Views
4 years ago

Gênero e sexualidade nas práticas escolares ST ... - Fazendo Gênero

Gênero e sexualidade nas práticas escolares ST ... - Fazendo Gênero

feminina. Dutra e Romero

feminina. Dutra e Romero (2005, p.73), no estudo realizado com alunos de 3 a e 4 a séries sobre relações de gênero a partir de gravuras contidas em livros didáticos, consideram que muitas atividades escolares propiciam “situações conflituosas que devem ser aproveitadas pelos professores para discussões em que sejam feitos esclarecimentos, desmistificações e questionamentos. Entre elas estão as questões de gênero, que carecem de investigação”. Atendemos ao quarto objetivo quando pudemos interpretar as condutas e comportamentos motores generificados e os discursos das crianças ao transitar pelos dois espaços, realizando as observações e fazendo as entrevistas com os meninos e as meninas de nosso estudo. Na sala de aula, com a disciplina exercida sob o olhar meticuloso da professora, também na realização de jogos, eram mais freqüentes as condutas de respeito mútuo e cooperação, do que na Educação Física, onde eram explicitados os conflitos, as desavenças e as resistências, o que possibilitou a análise crítica dos mesmos. A partir da explanação dos dados e dos resultados, concluímos o quanto é importante voltarmos nossa atenção para atividades e jogos no espaço aberto da Educação Física, onde se ampliam os movimentos corporais cerceados pelo espaço interno da sala de aula. A valoração de atividades e jogos no espaço escolar reproduziu modelos estereotipados de condutas femininas e masculinas, mostrando estarem internalizados padrões de comportamento esperados pela família e pelo contexto sócio-histórico e cultural no qual as crianças se inserem. Postulamos que meninos e meninas devam ser estimulados a participar das atividades e jogos escolares, de maneira igualitária, usufruindo plenamente sua corporeidade e sua motricidade, em sala de aula e nas aulas de Educação Física. O confronto dos diferentes pontos de vista possibilita o exercício de argumentações e explicitação das divergências, dos conflitos de pensamento e opiniões, na busca de um consenso. Dessa forma, poderão ser trabalhados também o respeito mútuo e a cooperação na vivência da diferença de papéis – masculino e feminino. Referências ALTMANN, Helena. Exclusão nos esportes sob um enfoque de gênero. Motus Corporis, Rio de Janeiro, v.9, n.1, p. 9-20, maio 2002. ALVES-MAZOTTI, Alda Judith. O método nas ciências sociais. In: ALVES-MAZZOTTI, A. J.; GEWANDSZNAJDER, F. O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. 2. ed. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002. p. 107-188. ANDRÉ, Marli E. D. A. Abordagens qualitativas de pesquisa: a pesquisa etnográfica e o estudo de caso. In: LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. 6.ed. São Paulo: EPU, 2003a. p.11-24

AZEVEDO, Tânia. Brinquedos e gênero na educação infantil. Um estudo do tipo etnográfico no Estado do Rio de Janeiro. São Paulo, 2003. 173 f. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação. Universidade de São Paulo, 2003. BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. Educação e Realidade, Porto Alegre, v.2, n.20, p.133-184, jul./dez. 1995. DaMATTA, Roberto. Relativizando: uma introdução à antropologia social. Rio de Janeiro: Rocco, 1987. DAOLIO, Jocimar. A construção do corpo feminino ou o risco de se transformar meninas em “antas”. In: ROMERO, Elaine (Org.). Corpo, mulher e sociedade. Campinas: Papirus, 1995. p. 99- 108. DUTRA, Flávia Barbosa da Silva e ROMERO, Elaine. Livros didáticos e relações de gênero: o discurso das crianças de 3ª e 4ª séries do ensino fundamental. Cadernos de Educação, Cuiabá,v.9, n.1, p.67-83, 2005. FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. 12.ed. Rio de Janeiro: Graal, 1996. ______. Vigiar e punir: nascimento da prisão. 27.ed. Petrópolis: Vozes, 2003. GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1989. KÜHNER, Maria Helena. Crise e mudanças. Evolução ou revolução. In: ALBORNOZ, C.; KÜHNER, M. H. (Orgs.). Homem / mulher: uma relação em mudança. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 1994. p.61-74. LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. Petrópolis: Vozes, 1997. ORLANDI, Eni P. Análise de discurso: princípios e procedimentos. 3.ed. Campinas: Pontes, 2002. ROMERO, Elaine. Estereótipos masculinos e femininos em professores de Educação Física. São Paulo, 1990. 407 f. Tese (Doutorado em Ciências)- Instituto de Psicologia. Universidade de São Paulo, 1990. ______. A arquitetura do corpo e a produção do conhecimento. In: ROMERO, E. Corpo, mulher e sociedade. Campinas: Papirus, 1995. p. 235-270. ______. Do corpo docilizado na Aufklärung ao corpo generificado no século XXI. In: DANTAS, Estélio H. M. (Org.). Pensando o corpo e o movimento. Rio de Janeiro: Shape, 2005. p.33-94. SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação e Realidade. Porto Alegre, v.20, n.2, p.71-99, jul./dez. 1995.

Gênero e sexualidade nas práticas escolares. ST ... - Fazendo Gênero
Gênero e sexualidade nas práticas escolares ... - Fazendo Gênero
Gênero e Sexualidade nas Práticas Escolares ... - Fazendo Gênero
Gênero e Sexualidade nas práticas escolares ... - Fazendo Gênero
1 Gênero e Sexualidade nas Práticas Escolares ... - Fazendo Gênero
1 Gênero e sexualidade nas práticas escolares - Fazendo Gênero ...
GÊNERO, SEXUALIDADE E DESEMPENHO ESCOLAR ... - ANPEd
A construção de gênero e sexualidade no currículo - Fazendo Gênero
Sexualidade, gênero, cor/raça e idade em ... - Fazendo Gênero
Sexualidade, conflitos de gênero e adoção: Por ... - Fazendo Gênero
Corpo, gênero e sexualidade em travestis de ... - Fazendo Gênero
Práticas corporais e esportivas. ST 21 Silvana ... - Fazendo Gênero
1 Práticas Corporais e Esportivas – ST 21 Marcos ... - Fazendo Gênero
Gênero, Ciência e Tecnologia. ST 22 Maria de ... - Fazendo Gênero
Gênero nas 'ciências naturais e exatas'. ST 25 ... - Fazendo Gênero
homossexualidade: qual a sua visibilidade na ... - Fazendo Gênero
gênero, idade média e interdisciplinaridade ST ... - Fazendo Gênero
gênero, idade média e interdisciplinaridade. ST ... - Fazendo Gênero
1 Gênero, raça/etnia e escolarização. ST 23 Ana ... - Fazendo Gênero
Gênero na Literatura e na Mídia. ST. 4 ... - Fazendo Gênero
O que os alunos pensam sobre questões de ... - Fazendo Gênero
SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO ESCOLAR NA PRATICA DOCENTE ...
Imbricações de gênero e raça nas trajetórias escolares - Fazendo ...
Simpósio Temático “Práticas e Representações” - Fazendo Gênero 10
1 Gênero , Ciências e Tecnologia. ST. 22 Auri ... - Fazendo Gênero
Gênero e Religião. ST 24 Clarice Bianchezzi ... - Fazendo Gênero
Gênero, memória e narrativas - ST 41 Lucia M. A. ... - Fazendo Gênero
Gênero, Ciência e Tecnologia. ST 22 Isabel ... - Fazendo Gênero