Views
4 years ago

Anais do IV Seminário de Pesquisa do Programa de Pós ...

Anais do IV Seminário de Pesquisa do Programa de Pós ...

Anais do IV Seminário de Pesquisa do Programa de Pós

A IV SEMINÁRIO DE PESQUISA N A I S UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA 27 A 29 DE OUTUBRO DE 2010

  • Page 2 and 3: Organização Silvia Cristina Marti
  • Page 4 and 5: Chefe do Departamento de História
  • Page 6 and 7: As Instruções Científicas Portug
  • Page 8 and 9: Sedução e Rapto Consensual: Anál
  • Page 10 and 11: Ensino e História: O Uso das Fonte
  • Page 12 and 13: 11 Por fim, gostaríamos de deixar
  • Page 14 and 15: 13 JOSÉ OITICICA: ITINERÁRIO DE U
  • Page 16 and 17: 15 a sociedade, inicialmente, com u
  • Page 18 and 19: 17 Após iniciar seus estudos sobre
  • Page 20 and 21: 19 [...] a defesa da instrução pa
  • Page 22 and 23: 21 Após fazer parte e frequentar a
  • Page 24 and 25: 23 letras e movido pela sua ideolog
  • Page 26 and 27: 25 ___________. Os Libertários. Ri
  • Page 28 and 29: 27 A contribuição dessas autoras
  • Page 30 and 31: 29 potencial e aumentar o nível de
  • Page 32 and 33: 31 durante a Assembléia, juntament
  • Page 34 and 35: 33 principalmente à imprensa femin
  • Page 36 and 37: 35 Pinto e Colling afirmam que o fe
  • Page 38 and 39: BIBLIOGRAFIA: 37 COLLING, Ana Maria
  • Page 40 and 41: 39 É o poder com suas apropriaçõ
  • Page 42 and 43: 41 personagens de nosso objeto de p
  • Page 44 and 45: 43 A princípio a revista levaria o
  • Page 46 and 47: 45 sentido mais de defesa do que de
  • Page 48 and 49: 47 crescimento de seu país. Se ele
  • Page 50 and 51: 49 Outro elevado número de artigos
  • Page 52 and 53:

    51 A TRADIÇÃO HELENÍSTICA TRANSF

  • Page 54 and 55:

    53 de Alexandre Magno, estaria apon

  • Page 56 and 57:

    55 tendo por base diversos argument

  • Page 58 and 59:

    57 poder. Tais características, po

  • Page 60 and 61:

    59 de seus planos. Em outras palavr

  • Page 62 and 63:

    61 SANTO DIAS, A CONSTRUÇÃO DA ME

  • Page 64 and 65:

    63 desenvolvimento automobilístico

  • Page 66 and 67:

    65 indústria Metal Leve sempre com

  • Page 68 and 69:

    67 O direito de manter, de ―resga

  • Page 70 and 71:

    69 Depois de abordar a questão da

  • Page 72 and 73:

    71 aqilo que é deixado de lado com

  • Page 74 and 75:

    73 MARONI, Amnéris. A Estratégia

  • Page 76 and 77:

    75 maneira direta ou indireta nas d

  • Page 78 and 79:

    77 As trajetórias dos veteranos br

  • Page 80 and 81:

    79 As atuações dos associados em

  • Page 82 and 83:

    81 parte dos comunistas, de usar a

  • Page 84 and 85:

    83 essas questões, se afastavam; m

  • Page 86 and 87:

    85 A ESCRITA E O SENTIDO DA HISTÓR

  • Page 88 and 89:

    87 (1332-1406). Nossa problemática

  • Page 90 and 91:

    89 Khaldun e sua ação através de

  • Page 92 and 93:

    A IMPORTÂNCIA DA PENA DO HISTORIAD

  • Page 94 and 95:

    93 Autobiografia de Ibn Khaldun, qu

  • Page 96 and 97:

    95 obtém para escrever seu relato.

  • Page 98 and 99:

    FONTES 97 HERODOTO. Historia : libr

  • Page 100 and 101:

    99 FORMAS E OBJETOS. UM EXAME DAS I

  • Page 102 and 103:

    101 AS INSTRUÇÕES DE VIAGEM As in

  • Page 104 and 105:

    103 de cunho físico, como o exame

  • Page 106 and 107:

    105 que usão ainda hoje da circunc

  • Page 108 and 109:

    107 o habitão.‖ 15 No geral, ess

  • Page 110 and 111:

    109 classes naturais em questão. A

  • Page 112 and 113:

    BIBLIOGRAFIA 111 Breves instrucçõ

  • Page 114 and 115:

    113 então pouco valorizados e/ou c

  • Page 116 and 117:

    115 de classe), podendo abarcar, ta

  • Page 118 and 119:

    117 como já apresentado inicialmen

  • Page 120 and 121:

    119 sua introdução à nova ediç

  • Page 122 and 123:

    121 brasileira 41 . No que se refer

  • Page 124 and 125:

    123 LINEBAUGH, Peter; REDIKER, Marc

  • Page 126 and 127:

    125 Já Worster 2 acerca do conheci

  • Page 128 and 129:

    127 ―selvagem‖, intocada, incon

  • Page 130 and 131:

    129 historia reúne os temas mais a

  • Page 132 and 133:

    131 diários, inventários, testemu

  • Page 134 and 135:

    REFERÊNCIAS: 133 ALMEIDA, J. P. Hi

  • Page 136 and 137:

    135 Segundo esse ponto de vista, so

  • Page 138 and 139:

    137 A partir daquele momento, os es

  • Page 140 and 141:

    139 utilizado pelos nazistas), segu

  • Page 142 and 143:

    141 fortalecimento da nação. De a

  • Page 144 and 145:

    143 sentimento de brasilidade repre

  • Page 146 and 147:

    REFERÊNCIAS 145 ARAÚJO, Ricardo B

  • Page 148 and 149:

    147 IMAGENS E MENSAGENS LIBERTÁRIA

  • Page 150 and 151:

    149 propaganda, a temática do movi

  • Page 152 and 153:

    151 O Primeiro de Maio no Brasil du

  • Page 154 and 155:

    153 O texto finaliza convocando os

  • Page 156 and 157:

    155 VARES, LUIZ P. O anarquismo: pr

  • Page 158 and 159:

    157 A ideia de estudar o pensamento

  • Page 160 and 161:

    159 Do mesmo modo, Martins percebe

  • Page 162 and 163:

    161 Algumas das mais importantes co

  • Page 164 and 165:

    163 carbonados paludeanos (hidrogê

  • Page 166 and 167:

    165 morros, as chuvas torrenciais p

  • Page 168 and 169:

    FONTES 167 O agricultor Paulista, 1

  • Page 170 and 171:

    169 São Paulo do governo das Minas

  • Page 172 and 173:

    171 Trata-se de uma política de or

  • Page 174 and 175:

    173 o que neste particular tendes d

  • Page 176 and 177:

    175 Não deixará o dito Provedor p

  • Page 178 and 179:

    177 Por fim, há ainda uma carta do

  • Page 180 and 181:

    179 Correspondência interna de Rod

  • Page 182 and 183:

    181 defendida pelos jesuítas, às

  • Page 184 and 185:

    183 implicava numa certa continuida

  • Page 186 and 187:

    185 delas quando são fundadas na b

  • Page 188 and 189:

    187 perturbações da Republica, qu

  • Page 190 and 191:

    189 sempre exato no Real serviço,

  • Page 192 and 193:

    1) FONTES MANUSCRITAS 191 REQUERIME

  • Page 194 and 195:

    193 SILVA, Nuno J. Gomes Espinosa d

  • Page 196 and 197:

    195 é em 1808 que ocorreu a transm

  • Page 198 and 199:

    197 A mudança da Corte portuguesa

  • Page 200 and 201:

    199 No momento de criação da mari

  • Page 202 and 203:

    201 concentrando-se nessa região a

  • Page 204 and 205:

    FONTES 203 BRASIL. Atas do Conselho

  • Page 206 and 207:

    205 Revoluções de Independências

  • Page 208 and 209:

    207 Sucintamente, podemos dizer que

  • Page 210 and 211:

    209 com dois milhões de legionári

  • Page 212 and 213:

    211 Ainda apresentando os movimento

  • Page 214 and 215:

    213 idéias fascistas na Europa, Á

  • Page 216 and 217:

    BIBLIOGRAFIA 215 A OFFENSIVA, Rio d

  • Page 218 and 219:

    217 instabilidade gerada na políti

  • Page 220 and 221:

    219 dois grandes grupos: aqueles qu

  • Page 222 and 223:

    221 ser a configuração do Estado

  • Page 224 and 225:

    223 militantes (como Hélder Câmar

  • Page 226 and 227:

    225 ambições de retomada integral

  • Page 228 and 229:

    227 IDENTIDADES E MEMÓRIA DE IMIGR

  • Page 230 and 231:

    229 que muitas das tradições vêm

  • Page 232 and 233:

    231 tida como a segunda maior conce

  • Page 234 and 235:

    Como se 233 verificou nos trechos d

  • Page 236 and 237:

    235 destas identidades autorreferen

  • Page 238 and 239:

    BIBLIOGRAFIA 237 ALVIM, Zuleika. A

  • Page 240 and 241:

    239 Entretanto, deve-se fazer uma d

  • Page 242 and 243:

    "povo". 15 Segundo Richard Hingley,

  • Page 244 and 245:

    243 palavras de Hingley, elas poder

  • Page 246 and 247:

    245 os artefatos, edifícios e pais

  • Page 248 and 249:

    BIBLIOGRAFIA 247 BERNAL, Martin.

  • Page 250 and 251:

    249 A análise da Historiografia br

  • Page 252 and 253:

    251 estudos históricos no Brasil.

  • Page 254 and 255:

    253 Nos capítulos posteriores: III

  • Page 256 and 257:

    255 soluções apresentadas por Arr

  • Page 258 and 259:

    257 os integrantes da Nova Históri

  • Page 260 and 261:

    259 REAGAN E O IMPÉRIO HOLLYWOODIA

  • Page 262 and 263:

    261 tomaria na década de 1950. Atu

  • Page 264 and 265:

    263 A chegada de Reagan e dos repub

  • Page 266 and 267:

    265 Como se observa, o discurso rea

  • Page 268 and 269:

    267 É importante ressaltar que ess

  • Page 270 and 271:

    269 Dessa forma, procuramos elucida

  • Page 272 and 273:

    271 VALIM, A. B. Imagens Vigiadas:

  • Page 274 and 275:

    273 Os Estados Unidos, durante o go

  • Page 276 and 277:

    275 vinculados ao mundo capitalista

  • Page 278 and 279:

    277 Unidos iriam ajudar econômica

  • Page 280 and 281:

    279 Isso não representa que os Est

  • Page 282 and 283:

    281 ―(...) 1) assegurar o control

  • Page 284 and 285:

    283 A atual intervenção militar d

  • Page 286 and 287:

    285 território deveria ser redefin

  • Page 288 and 289:

    287 1997. Donald Rumsfeld também r

  • Page 290 and 291:

    BIBLIOGRAFIA 289 BERTONHA, João F

  • Page 292 and 293:

    291 AS CONJUNTURAS DA CONSTRUÇÃO

  • Page 294 and 295:

    293 Com a redemocratização do pa

  • Page 296 and 297:

    295 o governo Dutra, trinta metas s

  • Page 298 and 299:

    297 O temor de um levante populacio

  • Page 300 and 301:

    ANEXO 1 299 REVISTA CARETA, 1956, N

  • Page 302 and 303:

    301 Graciliano Ramos, Caio Prado J

  • Page 304 and 305:

    303 escritores e romancistas estava

  • Page 306 and 307:

    305 nacional. O desprezo aos format

  • Page 308 and 309:

    BIBLIOGRAFIA 307 BACZKO, Bronislaw,

  • Page 310 and 311:

    309 CEMITÉRIOS MILITARES BRASILEIR

  • Page 312 and 313:

    311 sepultura com os ritos inerente

  • Page 314 and 315:

    313 ligada ao fato de que o obscure

  • Page 316 and 317:

    315 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AR

  • Page 318 and 319:

    317 VAN GENNEP, A. Os ritos de pass

  • Page 320 and 321:

    319 O crime de rapto freqüentement

  • Page 322 and 323:

    321 A genealogia, que desconstrói

  • Page 324 and 325:

    323 a necessidade de se legitimar a

  • Page 326 and 327:

    325 ENTRE VALORES E PRÁTICAS: A IN

  • Page 328 and 329:

    327 Destarte, já consideramos acim

  • Page 330 and 331:

    329 O delegado de polícia de Toled

  • Page 332 and 333:

    331 Para o juiz é muito importante

  • Page 334 and 335:

    333 reportagens esta condição aca

  • Page 336 and 337:

    335 particularidades do cotidiano e

  • Page 338 and 339:

    337 FOME, FRIO E FORCA: IMAGINÁRIO

  • Page 340 and 341:

    339 Entretanto, a morte vem sempre

  • Page 342 and 343:

    341 vista, nesta companhia e verdad

  • Page 344 and 345:

    343 própria configuração do imag

  • Page 346 and 347:

    345 Sendo assim, um dos objetivos d

  • Page 348 and 349:

    347 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AR

  • Page 350 and 351:

    349 OLIVEIRA VIANNA: INVESTIGAÇÃO

  • Page 352 and 353:

    351 se preocupava em denunciar o ca

  • Page 354 and 355:

    353 forma geral, ou seja, sua tenta

  • Page 356 and 357:

    355 sobre imigração e controle de

  • Page 358 and 359:

    357 Importante ressaltar o estilo c

  • Page 360 and 361:

    359 CONSIDERAÇÕES FINAIS Oliveira

  • Page 362 and 363:

    361 O ROMANTISMO INGLÊS COMO FENÔ

  • Page 364 and 365:

    363 disso pode-se dizer que em todo

  • Page 366 and 367:

    365 romantismo inglês, 14 nele é

  • Page 368 and 369:

    367 trabalhadoras, muitas vezes tom

  • Page 370 and 371:

    369 Assim considerado, através da

  • Page 372 and 373:

    371 ALVES, Andréa Lima. “A Oposi

  • Page 374 and 375:

    373 JOAQUIM INOJOSA E O JORNAL MEIO

  • Page 376 and 377:

    375 Vê-se assim que a relação do

  • Page 378 and 379:

    377 o que eliminava qualquer possib

  • Page 380 and 381:

    379 de 1937, o diretor do DIP, Lour

  • Page 382 and 383:

    381 ser estes ―branco, preto, cor

  • Page 384 and 385:

    383 semelhantes aplicam-se aos anú

  • Page 386 and 387:

    385 BIBLIOGRAFIA: ABREU, Alzira Alv

  • Page 388 and 389:

    387 A HISTORICIDADE DO PERSONAGEM D

  • Page 390 and 391:

    389 governistas. Por isso, sofriam

  • Page 392 and 393:

    391 ―Quando viaja, usa botas de c

  • Page 394 and 395:

    393 Os crimes de Dioguinho passaram

  • Page 396 and 397:

    395 social, implementados pelo gove

  • Page 398 and 399:

    397 João Dabney, ou João Rocha de

  • Page 400 and 401:

    399 A BUSCA PELA CONSCIENTIZAÇÃO

  • Page 402 and 403:

    401 Figura 1. Tribuna Popular, 09/0

  • Page 404 and 405:

    403 diversas obras para a imprensa

  • Page 406 and 407:

    405 Figura 7. Momento Feminino, 02/

  • Page 408 and 409:

    407 apresentado pelo mostruário co

  • Page 410 and 411:

    409 LETRAS DOS POETAS ESQUECIDOS: A

  • Page 412 and 413:

    411 A primeira delas trataria do mo

  • Page 414 and 415:

    413 reivindicações de legitimidad

  • Page 416 and 417:

    415 O HOMEM DE LETRAS A primeira pe

  • Page 418 and 419:

    417 Na contra mão de Eduardo Prado

  • Page 420 and 421:

    419 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BO

  • Page 422 and 423:

    421 limitado de enunciados para os

  • Page 424 and 425:

    423 constituindo verdades, prática

  • Page 426 and 427:

    425 verdades‖ por meio da discurs

  • Page 428 and 429:

    427 B) GÊNESE E DESENVOLVIMENTO DA

  • Page 430 and 431:

    429 E no último, o trabalho está

  • Page 432 and 433:

    431 _________________. Segurança,

  • Page 434 and 435:

    433 O DEBATE ACERCA DO NACIONALISMO

  • Page 436 and 437:

    435 por vezes associando a idéia d

  • Page 438 and 439:

    437 Heitor Villa-Lobos, de fato, du

  • Page 440 and 441:

    439 No ano de 1937 chegou ao Brasil

  • Page 442 and 443:

    441 portanto, carregam em si toda a

  • Page 444 and 445:

    443 A HISTÓRIA DAS IDEIAS EM A ÁR

  • Page 446 and 447:

    445 as forças da face oculta da lu

  • Page 448 and 449:

    447 pela cultura de seu torpor de v

  • Page 450 and 451:

    449 Nos mecanismos de busca na inte

  • Page 452 and 453:

    451 Brasseur personifica uma porç

  • Page 454 and 455:

    453 BIBLIOGRAFIA DARNTON, Robert. O

  • Page 456 and 457:

    455 já residiam nas áreas perifé

  • Page 458 and 459:

    457 em 1961, das 56 greves realizad

  • Page 460 and 461:

    459 Concordando com a colocação d

  • Page 462 and 463:

    461 à sua efetivação‖ (CAMPIST

  • Page 464 and 465:

    463 De acordo com Lima, que com a f

  • Page 466 and 467:

    FONTES 465 CAMPISTA FILHO, Davi. O

  • Page 468 and 469:

    467 Elias. Nossa fundamentação te

  • Page 470 and 471:

    469 2. Felipe IV com armadura (frag

  • Page 472 and 473:

    471 6. Retrato de Felipe IV (fragme

  • Page 474 and 475:

    473 de Norbert Elias 7 , intentando

  • Page 476 and 477:

    475 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BA

  • Page 478 and 479:

    477 a Nova História, no enredo da

  • Page 480 and 481:

    479 talento gastronômico do protag

  • Page 482 and 483:

    481 Alemanha22. À propósito, em 2

  • Page 484 and 485:

    483 exemplo. Ela não é sublimada

  • Page 486 and 487:

    485 de casa é concomitante à essa

  • Page 488 and 489:

    487 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AU

  • Page 490 and 491:

    não se pode perceber pelos sentido

  • Page 492 and 493:

    491 matéria que, segundo entendemo

  • Page 494 and 495:

    493 privado de homens ou seres com

  • Page 496 and 497:

    495 rumos que o mundo deveria tomar

  • Page 498 and 499:

    497 estabelecida, mesmo que sob o p

  • Page 500 and 501:

    499 AS PRÁTICAS DE PODER NAS IGREJ

  • Page 502 and 503:

    501 Vaticano II procurou, em seus t

  • Page 504 and 505:

    503 descentralização horizontal s

  • Page 506 and 507:

    505 na Arquidiocese de São Paulo,

  • Page 508 and 509:

    507 atuação junto a cada zona pas

  • Page 510 and 511:

    509 igrejas-base, como também a fo

  • Page 512 and 513:

    REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 511 BE

  • Page 514 and 515:

    513 A IMAGEM COMO PESQUISA NO AMBIE

  • Page 516 and 517:

    515 [...] a identidade social não

  • Page 518 and 519:

    517 Como o trabalho é uma junção

  • Page 520 and 521:

    519 J. F. ALMEIDA Junior J. F. ALME

  • Page 522 and 523:

    RECORTE 3: O SERTANEJO 521 J. F. AL

  • Page 524 and 525:

    523 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BA

  • Page 526 and 527:

    525 REPRESENTAÇÕES DE PROFESSORES

  • Page 528 and 529:

    527 ensinado compreenderia a totali

  • Page 530 and 531:

    529 Em seu texto, ―Educação His

  • Page 532 and 533:

    531 alguma pensar um processo hist

  • Page 534 and 535:

    533 Ensino Fundamental para aferirm

  • Page 536 and 537:

    535 RÜSEN, Jörn. Razão Históric

  • Page 538 and 539:

    537 um novo tipo de trabalhador, ad

  • Page 540 and 541:

    539 FIGURA 13 - OFICINA DE TORNEARI

  • Page 542 and 543:

    541 aprendizes neste período foi o

  • Page 544 and 545:

    543 CONSIDERAÇÕES INICIAIS DE PES

  • Page 546 and 547:

    545 essas ideias, concepções cheg

  • Page 548 and 549:

    547 podemos destacar a implantaçã

  • Page 550 and 551:

    549 práticas de desenvolvimento, m

  • Page 552 and 553:

    REFERENCIAS: 551 ARIAS, Jose Miguel

  • Page 554 and 555:

    553 ENSINO E HISTÓRIA: O USO DAS F

  • Page 556 and 557:

    555 Após 1930 com a contribuição

  • Page 558 and 559:

    557 canções, enfim, uma série de

  • Page 560 and 561:

    559 Os conceitos se formam pela cap

  • Page 562 and 563:

    561 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AS

  • Page 564 and 565:

    563 REFLEXÕES INICIAIS SOBRE A PES

  • Page 566 and 567:

    565 encontravam na região do Estad

  • Page 568 and 569:

    567 No terceiro capítulo, tratando

  • Page 570 and 571:

    569 "A memória foi rebaixada do st

  • Page 572 and 573:

    571 O livro de Sonia Maria de Freit

  • Page 574 and 575:

    CONSIDERAÇÕES FINAIS 573 Como uma

  • Page 576 and 577:

    REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 575 CH

  • Page 578 and 579:

    577 aceitos que se relacionarão de

  • Page 580 and 581:

    579 caso da segunda etapa desta pes

  • Page 582 and 583:

    581 dos alunos que adquirem conheci

  • Page 584 and 585:

    583 Portanto, o presente trabalho v

  • Page 586 and 587:

    585 EDUCAÇÃO PROFISSIONAL: HISTÓ

  • Page 588 and 589:

    587 o modo de ser jovens, as suas d

  • Page 590 and 591:

    589 As mudanças que ocorreram, e q

  • Page 592 and 593:

    591 cidadania não deveria aprofund

  • Page 594 and 595:

    593 A História trata sim do tempo

  • Page 596 and 597:

    595 adquiridas podem contribuir par

  • Page 598 and 599:

    597 PÓS-ABOLIÇÃO: NARRATIVAS DE

  • Page 600 and 601:

    599 operacionalização. 8 Entretan

  • Page 602 and 603:

    601 Acerca da Didática da Históri

  • Page 604 and 605:

    603 c) Crítica: permite a formula

  • Page 606 and 607:

    605 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AB

  • Page 608 and 609:

    607 OS CRISTÃOS-NOVOS NO ENSINO DE

  • Page 610 and 611:

    609 tradição judaica não foi aba

  • Page 612 and 613:

    611 necessidade dos professores que

  • Page 614 and 615:

    613 compreendermos melhor a formaç

  • Page 616 and 617:

    615 pouco explorada. Tida como a pi

  • Page 618 and 619:

    617 busque compreender o papel dess

  • Page 620 and 621:

    619 MIGUEL, Luis Felipe. Retrato de

  • Page 622 and 623:

    621 RASTROS DO EFÊMERO NO COTIDIAN

  • Page 624 and 625:

    623 que um conjunto de grandes acon

  • Page 626 and 627:

    625 múltiplas possibilidades de di

  • Page 628 and 629:

    627 Mais do que disseminador de um

  • Page 630 and 631:

    629 interesse e participação dos

  • Page 632 and 633:

    631 Por fim, mostrar as primeiras i

  • Page 634 and 635:

    633 CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO HI

  • Page 636 and 637:

    635 Dentro dessa discussão, saber

  • Page 638 and 639:

    637 Desta forma, entendemos que a c

  • Page 640 and 641:

    639 As canções trabalhadas foram

  • Page 642 and 643:

    641 ANEXO - QUESTIONÁRIO APLICADO

  • Page 644 and 645:

    643 primeiro ano do ensino médio d

  • Page 646 and 647:

    645 Acreditamos que em todo process

  • Page 648 and 649:

    647 mais importante documento histo

  • Page 650 and 651:

    649 Cabe ao ensino de história, co

  • Page 652 and 653:

    651 [...] Através de seus quadros,

  • Page 654 and 655:

    653 OS JOGOS DE INTERPRETAÇÃO DE

  • Page 656 and 657:

    655 O trabalho aqui apresntado fala

  • Page 658 and 659:

    657 situações e vários tipos de

  • Page 660 and 661:

    659 situações dentro do dia-a-dia

  • Page 662 and 663:

    661 com a forma social analisada, o

  • Page 664 and 665:

    663 chamo de princípio da produtiv

  • Page 666 and 667:

    665 BIBLIOGRAFIA ASHBY, Rosalyn. De

II SIEPEX Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e ... - Uneb
Anais do Jalla Brasil 2010 - Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós ...
Anais do IX Encontro Científico da Vice-Reitoria de Pós ... - Unip
versão on-line - Programa de Pós-graduação em Ciências da ...
núcleo de estudos e pesquisas da subjetividade programa de ...
ppga • programa de pós-graduação em doutorado ... - PUC Minas
reunião ppge novos alunos 2013 - Programa de Pós-Graduação em ...
Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação recepciona os novos ...
Programa de Pós- Graduação Stricto Sensu ç
programa de pós-graduação em psicologia - Universidade Católica ...
XII Seminário de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em ...
Seminários de Pesquisa - Pós Graduação em Ciência da Informação
Seminário de Projetos de Pesquisa da Pós-graduação lato sensu ...
IV SEMINÁRIO INTEGRADO DE ENSINO, PESQUISA ... - Unochapecó
Seminário - programação definitiva_docx - Programa de Pós ...
ipsb37 - metodologia de pesquisa em psicologia - Programa de Pós ...
1 iv seminário de teses e pesquisas do departamento de psicologia ...
Anais - VI Seminário de Extensão - Uespi
VI Mostra de Pesquisa, IV Seminário de Educação e ... - Unisantos
IV Salão Científica - Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação ...
Grupo de Pesquisa - Professor Perone_docx - Programa de Pós ...
CAMINHOS UNIVERSITÁRIOS - Programa de Pós-Graduação em ...
Anais - Territórios do Político - vol. 1 - Universidade Estadual de ...
X Seminário de Pesquisa / IV Simpósio de Literatura ... - Unesp
VII SEMINÁRIO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS - histedbr ...
anais do seminário internacional em política e governança ...
VI Seminário Nacional de Pesquisa - Uninove
Carlos Walter Kolb - Programa de Pós-Graduação em Educação ...
anais do ix encontro da pós-graduação em psicologia - UNESP-Assis
Programa e Anais - Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia