euroAtlantic airways apresentou resultados 2007 em cinco anos os ...

euroatlantic.pt

euroAtlantic airways apresentou resultados 2007 em cinco anos os ...

euroAtlantic airways apresentou resultados 2007 em cinco anos os lucros multiplicaram

136 vezes a companhia está a aumenta quadros de tripulantes

Lisboa 5 de Junho de 2008

Comunicado à imprensa

A euroAtlantic airways (EAA) detida por Tomáz Metello e Grupo Pestana (GP) acaba de

apresentar os Resultados Financeiros relativos ao ano de 2007 tendo registando um lucro

liquido de 12,5 milhões de euros face ao resultado do último ano de 10 milhões de euros

reflectindo os números da companhia Presidida por Tomaz Metello terem multiplicado por

135,8 vezes os seus resultados líquidos. O documento tornado público em concorrida

Conferência de Imprensa (CI) realizada pelo fundador da euroAtlantic Tomaz Metello que se

encontrava acompanhado pelo seu sócio Dionísio Pestana era notória a presença da

imprensa nacional especializada e correspondentes estrangeiros atraídos pela performance da

única companhia aérea mundial pelo quarto ano consecutivo inserida no quadro do «rating 1»

da Dun & Bradstreet o que significa apresentar um risco mínimo e melhor rentabilidade para

os investidores.

O Presidente (Charmain) da euroAtlantic airways Tomáz Metello comentou ao longo da

sessão outros números relevantes como a da EAA ter voado no último exercício um total de

23.392 horas e elevado o número de aterragens em Aeroportos mundiais para 2794 tendo

escalpelizado o número de horas no ar 22.690 horas em voos ACMI (Aluguer de Avião

Tripulações Manutenção e Seguro) e 702 horas em voos charter. Um analista do sector

comparando o ano de 2007 marcado por uma forte exportação de serviços com o cenário de à

cinco anos concluiu que a companhia de Tomás Metello e do Grupo Pestana multiplicou por

8,13 o número de horas de voo e que por cada hora gerou 3,17 vezes mais resultados

operacionais e 17,71 vezes mais lucros. Outros títulos da imprensa na sala interpelaram sobre

as políticas de compra antecipada de combustíveis (hedging) que a euroAtlantic pratica desde

2001 detendo hoje reservas até 2012 Tomás Metello quebrando um pouco a sobriedade da

apresentação dos resultados afirmou - chamaram-me louco quando há um ano e meio disse

que o petróleo ia chegar aos 100 dólares quando então estava a 38 dólares o barril. A

concluir sobre esta questão nuclear - a euroAtlantic está protegida do alto preço dos

produtos petrolíferos com 97% da sua actividade vocacionada para ACMI onde os custos

variáveis idem são assumidos por terceiros.

O plano de acção da euroAtlantic airways para este ano em que assinala 15 Anos de

actividade sempre com resultados positivos prevê o aumento do peso dos charters até 20%

contra uma contribuição de apenas 3% registado no último ano. Um dos reflexos visíveis é o

reforço do quadro das Tripulações a companhia está a reforçar o Quadro de Pessoal

Navegante de Cabine (PNC) com mais oitenta (80) novos Assistentes na grande maioria jovens

candidatos ao primeiro emprego. O Brasil e os Estados do Nordeste que têm vindo a registar

quebras acentuadas nas chegadas de turistas vão colher benefícios económicos da aposta da

euroAtlantic no incremento dos voos turísticos que refira-se foi pioneira (1º voo charter de

Portugal para o Brasil realizado em 29-09-2000 por ocasião das Comemorações dos 500 Anos

do Brasil). À semelhança do que acontece em outros países emissores com economias mais

fortes que a nossa Tomáz Metello voltou a lançar o desafio de reunir a generalidade dos

Operadores Turísticos (OT) que actuam no mercado nacional para em conjunto

comercializarem o mesmo avião. As operações da euroAtlantic com destino ao Brasil

posteriormente vão estender-se a outros países Espanha Holanda e Itália (Madrid Amesterdão

e Milão).


A euroAtlantic airways anunciou ainda outras novidades como a ligação aérea entre Lisboa e

Havana via Porto que se inicia a 18 de Julho próximo. Os voos serão comercializados pela sua

participada Sonhando através da marca terraCuba by Havanatur resultado de uma parceria

com o OT do Ministério do Turismo cubano. Os parceiros envolvidos estão expectantes a

euroAtlantic é a única companhia autorizada a operar um voo charter para Havana resultado

conjugados e interesses estratégicos de existir uma ligação de carácter regular entre as duas

capitais ibero-americanas. A escala no Porto constitui uma forte aposta no mercado da Galiza

com o Aeroporto Francisco Sá Carneiro a oferecer condições especiais aos naturais galegos

que passam a dispor de uma nova plataforma alternativa a Madrid-Barajas.

Na Apresentação dos Resultados da euroAtlantic airways foi ainda referida a posição face ao

projecto da nova companhia STP Airways de S. Tomé e Princípe em que se encontra

envolvida e que marca a estreia da companhia de Tomáz Metello em voos regulares

questionado referiu – a euroAtlantic além de accionista irá assumir integralmente a gestão

da STP Airways a decisão do Governo são-tomense é aguardada para as próximas

semanas. A mais importante CI anual da euroAtlantic fica marcada pelas palavras – Nós

portugueses devemos ter orgulho por ter uma companhia aérea com as maiores

margens operacionais e liquidas de todo o mundo; disse Tomáz Metello.

Foto Chairman da euroAtlantic airways Dr. Tomáz Metello

Para mais informações:

Caetano Pestana

Director de Relações Públicas da euroAtlantic airways

caetano.pestana@euroatlantic.pt

Telefone: (+351) 219 247 300

Telefax: (+351) 219 247 390

www.euroatlantic.com

More magazines by this user
Similar magazines