Views
4 years ago

Pesquisas FAU 2007/2008 - fauusp

Pesquisas FAU 2007/2008 - fauusp

Grupo de pesquisa Ano de

Grupo de pesquisa Ano de formação Líder(es) do grupo Ementa Financiamento Linhas de pesquisa Equipe Monumentos Históricos: Preservação 2008 Beatriz Mugayar Kühl - bmk@usp.br Maria Lúcia Bressan Pinheiro O grupo trabalha com variados temas ligados à preservação de bens culturais. A ênfase recai nos aspectos teóricos da restauração do patrimônio arquitetônico para buscar um aprofundamento de questões conceituais, inserindo-as no contexto atual dos debates sobre preservação e no quadro das transformações por que passaram as teorias de restauro. Abordam-se problemas pertinentes ao patrimônio arquitetônico para retomar preceitos-chave do restauro – para os bens culturais como um todo – e elaborar uma releitura crítica para evidenciar sua aplicabilidade às circunstâncias atuais. Apesar de se analisar os mais variados tipos de bens, há um especial interesse pelo patrimônio arquitetônico mais recente, do último século, em particular por aquelas manifestações, cujo interesse para a preservação não é ainda consolidado, como as manifestações do neocolonial e o patrimônio industrial, por exemplo. A expressão monumento histórico é aqui utilizada na acepção evidenciada por Alois Riegl, mais próxima de seu sentido etimológico, referindo-se a artefatos que, com o tempo, adquiriram significação cultural e são testemunhos relevantes da operosidade humana. Uma das vertentes de trabalho é buscar um aprofundamento de questões conceituais da restauração desses bens, pois esse tema é raramente debatido no que respeita ao patrimônio recente; a não observação dos princípios teóricos do restauro na prática, porém, tem conseqüências nefastas. O intuito é evidenciar a aplicabilidade dos instrumentos teóricos do restauro para guiar as intervenções nesses bens. Outra vertente volta-se à análise de exemplos da arquitetura brasileira, explorando a relação entre configuração arquitetônica, materialidade e transformações sofridas ao longo do tempo. O objetivo é também fornecer subsídios para a intervenção em edifícios ou conjuntos de interesse para a preservação, respeitando sua integridade física e o respeito pelas suas estratificações e características arquitetônicas. Essas pesquisas se têm desenvolvido desde 1999, contando com a participação de vários estudantes de graduação (iniciação científica e TFG) e pós-graduação. Os resultados obtidos através da produção científica dos líderes do grupo e dos estudantes têm sido divulgados com constância em eventos científicos e publicações, nacionais e internacionais, estando, ainda relacionados a um protocolo executivo de cooperação entre a FAUUSP e a Facoltà di Architettura Valle Giulia da Università degli Studi di Roma “La Sapienza”, vigente desde 2006, mas cujas atividades de conjuntos se desenrolam desde 2001, incluindo, desde 2003, a realização de seminários internacionais anuais no programa de pós-graduação da FAUUSP. Obtidos anteriormente: - 2 auxílios à pesquisa (03/2002 - 03/2004; 01/06/2003 - 31/05/2005) FAPESP - 2 Bolsas FAPESP de aperfeiçoamento científico no exterior para realizar pesquisas junto à “Università degli Studi di Roma La Sapienza” (10/01/2002 - 28/02/2002; 20/01/2005 - 04/03/2005) - 8 bolsas de mestrado: 5 FAPESP, 1 CNPq, 2 CAPES - 16 bolsas de iniciação científica: 11 FAPESP; 5 CNPq Em vigor (2007 / 2008): - 2 auxílios à publicação (01 a 07/2007; 01/12/2007 - 30/11/2008) FAPESP - 2 bolsas de mestrado FAPESP - 3 bolsas de doutorado: 2 CNPq; 1 FAPESP Patrimônio arquitetônico: materialidade, configuração e restauro Preservação do patrimônio da industrialização. Pesquisadores Beatriz Mugayar Kühl Estudantes Aline Montagna da Silveira Cristiane Ikedo Bardese Ana Paula Farah NÙCLEOS, LABORATÓRIOS E GRUPOS DE PESQUISA Manoela Rossinetti Rufinoni Claudia dos Reis e Cunha Wayne Almeida de Sousa 47

Grupo de pesquisa Ano de formação Líder(es) do grupo Ementa Linhas de pesquisa Equipe Grupo de pesquisa Ano de formação Líder(es) do grupo Ementa Museus e Patrimônio 2000 Maria Cecília França Lourenço - auh@usp.br Museus e Patrimônio - Implantação dos Museus de Arte Moderna, implementada desde 1991, em que se busca investigar as razões histórico-artísticas, pelas quais dados conjuntos ou obras, aptos à fruição pública, passam a ser considerados bem comum e contribuem para a consecução de identidade cultural de um ou mais segmentos sociais. As atividades desenvolvidas e as investigações procuram desvelar conceitos voltados ao que se deseja lembrar, ou seja, memorável, ou aos conceitos que devem ser esquecidos. O estudo dos acervos culturais, museológicos, ou não, e a conceituação sobre patrimônio tangível e patrimônio imaterial incluem-se nesta linha. Museus e Patrimônio Pesquisadores Adrienne de Oliveira Firmo Joana Vieira Tuttoilmondo Ana Paula Nascimento Maria Cecília França Lourenço Helio Luiz Herbst Junior Renata Vieira da Motta Heloisa Dallari Chypriades Preceptivas Artísticas: estudo sobre teorias das Artes, da Arquitetura e do Urbanismo 2008 Ricardo Marques de Azevedo Este grupo de pesquisa, Preceptivas Artísticas, pretende estudar os conjuntos de normativas que orientaram e balizaram a produção e a cogitação artísticas desde os tempos helênicos a meados do século XIX, no Ocidente. As preceptivas, germinadas no século de Péricles com as reflexões acerca do caráter mimético e da finalidade catárquica da encenação trágica, recebem relevante contribuição dos retóricos latinos e, a partir do século XIV em terras toscanas, constituem um corpus disciplinar consistente até que Michelangelo e seus sequazes maneiristas aludem a outras vertentes poéticas. É a partir dessas premissas que, nos séculos XVII e XVIII, desenrolam-se renhidas querelas sobre a natureza e os fins das ditas Belas-Artes. É consoante com o afã romântico e com o elogio do gênio a desconsideração em relação aos regramentos das Artes, muita vez associados às convenções e aos academicismos. Também as vanguardas históricas, zelosas de sua autonomia, crêem poder desdenhar as tradições consolidadas, pois se atribuem a perspectiva de inaugurar uma sensibilidade renovada e os modos operativos que a ela convenham. Assim, arquitetos que reivindicam para si o título de modernos estimam haurir em saberes de viés cientificista (sobretudo os de radicação positiva) as bases e procedimentos de seu métier. Destarte, até que a constatação dos horrores da grande conflagração bélica abala a confiança na iminência de um Novo Mundo como um porvir de urbanidade ponderadamente previdente e providente, tudo parecia conspirar para sentenciar as preceptivas a restarem apenas um item consumado pela História ou mera curiosidade erudita. Entretanto, a partir de então, os artistas de modo geral e, em particular, os arquitetos, com o concurso de lingüistas, filólogos e filósofos, assentem que sua disciplina, que tem a 48 A FAU PESQUISA NOS SEUS 60 ANOS

Atos dos Apóstolos (2007) - Centro de Pesquisas Ellen G. White
Evangelismo (2007) - Centro de Pesquisas Ellen G. White
Dezembro 2007 / Janeiro 2008 - Edição 285 - Cave
Educação (2008) - Centro de Pesquisas Ellen G. White
m - Centro de Documentação e Pesquisa Vergueiro
Download do Informativo - fauusp
Cadernos de Ética em Pesquisas - Conselho Nacional de Saúde
Vocação para a e para as mazelas - Revista Pesquisa FAPESP
I Edição 2007/2008 - Câmara Municipal de Setúbal
Seleção de prioridades de pesquisa em Saúde, 2008.
Filhas de Deus (2008) - Centro de Pesquisas Ellen G. White
apresentação café com pesquisa - Nomads.usp
Autenticando 2007 nº1 - Grupo Autêntica
Pesquisa Fapesp edição 144 - Revista Pesquisa FAPESP
trabalhadores - Centro de Documentação e Pesquisa Vergueiro
Pesquisa Especial de Tabagismo PETab - libdoc.who.int
GRITO no - Centro de Documentação e Pesquisa Vergueiro
Nº 133 • Março-Abril/2007 - pucrs
AGORA NO BRASIL - Centro de Documentação e Pesquisa Vergueiro
Pesquisa Fapesp edição 149 julho 2008 - Revista Pesquisa FAPESP
Evolução escrita nos cipós - Revista Pesquisa FAPESP
Cadernos de Pesquisa - Centro Cultural São Paulo
03 001VW - Centro de Documentação e Pesquisa Vergueiro
Pesquisa Fapesp edição 149 julho 2008 - Revista Pesquisa FAPESP
destaques do relatório global de competitividade de 2007 – 2008 do ...