Relatório_Acidentes Mortais em GIFs 2013.pdf

pyro1973

Relatório encomendado pelo Ministério da Administração Interna (MAI) ao Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais - ADAI/LAETA do
Departamento de Engenharia Mecânica da Faculdade de Ciências e Tecnologia, da Universidade de Coimbra, com o fim de apurar as causas que levaram aos acidentes que provocaram a morte a 9 bombeiros.

Universidade de Coimbra Os Incêndios Florestais de 2013

2. O incêndio de Picões (Alfândega da Fé)

2.1. Enquadramento

O incêndio que entre os dias 8 e 12 de julho de 2013 queimou, segundo o ICNF, 13706 hectares (1983

hectares de povoamentos florestais e 11723 hectares de mato) foi o maior do ano em Portugal. O incêndio

atingiu 4 concelhos do distrito de Bragança: Alfândega da Fé, Mogadouro, Freixo de Espada‐à‐Cinta e Torre

de Moncorvo (Figura 8). Contabilizando a área no perímetro final a que tivemos acesso obtemos um valor

atualizado de área ardida de 14136,5 hectares.

Figura 8 – Enquadramento geral do incêndio de Picões

Iremos, neste capítulo, fazer uma reconstrução da propagação do incêndio, tão fiel quanto possível, uma

análise do comportamento do fogo e dos respetivos fatores condicionantes.

A caraterização de toda a área afetada foi feita pelo ICNF no Relatório Técnico “Recuperação da Área

Ardida do Incêndio de Picões” (ICNF, 2013), imediatamente a seguir ao incêndio. Devido a restrições de

tempo na execução deste nosso trabalho e, sobretudo, ao facto de o relatório mencionado descrever muito

bem a região iremos, pontualmente, basear‐nos nele. A sua consulta no sítio de internet do ICNF é pública.

Iremos focar‐nos mais em aspetos que consideramos ser relevantes no contexto dos incêndios florestais.

Infelizmente tivemos muita dificuldade em obter, em tempo útil, dados claros por parte dos Municípios

afetados que nos permitissem fazer uma análise aprofundada à eficácia da implementação (ou falta dela)

das medidas de gestão de combustíveis nos mesmos.

A informação utilizada para a reconstrução da propagação do incêndio de Picões provém sobretudo das

entrevistas realizadas aos Comandantes dos Corpos de Bombeiros do Distrito de Bragança que estiveram

diretamente ligados ao seu combate, do relato do CODIS de Bragança e de testemunhos de elementos da

27

More magazines by this user