Views
4 years ago

Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...

Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...

Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a

Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a 28 de agosto de 2008 Desenhos de meninos e meninas: relações entre imaginário e gênero Profa. Dra. Susana Rangel Viera da Cunha 1 Desenho Infantil, Gênero, Cultura Visual ST 10: Educação Infantil e Relações de gênero A pesquisa Desenhos de meninos e meninas: relações entre imaginário e gênero resulta de uma investigação mais abrangente em torno de como a infância está sendo vista a si mesma, entre seus pares, e pelos outros, através dos diferentes artefatos visuais. Atualmente, na linha de pesquisa Estudos sobre Infâncias (PPGEDU/FACED), o eixo temático, o qual coordeno, Cultura Visual e Infância, desenvolve pesquisas e reflexões acerca das pedagogias da visualidade para e sobre a infância. Assim, esta pesquisa se dá a partir de vários estudos anteriores (CUNHA: 2004; 2005, 2006) onde busco entender as reverberações das pedagogias visuais endereçadas à infância e do meu trabalho docente como supervisora de estágio de Educação Infantil 2 . Neste trabalho observo, junto com estagiárias e professoras, como as crianças pequenas estão produzindo suas representações visuais e as possíveis relações entre a cultura visual contemporânea e o imaginário infantil. Nas observações e reflexões, sobre as produções visuais infantis, o que chama nossa atenção é que há “um desenho de meninas e um desenho de meninos”, com marcadores visuais, muitas vezes encontrados nas produções culturais dirigidas às crianças. Ou seja, há toda uma estética infantil generificada, produzida pelos diferentes artefatos culturais que, de muitas formas, influenciam as formas de representações das crianças. Percebo que os desenhos produzidos pelas crianças no período representativo nas situações do cotidiano escolar, sejam elas em situações espontâneas, sejam em situações orientadas pelas professoras ou estagiárias, apresentam repertórios estéticos com características definidas em relação ao gênero, como por exemplo: organização espacial, modos de utilização dos diferentes materiais expressivos, construção das formas representativas, uso de cores e materiais, recorrência de signos e símbolos, entre outras características concretamente observáveis. Nos desenhos, bem como em outras produções visuais infantis, aparecem alguns marcadores de gênero presentes nos artefatos culturais que as crianças convivem, como por exemplo: movimento, cores escuras=meninos; flores, cores claras (o rosa)=meninas. Minha intenção é entender como as crianças constroem suas representações de gênero sobre si e sobre os outros através dos artefatos e objetos visuais que nos inundam cotidianamente, pois as identidades femininas e masculinas infantis estão sendo compostas, em grande parte, nos diálogos com as representações imagéticas que circundam nossos atos e pensamentos, dos mais banais aos mais complexos.

Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 – Corpo, Violência E Poder
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis ... - UFSC
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis ... - UFSC
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Entre a casa e a ...
Fazendo Gênero 8 Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder ...
Corpo, Violência e Poder - Fazendo Gênero 10 - UFSC