Views
4 years ago

viii congresso internacional fazendo gênero “racismo e preconce

viii congresso internacional fazendo gênero “racismo e preconce

viii congresso internacional fazendo gênero “racismo e

Gênero: Multiplicidade de Representações e Práticas Sociais. ST 38 Paulo Fernando de Souza Campos Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo – ENOEEUSP/FAPESP Palavras-chave: História da Enfermagem – Mulheres Negras – Representações – Identidade Profissional A Exclusão de Mulheres Negras da Enfermagem Profissional Brasileira: entre Práticas e Representações i A pesquisa em história no Brasil muito recentemente incorporou a história das mulheres como perspectiva de investigação. A década de 1980 marcou definitivamente a produção historiográfica acerca das ações e acontecimentos praticados por mulheres, que incluíssem mulheres ou que houvesse participação feminina. Contar a história das mulheres ou suas experiências não só contribuiu para retirá-las da penumbra, na qual foram duramente colocadas, mas favoreceu ao rompimento de uma escrita da história estanque e esquemática. Narrada de forma unilateral, a historiografia tradicional pouco mencionava os enredos femininos. O positivismo que norteou a escrita da história, até seguramente a passagem para o século XX, relegava experiências de mulheres avaliando-as como inferior em relação aos fatos que deveriam ser perpetuados pois, ainda que existissem, não eram protagonistas. A escrita da história impunha uma visibilidade restritiva à participação das mulheres no processo histórico, algo similar ao padrão de comportamento a elas imposto e que as classificavam como dóceis, frágeis, abnegadas, submissas, voltadas para o lar, a educação dos filhos e manutenção da ordem doméstico-familiar, ações compreendidas como menores na escala que regia a escrita da história. O que deveria ser perpetuado eram os feitos de grandes homens, forjados com glória e opulência, atrelando o devir histórico a personagens masculinos. Deste modo, se as mulheres foram excluídas da história (PERROT, 1988), as mulheres negras foram duplamente segregadas. A condição feminina aliada ao traço negro afro- descendente desqualificava ainda mais a participação da mulher negra na história do Brasil, sempre representada como escrava, praticante do sexo venal, doméstica ou depreciada em seus padrões de beleza, moral e comportamentos (SANTOS, 2004). George Reid Andrews (1998) indica que, no Brasil, as elites políticas e dominantes estabeleceram um imaginário

9º Congresso Internacional - Futuro Eventos
Congresso Internacional da Fauna dias 25 e 26 de abril
Congresso Internacional de Saúde Ambiental 2010 Nesta edição
14º Congresso Internacional de Direito Ambiental
Congresso do ICN Harmonia - Ordem dos Enfermeiros
Jornal do São Paulo é sede do 4º Congresso Internacional de ...
4º Congresso Internacional Governo, Gestão e Profissionalização ...
Psicanálise e feminismo - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Anais do VII Seminário Internacional Fazendo Gênero
Parto e Maternidade - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Amélia Reginaldo - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Aline da Silva Piason - Seminário Internacional Fazendo Gênero
PDF - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Seminário Internacional Fazendo Gênero
VIII Congresso Internacional da Sociedad Española de ... - Utad
Download do Trabalho - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Monólogo das dores - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Caso Astrid/Eulina - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Seminário Internacional Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Seminário Internacional Fazendo Gênero