Pesquisa Especial de Tabagismo PETab - libdoc.who.int

libdoc.who.int

Pesquisa Especial de Tabagismo PETab - libdoc.who.int

Tanto entre fumantes como entre não fumantes, a percepção da publicidade nos filmes foi maior do que na

internet, sendo de 8,6% nos filmes brasileiros e 11,3% nos filmes estrangeiros. É possível que essa publicidade

referida pelos entrevistados em meios onde ela já foi proibida possa estar sendo confundida com a visualização

de pessoas fumando nos filmes (Tabela 8.7).

Por outro lado, experiências prévias mostram que, sempre que a publicidade, promoção e propaganda de

produtos de tabaco são proibidas em um determinado meio de comunicação, há migração para novas mídias,

tais como videogames, propagandas por celulares e internet 64 . Isso sublinha a importância do monitoramento

permanente da percepção de todos os tipos de publicidade.

Esta questão torna-se especialmente relevante se considerarmos os resultados de pesquisa conduzida sobre o

tema da internet e telefonia celular no Brasil, a qual revelou um aumento de suas utilizações na população com

10 anos ou mais. Segundo essa pesquisa, o acesso à internet aumentou na população de 10 anos ou mais,

passando de 20,9%, em 2005, para 34,8%, em 2008. O número de telefones celulares também aumentou

muito no período pesquisado – de 36,6%, em 2005, a 53,8%, em 2008, nesse mesmo grupo 65 .

MÍDIA

65

More magazines by this user
Similar magazines