Views
3 years ago

A COOPERAÇÃO EM SAÚDE NAS CIDADES GÊMEAS DO BRASIL ...

A COOPERAÇÃO EM SAÚDE NAS CIDADES GÊMEAS DO BRASIL ...

53 Tabela 2 -

53 Tabela 2 - População residente na fronteira do Brasil com o Uruguai Município/Intendência População Brasil População Uruguai Aceguá/Aceguá* 4.394 1.493 Bagé 116.078 - Barra do Quaraí/Bella 4.010 13.187 Union* 10 Chuí/Chuy* 5.918 10.401 Dom Pedrito 38.519 - Herval 6.746 - Jaguarão/Rio Branco* 27.772 13.456 Pedras Altas 2.169 - Quaraí/Artigas* 22.959 41.687 Santana do 81.964 64.426 Livramento/Rivera* Santa Vitória do Palmar 30.250 - Total 340.779 144.650 * Cidades-gêmeas Fontes: IBGE (2010) e INE (2004). Ainda quanto ao quesito populacional, é interessante analisar que esta população fronteiriça tem como característica a mobilidade. Segundo o Governo do Estado do Rio Grande do Sul (2012), isso se deve à migração para regiões que apresentam uma economia mais dinâmica, como a Serra e a região metropolitana de Porto Alegre. O próximo gráfico demonstra a flutuação das cidades-gêmeas nos últimos dois Censos realizados no Brasil e no Uruguai 10 Embora Barra do Quaraí se trate de uma Tríplice Fronteira, fazendo divisa com Bella Unión no Uruguai e Monte Caseros, na Argentina, o foco da pesquisa se dará nas tratativas entre as duas primeiras cidades.

54 14.000 12.000 10.000 8.000 6.000 Censo 1 Censo 2 4.000 2.000 0 Aceguá Barra do Quaraí Chuí Aceguá (UY) Bella Unión Chuy Figura 6 - Flutuação da população fronteiriça nos municípios pesquisados, de acordo com os últimos Censos realizados 11 Fontes: IBGE e INE. Elaborado pela autora. Chama a atenção o crescimento da população verificado em Chuí. De acordo com a pesquisa, essa flutuação de 751 pessoas a mais, ou 14,53%, ocorreu devido ao fato do Censo anterior ter sido realizado em um período de grande instabilidade econômica, em que a cotação do dólar estava alta, causando desemprego da população, que buscou oportunidades em outros municípios. Quanto ao fenômeno da diminuição da população uruguaia, à época da pesquisa de campo os dados de 2011 não estavam disponíveis, portanto não foi possível arguir os entrevistados sobre esta questão. A região sul do Rio Grande do Sul – onde estão localizados os municípios pesquisados, conta com baixa densidade populacional rural, malha viária bem estruturada, economia calcada no tripé bovinocultura de corte, ovinocultura e rizicultura (PEITER, 2005), embora nos últimos anos a silvicultura e viticultura tenham avançado na região. É caracterizada ainda, por baixo e médio Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (IDESE), que é obtido através da análise dos índices de condição de saneamento e domicílio, educação, saúde e renda (FEE, 2009). Do lado uruguaio da fronteira, a principal fonte econômica são a pecuária extensiva, o cultivo de arroz, fruticultura e silvicultura; no setor do comércio o que 11 Os dados do Censo 1 se referem aos realizados no Brasil e Uruguai nos anos de 2000 e 2004, já os do Censo 2 aos que ocorreram em cada país respectivamente em 2010 e 2011.

Brasil _ A cidade e suas redes.pdf - Webnode
Controle da dengue no Brasil - Ministério da Saúde
Revista GF Cresce o Brasil
Fórum Saúde e Democracia: uma visão de futuro para o Brasil
A política de saúde no Brasil nos anos 90: avanços e limites
Saúde Brasil 2011.indb - Ministério da Saúde
Desenvolvimento e Cidades no Brasil - Redbcm.com.br
Melhorar a saúde das gestantes - ODM Brasil
SUS: avanços e desafios, 2006. - BVS Ministério da Saúde
2003 0686 PROESF.p65 - BVS Ministério da Saúde
A caminho do Brasil - Universidade de Coimbra
Mudança Climática e Saúde: Um Perfil do Brasil - PAHO/WHO
Faça o download da Águas do Brasil - Revista - Encob
O Estado das Cidades no Brasil: Relatório 2000-2009 - Polis
UM PACTO PELA SAÚDE NO BRASIL - SÍNTESE - BVS Ministério ...
DE OLHO NAS CIDADES - Fundação ArcelorMittal Brasil
Woofer - Eco Som Brasil
o preço da eletricidade no Brasil - Revista Engenharia
Informativo 2011 - Partido Trabalhista do Brasil
Plano Brasil 2022 - Secretaria de Assuntos Estratégicos
AMERICA - Aguas do Brasil (Jornal).indd - Ana
ELSA Brasil, 2007. - BVS Ministério da Saúde
R - Unimed do Brasil