Views
4 years ago

O que os alunos pensam sobre questões de ... - Fazendo Gênero

O que os alunos pensam sobre questões de ... - Fazendo Gênero

questões de gênero, sexualidade, raça e etnia, que perpassam toda a dinâmica escolar. Nesse contexto de complexidade, e na maior parte das vezes por falta de formação, muitos/as professores e professoras optam por desenvolver aulas com objetivos exclusivamente disciplinadores, nas quais os conteúdos apresentam-se ausentes de reflexão. (NAVARRO, 2006). É neste ambiente em que estão inseridas as aulas de Educação Física, de História e outras nas quais identidades são constantemente formadas e, por sua vez, deformadas, na medida em que somos constantemente solicitados e avaliados por nossos gestos, comportamentos e linguagens. Nesse universo é evocado um modelo de corpo, que por sua vez é histórica e socialmente ressignificado. Entretanto, dentro das microrelações sociais, existem outras questões influenciadoras. Pois, como afirma Guacira Lopes Louro, homens e mulheres se fazem também “... através de práticas e relações que instituem gestos, modos de ser e de estar no mundo, formas de falar e de agir, condutas e posturas apropriadas (e usualmente, diversas). Os gêneros se produzem, portanto, nas e pelas relações de poder”. Transgredindo de certa forma as características socialmente demarcadas. (NAVARRO, 2006). Dessa forma, faz-se necessário questionar o significado de ser homem e/ou mulher. Quais os saberes e poderes que estão presentes como verdades nestes discursos? Quem ou o que os legitima? E mais especificamente, de que maneira o gênero, e também a sexualidade, perpassam o espaço escolar, penetram nas aulas, nas brincadeiras do pátio escolar, nas relações entre os envolvidos com o cotidiano da sala de aula e do espaço escolar como um todo e disseminam discursos de verdade sobre os corpos dos sujeitos. Com relação aos questionários respondidos, à primeira vista, podemos dizer que só o fato de em um universo de cinqüenta professores/as apenas duas responderem, já é um indicativo da pouca atenção ou valorização do tema. Por outro lado, percebemos que há um interesse por parte dos professores em aprender, mas quando da aplicação do questionário junto aos alunos, parece haver um certo receio de que sua prática seja avaliada. Quando analisamos os questionários respondidos percebemos que, no caso das turmas dessas duas professoras, que 80 % destes alunos afirmam que já estudaram sobre as mulheres na história, sobre família e sexualidade e a mesma porcentagem responde que os livros didáticos nos quais estudaram estas temáticas. Compreensivelmente, quase 100% dos alunos dizem que gostariam que a questão da sexualidade fosse tratada de forma mais contundente nas aulas, no caso nas aulas de história. Entretanto, quando perguntados se poderiam indicar um assunto ligado a estes temas e que tivesse sido abordado em sala por algum professor, 100% dos mesmos diziam “não se lembrar”, ou “não saber dizer” ao certo. Por outro lado, quando se pediu para indicar “alguma coisa”, “qualquer 4

coisa” coisa sobre o assunto ele indicavam nomes de mulheres que apareciam na história (Joana D’Arc, Olga Benário, Carlota Joaquina, Princesa Isabel), a mulher na escravidão, a “evolução” da família ao longo do tempo e a “desigualdade das mulheres na sociedade”. Desta forma, podemos retirar algumas conclusões desta pequena amostragem: primeiro, apesar dos professores não saberem ao certo como trabalhar estas temáticas em sala de aula, há um esforço por parte dos mesmos em tentar discutir na sua prática docente estas questões, ainda que com grande suporte nas indicações dos livros didáticos. Segundo, quando isto acontece há ainda uma tendência em se trabalhar “as mulheres na história” a partir da idéia dos grandes nomes e heróis e, por último, há uma completa ausência da temática da sexualidade apesar da indicação curricular contida nos PCNs, em especial nos Temas Transversais, que aponta a disciplina de História como um dos lugares para se discutir tal tema. À guisa de conclusão, podemos dizer que é imperativo se discutir como as temáticas de gênero e sexualidade estão sendo trabalhadas pelos professores e como os alunos interpretam o ensino desses temas, pois devemos sempre levar em conta que a escola, muitas vezes, fabrica sujeitos para, por exemplo, satisfazer as necessidades de divisão do trabalho na sociedade, e também coopera no processo de modelagem de corpos, gostos, preferências, gestos e linguagens, isto é, na produção de subjetividades. Referências Bibliográficas: DALL’ALBA, Lucena. “Sexualidade: narrativas autobiográficas de educadoras/res”. Anais do Fazendo Gênero 7, Florianópolis: 2006. LOURO, Guacira L. Gênero, Sexualidade e Educação: uma perspectiva pós-estruturalista. Petrópolis: Vozes, 1997. _________________ . O Corpo Educado: pedagogias da sexualidade. BH: Autênctica, 1999. NAVARRO, Rodrigo Tramutolo. “Gênero e Sexualidade nas Práticas Escolares”. Anais do Fazendo Gênero 7, Florianópolis: 2006. PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS. Temas Transversais. Pluralidade cultural: orientação sexual/Secretaria da Educação. Ensino Fundamental. 2. Ed. RJ, DP&A: 2000. SCOTT, Joan W. “Gênero: uma categoria útil de análise” In: Educação e Realidade. v. 6 no. 2: Porto Alegre, 1990. ________________ - “Prefácio a Gender and Politics of History ” In: Cadernos Pagu (3). Campinas: IFCH/UNICAMP, 1994, (Trad. de Mariza Corrêa). 5

Questão de gênero e raça: o desempenho ... - Fazendo Gênero
o que alunos de 8ª série pensam sobre a escola - Ação Educativa
Gênero e sexualidade nas práticas escolares ... - Fazendo Gênero
O que pensam alunos e professores de inglês sobre ... - Celsul.org.br
Gênero e sexualidade nas práticas escolares ST ... - Fazendo Gênero
o que pensam os alunos de 8ª série, de escolas estaduais,sobre o ...
Gênero e Sexualidade nas práticas escolares ... - Fazendo Gênero
1 Questões de gênero e educação – ST 58 ... - Fazendo Gênero
Questões de gênero na literatura e na produção ... - Fazendo Gênero
O que pensam os alunos sobre a avaliação? - Universidade de Lisboa
Um estudo sobre as relações de gênero Arlete de - Fazendo ...
1 Gênero e Sexualidade nas Práticas Escolares ... - Fazendo Gênero
1 Gênero e sexualidade nas práticas escolares - Fazendo Gênero ...
O Estado Brasileiro e a questão do aborto: A ... - Fazendo Gênero
Gênero e Sexualidade nas Práticas Escolares ... - Fazendo Gênero
Violência sexual: uma questão de gênero - Fazendo Gênero 10 ...
“Meninos Não Choram”: uma análise sobre a ... - Fazendo Gênero
De ribeirinhas sobre a saúde - Fazendo Gênero 10
Jovens Feministas: um estudo sobre a ... - Fazendo Gênero
homossexualidade: qual a sua visibilidade na ... - Fazendo Gênero
Amanaiara Conceição de Santana Miranda - Fazendo Gênero 10