Quero ser escritor!

pdfcdn.webcyrela.com.br

Quero ser escritor!

Quero ser

escritor!

Descubra tudo

sobre essa carreira

Vamos

contar

histórias?

+ CURIOSIDADES

ANO 2 EDIÇÃO 10 fEvErEIrO 2011

Super dicaS para

você cuidar bem

doS SeuS livroS

Viaje pelo mundo da literatura infantil

PASSATEMPOS muitas páginas de brincadeira


Quer embarcar em uma viagem pela

literatura infantil com a Cyrelinha?

Então encha a sua bagagem com muita

imaginação e prepare-se! A primeira

parada são os grandes escritores

que fizeram a história da literatura e

alguns de seus livros maravilhosos.

Tem Monteiro Lobato, Hans Christian

Andersen, Charles Perrault e muito

mais! Depois vamos rumo à profissão

de escritor: quem é esse profissional,

como é o trabalho dele? Descubra! O

próximo destino é o Divirta-se, em que

vamos ensiná-lo a fazer uma divertida

e inspiradora roda de contação de

histórias com os seus amiguinhos.

Também vamos dar dicas espertas de

como cuidar bem dos seus livros, essas

obras tão valiosas que merecem ser

preservadas para sempre. Por fim, os

passatempos que você adora cheio de

brincadeiras e desafios! Vamos lá? A

aventura começa nas próximas páginas.

DIRETOR-GERAL:

DIRETOR EDITORIAL:

DIRETOR-GERAL DE

ATEnDImEnTO:

DIRETOR fInAncEIRO:

COnTEúDO

REDAÇÃO

DIRETORA DE REDAçãO: JUliana saboia

REDATORA-chEfE: nathalia laviGne

PRODuçãO: daniele chiqUito

ATEnDImEnTO: pRiscila costa

PROjETO GRÁfIcO: alexandRe GUedes

Maykol aRancibia

PRODuçãO GRÁfIcA: séRGio h. alMeida

COlAbORADORES

TExTO: alana della nina

ILusTRAçõEs: chRis boRGes

ARTE: MaRiana nóbReGa

fOTOGRAfIA: tainá azeRedo

REvIsãO; Maitê casacchi

TRATAmEnTO DE ImAGEm: JUst layoUt

avenida mofarrej, 825 • vila leopoldina

são paUlo, sp • cep 05311-000

www.newcontent.coM.bR

cOORDEnAçãO-GERAL:

cOLAbORAçãO:

Giovanni Rivetti

RobeRto FeRes

Raphael alcântaRa

edoaRdo Rivetti

REAlIzAÇÃO

caRla FeRnandes

ManUela altoé vieiRa

mAnuELAv@cyRELA.cOm.bR

GabRiela ManFRedini

GAbRIELA.mAnfREDInI@cyRELA.cOm.bR

Capa ilustração: Chris Borges Pré-impressão e

impressão Igupe. Esta revista foi impressa em papel

couché 90 g/m 2 (miolo) e 170 g/m 2 (capa). Tiragem

9.500 exemplares. Todos os direitos reservados.

Os artigos assinados são de inteira responsabilidade

dos autores e não representam a opinião da revista,

da editora ou da Cyrela. A reprodução das matérias

e dos artigos somente será permitida se previamente

autorizada por escrito pela editora, com crédito da

fonte. Publicado em fevereiro de 2011.

Quem conta

um conto...

Junte os amigos

para muitas horas de

Contação de Histórias!

CURIOSIDADES

Senhores da

imaginação

Saiba quem são os grandes

mestres da literatura e

conheça as suas obras que

encantaram o mundo

Passatempos Respostas

Divirta-se com as brincadeiras que preparamos para você! Confira os resultados

dos passatempos

2 3

[1] CHriS borgES, [2 ] gEtty imagES, [3] Divulgação, [4] tainá azErEDo

PROFISSõES

Contador

de histórias

Sabe o que faz o escritor?

Conheça a vida desse

profissional das letras

8

DIVIRTA-SE

12

[2]

6

4

[1]

14

10 18

e

[3]

16

FAÇA VOCÊ MESMO

Patrimônio protegido

Dicas bacanas para você

cuidar bem dos seus livros.

E mais: ensinamos a fazer uma

capinha para conservá-los

18

[4]


Senhores da

imaginação

F

ábulas, contos de fadas, folclore... muitos

são os universos que povoam a literatura

infantil mundial. Entre videogames,

computadores, DVDs e outros brinquedos

modernos, o livro deve manter um lugar cativo

na sua estante. O motivo? Só uma boa história

consegue transportá-lo para um mundo cheio de

4

Monteiro Lobato

O criador da turma do Sítio do Pica-pau Amarelo é um dos mais

importantes escritores brasileiros. E, apesar das obras de sua autoria

serem antigas – Reinações de Narizinho, por exemplo, foi lançado em

1931 –, as histórias continuam encantando milhões de crianças no Brasil

e no mundo. Emília, Narizinho, Pedrinho, Dona Benta, Tia Nastácia,

Visconde de Sabugosa, Rabicó, entre outros, são personagens que

ficaram na memória da nossa literatura e permanecem divertindo e

emocionando várias gerações.

Conheça alguns

dos grandes nomes

da literatura e suas

respectivas obras –

que você não pode

deixar de ler!

personagens mágicos e enredos incríveis. Ler é

uma delícia e, se você não tem esse hábito, corra

já e pegue um livro.

Cyrelinha apresenta aqui alguns dos maiores

escritores de literatura infantil de todos os tempos

para inspirar você a mergulhar no maravilhoso

universo da leitura.

Algumas obras imperdíveis: Reinações de Narizinho, O Pica-pau

Amarelo, Caçadas de Pedrinho, Viagem ao Céu, O Minotauro,

A Reforma da Natureza, Emília no País da Gramática, A Chave do Tamanho

Charles Perrault

Chamado de Pai da Literatura Infantil, o francês Perrault, nascido

em 1628, em Paris, foi o criador do gênero literário conhecido

como conto de fadas. Muitas fábulas que renderam uma série de

desenhos animados famosos foram postas no papel por ele.

Algumas obras imperdíveis: Chapeuzinho Vermelho,

A Bela Adormecida, O Barba Azul, O Gato de Botas

Ziraldo

Escritor e cartunista, Ziraldo – cujo

nome é uma mistura do nome de sua

mãe, Zizinha, e de seu pai, Geraldo

– é o “pai” do personagem Menino

Maluquinho. O garotinho com a panela

na cabeça fez tanto sucesso que, além

de livro, virou desenho, quadrinho e

ganhou até um filme! Ziraldo também é

conhecido por suas charges engraçadas

e figura na lista dos prestigiados

escritores brasileiros.

Algumas obras imperdíveis:

O Menino Maluquinho, A Turma do

Pererê, Flicts, O Bichinho da Maçã,

O Menino Quadradinho

fOTOS: DIVuLGAçãO

Irmãos Grimm

Os irmãos alemães

Jacob e Wilhelm

Grimm, nascidos

em 1785 e 1786,

respectivamente, são

criadores de contos

que ajudaram a definir

a literatura infantil e

influenciam, até hoje,

muitas histórias. Eles

também escreveram suas

próprias versões das fábulas

de Perrault.

Algumas obras imperdíveis:

Branca de Neve,

João e Maria,

O Príncipe Sapo,

Rapunzel, Hansel e Gretel

Hans Christian

Andersen

Nascido no começo dos anos 1800, Andersen

foi um escritor dinamarquês que, assim como

os Irmãos Grimm, criou verdadeiros clássicos

da literatura. Ele é tão importante que hoje

existe até um prêmio com o seu nome, o

Prêmio Hans Christian Andersen, e a sua data

de nascimento, 2 de abril, tornou-se o Dia

Internacional do Livro Infanto-Juvenil.

Algumas obras

imperdíveis:

O Pequeno

Polegar, O Valente

Soldadinho de

Chumbo, O Patinho

Feio, O Rouxinol,

O Caracol e a

Roseira


e

p

M

G

r

p

M

G

a

M

Z

M

M

a

G

S

a

I

c

V

I

k

t l O V b q e r H l a D O p D

b a J c b u M D D e M I N ó J

í M O N t e I r O l O b a t O

c l b f N N r a M O J e t q k

q b I G e a M O r e p I l f e

N S q a c X D O a a H O u l M

D p N Z a l H D Z Ç e S a t p

O N c e a t J a l e N a r

p b a r b a a Z u l e l r

H ô

f u

D p I Z a à H D Z Ç e S e t p

e Z t k O b p e O D b J p M O

Caça-palavras

Encontre, no diagrama acima, algumas palavras relacionadas à matéria

que você acabou de ler - são nomes de escritores e personagens!

Dica: são 5 no total e estão em todas as direções

Labirinto

Ajude a menina ao lado a chegar até os

livros evitando os ácaros – um tipo de

carrapato que os destrói

6 7


Quem conta

um conto...

L

er um livro já é uma viagem incrível. Mas

compartilhar essa experiência com os

amigos pode ser realmente inesquecível.

A ideia é juntar a turminha em um lugar

tranquilo e brincar de contar histórias. Isso mesmo!

Saiba que a contação de histórias é uma atividade

comum em escolas e serve para incentivar a leitura.

E funciona! Além de despertar o interesse pelo

Se diverte e aprende

com a turma!

Cyrelinha ensina

a fazer uma roda

de contação de

histórias bem legal

universo da literatura, ainda ajuda a desenvolver

a atenção, a imaginação e a comunicação. Afinal,

ao narrar textos em voz alta, você aprende a falar

ainda melhor e vence a timidez.

Para entrar na onda, Cyrelinha dá dicas de

como criar a roda e deixar a imaginação de

vocês, acompanhada de bons livros, tomar

conta da brincadeira! Vamos lá?

Passo a passo da contação de histórias

1

Junte os amigos

Chame os coleguinhas e divida com

eles a ideia de ler um livro em voz alta.

2

Escolha um lugar

Pode ser o quarto, a sala, o pátio

do colégio, o salão do condomínio.

O importante é ter espaço de sobra,

tranquilidade e liberdade para vocês

brincarem a vontade.

3Selecione os livros

Você deve lembrar de histórias que

adoraria dividir com os amigos, não

é mesmo? Eles também. Mas lembre-se

que devem ser livros curtos e empolgantes.

Se a narrativa for muito longa, a brincadeira

pode ficar cansativa.

4

Hora de brincar!

Agora todos devem se unir,

mostrar os livros que têm e, juntos,

escolher a ordem de leitura. Todos terão

a sua vez!

5

O leitor

Vocês devem eleger alguém para

iniciar a leitura. Podem escolher

apenas um amiguinho para narrar todo o

livro ou dividir os capítulos entre a turma.

Uma dica interessante: se você for o

eleito, lembre-se de ler com empolgação.

Siga o ritmo do livro, recriando as

emoções, como suspense, raiva, alegria,

tristeza etc. Não se esqueça de dar ênfase

nas passagens mais interessantes para

atrair a atenção de todos os ouvintes.

6 Silêncio!

Todos devem prestar

atenção à história para

não interromper a leitura.

Assim, ninguém quebra o

clima da brincadeira.

7Discussão

em grupo

É legal a turma também

definir um momento para

discutir o livro – pode ser

no final da contação ou a

cada término de capítulo, por

exemplo.

8

Próxima vez

Se vocês não conseguiram

terminar o livro ou decidiram ler

outros, é só marcar um novo encontro

e continuar de onde pararam. Para

não esquecer de nada, vale refrescar a

memória comentando sobre a história

antes de começar a ler de novo.

9

Novos amiguinhos

Se a turma aumentar entre

um encontro e outro, não

tem problema! Eles devem ler o livro

da vez até a parte em que vocês

pararam.

10 atividade rolar e aproveitar

Ler, ouvir e imaginar

Agora é só deixar a

a história, imaginando o enredo, os

cenários, os personagens... Essa

brincadeira não tem hora para acabar

e não tem contraindicações.

Boa leitura!

As crianças

do condomínio

Horizontes,

da Cyrela, podem

se reunir na

brinquedoteca para

contar as suas

histórias

8 9

[1] gETTy IMAgES

[1]


Olho vivo

No meio da contação de histórias,

alguns objetos foram perdidos. Vamos

ajudar as crianças a encontrá-los?

Eles estão no destaque

10 11


Contador

de histórias

[1]

I

Saiba o que faz

o escritor, esse

profissional

que encanta

pessoas de

todas as idades

magine poder trabalhar

com histórias, narrar contos

para várias pessoas,

difundir ideias, apresentar

personagens e mundos incríveis

para leitores apaixonados. isso é

o que faz o escritor.

Esses profissionais

costumam ser pessoas bem

estudadas, que tiveram outras

carreiras antes de se aventurar

no universo dos livros.

O trabalho do escritor é

uma profissão informal, sem

mercado definido. Não existe

uma formação específica para

a área, mas a maioria das

pessoas que escreve costuma

ser formada em letras ou

jornalismo. Não é uma regra,

claro. Há também quem resolva

escrever sobre um assunto que

domine: psicólogos, advogados

e administradores podem criar

obras que tenham a ver com a

sua área de atuação, com base

na experiência e conhecimento

que eles têm.

A formação pessoal,

a bagagem cultural, as

experiências de vida são tão

importantes quanto a faculdade

que você vai cursar se decidir

seguir essa carreira.

O processo criativo de um

escritor é algo muito particular

e, mesmo com algumas regras

básicas de desenvolvimento

de texto, a sua personalidade e

o seu estilo de vida vão definir

bastante o tipo de contador

de histórias que você vai ser.

Detalhe: é muito importante

gostar de ler jornais, revistas e

tudo o que cair nas suas mãos.

12 13

[1] getty images

Para ser um bom escritor, você precisa:

• Ler muito. Devorar livros, revistas e

jornais é essencial para criar um enorme

repertório de vocabulário e ideias. Afinal, as

palavras são a principal ferramenta desse

profissional. Então, o importante é cultivar o

hábito da leitura desde cedo.

• Ser criativo. inventar histórias

demanda uma dose extra de

imaginação. Apesar de a leitura ser uma

necessidade constante e ajudar muito

no desenvolvimento de um enredo, a

criatividade deve ser um talento natural do

escritor em potencial.

• Ser diScipLinado. escrever um livro é

um processo longo e, muitas vezes, lento,

mas o mercado literário não estabelece

prazos para a entrega de um original.

Então, por mais livre que a criação de

um livro possa parecer, é preciso ser

organizado e definir um esquema de

Escrevendo na prática

O mercado de livros, tanto

no Brasil como no exterior, não

é nada fácil. até a carreira de

escritor acontecer de verdade,

muitos profissionais investem

em outras ocupações paralelas,

geralmente envolvidas com

texto, como jornalismo e

publicidade, por exemplo.

Então, se o seu sonho

realmente é ser um escritor

de sucesso, não desista dele!

invista seu tempo nos estudos,

Dicas para quem quer seguir a carreira

na leitura, nas atividades

culturais e comece desde já a

criar as suas próprias histórias.

escreva e mostre para seus

pais, depois para os amiguinhos

e, por que não para a professora

da escola? Todos vão poder dar

dicas preciosas da realidade da

área para que você possa se

planejar melhor. Portanto, antes

de escrever livros, pense em

outras atividades relacionadas

às letras para traçar uma

carreira brilhante.

trabalho que funcione, prático mesmo

– como, por exemplo, escrever dois

capítulos por dia e determinar uma data

de finalização, com tempo para releitura e

possíveis alterações.

• Saber Lidar com momentoS

difíceiS. todo escritor está sujeito aos

famosos “bloqueios”, aquela fase em que

nenhuma boa ideia vem à cabeça e a

história parece não ter mais sentido.

É preciso ter calma, dar um tempo antes

de voltar ao papel e buscar inspiração

em outros lugares.

• Ser metódico e objetivo. apesar

de ser uma profissão que lida com a

imaginação e a criatividade, escrever

também envolve aspectos práticos. É

preciso ter uma história bem amarrada,

com começo, meio e fim. Saber com qual

público vai falar, qual mensagem pretende

passar e, claro, ter um texto conciso, com

português correto na ponta da língua.


Escritor da vez

Depois de ler o que este profissional

faz, que tal começar a treinar e criar a

sua própria história?

Vamos

colorir?

14 15


Patrimônio

protegido

Aprenda a encapar seus

livros para que eles durem

muitos e muitos anos

A

s histórias são eternas. E para que possam

passar de geração a geração, é preciso

cuidar bem delas, certo? A Cyrelinha dá

dicas importantes para você manter os seus

livros sempre novinhos e conservados.

Confira:

• Separe um espaço especial para guardar os

livros. O ideal é que seja ventilado e longe do sol.

• De vez em quando pegue alguns livros antigos

e dê uma folheada para arejá-los.

• Utilize marcadores de página adequados.

Não use clipes nem outros materiais que possam

estragar o papel. Apesar de a orelha também ter a

função de marcador de página, o ideal é não usá-la,

pois pode deformar a capa.

• Lave sempre as mãos antes de manusear um

livro. E depois também.

Encape o seu livro!

Copie o nosso passo a

passo e crie capinhas para

as suas obras

Você vai precisar de:

papel contact da cor de sua

preferência

tesoura sem ponta

régua

etiqueta

caneta

cartolinas coloridas

• Procure não comer ou beber enquanto estiver

lendo, para evitar acidentes.

• Resista à vontade de lamber a ponta dos

dedos para virar as páginas. Isso acaba estragando

as pontinhas do livro.

• De tempos em tempos, separe todas as obras

e limpe-as com um pano seco. Aproveite e passe

um pano úmido na estante.

• Procure não deixar os livros encostados na

parede, que pode passar umidade para as obras.

• Não esprema os exemplares uns nos outros

na prateleira. Os livros devem ficar folgados

para que não se danifiquem na hora em que

forem retirados.

• Não guarde os livros em caixas ou sacos

plásticos. As publicações também precisam respirar!

• Nunca jogue um livro fora. Sempre tem alguém

que vai querer vê-lo.

1 Corte um pedaço de papel contact 2cm maior do o que o seu

livro, para poder dobrar as pontas

2 Descole as pontinhas

e cole o papel adesivo

na capa e contracapa

5 6

Corte os quadradinhos

do canto e cole a sobra do

adesivo na parte interna do livro

Desenrole-o lentamente.

Passe a régua durante o

processo para evitar bolhas

Seu livro está pronto para

ser manuseado com segurança.

Parabéns!

Corte dois retângulos na

lombada do livro para

conseguir dobrar as 4 partes

16 17

Dica:

Você pode

repetir o

procedimento em

todos os seus livros e

usar cores diferentes.

Assim, sua estante

fica bem bonita!

fotos: taiNá azeReDO produção: DaNieLe chiqUitO

3

4

7 Cole uma etiqueta no

canto e escreva o seu

nome, número e série da escola.

No Spazio

Bambini, do

condomínio Portale

Mattino, do Luzes da

Mooca, da Cyrela, tem

espaço de sobra para

juntar os amigos e

produzir muitas

capinhas


7 Erros

Vamos encontrar as

diferenças entre as cenas?

Preste atenção: elas são

bem pequenas!

7 erros

Labirinto Olho vivo

Caça-palavras

Marcador

de página

Você já aprendeu como encapar e

preservar o seu livro. Agora, a Cyrelinha

dá de presente dois marcadores de

página para ninguém perder o pé da

história. É só cortar e usar!

18 19


Av. Juscelino Kubitschek, 1455, 3º andar – Itaim Bibi – CEP 04543-011 – São Paulo – SP – Relacionamento com o cliente 08000-145656

More magazines by this user
Similar magazines