Views
4 years ago

Ruídos na representação da mulher ... - Fazendo Gênero

Ruídos na representação da mulher ... - Fazendo Gênero

entrever novos

entrever novos sentimentos e desejos construídos nas práticas cotidianas, nas re-apropriações dos espaços da cidade e nas re-articulações das relações sociais. Entre o preconceito e o espanto, traçam-se nas páginas das revistas as interações e redefinições dos papéis masculinos e femininos. Para Ana Luiza Martins, pelas revistas, fosse pelo viés da produção feminina ou por aquele perpetrado pela propaganda, paulatinamente, desestabilizavam-se as fronteiras simbólicas entre os sexos, desfazendo-se papéis ancestralmente construídos na secular sociedade patriarcal brasileira. Mesmo em meio a um ranço moralista, a agência da contestação em muitas caricaturas da revista A Bomba (1913), por exemplo, é dada às mulheres. Ao zombar do espaço almejado pela mulher e do espaço que ela realmente ocupa na sociedade, as caricaturas deixam entrever as instâncias de luta, as sutilezas dos discursos, ao mesmo tempo em que dão voz, criam/integram novos espaços. O humor das charges e caricaturas torna visível o conflito entre as tentativas de emancipação feminina e as tradições da sociedade patriarcal brasileira, num discurso de várias vozes, redimensionando os papéis sociais, pluralizando o olhar sobre o outro. Se, por um lado, as charges carregam num traço conservador, por outro, a ironia e a ambigüidade constituem-se como parte integrante de sua linguagem e revelam as várias nuances transitórias entre a mãe-esposa ideal, a imigrante, a trabalhadora, a melindrosa, entre tantas outras. Referências BUENO, Wilma de Lara. Um olhar sobre a diferença: polacas ou polonesas em Curitiba. In TRINDADE, Etelvina M. de Castro & MARTINS, Ana Paula Vosne (orgs.) Mulheres na história: Paraná – séculos XIX e XX. Curitiba: UFPR, 1997, p.27-42. COSTA, Cristina. A imagem da mulher. Um estudo da arte brasileira. Rio de Janeiro: Senac Rio, 2002 COTRIM, Álvaro. J. Carlos: época, vida, obra. Rio de Janeiro: Ed. Nova Fronteira, 1985 FARACO, Carlos Alberto. Linguagem & Diálogo: as idéias lingüísticas do Círculo de Bakhtin. Curitiba: Criar Edições, 2003. LAGO, Pedro Corrêa do. Caricaturistas brasileiros: 1836-1999. Rio de Janeiro: Sextante, 1999. LIMA, Herman. História da Caricatura no Brasil. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1963. LOREDANO, Cássio (org.) J. Carlos contra a guerra: as grandes tragédias do século XX na visão de um caricaturista brasileiro. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2000 MARTINS, Ana Luiza. Revistas em revista.Imprensa e práticas culturais em tempos de República, São Paulo (1890-1922). São Paulo: Ed. Da Universidade de São Paulo: Fapesp: Imprensa Oficial do Estado, 2001

MATOS, Maria I. Santos de. Gênero e História: percursos e possibilidades. In SCHPUN, Mônica Raisa (org.) Gênero sem fronteiras: oito olhares sobre mulheres e relações de gênero. Florianópolis: Editora Mulheres, 1997, p.73-91. A REVISTA NO BRASIL. São Paulo: Editora Abril, 2000. SOIHET, Rachel. Pisando no “sexo frágil”. Nossa História, Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional, n.3, pp.15-19, Jan.2004. SUSSEKIND, Flora. Cinematógrafo de Letras: literatura, técnica e modernização no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1987. Notas: 1 MATOS, Maria I. Santos de. Gênero e História: percursos e possibilidades. In SCHPUN, Mônica Raisa (org.) Gênero sem fronteiras: oito olhares sobre mulheres e relações de gênero. Florianópolis: Editora Mulheres, 1997, p.80 2 Ibid. p.85 3 3 SUSSEKIND, Flora. Cinematógrafo de Letras: literatura, técnica e modernização no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1987, p.104-105 4 SOIHET, Rachel. Pisando no “sexo frágil”. Nossa História, Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional, n.3, pp.15-19, Jan.2004. 5 SOIHET, Rachel. Sutileza, Ironia e zombaria: instrumentos no descrédito das lutas das mulheres pela emancipação. In Revista Saúde, Sexo e Educação, n.25, 2001 6 ZUBARAN, Maria A. Múltiplos retratos da mulher: moral, moda, sedução in PESAVENTO, Sandra J. Porto Alegre Caricata: a imagem conta a história. Porto Alegre: EU/Secretaria Municipal da Cultura, 1993, p.69-70. 7 Ou plurilinguismo, no sentido em que Bakhtin o usa, como as várias vozes que se entrecruzam nos enunciados, num processo contínuo e multiforme. Ver FARACO, Carlos Alberto.Linguagem & Diálogo: as idéias lingüísticas do círculo de Bakhtin, p. 56-57 8 FARACO, Carlos Alberto.Linguagem & Diálogo: as idéias lingüísticas do círculo de Bakhtin, p. 50 9 COSTA, p.123 10 MARTINS, Ana Luiza. Revistas em revista...p.371 11 Ibid, p.378 12 Ibid. p. 385 13 Ibid. p.385 14 Muitos exemplos podem ser vistos em LIMA, Herman. História da caricatura no Brasil, v.2, 448-452 15 Ibid. p.453 16 BUENO, p.37 17 Ibid. p.37 18 Este termo de um modo geral se referia a todas as imigrantes européias e loiras mas “Em Curitiba, porém, a polaca foi a imigrante católica, procedente da Polônia, integrante de numerosas famílias camponesas que aportaram em Paranaguá, principalmente entre 1871 e 1920.” BUENO, p. 34 19 Ibid. p.28

Mulheres Negras: Mulheres Negras: - Gênero, Raça e Etnia
Ruídos na representação da mulher ... - Fazendo Gênero
Ruídos na Representação da Mulher ... - Fazendo Gênero
1 Ruídos na representação da mulher - Fazendo Gênero 10
1 Ruídos na representação da mulher - Fazendo Gênero 10
representações visuais das mulheres nos ... - Fazendo Gênero
Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
Ruídos na representação da mulher: preconceitos e estereótipos na ...
Relações de gênero e suas representações na ... - Fazendo Gênero
As representações da mulher na revista A Bomba - Embap
Ruídos na representação da mulher: preconceitos e estereótipos
Ruídos na representação da mulher: preconceitos e estereótipos na ...
Mulheres Tropicais, Consumos Europeus - Fazendo Gênero 10
Famílias Chefiadas por Mulheres - Fazendo Gênero 10
O papel das mulheres na sociedade faraônica: a ... - Fazendo Gênero
O confinamento doméstico de mulheres em ... - Fazendo Gênero
A MULHER NO ESPAÇO DO FUTEBOL: UM ... - Fazendo Gênero
as mulheres na escrita de roberto arlt - Fazendo Gênero - UFSC
As representações da mulher na revista A Bomba - Biblioteca ...
1 Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
Simpósio Temático “Práticas e Representações” - Fazendo Gênero 10
Ruídos na representação da mulher. ST 13 Raul José Matos de ...
Corpo, Violência e Poder - Fazendo Gênero - UFSC
MULHERES INDÍGENAS EM PORTO VELHO ... - Fazendo Gênero