Download

acquacon.com.br

Download

X Simpósio de Recursos Hídricos

do Nordeste

INFLUÊNCIA DA PISCICULTURA INTENSIVA NA DINÂMICA FÍSICA E

QUÍMICA E NO FITOPLÂNCTON EM UM RESERVATÓRIO DE

ABASTECIMENTO COM DIFERENTES VOLUMES DE ÁGUA

ACUMULADO

Suzana Marinho Souto Lima; Patrícia Silva Cruz; Talita Araújo Dias; Sara

Leilane Paiva Vanderlei; Luciana Gomes Barbosa; José Etham Barbosa; Célia

Regina Diniz; Beatriz Susana Ovruski de Ceballos


Reservatórios de

acumulação

Introdução

Abastecimento

humano, geração de

energia e irrigação

Instalação de projetos

de piscicultura em

tanques‐rede

Usos múltiplos

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


O projeto de piscicultura em tanques rede

Aprox. 150 tanques

rede

Volume: 5m 3

tilápia do nilo ‐Oreochromis niloticus

136 peixes 500 gramas cada

Produção média de até

272 toneladas por ano

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


Implicações

diminuição na concentração de

oxigênio dissolvido

liberação de amônia

florescimento de cianobactérias

(toxigenicas, bioacumulação, morte)

Alteração da qualidade da água

Risco a saúde pública

Problemas nas estações de tratamento de água

Eventos de morte

massiva de peixes

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


Objetivo

Avaliar a qualidade da água do reservatório Várzea

Grande destinado a abastecimento público

(população: 20.000p)sob impacto da piscicultura

intensiva

Estudar a diversidade de cianobactérias e algas,

com diferentes volumes de água

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


Área de estudo

Metodologia

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


Amostragens

Pontos de amostragem

Período: dezembro/07 – maio/08

Procedimento

Garrafa de Van

Dorn (5 litros)

Disco de Secchi

E1.1 = 100% luz

E1.2 = 50% luz

E1.3 = 1% luz

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


Variáveis limnológicas

Variáveis Método

Transparência Disco de Secchi.

Temperatura Termômetro INCOTERM 2309.

pH Tecnal TEC3MPpV:9VDC .

Oxigênio dissolvido Winkler – Golterman et al., 1978.

Condutividade elétrica Condutivimetro Lutron 4303.

Fósforo total APHA, 1998.

Clorofila‐a Lorenzen, 1967 descrita em Arar, 1997.

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


Análise da comunidade fitoplanctônica;

Qualitativa

Identificação

Quantitativa

(Uthermöhl, 1958 –Ross, 1979)

Dados hidrológicos e meteorológicos

Disponibilizados pela AESA ‐ PB

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


m 3 (10 6 )

6 8

10

12

16

14

18

20

0 24

dez/07

Jan/08

fev/08

Resultados

Precipitação pluviométrica e volume acumulado

Volume Precipitação pluviométrica

mar/08

abr/08

mai/08

jun/08

jul/08

ago/08

set/08

out/08

nov/08

dez/08

350

300

250

200

150

100

50

0

(mm)

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


Transparência

Variáveis Limnológicas

V1 V2

Transparência (em barras) e coeficiente de atenuação de luz (em linhas), no período de dezembro/07–maio/08

no reservatório Várzea Grande, PB.

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


E1

% de Luz

E2

% de Luz

E3

% de Luz

Dez/07 Jan/08 Fev/08 Mar/08 Abr/08 Mai/08

100%

50%

0%

TEMPERATURA- ESTAÇÃO 1

Dez/07 Jan/08 Fev/08 Mar/08 Abr/08 Mai/08

100%

50%

0%

TEMPERATURA- ESTAÇÃO 2

Dez/07 Jan/08 Fev/08 Mar/08 Abr/08 Mai/08

100%

50%

0%

Temperatura O.D.

TEMPERATURA- ESTAÇÃO-3

30.00

29.50

29.00

28.50

28.00

27.50

27.00

26.50

26.00

25.50

25.00

24.50

24.00

23.50

23.00

E1

E2

E3


E1

E2

E3

pH C.E.

E1

E2

E3


E1

E2

E3

P. total Clorofila a

E1

E2

E3


N° de táxons (%)

Relação da qualidade da água com o volume acumulado e

a diversidade do fitoplâncton

60%

50%

40%

30%

20%

10%

0%

Volume 1 Volume 2

Menor volume Maior volume

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


Ind.ml‐1

Variação temporal da densidade das classes

60.000

50.000

40.000

30.000

20.000

10.000

0

EUGLENOPHYCEAE

ZYGNAMAPHYCEAE

BACCILARIOPHYCEAE

CHLOROPHYCEAE

CYANOPHYCEAE

dez/07 jan/08 fev/08 mar/08 abr/08 mai/08

V1 V2

Menor volume Maior volume

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


Ind.ml ‐1

Espécies dominantes de cianobactérias

50.000

40.000

30.000

20.000

10.000

0

Dez. Jan. Fev. Mar. Abr. Mai.

Cylindrospermopsis raciborskii

Aphanizomenom sp

Planktothix agardhii

Geitherinema sp

Pseudanabaena limnetica

V1 V2

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


É necessário a análise dos ganhos econômicos versos o custo

Evidencia‐se As flutuações a importância temporais edoespaciais manejo das cuidadoso variáveis da

ambiental (eutrofização, cianotoxinas) e social (morte massiva

limnológicas piscicultura, principalmente da qualidadena da época água estão com menor intimamente volume

de peixes) do empreendimento de piscicultura intensiva no

relacionadas acumulado ao volume de água acumulado

semiárido

Conclusão

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste


Obrigada !

X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste

More magazines by this user
Similar magazines