Views
4 years ago

- 1 - ST 49 – A Construção dos Corpos: Violência ... - Fazendo Gênero

- 1 - ST 49 – A Construção dos Corpos: Violência ... - Fazendo Gênero

- 1 - ST 49 – A Construção dos Corpos: Violência ... - Fazendo

ST 49 A Construção dos Corpos: Violência Material e Simbólica Valéria Fernandes da Silva UNB Idade Média Práticas Discursivas Corpo GÊNERO E VIDA CONSAGRADA NO SÉCULO XIII: A CONSTRUÇÃO DO CORPO DA RELIGIOSA ENQUANTO PRÁTICA DISCURSIVA No ano de 1995, o filme “Os Últimos Passos de um Homem” trouxe para as telas de cinema um diálogo interessante entre a Irmã Helen Prejean, primeira mulher a servir de conselheira espiritual para condenados no corredor da morte, e o capelão da prisão a questiona por não usar hábito, foi questionada sobre sua honestidade, idoneidade moral e, mesmo, respeito à hierarquia da Igreja. 1 Para o padre era dever da religiosa usar hábito e isso havia sido reforçado pelo papa de então, João Paulo II. A desobediência da freira levaria os presos a fazerem o mesmo, e sendo ela mulher, vestida com roupas civis os instigaria à luxúria. A freira se saiu muito bem da armadilha e não era objetivo do filme discutir a questão, de qualquer forma, meu olhar de feminista sempre retoma a seqüência quando vou às minhas fontes, em especial às regras que foram propostas às franciscanas, e percebo a preocupação com a modéstia e a decência feminina. Na verdade, nesses textos é possível perceber o esforço discursivo no sentido de criar os corpos femininos, delimitá-los, caracterizá-los, regrá-los. Norman Fairclough define discurso como “como ação, uma forma como as pessoas podem agir sobre o mundo e sobre os outros,” 2 . Os discursos, para Eni Orlandi, estariam na “base da produção da própria existência humana”, pois ao enunciarmos nossos discursos sobre o mundo, estamos produzindo sentidos, seja como indivíduos, ou como membros de uma sociedade historicamente determinada. 3 Como sentidos, compreendo: - 1 - (...) uma construção social, um empreendimento coletivo, mais precisamente interativo, por meio do qual as pessoas na dinâmica das relações sociais historicamente datadas constroem termos a partir dos quais compreendem e lidam com as situações e fenômenos a sua volta. 4 Assim, todos os discursos são uma produção social, nós, enquanto seres humanos historicamente determinados, os construímos e somos construídos por eles. Os discursos sobre as mulheres, em especial sobre seus corpos e seu comportamento, são retomados de tempos em tempos, relidos, questionados ou reiterados. Como disse Foucault, “o novo não está no que é dito, mas no acontecimento de sua volta”. 5 Assim, vestindo-nos ou despindo-nos, nós mulheres terminamos sendo reduzidas aos nossos corpos que devem ser dóceis, submissos e moldáveis de acordo com os interesses falogocêntrico do momento.

Interligações entre Cultura, Violência Baseada no Género ... - SAfAIDS
violência material e simbólica. ST 49 Cristina ... - Fazendo Gênero
A construção dos corpos - Fazendo Gênero 10
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Entre a casa e a ...
Corpo, Violência e Poder - Fazendo Gênero 10 - UFSC
Corpo, Violência e Poder - Fazendo Gênero 10 - UFSC
Corpo, Violência e Poder - Fazendo Gênero - UFSC
Fazendo Gênero 8 Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
gênero, idade média e interdisciplinaridade ST ... - Fazendo Gênero
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Corpo, Violência e Poder - Fazendo Gênero - UFSC
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis ... - UFSC
Violência de Gênero ST.5 Ana Luiza dos Santos ... - Fazendo Gênero
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Corpo, Violência e Poder - Fazendo Gênero - UFSC
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder A mulher sob o ...
1 Gênero, raça/etnia e escolarização. ST 23 Ana ... - Fazendo Gênero
Gênero, violência e segurança pública ST. 39 ... - Fazendo Gênero
Violência; Gênero; Ciências - Fazendo Gênero
Gênero na Literatura e na Mídia. ST. 4 ... - Fazendo Gênero
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis ... - UFSC