Estudos Setoriais de Inovação - Sistema Moda Brasil

sistemamodabrasil.com.br

Estudos Setoriais de Inovação - Sistema Moda Brasil

considerado. Nesse caso, se a demanda por artigos do vestuário crescer 1%, o

crescimento da produção do próprio setor (efeito multiplicador direto) será de 1,01% e o

aumento da produção dos outros setores da economia (efeito multiplicador indireto) será

de 0,84%. Nota-se que todos os subsetores da cadeia, com exceção da fiação e

tecelagem, possuem efeito multiplicador total menor que o da média da indústria de

transformação, estimado em 1,95. Por se tratar de uma indústria de natureza

intermediária, o subsetor de fiação e tecelagem apresenta o maior efeito multiplicador da

cadeia (2,47), com predomínio do efeito direto sobre o indireto. Isso mostra que o

subsetor possui natureza estratégica na economia brasileira, posicionando-se com um

número significativo de encadeamentos intersetoriais.

Figura 2.1

Cadeia Produtiva da Indústria Têxtil e de Vestuário, transações intersetoriais

2005 (milhões de reais)

Vestuário

38732

Consumo das

Famílias

13524

7707

1823

7101 3621

979

Agricultura e

Silvicultura

2351

2173

695

2082

Fibras

Naturais

2544

Fiação e

Tecelagem

513

Artefatos

Têxtil

877

Malhas

Pecuária

241

164

1376 1175 376

Resinas e

Elastômeros

Fonte: Elaboração própria a partir da MIP 2005.

Químicos

6

More magazines by this user
Similar magazines