Views
3 years ago

PDI 2008-2012 - Universidade Católica de Pelotas

PDI 2008-2012 - Universidade Católica de Pelotas

2. A política para o

2. A política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas formas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, às bolsas de pesquisa, de monitoria e demais modalidades. Objetivos Metas Cronograma 1- Estabelecer uma política Institucional para EaD. 1.1 Consolidar a oferta de disciplinas e programas na modalidade EaD. 1.2 Analisar a viabilidade da oferta de cursos na modalidade EaD. 2008-2010 2010-2012 2- Aprimorar o sistema de gestão acadêmica da graduação. 3- Intensificar o envolvimento da comunidade acadêmica nos diferentes processos que envolvem a graduação. 4- Estimular a participação dos estudantes em diferentes instâncias acadêmicas. 5- Garantir articulação entre as atividades acadêmicas e suas formas operacionais. 2.1 Refinar o controle acadêmico. 2.2 Reestruturar a Pró-Reitoria Acadêmica. 2.3 Sistematizar as informações institucionais para os processos de avaliação externa. 2.4 Estabelecer política para oferta de cursos na sede e fora de sede. 3.1 Refinar os procedimentos de capacitação e acompanhamento da comunidade acadêmica. 3.2 Consolidar os processos avaliativos numa perspectiva formativa e emancipatória. 4.1 Estimular a participação em órgãos colegiados, em consonância com as Diretrizes e Normas Gerais da UCPel. 4.2 Fomentar a inserção discente na sociedade. 4.3 Incentivar a organização estudantil. 5.1 Revisar sistematicamente o PPI. 5.2 Promover a articulação permanente entre o PDI, PPI e PPC. 5.3 Construir e fortalecer programas integrados de extensão, iniciação científica e pós-graduação com TCC – Trabalhos de cursos, estágios e outras atividades acadêmicas. 2008-2010 2008-2009 2008-2010 2008-2010 2008-2012 2008-2012 2008 2008-2012 2008-2012 2008-2012 2008-2012 2008-2012 10

Objetivos Metas Cronograma 6.1 Oferecer oportunidades especiais 2008-2012 para egressos da UCPel em programas de educação continuada 6- Organizar programa de apoio à continuidade de estudo em nível de pós-graduação para egressos. 7- Incentivar a realização de Programas de Especialização e de Educação Continuada e Permanente que respondam às necessidades regionais. 8- Fortalecer a integração dos programas de pósgraduação com os cursos de graduação. 9- Consolidar, qualificar e estudar a viabilidade de expansão dos programas de pósgraduação stricto sensu. 10- Incentivar o intercâmbio com programas de pósgraduação stricto sensu de outros estados e países. 7.1 Levantar as necessidades regionais em relação à formação humana e profissional. 7.2 Promover opções que possibilitem atender às necessidades prioritárias. 8.1 Consolidar a política de inserção de todos os professores dos programas stricto sensu em atividades de docência na graduação. 8.2 Promover a inserção dos docentes dos programas stricto sensu em atividades de pós-graduação lato sensu. 8.3 Fortalecer os mecanismos de transferência dos conhecimentos produzidos na pós-graduação stricto sensu para graduação e pósgraduação lato sensu. 9.1 Monitorar e avaliar anualmente a produção científica, tecnológica e a inserção social dos docentes da pósgraduação stricto sensu. 9.2 Definir critérios para a realização de pós-doutorado de docentes dos programas stricto sensu. 9.3 Estudar a viabilidade de expansão dda pós-graduação stricto sensu. 10.1 Ampliar convênios interinstitucionais, interestaduais e internacionais para desenvolvimento de missões de estudo, estágiossanduíche, bolsas de pesquisa. 2008-2012 2008-2012 2008 2008-2010 2008-2012 2008-2012 2009 2009-2012 2008-2012 11

PDI - UFRJ
PPI - Universidade Católica de Brasília
Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) - UFMG
Introdução - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
PCR Assimétrico RT- PCR - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
Programa - Braga - Universidade Católica Portuguesa
Manuel Rangel - Universidade Católica Portuguesa
cultivadores - Universidade Federal de Pelotas
Resumo - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
PDI 2013-2017 - Plano de Desenvolvimento Institucional V. I
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
Anexo 1 - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
Apresentação - Universidade Federal de Pelotas
Apresentadora - Universidade Federal de Pelotas
Resumo - Universidade Federal de Pelotas