Views
4 years ago

Gênero nas interseções: classe, etnia e gerações ... - Fazendo Gênero

Gênero nas interseções: classe, etnia e gerações ... - Fazendo Gênero

Gênero nas interseções: classe, etnia e gerações ... - Fazendo

Gênero nas interseções: classe, etnia e gerações ST. 34 Kátia Jane Chaves Bernardo 1 UNEB palavras-chave: coabitação, velhice, violência. Novos laços familiares: o fenômeno da coabitação de gerações e a violência contra a pessoa idosa Nesse trabalho, estaremos falando de novos laços familiares que se estabelecem a partir da solidariedade familiar e que termina por fortalecer o fenômeno da coabitação e as relações intergeracionais. Dessa forma, ao longo desse artigo, estaremos também discutindo dimensões presentes nas relações que se estabelecem em um número significativo de famílias: gênero, geração, velhice e violência. Essas dimensões “expressam diferenças, oposições, conflitos e/ou alianças e hierarquias provisórias. Provisórias porque na dialética da vida os lugares sociais se alternam, as situações sociais se desestruturam e se reconstroem em outros moldes” 2 . “Os meus filhos são ótimos. Não tenho problema com nenhum deles. [...]. O meu filho mais velho me deu um carro de presente, mas meu filho caçula [já adulto e mora com Sr. F] precisou e ainda não me devolveu” 3 . Os filhos têm prolongado, cada vez mais, a permanência na casa dos pais, fazendo da coabitação de gerações, um fenômeno cada vez mais presente nas famílias brasileiras. Como reflexo da omissão do Estado frente ao alto índice de desemprego, à má distribuição de renda, da quase inexistência de políticas públicas, da escassez de programas sociais e da precariedade da saúde pública, só resta à família atuar de maneira mais direta e intensa na regulação das relações e nos apoios intergeracionais, fazendo surgir a solidariedade familiar, importante e diversificada na sociedade brasileira, onde os apoios se efetuam em função da situação social dos seus atores. Esse movimento, comum nas regiões urbanas brasileiras, produz uma transformação no campo da família e nos processos de filiação que termina por favorecer uma expansão do núcleo familiar, com o aumento de famílias nas quais coexistem três e mesmo quatro gerações. Nesse contexto, os velhos passam a viver na casa de um dos filhos ou, se são proprietários de uma casa, um dos filhos adultos vem com a família morar com eles como forma de baratear os custos habitacionais e garantindo os cuidados às crianças e a outros dependentes (aqueles que não estão inseridos ativamente no mercado de trabalho, como os adolescentes, os idosos e os desempregados) 4 . Fica claro, então, que a coabitação pode vir a beneficiar tanto as gerações mais novas quanto as mais velhas, embora estudos (CAMARANO 5 , 2004; BAWIN-LEGROS et all. 6 , 1

Mulheres Negras: Mulheres Negras: - Gênero, Raça e Etnia
Gênero nas interseções: classe, etnia e gerações ... - Fazendo Gênero
classe, etnia e gerações. ST 34 Neuza de Farias ... - Fazendo Gênero
Gênero nas interseções: classe, etnia e gerações – ST 34 Mériti de ...
1 Gênero, raça/etnia e escolarização. ST 23 Ana ... - Fazendo Gênero
Gênero e etnia como temáticas emergentes na formação e na ação ...
1 Articulando Gênero e Geração aos Estudos de ... - Fazendo Gênero
Relações de gênero e suas representações na ... - Fazendo Gênero
GÊNERO, MASCULINIDADE E DOCÊNCIA: - Fazendo Gênero
Da vitimização às lutas por reconhecimento - Fazendo Gênero - UFSC
Download do Trabalho - Fazendo Gênero - UFSC
a educação das relações violentas e sua ... - Fazendo Gênero
Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
o gênero e os fenômenos de variação na fala - Fazendo Gênero
Relações de gênero, feminismo e subjetividades ... - Fazendo Gênero
Futebol, gênero e identidade feminina: Um ... - Fazendo Gênero
1 Perspectivas interseccionais de gênero e ... - Fazendo Gênero
Brasileiras no mercado de trabalho na áre ... - Fazendo Gênero