Views
1 year ago

Técnicas construtivas do período colonial – I

Técnicas construtivas do período colonial – I

Técnicas construtivas do período colonial –

Técnicas construtivas do período colonial I Sílvio Colin Foto Pedro Martinelli A alvenaria é uma técnica de confecção de muros utilizando tijolos, lajotas ou pedras de mão, aglutinados entre si por meio de uma argamassa. No período do Brasil colonial as argamassas mais utilizadas eram de cal e areia ou de barro. O adobe é uma lajota feita de barro com dimensões aproximadas de 20 x 20 x 40 cm, compactados manualmente em formas de madeira, postos a secar à sombra durante certo numero de dias e depois ao sol. O barro deve conter dosagem correta de argila e areia, para não ficar nem muito quebradiça, nem demasiadamente plástica. Para melhorar sua resistência, pode-se acrescentar fibras vegetais ou estrume de boi. As lajotas assim confeccionadas são assentadas com barro, e revestidas com reboco de argamassa de cal e areia. Embora encontremos importantes construções feitas inteiramente de adobe, como a matriz de Santa Rita Durão, MG[1], o material era usualmente reservado a divisórias interiores. Fig. 1 Adobe. Confecção e assentamento

Disciplina: MATERIAIS, TÉCNICAS E PRÁTICAS CONSTRUTIVAS I
ifsul.edu.br
Breve histórico da psiquiatria no Brasil: do período colonial ... - SciELO
scielo.br
CIDADES E VILAS DO BRASIL COLONIAL: UM ... - ACUEDI
acuedi.org
a representação da mulher do período colonial em inés del ... - Cielli
cielli.com.br
Os imigrantes do nucleo colonial de Sao ... - Diversitas - USP
diversitas.fflch.usp.br
Eddy Carlos A intensificação do processo colonial ... - Jornal O Lince
jornalolince.com.br