Views
4 years ago

a mulher o - Fazendo Gênero

a mulher o - Fazendo Gênero

a mulher o - Fazendo

Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a 28 de agosto de 2008 Novas rotas, novos vôos: a mulher ocupando espaço na educação e no trabalho Silvia Mara Veronese (Universidade Tuiuti Do Paraná) Palavras-chave: Educação; Aviação; Mulher. ST 38 – Ciência, tecnologia e poder: conhecimento e práticas de gênero Introdução O objetivo deste trabalho é compreender como as “tecnologias”, “normas” e “morais” constituem as relações do gênero feminino, enquanto sujeito de uma sociedade sob a intervenção da ciência e da tecnologia. Para tanto, assume-se a genealogia 1 investigativa a fim de revelar a forma de pensar o poder, que permite à educação tecnológica atrair e disciplinar as mulheres, que busca mitigar suas desilusões nessa cultura e a negar a complexidade de seus gestos enquanto ações estratégicas. Nessa condição, demonstrando pelo do curso da história como se constrói e se permuta de acordo com a temporalidade e objetivos sociais, “verdades” tidas como perenes que instituem o questionamento sobre o comportamento feminino. A desconstrução da história das mulheres consiste em uma forma de observar e se mover entre as margens que a formam, descrevendo de maneira contextual seus traços, observando todos os lados que a constituem. Insere-se a questão da identidade feminina como construto social, a qual foi suscitada na década de 1940, por Simone de Beauvoir, quando afirma que “[...] ninguém nasce mulher: torna-se mulher”. (BEUAVOIR, 1980). A autora contextualiza uma época de contestações, recusando o destino inflexível traçado a partir das características biológicas dos sexos, herdado das concepções estabelecidas no século XVIII. Essas proposições se materializam na década de 1960, quando o feminismo constituiu-se definitivamente como movimento social e político. Em 1963 o psicanalista Robert Stoller apresentou o termo “identidade de gênero”, no Congresso Internacional de Psicanálise em Estocolmo. Baseado no conceito dos sistemas dialéticos, formulando o princípio de identidade de gênero a partir da biologia/cultura, de tal modo que sexo estava vinculado à biologia e gênero à cultura. Nesta perspectiva, a identidade compreende a conexão entre o pessoal e o privado, em condições de ligação entre o subjetivo e o objetivo, que determinam seu lugar do sujeito na sociedade a partir de sua identidade, com base na condição biológica. São as diferenças biológicas - o sexo - que determinaram desde os primórdios que homens e mulheres possuíam identidades fixas, o que definia a forma de comportamento e a atuação social. É o poder que define a identidade, delimitando as diferenças, ambas inseridas no corpo social 2 .

Mulheres Negras: Mulheres Negras: - Gênero, Raça e Etnia
O pré-natal e a atenção à saúde da mulher na ... - Faculdade Social
2º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero - CNPq
abrigos em movimento: - Instituto Fazendo História
Ruídos na representação da mulher ... - Fazendo Gênero
O confinamento doméstico de mulheres em ... - Fazendo Gênero
A construção de gênero e sexualidade no currículo - Fazendo Gênero
Mulheres aprisionadas : Entre a subordinação ea ... - Fazendo Gênero
Ruídos na representação da mulher ... - Fazendo Gênero
as mulheres na escrita de roberto arlt - Fazendo Gênero - UFSC
1 Ruídos na representação da mulher - Fazendo Gênero 10
representações visuais das mulheres nos ... - Fazendo Gênero
O papel das mulheres na sociedade faraônica: a ... - Fazendo Gênero
A MULHER NO ESPAÇO DO FUTEBOL: UM ... - Fazendo Gênero
As mulheres trabalhadoras na justiça do trabalho ... - Fazendo Gênero
Ruídos na Representação da Mulher ... - Fazendo Gênero
Violência nas mulheres e violência das mulheres ... - Fazendo Gênero
mulheres e canções. ST 3 Márcio Ferreira de ... - Fazendo Gênero
História das mulheres na guerra do Paraguai - Fazendo Gênero 10
MULHERES INDÍGENAS EM PORTO VELHO ... - Fazendo Gênero
1 Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
1 Ruídos na representação da mulher - Fazendo Gênero 10
Mulheres Negras - Participação Política - Identida - Fazendo Gênero