Views
4 years ago

Violência de Gênero no Contexto Esportivo - Fazendo Gênero

Violência de Gênero no Contexto Esportivo - Fazendo Gênero

masculino e do feminino. Por exemplo, esportes que apresentam características tais como: garra, agressividade, combate, liderança, espírito guerreiro, como é o caso do futebol, são esportes permitidos aos homens e negados às mulheres; já para às mulheres, a sociedade permite a prática de esportes, que ressaltem sua feminilidade, como é o caso das ginásticas, das danças. Os resultados corroboram com os resultados encontrados por Paim 17 , quando investigou como mulheres esportistas e não esportistas, administram os estereótipos de gênero nos esportes, concluindo que as adolescentes esportistas, deixam claro, que gostam de praticar esportes e não se consideram masculinizadas por isso, pois de alguma maneira já superaram os conflitos internos causado pela visão estereotipada da mulher esportista. Já as adolescentes não esportistas, esclarecem que a falta de vivência na área esportiva favorece a construção de uma imagem distorcida das mulheres atletas, pois nesse grupo foi tendência absoluta, classificar as mulheres esportistas com base em critérios definidos socialmente como masculinos. CONSIDERAÇÕES FINAIS A violência na compreensão dos(as) atletas de handebol, é um sentimento pobre e desnecessário. Ela é resultante das desigualdades sociais, as quais são na maioria das vezes vivenciadas na família e reproduzidas no meio social. Os(as) atletas percebem a violência no esporte, de diferentes maneiras: a violência física, onde se encontram os socos, os tapas, os pontapés, etc., e concordam, que este tipo de violência é sempre intencional. A violência verbal, quando há a presença de ofensas, piadas, palavrões, e a violência psicológica, a qual se manifestou na representação do racismo. As atletas de handebol percebem a violência contra a mulher no esporte, através dos baixos salários e falta de condições de treino; quando as mulheres dirigentes esportistas, as comentaristas esportivas e as mulheres em cargos administrativos relacionados ao esporte, são em menor número que os homens; quando a família incentiva mais os homens a praticarem determinados esporte e as mulheres não; quando as atletas de futebol são vítimas de preconceitos e estigmas. Já na visão dos atletas de handebol, a violência contra a mulher no esporte, é percebida quando: há falta de incentivo a prática dos esportes, pela família e pela sociedade; Quando há diferenças de salários entre os(as) atletas. Pode-se inferir pela fala dos atletas que estes consideram essas diferenças salariais, como sendo resultado das recentes conquistas das mulheres, inclusive no contexto esportivo. REFERÊNCIAS

1 HULT, J. S. The story of women’s athletics: manipulating a dream. 1890-1985. In: COSTA, M.; GUTHRIE, S. eds. Womens and sport: interdisciplinary perspectives. Champaing, Human Kineties, p. 83-106, 1994. 2 TAMBURRINI, C. T. O Retorno da Amazonas. www.efdeportes.com/ Año 4 N. 13. Buenos Aires, 1999. 3 DE SOUSA, E. S. & ALTERMAN, H. (1999) Meninos e Meninas: Expectativas corporais e implicações na Educação Física Escolar. Cadernos Cedes, ano XIX, N.48. 4 KNIJNIK, J. D. & VASCONCELLOS, E. G. Mulheres na área no país do futebol perigo de gol. In: Mulher e Futebol: mitos e verdades (Org.) SIMÕES, A São Paulo: Manole, p. 165-175, 2003. 5 CAPITANIO, A. M. Contexto social esportivo: fonte de stress para a mulher? www.efdeportes.com/ Revista Digital. Buenos Aires Año 10 N 78, noviembre de 2004. 6 JAEGER, F. P. Infância e Relações de Gênero In: Violência, gênero e políticas públicas Org. Marlene N. Strey; Mariana P. R. Azambuja, Fernanda P. Jaeger. Porto Alegre:EDIPUCRS, 2004. 7 SARAIVA, M. C. Co-Educação Física e Esportes: Quando a diferença é mito. Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 2 ed, 2005. 8 AZAMBUJA, M. P. R. Violência doméstica contra crianças: uma questão de gênero? In: Violência, gênero e políticas públicas Org. Marlene N. Strey; Mariana P. R. Azambuja, Fernanda P. Jaeger. Porto Alegre:EDIPUCRS, 2004. 9 PAIM, M. C. C & STREY, M. N. Percepção de corpo da mulher que joga futebol. www.efdeportes.com/ Revista Digital-Buenos aires-año 10 N. 89 Junio de 2005. 10 BAUER, M. W. Análise de Conteúdo Clássica. IN: Pesquisa Qualitativa com Texto, Imagem e Som: um manual prático. Trad. Pedrinho Guareschi. Petrópolis: Vozes, 2003. 11 KUDE, V. M. M. Como se faz análise de dados na pesquisa qualitativa em Psicologia. PSICO. Porto Alegre, v. 28, n,.2, p. 183-202, jul/dez, 1997. 12 BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: edições 70, 1991. 13 MINAYO, M. C. de S. O Desafio do Conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo-Rio de Janeiro: Hucitec-Abrasco, 1998. 14 WERBA, G. C. O Tudo e o Nada: Mulheres e Representações Sociais da Violência contra a Mulher. Tese de Doutorado não Publicada. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul/ PUC. Porto Alegre, 2004. 15 KFOURI, J. Sonhar de olhos abertos. In: Lerner, L. (ed). Op., p. 61-64, 1996 16 STREY, M. N. Violência de gênero: uma questão complexa e interminável. In: Violência, gênero e políticas públicas Org. Marlene N. Strey; Mariana P. R. Azambuja, Fernanda P. Jaeger. Porto Alegre:EDIPUCRS, 2004. 17 PAIM, M. C. C. Esterótipos de gênero no futebol. In: Jornada de atividade física e saúde. Cachoeira do Sul, 2005.

Interligações entre Cultura, Violência Baseada no Género ... - SAfAIDS
Violência Doméstica - MPD - Ministério Público Democrático
Práticas corporais e esportivas. ST 21 Silvana ... - Fazendo Gênero
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Violência nas mulheres e violência das mulheres ... - Fazendo Gênero
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Violência; Gênero; Ciências - Fazendo Gênero
Simpósio Temático 39: Gênero, Violência e ... - Fazendo Gênero
Fazendo Gênero 8 Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder ...
Corpo, Violência e Poder - Fazendo Gênero 10 - UFSC
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Corpo, Violência e Poder - Fazendo Gênero - UFSC
Corpo, Violência e Poder - Fazendo Gênero - UFSC
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Entre a casa e a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
violência de gênero, queixa e demanda social - Fazendo Gênero 10
Violência de Gênero ST.5 Ana Luiza dos Santos ... - Fazendo Gênero
violência de gênero eo novo sujeito do ... - Fazendo Gênero
Violência sexual: uma questão de gênero - Fazendo Gênero 10 ...
A MULHER NO ESPAÇO DO FUTEBOL: UM ... - Fazendo Gênero
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder A mulher sob o ...
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...
a violência contra as mulheres no estado de ... - Fazendo Gênero
- 1 - ST 49 – A Construção dos Corpos: Violência ... - Fazendo Gênero
Poder e violência em Hipólito de Eurípides ... - Fazendo Gênero
Gênero e sexualidade nas práticas escolares. ST ... - Fazendo Gênero
Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a ...