Views
4 years ago

Pesquisas FAU 2007/2008 - fauusp

Pesquisas FAU 2007/2008 - fauusp

Nome do pesquisador(a)

Nome do pesquisador(a) Título da pesquisa Orientador(a) Vigência Agência Resumo Nome do pesquisador(a) Título da pesquisa Orientador(a) Vigência Agência Resumo Criscia Eloize Galan Sacardo Atuação do arquiteto Rodrigo Lefèvre após a Arquitetura Nova - a obra dos ambulatórios do Hospital das Clínicas de São Paulo José Eduardo de Assis Lefèvre 11/2006-10/2007 USP – Pró-Reitoria de Pesquisa Algumas obras de Lefèvre, especialmente as inseridas no contexto da Arquitetura Nova, tornaram-se famosas, constituindo-se em verdadeiros paradigmas de sua produção, como, por exemplo, as residências em abóbadas. Menos conhecida, a produção de Rodrigo Lefevre entre os anos de 1972 e 1984, realizada especialmente junto à Hidroservice, conta com projetos de grande importância para o desenvolvimento nacional. Busca-se, com esse trabalho, interpretar como o arquiteto dispôs da tecnologia para sua produção e também observar o que o período de trabalho na Hidroservice acrescentou em sua atividade e postura político-profissional. Para tanto, elegeu-se, como foco principal de estudo, o Instituto dos Ambulatórios do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, principalmente por seu projeto estar inserido em um momento de relevância quanto ao desenvolvimento da medicina, além de apresentar notórias evoluções arquitetônicas, tecnológicas e construtivas se comparada às obras hospitalares do período. Podemos constatar, através deste estudo, que o arquiteto mostrou-se capaz de manter coerência arquitetônica, mesmo não mantendo necessariamente um mesmo partido técnico-construtivo. Cristina Midori Rocha Ei Avaliação da inserção urbana de projetos de renovação de áreas em processo de transformação Sueli Terezinha Ramos Schiffer 08/2007-07/2008 CNPq-PIBIC A pesquisa se insere na Pesquisa “Projetos urbanos e desenvolvimento local: financiamento e gestão”, coordenada pelo Núcleo de Pesquisas em Desenvolvimento Urbano – INFURB. Objetiva a montagem de um banco de dados, relacionando o formato institucional e o desempenho dos projetos urbanos em áreas em transformação. As etapas de trabalho propostas prevêm: levantamento bibliográfico sobre os principais conceitos e definições relacionados à renovação urbana; elaboração de um quadro de referência sobre os projetos urbanos em termos de seus objetivos iniciais, de sua inserção urbana, das condições socioeconômicas, ambientais e do patrimônio construído das áreas-alvo; levantamento de informação secundária sobre os projetos urbanos com vistas ao desenvolvimento local; síntese dos estudos teóricos e avaliação dos resultados comparativos das informações coletadas no âmbito do banco de dados. INICIAÇÃO CIENTÍFICA, INICIAÇÃO TECNOLÓGIA E PROGRAMA “ENSINAR COM PESQUISA” 73

Nome do pesquisador(a) Título da pesquisa Orientador(a) C0-0rientador(a) Vigência Agência Resumo Nome do pesquisador(a) Título da pesquisa Orientador(a) Vigência Agência Resumo Felipe de Araujo Contier A teoria e a crítica de Sérgio Ferro em O canteiro e o desenho Nabil Georges Bonduki Ana Paula Koury 08/2006-07/2008 FAPESP Esta pesquisa, focada no livro O canteiro e o desenho, de Sérgio Ferro, busca compreender o contexto em que o livro foi escrito, bem como as referências e os argumentos do autor, principalmente em torno de sua matriz marxista e frankfurtiana. Sérgio Ferro é um arquiteto brasileiro que contribui intensamente com o debate teórico da arquitetura desde a década de 1960: voltando sua atenção ao processo produtivo no canteiro de obras, evidenciou relações entre a exploração dos trabalhadores e o projeto de arquitetura, principalmente o moderno. O produto final será um meta-texto do livro de Sérgio Ferro, contendo comentários, imagens e notas explicativas. Estas intervenções são frutos de entrevistas com o autor, leituras diversas e de uma pesquisa realizada em Grenoble (FR), onde Ferro lecionou durante 30 anos. Fernanda Varella Borges A casa brasileira de Oscar Niemeyer: primeiros projetos Mônica Junqueira de Camargo 08/2007-07/2008 CNPq-PIBIC A pesquisa tem como objeto de análise os projetos de residências realizadas pelo arquiteto Oscar Niemeyer entre os anos de 1935 e 1943. Tais projetos representam as experiências fundamentais para a formulação e o amadurecimento da linguagem arquitetônica de Niemeyer, que aflorará no Conjunto Arquitetônico da Pampulha em Belo Horizonte (1940- 1943). Oscar Niemeyer, muito conhecido por ter concebido grandes projetos de formas livres em Brasília, Belo Horizonte, São Paulo e no exterior, transita pelas diversas escalas e programas arquitetônicos. É fundamental sua especulação em projetos de escala doméstica para que realize, no futuro, a plena incursão na forma livre. Analisar essas residências é instigante no sentido de entendermos como surgiram suas primeiras experiências arquitetônicas. 74 A FAU PESQUISA NOS SEUS 60 ANOS

Download do Informativo - fauusp
v14n2