Views
5 years ago

A construção do ideal de masculinidade na ... - Fazendo Gênero

A construção do ideal de masculinidade na ... - Fazendo Gênero

A construção do ideal de masculinidade na ... - Fazendo

Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder Florianópolis, de 25 a 28 de agosto de 2008 A construção do ideal de masculinidade na sociedade ibero-castelhana do século XIII Charles Roberto Ross Lopes – Universidade de Caxias do Sul / Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Palavras-chave: masculinidades, virilidade, homossexualidade. ST 70 – Corpo, violência e poder na antiguidade e no medievo em perspectiva interdisciplinar. A percepção do gênero masculino no medievo recentemente começa a ser explorada pelos medievalistas. Mesmo que Georges Duby (1989) argumente que “a Idade Média é resolutamente masculina, uma vez que todos os relatos que chegam até nós e nos informam sobre essa sociedade vêm dos homens”, não dispomos de um inventário detalhado das características do gênero masculino nesse contexto sócio-cultural. Além disso, é imprescindível atentar para o fato de que nenhuma forma de sexualidade – e também de vivência dos gêneros – é natural ou espontânea, mas sim, construída através de múltiplas instâncias e práticas. Assim como ninguém nasce mulher mas se torna mulher, 1 ninguém nasce homem mas se faz homem ao longo da existência. Nessa lógica, tanto a masculinidade, quanto à feminilidade, são subjetividades adquiridas independentemente do sexo anatômico dos sujeitos. Ainda que as diferenças biológicas sejam tomadas como base ao refletirmos sobre os gêneros, sua compreensão transcende a dicotomia macho e fêmea, uma vez que, as identidades de gênero refletem uma construção social que apresenta uma história e um sentido político. Como destaca Gil Mihaely (2006) “la notion de genres (gender) est essentielle car elle constate que le sexe biologique ne détermine pas le sexe culturel, que le mâle et la femelle ne sont pas les «parents» des masculinités et féminités mais plutôt leur fondement symbolique”. 2 Partindo dessas premissas e levando em consideração que a Idade Média foi predominantemente masculina, pretendemos analisar o ideal de masculinidade tecido pela sociedade ibero-catelhana no decorrer do século XIII. Gênero e Masculinidades Essa Idade Média masculinizada, marcada pela guerra e pela agressão (Duby, 1980), configura- se como um fértil campo de investigação sobre as relações sociais entre os sexos. Consoante Rejane Barreto Jardim (2006):

GÊNERO, MASCULINIDADE E DOCÊNCIA: - Fazendo Gênero
Masculinidade e Homofobia em O Ateneu ... - Fazendo Gênero
Construindo uma nova masculinidade: - Fazendo Gênero 10 - UFSC
A construção dos corpos - Fazendo Gênero 10
Relações de gênero e suas representações na ... - Fazendo Gênero
A Construção da Imagem - Fazendo Gênero 10
Simpósio Temático 39: Gênero, Violência e ... - Fazendo Gênero
Relações de gênero, feminismo e subjetividades ... - Fazendo Gênero
Download do Trabalho - Fazendo Gênero - UFSC
- 1 - ST 49 – A Construção dos Corpos: Violência ... - Fazendo Gênero
a construção da masculinidade em espaços de ... - Unigranrio
gênero, idade média e interdisciplinaridade. ST ... - Fazendo Gênero
“Porque o homem não muda. Evolui”. - Fazendo Gênero 10
A construção de gênero e sexualidade no currículo - Fazendo Gênero
Fazendo Gênero 8 Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder ...
Práticas discursivas e práticas sexuais na ... - Fazendo Gênero
As mulheres trabalhadoras na justiça do trabalho ... - Fazendo Gênero
Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
corpo do outro. Construções raciais e imagens - Fazendo Gênero 10
Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
GÊNERO E PSICOLOGIA: UM DEBATE EM ... - Fazendo Gênero
Bianca de Vasconcellos Sophia - Fazendo Gênero