Views
4 years ago

Práticas corporais e esportivas. ST 21 Silvana ... - Fazendo Gênero

Práticas corporais e esportivas. ST 21 Silvana ... - Fazendo Gênero

Práticas corporais e esportivas. ST 21 Silvana ... - Fazendo

Práticas corporais e esportivas. ST 21 Silvana Vilodre Goellner UFRGS Palavras-chave: Esporte – mulher - gênero Na “Pátria das Chuteiras” i as mulheres não têm vez Vários são os argumentos possíveis de serem recrutados para explicar ou, ainda, justificar a pouca visibilidade conferida às mulheres no futebol brasileiro. Trago à lembrança dois deles que são facilmente identificados em vários espaços sociais: a aproximação, por vezes recorrente, entre o futebol e a masculinização da mulher e naturalização de uma representação de feminilidade que estabelece uma relação linear e imperativa entre mulher, feminilidade e beleza. Por estarem profundamente entrelaçados, esses argumentos acabam por reforçar alguns discursos direcionados para a privação da participação das mulheres em alguns esportes tais como o futebol, o rúgbi e as lutas ii . Discursos estes que precisam ser colocados em suspeição, afinal, o que significa “masculinização da mulher” num tempo onde as fronteiras entre os gêneros estão constantemente borradas? Importa, assim, desnaturalizar essas representações pois, em última instância, elas estão endereçadas para uma certa normalização dos usos dos corpos femininos, seja no esporte, seja fora dele. Dos corpos e, também, dos comportamentos, dos desejos e das paixões. Mesmo não sendo homogêneos os discursos direcionados para a interdição das mulheres em algumas modalidades esportivas, vale lembrar, que os documentos oficiais que operam nesse sentido expressam as representações normatizadas de feminilidade, em geral, associadas à maternidade e à beleza feminina e, para as quais, esportes considerados como “violentos” deveriam passar ao largo das experiências de sociabilização das meninas e moças. Em 1940, por exemplo, Hollanda Loyola, editor da Revista Educação Physica, publicou um texto cujo título é ilustrativo dessa afirmação: “Pode a mulher praticar o futebol?”. Inquieto com a repercussão que esta prática esportiva parecia representar naquele momento, escreve: Mais uma conquista de Eva... o futebol. Há cerca de uns três meses um grupo de moças dos mais conceituados clubes esportivos dos subúrbios da nossa Capital (Rio de Janeiro) iniciou a prática do futebol feminino entre nós. Organizaram quadros e, de acôrdo com as regras oficiais do “Foot-ball Association”, teem as nossas patrícias disputado várias partidas entre vários clubes. (...) E as partidas repetiram-se animadas e concorridas, violentas e movimentadas, com todas as características do jôgo masculino, sem mesmo lhes faltar êsse complemento que parece imprescindível no famoso esporte bretão - as agressões e os socos.... A propósito dêsse sensacional acontecimento esportivo inúmeras teem sido as consultas a nós endereçadas sôbre êsse tema: Pode a mulher praticar o futebol? (LOYOLA, 1940, 41). Esse excerto mostra-se fértil para compreendermos que, mesmo sendo oficial o discurso da interdição da participação das mulheres em esportes considerados ofensivos para a sua “natureza”,

1 Práticas Corporais e Esportivas – ST 21 Marcos ... - Fazendo Gênero
1 Práticas corporais e esportivas – ST 21 Arlei Sander Damo ...
1 Práticas corporais e esportivas – ST 21 Sissi A. Martins Pereira ...
Gênero e sexualidade nas práticas escolares. ST ... - Fazendo Gênero
Violência de Gênero no Contexto Esportivo - Fazendo Gênero
Gênero e sexualidade nas práticas escolares ST ... - Fazendo Gênero
Gênero na Literatura e na Mídia. ST. 4 ... - Fazendo Gênero
Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
Gênero Ciência e Tecnologia. ST 22 Claudia ... - Fazendo Gênero
Gênero e Religião – ST 24 Nadia Maria Guariza ... - Fazendo Gênero
1 Gênero , Ciências e Tecnologia. ST. 22 Auri ... - Fazendo Gênero
Gênero, memória e narrativas - ST 41 Lucia M. A. ... - Fazendo Gênero
gênero, idade média e interdisciplinaridade. ST ... - Fazendo Gênero
gênero, idade média e interdisciplinaridade ST ... - Fazendo Gênero
1 Gênero e Religião ST. 24 Joice Meire ... - Fazendo Gênero
ST 38 Márcia Maria Severo Ferraz Vera Lúcia ... - Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Fazendo Gênero - UFSC
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
- 1 - ST 49 – A Construção dos Corpos: Violência ... - Fazendo Gênero
Violência de Gênero ST.5 Ana Luiza dos Santos ... - Fazendo Gênero
1 Gênero, raça/etnia e escolarização. ST 23 Ana ... - Fazendo Gênero
Genêro e Religião – ST 24 Maria Cristina Leite ... - Fazendo Gênero
Gênero nas 'ciências naturais e exatas'. ST 25 ... - Fazendo Gênero
Gênero e Sexualidade nas práticas escolares ... - Fazendo Gênero
Gênero, Ciência e Tecnologia. ST 22 Maria de ... - Fazendo Gênero
Gênero, Ciência e Tecnologia. ST 22 Isabel ... - Fazendo Gênero
Gênero e Religião – ST 24 Sônia Cristina Hamid ... - Fazendo Gênero
Práticas discursivas e práticas sexuais na ... - Fazendo Gênero
1 Questões de gênero e educação – ST 58 ... - Fazendo Gênero