O que é o detergente?

anilact.com

O que é o detergente?

HIGIENIZAÇÃO DAS

INSTALAÇÕES


Importância das operações de

limpeza e desinfecção

- Alteração do produto: produto:

sabor, odor, odor,

estabilidade, estabilidade,

etc...

- Intoxicações.

Intoxicações.

- Perdas de imagem e aceitação. aceitação.

- Perdas económicas.


Água


O papel da água

Primeira fonte de detergência deterg ncia;

Veículo Ve culo de transporte de:

▪ Detergente

▪ Sujidade

▪ Desinfectante


Características da água

Cor

A cor da água geralmente é devida à presença

de matéria orgânica dissolvida, em suspensão ou

presença de iões metálicos (ferro e manganês) manganês

pH


Dureza da água


Efeitos de uma Água Dura

Consumo adicional de detergente;

A cadeia orgânica, reage com o detergente

precipitando e perdendo assim as suas

propriedades emulsionantes;

Não se formará espuma até que toda a dureza

tenha sido removida;

O precipitado formado deposita-se deposita se nas

tubagens, nos equipamentos, etc.


Exemplos:

Classificação da dureza da água

Tipo Ppm de CaCO3

Macia 0-60 60

Média 60-120 60 120

Dura 120-180 120 180

Muito dura Acima de 180

Lisboa 120 – 150 ppm

Algarve > 250 ppm


Sujidade


O que é a sujidade?

R. Matéria fora do sítio.


Tipos de sujidade

Orgânica

(gorduras, proteínas, açucares,...)

Inorgânica

(cálcio, magnésio, óxidos metálicos, resíduos

de detergentes,...)

Microbiológica

(bactérias, leveduras,...)


Detergente


O que é o detergente?

Produto que quando adicionado à água aumenta

o seu poder de limpeza, facilitando a eliminação

da sujidade nas superfícies.


Requisitos de um detergente

Penetração rápida nas sujidades;

Capaz de manter sujidade em solução/

suspensão;

Fácil de enxaguar;

Compatível com os materiais a limpar (não

pode ser corrosivo);

Biodegradável.

Biodegradável


Formulação de detergentes

Sequestrantes

- inibem a dureza da água (EDTA, Gluconatos, Gluconatos,

fosfatos,…);

Tensioactivos (baixam a tensão superficial);

Inibidores de corrosão

( metasilicatos de sódio);

Cloro (desinfecção, remoção de proteínas).


Tensioactivos

Surfactantes (SURFace SURFace ACTive AgeNT) AgeNT)

:

moléculas constituídas por um grupo

hidrofilico (Water Water loving) loving)

e outro hidrofóbico

(Water Water hating/oil hating oil loving)

loving


Como actua o detergente ?

Molécula de detergente

Pólo hidrófobo Pólo hidrófilo

Água em contacto com

moléculas de detergente


Como actua o detergente ?

Água + Detergente

Água + Detergente

+

Sujidade


Como actua o detergente ?

A cauda da molécula

de detergente liga-se liga se

à sujidade. sujidade

A sujidade é retirada

da superfície


Tensioactivos:

Tensioactivos:

importância da

tensão superficial

Detergente com alta

tensão superficial

Detergente com baixa

tensão superficial


Função dos tensioactivos

Um tensioactivo, surfactante ou agente

molhante diminui a tensão superficial de uma

solução;

Aumentam o poder penetrante nas fissuras;

Proporcionam detergência.

detergência


Tipos de detergentes

ÁCIDOS

NEUTROS

ALCALINOS


0

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

pH

Fortemente ácido

Ligeiramente ácido

Ligeiramente alcalino

Fortemente alcalino

ÁCIDO

NEUTRO

ALCALINO


0

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

CERVEJA

SALIVA

LEITE

pH

SUCO GÁSTRICO

COCA-COLA

SABÃO


Detergentes ácidos

São adequados para a remoção de filmes

minerais. minerais.

Muito eficaz para hidratos de

carbono de peso molecular baixo e sais

inorgánicos (cálcario cálcario, , óxidos metálicos,

resíduos de detergentes,...)


Detergentes ácidos

Ácido fosfórico: fosfórico:

propriedades detergentes,

eliminação de resíduos inorgánicos, não

apresentam problemas de ataque a materiais. materiais

Ácido sulfúrico e ácido nítrico: nítrico:

eliminação de

resíduos inorgánicos, apresentam problemas de

ataque a materiais em função da conc. conc.

e/ou e/ ou Tempª. Tempª

Ácido cítrico, metano sulfónico: sulfónico:

ácidos de nova

geração compativeis com materiais e com o meio

ambiente. Eliminação de resíduos inorgánicos.


Detergentes neutros

Os produtos neutros são utilizados em dois

tipos de aplicações preferencialmente:

preferencialmente

Limpezas manuais

Limpeza de materiais “sensíveis”

Um tipo especial de detergentes neutros são

os produtos enzimáticos.


Detergentes alcalinos

Adequado para a eliminação de hidratos de

carbono de peso molecular alto. Muito bom

para a eliminação de proteínas, carbohidratos

de baixo peso molecular, gorduras e açucares.

açucares


DETERGENTE vs SUJIDADE

Alcalinos Acidos Oxidantes Tensioactivos Complexantes

Proteínas Muito bom adequado em casos

especiais

Gorduras Muito bom Não

adequado

Sais

inorgánicos

Não

adequado

em casos

especiais

adequado em casos

especiais

Muito bom Sem efeito

Muito bom Sem efeito Sem efeito bom


Desinfectantes


O que é o desinfectante?

Garantir a destruição total dos microorganismos

patogénicos e a diminuição dos não patogénicos

a uma quantidade que não possa influenciar de

maneira prejudicial a qualidade dos produtos.


Desinfectantes usuais

Oxidantes Não oxidantes

Cloro Peróxidos

Quaternários de

amónio

Iodo Ác. Ác.

Paracético Anfotéricos

Aniónicos


Crescimento bacteriano

1 bacteria

1/2 hora 2 bacterias

1 hora 4 bacterias

1 1/2 horas 8 bacterias

5 horas 2.048 bacterias

6 horas 8.192 bacterias

24 horas 280.000.000 bacterias


Limpeza


LIMPEZA

Conjunto de operações destinadas a eliminar a

sujidade existente numa superfície, sem a

modificar.

Preparação das instalações produtivas para o

ciclo seguinte de produção.


Quando está uma superfície limpa?

Não o existem depósitos dep sitos visíveis; vis veis;

Quando se passa um pano branco na superfície superf cie e

não o há h descoloraçã descoloração;

o;

Sem cheiro.


Processo de limpeza

Preparação da área e remoção de alimentos e

embalagens;

Pré-limpeza Pré limpeza (remoção das sujidades soltas);

Pré-enxaguamento;

Pré enxaguamento;

Enxaguamento;


Factores dos processos de

limpeza e desinfecção


Métodos de Limpeza


Manual

Alta pressão

Espuma e gel

CIP

Métodos de limpeza


Pouco sofisticado

Manual

Necessita muita mão-de mão de-obra obra

Resultados variáveis


Equipamento caro

Alta pressão

Risco para o equipamento a ser limpo

Risco para o operador

Não é muito eficaz


Camada fina

Espuma

Correcta mistura dos componentes

Tempo de contacto

Acção quimica


Espuma

Visível

Sem formação de aerossóis

Pouca mão-de mão de-obra obra

Sujidades médias

Tempo de contacto: 10-15min 10 15min

Concentrações: 2-5% 2 5%

Enxaguamento fácil


Evoluçã Evolução

o da espuma

Gel

Maior tempo de contacto ( >30mn)

Sujidades mais difíceis dif ceis

Enxaguamento mais fácil cil


Planos de higiene


Realização do plano de higiene

Indicação das áreas a higienizar; higienizar

Identificação do material a higienizar; higienizar

Frequência;

Produto(s);

Dosagem;

Equipamento necessário;

Método de limpeza;

Formação;

Implementação


Resíduos Típicos:

Gorduras e proteínas

Informações Gerais:

Remova todos os resíduos grosseiros das

superfícies a higienizar. Prepare as

soluções de higiene e utilize de acordo

com o recomendado.

Área:

Zona de

preperação

de queijo

Método de Limpeza: Através de equipamento de aplicação de espuma

Procedimentos

Pré – enxaguamento

Limpeza alcalina

Diária

Enxaguamento

intermédio

Desinfecção

Diária

Enxaguamento final

Limpeza ácida

Mensal

Agente/

Condições

Água

T: 50ºC

P3- Topax 66

C: 2-3%

T: 50ºC

T-C: 15 minutos

Água

T: 50ºC

P3- Topax 99

C: 1-2%

T: 50ºC

T-C: 30 minutos

Água

T: 50ºC

P3- Topax 56

C: 2-3%

T: 50ºC

T-C: 15 minutos

Aplicação:

Limpeza e desinfecção de

paredes, pavimentos, mesas,

máquinas de corte de queijo.

Notas

Enxaguar todas as superfícies,

armários e loiças para a remoção

primária dos resíduos.

P3 Topax 66 para a remoção de

depósitos orgânicos de gordura e

proteína. Cobrir com espuma todas

as superfícies, armários e loiças a

higienizar. Auxiliar com acção

mecânica todos os pontos críticos.

Enxaguar sempre após utilização de

uma solução de higiene. Remoção

total dos resíduos químicos.

Desinfectante de largo espectro.

Deixar actuar de preferência durante

a noite e/ou fim-de-semana. Alternar

temporariamente com P3-Topactive

DES, prevenindo habituações.

Enxaguar sempre após utilização de

uma solução de higiene. Remoção

total dos resíduos químicos.

P3 Topax 56 para a remoção de

depósitos minerais (calcário).

Enxaguar após utilização.


Obrigado

More magazines by this user
Similar magazines