Orações de sapiência - Universidade de Coimbra

digitalis.dsp.sib.uc.pt

Orações de sapiência - Universidade de Coimbra

6 SEBASTIÃO TAVARES DE PINHO

Brito e a Oração em Louvor de Todas as Ciências e das Grandes Artes de António

Pinto, só agora foram estudados e traduzidos pelo Doutor António Guimarães Pinto

para integrarem este volume 1 .

Por outro lado, a simples reedição destes textos também na sua forma latina

original assume particular oportunidade, dada a raridade de exemplares existentes

de alguns deles, que levou alguns coleccionadores a reuni-los em miscelâneas

temáticas hoje conservadas em poucas bibliotecas nacionais e do estrangeiro, ou

sob a forma de cópias manuscritas a partir das primeiras edições impressas. A sua

reedição agora conjunta, além de os colocar à disposição do leitor comum através

da tradução portuguesa, preserva para o futuro o seu texto latino e facilita o acesso

deste ao latinista moderno.

É indiscutível o interesse científico e cultural que estes textos representam para

o estudo da literatura em geral e, em particular, do modelo oratório, para a história

do sistema educativo pré-universitário e para o conhecimento da estrutura do ensino

superior e das várias ciências e saberes que, no século XVI, as suas Faculdades se

propunham ministrar. E esta é mais uma das boas razões que justificam a publicação

bilingue desta colectânea de orações de sapiência.

Cumpre-nos, em nome da Associação Portuguesa de Estudos Neolatinos (APENEL),

agradecer a todos os mencionados investigadores e tradutores que se dignaram

participar na elaboração deste volume e à Família do saudoso Doutor Albino de

Almeida Matos, que autorizou a inclusão da sua tradução da Oração de Sapiência

de Hilário Moreira nesta mesma obra.

Os critérios que presidiram à presente edição são os preconizados pela Associação

Portuguesa de Estudos Neolatinos para a publicação dos Portugaliae Monumenta

Neolatina, em que este Volume XI se integra.

Assim, a pontuação foi normalizada segundo as regras que orientam as edições

modernas de obras latinas, designadamente na actualização do uso dos dois pontos

e da vírgula, que frequentemente se confundem e se substituem.

No campo da ortografia, foi corrigida a grafia dos ditongos ae e oe, muitas

vezes confundidos entre si e com a vogal longa e (em cerca de duzentas e trinta

ocorrências no conjunto de todos os textos aqui traduzidos), designadamente na

troca de ae por oe, por exemplo em coelum e seus derivados, em vez de caelum; de

ae por e, como em caetera e derivados, no lugar de cetera; de oe por ae, v. g. em

praelium, em vez de proelium; de oe por e, v. g. em obedire, em vez de oboedire

1 Este tradutor incluiu em apêndice à Introdução da oração de sapiência de Jerónimo de

Brito três outros pequenos textos do mesmo autor, por serem essenciais para a elaboração do

seu perfil biobibliográfico. Um deles, também de carácter oratório, é um “Sermão pronunciado

no Sagrado Concílio Tridentino na 1ª dominga da Quaresma do ano de 1562, Acerca das

Desgraças da Igreja”, que saiu a lume em Bréscia nesse mesmo ano. O tradutor serviu-se de

um exemplar raro da Biblioteca Comunal de Trento.

Obra protegida por direitos de autor

More magazines by this user
Similar magazines