Views
4 years ago

1 Gênero, Etno-conhecimento e Meio Ambiente ... - Fazendo Gênero

1 Gênero, Etno-conhecimento e Meio Ambiente ... - Fazendo Gênero

Anais do VII Seminário

Anais do VII Seminário Fazendo Gênero 28, 29 e 30 de 2006 a existência de diversos tipos de turistas e dos distintos interesses e usos sobre a natureza. Há uma noção de que o turista que degrada o ambiente e não respeita as fragilidades dos atrativos, além de não deixar renda no local. “Um dos maiores impactos que nós temos é a época do Rally x , porque esse pessoal não trazem benefícios. A degradação das estradas e do meio ambiente é muito grande e já trazem tudo de fora. Esse tipo de turista nós estamos dispensando.” (entrevista dia 25/04/2006, D. Jovenice) Os ecoturistas xi são frequentemente relacionados àqueles que levam orientação acerca da importância de se conservar a natureza. “Não tem nada de ruim. O turista orienta as crianças para guardar o lixo porque eles falam que onde tem lixo não tem turista”. (entrevista dia 22/04/2006, Tonha) A noção de que o recurso “capim dourado” é esgotável, contribuiu para que estas pessoas começassem a perceber o meio ambiente de forma diferente. Somado a este movimento, o aumento do fluxo turístico, traz a tona reflexões que não faziam parte do cotidiano local, como por exemplo, a sustentabilidade dos recursos naturais. O capim ainda sofre pressões das queimadas descontroladas na época de seca, coincidindo com a época da colheita (setembro). Neste sentido, em 2002 começou a ser desenvolvida uma pesquisa intitulada “Conservação e Manejo de capim dourado no Jalapão”, realizada pela Ong Pequi, em parceria com a Diretoria de Florestas do Ibama e com apoio da Associação Capim dourado do Povoado da Mumbuca, do Parque Estadual do Jalapão, da Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins e do Naturatins xii . Vale ressaltar que o contato da comunidade local com algumas pesquisas realizadas na região também tem contribuído para a mudança da percepção em relação ao meio, que também é revelada pela atitude das pessoas que sobrevivem do capim frente a coleta indiscriminada feita por outras comunidades não inseridas na região, causando um forte pressão. “Se a comunidade não se unir, acaba o capim. Acabando o capim, acaba o dinheiro.” (entrevista dia 25/04/2006, D. Jovenice) No que se refere à percepção do público pesquisado em relação à conservação dos recursos naturais, podemos dizer que há uma consciência de que os recursos não são eternos, que precisam ser conservados, mas isto em função da própria atividade turística e do desenvolvimento do artesanato. O contato com um tipo de turista que procura deixar renda no local e que demonstra posturas pró-ativas em relação ao meio ambiente (que é encarado como um respeito a ela mesma) e o risco de desaparecer a principal 4

Anais do VII Seminário Fazendo Gênero 28, 29 e 30 de 2006 fonte de renda, parece ser o incentivo para que a comunidade mude a sua forma de lidar, ou de pelo menos enxergar, o meio em que vivem e se torne atuante no processo. Referências BEHR, Miguel Von; ARRUDA, Moacir Bueno (org). Jalapão: expedição científica e conservacionista. Brasília: Ibama, 2002. FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína (coord.). Usos e abusos da História Oral. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas, 1996. PARENTE, Temis Gomes. Gênero e memória de mulheres desterritorializadas. (impresso, 2006) SEPLAN. Plano de Manejo do Parque Estadual do Jalapão. Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, Governo do Estado do Tocantins. Palmas, 2003. i O presente artigo é parte da pesquisa “Turismo no Parque Estadual do Jalapão: identificação dos usos e proposição de medidas de controle e monitoramento”, realizado através da parceria do Núcleo de Estudos Estratégicos em Ambiente e Turismo Sustentável (NEATUS/UFT) com Fundação Boticário de Proteção da Natureza e do projeto de pesquisa de mestrado “Análise da implementação do Parque Estadual do Jalapão na percepção da comunidade em relação à conservação do cerrado”, desenvolvida pela autora no Programa de Mestrado em Ciências do Ambiente (PGCIAMB/UFT). ii A região do Jalapão concentra a maior área protegida de Cerrado, com uma grande variedade de ambientes e alta biodiversidade. Está localizada no extremo leste do estado do Tocantins, cerca de 260 Km de Palmas, sendo cortada por importantes afluentes dos rios Tocantins e Parnaíba – bacia do rio Tocantins, abrangendo principalmente os municípios de Mateiros, Ponte Alta e São Félix do Tocantins (SEPLAN, 2003). iii O Estado do Tocantins foi criado em 1988, e até então a região do atual estado, chamada de “norte goiano”, pertencia ao Estado de Goiás. Esse fato permitiu que a região do Jalapão começasse a receber apoio governamental tanto em termos de infra-estrutura como apoio para desenvolvimento da economia local. iv Em 2000, o Governo do Tocantins criou o Parque Estadual do Jalapão com a finalidade de conservar esse fragmento. É uma unidade de conservação que coincide com outras UCs de uso direto e indireto como a APA Estadual do Jalapão, a APA Federal da Serra da Tabatinga e Estação Ecológica da Serra Geral do Tocantins e o Parque Nacional das Nascentes do Parnaíba. Essa configuração requer um manejo integrado dessas UCs principalmente no que tange a inserção das comunidades envolvidas no processo de tomada de decisões e da participação das mesmas na conservação desse bioma. v Segundo dados do Censo Demográfico de 2000, havia um total de 1642 pessoas no município, distribuídas entre a área urbana (636 habitantes) e rural (1006 habitantes). Embora haja predominância da população rural com 61, 27%, este percentual veio caindo nos últimos anos, detectando-se uma pequena tendência de urbanização do município. No decênio de 1991/2000, a população rural caiu em torno de 5

Capítulo 1 - Ministério do Meio Ambiente
série histórica 2013 - Secretaria do Meio Ambiente e Recursos ...
folha do meio ambiente - Centro de Documentação e Pesquisa ...
Co-processamento - Conselho Estadual do Meio Ambiente
Plano Diretor 2 - Secretaria do Meio Ambiente
Anfíbios - Ministério do Meio Ambiente
Bacias Hidrográficas do Paraná - Secretaria do Meio Ambiente e ...
ética, meio ambiente e cidadania para o turismo - Livros Grátis
1. Agricultura e Meio Ambiente - deputado federal marco maia
ok_A escola como sítio de preservação do Meio Ambiente
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo - Prefeitura ...
INFORMATIVO MULHER E MEIO AMBIENTE - Centro de ...
A ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO MEIO AMBIENTE - AMA, fundada ... - fijo
Lista de presença - Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos
IMETAME LOGISTICA LTDA - Instituto Estadual de Meio Ambiente
Revista Áreas Protegidas da Amazônia - Ministério do Meio Ambiente
Módulo 2 – Meio ambiente - Funbio
o setor ceramista eo meio ambiente - CPRH - Governo do Estado de ...
turismo, sustentabilidade e meio ambiente no cariri oriental ... - aciur
CTR São Mateus - Instituto Estadual de Meio Ambiente - Governo ...
RIMA - Instituto Estadual de Meio Ambiente - Governo do Estado do ...
Volume 4 - Laboratório de Hidrologia e Estudos do Meio Ambiente ...