Saúde Global - Faculdade de Ciências Médicas da Universidade ...

fcm.unl.pt

Saúde Global - Faculdade de Ciências Médicas da Universidade ...

cátedra calouste gulbenkian de

Saúde Global

2013


O que é a Saúde Global?

Saúde Global é uma nova disciplina que visa a melhoria da saúde das populações

e a luta pela equidade em saúde a nível mundial.

De acordo com a definição do Conselho Executivo do Consortium of Universities

for Global Health, esta nova disciplina “emphasizes transnational

health issues, determinants, and solutions; involves many disciplines within

and beyond the health sciences and promotes interdisciplinary collaboration;

and is a synthesis of population based prevention with individual-level

clinical care”.

Para alcançar este ambicioso objetivo, a colaboração entre países e entre disciplinas

é absolutamente vital: a Saúde Global requer uma colaboração estreita

entre os diferentes atores envolvidos, tanto de dentro como de fora das ciências

da saúde. A Saúde Global tem como objetivo as necessidades de saúde da

população em geral, combinando as perspetivas de promoção da saúde e de

prevenção das doenças com os cuidados clínicos a nível individual.

Em resumo, a Saúde Global é um campo que combina investigação

e intervenção e onde várias disciplinas são usadas para descrever

e analisar os determinantes da saúde e a distribuição das doenças:

demografia, epidemiologia médica, políticas de saúde pública,

medicina clínica, economia da saúde, economia política

e antropologia médica.

A saúde faz parte atualmente da agendas políticas internacionais porque os

problemas de saúde transcendem as fronteiras nacionais e têm um impacto

global no desenvolvimento, o que leva a que os governos vejam cada vez mais a

saúde como um componente chave das agendas políticas e de desenvolvimento.

Estas ligações políticas explicam a razão pela qual se assiste nos dias de hoje

ao crescimento, em paralelo com a Saúde Global, da disciplina da Diplomacia

da Saúde, um campo igualmente promissor para a investigação e a ação, que

estabelece uma nova ponte entre a saúde global e a política externa.


Cátedra Calouste Gulbenkian

O objetivo da Cátedra Calouste Gulbenkian de Saúde Global,

coordenada pelo Prof. Doutor Benedetto Saraceno,

é formar profissionais de saúde capazes de compreender, analisar,

investigar e melhorar a saúde global, com uma ênfase especial

no que respeita a Doenças Não Transmissíveis e Saúde Mental.

As atividades curriculares irão fornecer a formação básica necessária para compreender

os principais determinantes dos problemas de saúde e a relação entre

saúde e desenvolvimento político, social e económico, particularmente nos países

em desenvolvimento.

As atividades da Cátedra irão contribuir para o desenvolvimento de uma base a

partir da qual os estudantes poderão construir o seu próprio currículo em Saúde

Global com os cursos existentes e os recursos oferecidos pela Universidade

Nova de Lisboa.

Atividades académicas

As atividades de ensino da nova Cátedra dirigem-se a:

3 Estudantes do Curso de Medicina (Mestrado Integrado de Medicina),

do International Masters in Mental Health Policy and Services

e do Curso de Doutoramento da FCM;

3 Outras pessoas interessadas por temas de Saúde Global e Diplomacia da Saúde.

No seu conjunto, as atividades serão organizadas através de:

3 4 Seminários de 1 dia sobre temas básicos de Saúde Global;

3 9 Conferências anuais sobre temas avançados

de Global Health and Health Diplomacy.


Seminários de Saúde Global

18 de Fevereiro 2013

2013

introdução à saúde global

O seminário incluirá uma introdução aos principais conceitos e princípios que regem a prática

da saúde global, com ênfase em países em desenvolvimento. Os estudantes serão familiarizados

com os principais determinantes dos problemas de saúde, a relação entre saúde e desenvolvimento

político, social e económico, assim como com a análise dos papéis e funções dos principais

atores institucionais na área da saúde global.

8 de Abril 2013

PaPel das doenças não transmissíveis em saúde global

O seminário integrará a discussão da situação atual das doenças não transmissíveis e a apresentação

de um guia de ação para reverter a epidemia existente nesta área, através do reforço de

monitorização e vigilância nacional e global, implementação de medidas baseadas em evidência

para reduzir fatores de risco como o tabagismo, alimentação inadequada, sedentarismo e uso

nocivo de álcool, e melhorar o acesso às intervenções custo-efetivas para prevenir complicações

de saúde, incapacidades e morte prematura.

15 de Abril 2013

saúde mental global

Neste seminário proceder-se-á à análise dos principais dados epidemiológicos globais sobre a

carga das doenças mentais, neurológicas e de abuso de substâncias, e à discussão dos determinantes

sociais da saúde mental e das relações entre saúde mental e desenvolvimento. Abordar-

-se-á também o estudo das lacunas existentes em termos de recursos humanos e financeiros que

dificultam o acesso a tratamento, bem como os obstáculos que impedem a melhoria dos cuidados

de saúde mental a nível mundial. Será finalmente feita a análise das especificidades e semelhanças

das políticas de saúde mental e dos modelos de organização de serviços a nível global.

17 de Junho 2013

estratégias Para aProximar a Prestação de cuidados de

saúde das necessidades das Pessoas: medicina centrada na

Pessoa, inclusão social, transferência de tarefas (task shifting)

O seminário oferecerá uma análise das estratégias necessárias para aproximar a prestação de

cuidados de saúde das necessidades das pessoas. Serão discutidas as implicações da prestação

de Cuidados Médicos Centrados na Pessoa; as estratégias para aumentar a inclusão social das

pessoas vulneráveis serão analisadas, apresentando-se exemplos internacionais de serviços de

saúde mental orientados para responder aos problemas de incapacidade e exclusão social; serão

também discutidos os métodos e as implicações da transferência de tarefas (task shifting) a

nível dos cuidados de saúde em contextos de recursos limitados.


19 fev

12 abr

17 abr

15 mai

18 jun

8 out

18 out

6 nov

9 deZ

conferências anuais

Coordenador: Prof. Doutor Benedetto Saraceno

PrinciPles, scoPe and definition of health diPlomacy

Prof. Benedetto Saraceno, FCM/UNL

the international debate on a global strategy

to reduce harmful use of alcohol

Prof. Benedetto Saraceno, FCM/UNL

intellectual ProPerty Protection and Public health

objectives: the trade-related asPects of intellectual

ProPerty rights

Prof. Pedro Pitta Barros, UNL

the global crisis of human resources in the health sector

Prof. Paulo Ferrinho, Institute of Hygiene and Tropical Medicine, UNL

mental health in euroPe: reality and challenges

Prof. José Miguel Caldas de Almeida, FCM, UNL

the united nations convention on the rights

of Persons with disabilities

Dr. Marianne Schulze, Human Rights Advocate, Wien, Austria

health sciences research in euroPe

Prof. António Correia de Campos, ENSP, UNL

Political Powers and Public health ethics

Prof. Jorge Torgal, FCM, UNL

2013

Global Health and Health Diplomacy

diet: the comPlex links between Public health and economy agendas

Dr. Francesco Branca, Director of Nutrition for Health and Development,

World Health Organization, Geneva

horário das conferências: das 11h00 às 13h00

local: Faculdade Ciências Médicas, Campo Mártires da Pátria, 130 · Lisboa

As conferências estão abertas ao público interessado. Dado haver um número limitado de lugares,

agradece-se a inscrição prévia (até uma semana antes de cada conferência) através de email para:

Andreia Bretes - geral.dir@fcm.unl.pt


O Prof. Doutor Benedetto Saraceno, um dos principais líderes da saúde

mental a nível internacional, tem tido um papel destacado no desenvolvimento

da disciplina da Saúde Global no plano conceptual e no plano político.

O Prof. Saraceno licenciou-se em Medicina na Universidade de Milão

e especializou-se em Psiquiatria na Universidade de Parma. Dirigiu o

Laboratório de Epidemiologia e Psiquiatria Social do Instituto Mario Negri

de Investigação Farmacológica em Milão. Trabalhou na OMS, em Genebra,

entre 1995 e 2010, tendo sido Diretor do Action Programme on Mental Health

for Underserved Populations (Nations for Mental Health), Diretor do

Departmento de Saúde Mental e Abuso de Substâncias, e Acting Director

do Departmento de Doenças Crónicas e Promoção da Saúde. Foi, em 2001,

o líder do WHO World Health Report on Mental Health. Atualmente, além

de Professor Catedrático Visitante da FCM, UNL, é Professor Associado de

Psiquiatria Social da Universidade de Genebra, Coordenador da Global Initiative

on Psychiatry, Coordenador do Steering Committee da Gulbenkian

Global Mental Health Platform e co-diretor do International Master in Mental

Health Policy and Services da FCM, UNL.

Department of Health and Human Development

Avenida de Berna, 45 A

1067-001 Lisboa · Portugal

saude@gulbenkian.pt · www.gulbenkian.pt

PROF. DOUTOR BENEDETTO SARACENO

Campo Mártires da Pátria, 130

1169-056 Lisboa · Portugal

Tel. +351 21 880 30 30

geral.dir@fcm.unl.pt · www.fcm.unl.pt

More magazines by this user
Similar magazines