Pesquisa Especial de Tabagismo PETab - libdoc.who.int

libdoc.who.int

Pesquisa Especial de Tabagismo PETab - libdoc.who.int

Mensagem da Chefe do Global Tobacco Branch *

Em nome do Office on Smoking and Health ** dos Centers for Disease Control and Prevention dos EUA, gostaríamos

de parabenizar o Brasil pela publicação do Relatório da Pesquisa Especial de Tabagismo (PETab). Este

documento estabelece um marco na participação do Brasil no primeiro levantamento global para monitorar o

uso e as tendências de consumo do tabaco através de métodos padronizados, além de ser importante insumo

para melhorar os esforços de prevenção e controle de tabaco no Brasil.

Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para também reconhecer o notável conhecimento técnico e liderança

demonstrados pelo Brasil. O Brasil foi o primeiro país a integrar o GATS em uma pesquisa pré-existente, a

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), logrando manter os padrões internacionais e a natureza

colaborativa da iniciativa. Tal esforço exigiu criatividade, profundo conhecimento do protocolo, habilidades

técnicas e comunicação eficaz entre os vários parceiros, tanto no cenário nacional, quanto internacional. A

concepção e a realização da PETab no Brasil como parte da PNAD estabeleceu um novo padrão global para a

integração do GATS em sistemas de pesquisas existentes, garantindo a sustentabilidade futura da PETab no país.

O Brasil tem sido um líder global no controle de tabaco e o empenho demonstrado pelo Ministério da Saúde

e por todos os parceiros nacionais, como o INCA (Instituto Nacional de Câncer), o IBGE (Instituto Brasileiro de

Geografia e Estatística), a SVS (Secretaria de Vigilância em Saúde), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância

Sanitária) e a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) está refletido neste relatório. Os dados aqui apresentados fornecerão

um importante norte para os futuros trabalhos no Brasil e, certamente, a experiência da PETab no Brasil

proporcionará um modelo a ser seguido em outros países.

Esses dados também ajudarão no monitoramento e avaliação contínuos dos artigos da Convenção-Quadro para

o Controle do Tabaco da Organização Mundial da Saúde (CQCT OMS). Através da conclusão bem sucedida da

PETab, o Brasil demonstrou o forte compromisso com a implementação efetiva do plano de medidas MPOWER.

As seis medidas que compõem o MPOWER se baseiam nas diretrizes estabelecidas na CQCT: monitorar o uso

do tabaco e as políticas de prevenção, proteger as pessoas do fumo passivo, oferecer ajuda para aqueles que

querem parar de consumir tabaco, advertir sobre os perigos do tabaco, fazer cumprir a proibição da publicidade,

promoção e patrocínio do tabaco e aumentar os impostos sobre produtos derivados do tabaco.

Agradecemos ao Ministério da Saúde e a todos os parceiros do GATS no Brasil por sua liderança e por tornar

a PETab um sucesso. Como um dos 14 países participantes da pesquisa até agora, o Brasil tem mostrado uma

visão direcionada a salvar vidas e melhorar a saúde. Estima-se que a epidemia global do tabaco causará a morte

de 8 milhões de pessoas por ano até 2030 e, por isso, continua a ser um dos maiores desafios mundiais da

saúde a ser enfrentado.

O Global Tobacco Branch dos CDC dos EUA espera manter os laços de colaboração em curso para que continuemos,

em reciprocidade, empenhados na missão de evitar a carga desnecessária que o tabaco impõe a seu

país e a todos os países do mundo.

Nossos sinceros parabéns!

Global Tobacco Branch

Centers for Disease Control and Prevention (EUA)

Pesquisa Especial de Tabagismo - PETab

* O Global Tobacco Branch é uma das sete unidades que compõem o Office on Smoking and Health.

** Principal agência federal estadunidense para a prevenção e controle do tabaco, o OSH desenvolve, conduz e apoia iniciativas estratégicas para proteger a

saúde da população dos efeitos nocivos do tabaco. Integra os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA.

10

More magazines by this user
Similar magazines