seus

principais objetivos a integração da equipe de vendas (formada pelos representantes

e televendas). A apresentação das novas tendências do mercado

também foi tema do encontro. Na ocasião, Humberto Canobre, que compareceu

representando a MAHLE Metal Leve no evento, ministrou uma palestra

motivacional, que atraiu a atenção a todos os presentes.

Na foto abaixo, à esquerda: João Henrique (Gerente Comercial Real Moto

Peças), Mariana Magnavita (Promotora de Vendas), Graça Gomide (Diretora

Real Moto Peças), Humberto Pixitelli de Oliveira (Inspetor de Vendas), Humberto

Canobre e André Moreira (Gerente Real Moto Peças Filial Salvador).


Pacaembu

Este ano, nosso cliente Pacaembu realizou sua tradicional convenção de vendas

no Hotel Refúgio Cheio de Mato, localizado em Mairiporã, no estado de

São Paulo.

Denominada Convenção de Planejamento Estratégico Pacaembu 2007, o

evento contou com a presença de aproximadamente 40 representantes da

diretoria e lideranças da Pacaembu, que tiveram a oportunidade de participar

de diversas atividades especialmente programadas para o evento.

Como parte integrante das ações planejadas para a convenção, um animado

jantar de confraternização reuniu a equipe da Pacaembu, fornecedores e

convidados, em uma noite de muita descontração e alegria.

Representando a MAHLE Metal Leve S.A., estiveram presentes Edvaldo R.

S. de Souza (Gerente Nacional de Vendas), Susana Gonçalves Ribeiro (Supervisora

de Vendas) e Humberto Canobre (Supervisor de Promoção), convidados

para participar da convenção.

Parabenizamos a equipe organizadora pelo sucesso do encontro e agradecemos

a possibilidade de participação e confraternização propiciada por

esse tipo de evento.

A F T E R M A R K E T

n e w s

CoNVeNÇÕeS

11


treiNaMeNto

CUrSo e PaleStraS

1 odApEL

Com a presença de 13 alunos, colaboradores da Odapel, foi realizado um

curso de motores no Centro de Treinamento de São Bernardo do Campo

(SP). Esse treinamento faz parte da estratégia da Odapel de formar sua

equipe de vendas dentro da empresa. Os funcionários da Logística são

incentivados a conhecer os produtos e a se aperfeiçoar em técnicas de

vendas, através de treinamentos e cursos voltados à área.

2 pAcAEMbu

A MAHLE Metal Leve S.A. organizou uma palestra técnica, realizada nas

dependências da Pacembu Ribeirão Preto, destinada aos 20 profissionais

participantes, ministrada por Márcio Kendi Imanisi (Engenheiro da Assistência

Técnica). Agradecemos a atenção de todos durante o encontro.

3 dpK cAMpinAs

Na DPK Campinas, Claudio Nogueira (Promotor de Vendas) ministrou

uma palestra motivacional, que reuniu 35 pessoas, profissionais do setor

na região.

4 sAMA LAGunA

A MAHLE Metal Leve S.A. ofereceu aos 80 participantes da Convenção de

Vendas da Distribuidora Automotiva Sama Laguna, filial Ribeirão Preto, um

café da manhã e uma palestra comercial, ministrada por Antonio Carlos

Bueno (Supervisor de Vendas). Na foto, da esquerda para a direita: Francisco

Henrique F. Gonçalves (Coordenador de Frotas), Wladimir José G.

Silva (Gerente Regional), Antonio Carlos Bueno (Supervisor de Vendas),

Alair Nadeo Jr. (Coordenador Sama), Roberto Catunda Neto (Coordenador

Laguna) e Marcelo Bassani (Inspetor de Vendas).

A F T E R M A R K E T

n e w s

1

3

6

1 2

4

7

5 dpA

A equipe de nosso distribuidor DPA, com 32 funcionários, teve a oportunidade

de assistir a uma palestra motivacional ministrada por Humberto

Canobre (Supervisor de Promoção), que contou com o apoio de Luciano

Ponzio da Silva (Inspetor de Vendas).

6 roni dA siLvA cHAvEs

Em maio realizamos uma palestra motivacional para toda a equipe de

vendas, estocagem e administrativo, em nosso distribuidor Roni da Silva

Chaves, com a presença de 42 funcionários. A palestra foi ministrada por

Josemar Ribas (Supervisor de Vendas) e contou com o apoio de Luciano

Ponzio da Silva (Inspetor de Vendas).

Agradecemos a atenção de todos durante o encontro.

7 roni cAxiAs do suL

Com o objetivo de levar informação a nossos clientes, realizamos em junho

uma palestra técnica em parceria com nosso distribuidor Roni da Silva

Chaves, em Caxias do Sul (RS), focando a linha diesel. O palestrante foi

Roberto Canassa (Supervisor de Assistência Técnica), com a colaboração

de Luciano Ponzio da Silva (Inspetor de vendas). Os 33 profissionais

da área que participaram do evento também foram prestigiados com um

churrasco.

8 EnGEpEçAs

Em Porto alegre (RS), foi realizada uma palestra técnica em parceria com

nosso parceiro Engepeças, com foco na linha diesel Caterpillar e Cummins.

O palestrante foi Roberto Canassa (Supervisor de Assistência Técnica),

com a colaboração de Luciano Ponzio da Silva (Inspetor de Vendas).

O encontro contou com a presença de 27 profissionais da área, que logo

após participaram de um coquetel de confraternização.

5

8


1 distribuidor

2 db

MotorALL

O Distribuidor Motorall enviou representantes, vindos da cidade de

Passos (MG), para conhecer nossas fábricas de pistões e filtros, em

Mogi Guaçu.

- distribuidorA brAsÍLiA

Enviados pela Distribuidora Brasília de Autopeças Ltda., os 45 participantes

do grupo foram acompanhados por Carlos Genaro, quando

visitaram nossas fábricas.

3 druGovicH

Claúdio Drugovich e Rubens K. Tranjan, respectivamente Diretor e Gerente

Nacional da Drugovich Distribuidora de Peças Ltda., visitaram

as nossas unidades de pistões e filtros e o Centro de Distribuição de

Limeira. Na ocasião, foram recepcionados por Claus Hoppen (Diretor

Presidente da MAHLE Metal Leve S.A.) e por Josemar Ribas (Supervisor

de Vendas).

4 rEtÍFicA

GrEMontEKE

A Retífica Gremonteke também enviou uma caravana com 40 integrantes,

vindos de Bebedouro (SP), para visitar nossas unidades de pistões

e filtros, em Mogi Guaçu.

5 dpK

Um grupo de 45 pessoas, composto pela equipe de vendas e clientes

da DPK Filial Rio de Janeiro, acompanhado da Promotora de Vendas

Leila Moreno, visitou nossas fábricas.

ViSitaS

1

2

3

4

3

5

A F T E R M A R K E T

n e w s

1

ViSitaS


eVeNtoS

A Convenção Nacional de Vendas da Distribuidora Automotiva S.A. (Sama e

Laguna), empresas do Grupo Comolatti, aconteceu este ano com a presença

da Presidência do Grupo e suas Diretorias, além de cada um dos Gerentes

das Filiais e das Regionais e dos Coordenadores de Vendas.

Durante a convenção foram premiadas as filiais de São Paulo, Belo Horizonte

e Ribeirão Preto, pelo desempenho alcançado e pela excelente performance

demonstrada durante o ano de 2006. Nos cinco dias de convenção, a empresa

contou com a efetiva participação de cada um dos diversos patrocinadores,

que prestigiaram o evento e estreitaram o relacionamento com as filiais

ali representadas.

Os participantes também tiveram contato com uma das primeiras ações referentes

às comemorações dos 50 anos de existência do Grupo Comolatti.

Claus Hoppen (Diretor Presidente da MAHLE Metal Leve S.A.) compareceu ao

Ribeirão Preto (SP).

A F T E R M A R K E T

n e w s

14

Campinas (SP).

GrUPo

CoMolatti

evento e entregou uma placa comemorativa pelo aniversário aos representantes

do grupo. Na ocasião, também foi entregue um brinde especial às filiais

pelo desempenho em 2006.

Aproveitamos a oportunidade para reiterar os parabéns a todos os participantes,

pelo sucesso da convenção e pelo merecido reconhecimento, alcançados

pelo desempenho dos vencedores nos diversos quesitos.

Prêmio Maiores e Melhores

A MAHLE Metal Leve S.A. parabenizou as filiais da Sama pelo recebimento do

Prêmio Maiores e Melhores, como Melhor Distribuidor de Linha Motor, com a

entrega de um troféu desenvolvido especialmente para essa finalidade.

Confira a seguir algumas fotos dos premiados.


Cuiabá (MT).

Ribeirão Preto (SP).

Ribeirão Preto (SP).

Ribeirão Preto (SP).

Fortaleza (CE).

São Paulo (SP).

Presidente Prudente (SP).

Contagem (MG).

A F T E R M A R K E T

n e w s

1

eVeNtoS


eVeNtoS

e X P e d i e N t e

orBid CoMeMora

MetaS CUMPridaS

No rio ParaNHaNaS

A campanha de vendas realizada em conjunto com nosso cliente Orbid, de

Porto Alegre (RS), visou incentivar a venda de nossa linha de filtros. O período

abrangido foi de 1 a 31/5/07.

Nem o frio de 9° C impediu a comemoração e confraternização pelos resultados

alcançados no cumprimento das metas estabelecidas. Como parte das

atividades, um prêmio radical: a descida do Rio Paranhanas, localizado no

Parque das Alarajeiras, na cidade de Três Coroas, também no Estado do Rio

Grande do Sul. A prática do rafting aconteceu no dia 9/6/07 e transcorreu em

clima de pura adrenalina entre as equipes.

Instaladas em dois botes, as equipes, formadas pelos vencedores da campanha,

tiveram a oportunidade de se divertir e ter muitas emoções. Participaram

MaHle Aftermarket news 2/2007

MaHle Aftermarket news é uma publicação externa do

Departamento de Marketing e Comunicação Corporativa

da MAHLE Metal Leve S.A.

Correspondência: Rodovia Limeira Mogi-Mirim, km 103

CEP: 13480-970 - Limeira - SP - Brasil

monica.massacani@br.mahle.com

www.mahle.com.br

Comitê editorial: Edvaldo R. S. de Souza, Roberto Hojo, Maria

Cristina Zanco Andrade, Mônica Andréia Magalhães Massacani,

Robson Rezende, Susana G. Ribeiro, Franco Nardi, Antonio Carlos

Bueno, Josemar Ribas e Sidney Oliveira

Coordenação: Departamento de Marketing e Comunicação Corporativa

redação: Luciana Kobayashi e Otavio Mazza de Andrade

Jornalista responsável: Sonia Rezende – MTb 17.401 – SP

Criação e Produção: Studiocasecom

Tels.: (11) 3034-5217 e 3812-2760 – São Paulo – SP

www.studiocasecom.com.br

A F T E R M A R K E T

n e w s

1

profissionais de compras, de vendas (internos e externos), televendas. Dentre

os participantes, destacamos a presença de José Trentin (Diretor de Compras

da Orbid) e Paulo Vinciguera (Gerente de Vendas da Filial Porto Alegre).

Para encerrar as atividades de tão agitado dia, nada mais natural que um

divertido e saboroso churrasco, tradição mais do que gaúcha, compartilhado

por todos.

Carlos Alberto Schneider (Inspetor de Vendas), representando a MAHLE Metal

Leve S.A., participou da descida e relatou as atividades: “Essa não é a primeira

vez que realizamos esse tipo de atividade com clientes. Mais do que uma

prática desportiva, o rafting exige envolvimento pessoal e do grupo, principalmente

nos aspectos de concentração, determinação, foco no objetivo e,

principalmente, sinergia para o trabalho em equipe, primordial para o sucesso

da empreitada. Todos apreciaram e já aguardam a próxima oportunidade para

novas emoções”, finaliza.

More magazines by this user
Similar magazines