Views
3 years ago

Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia

Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia

em que Θ , expresso em

em que Θ , expresso em radianos, é igual a 2π(n-1)/365, onde n é o número do dia do ano no calendário Juliano. O ângulo zenital (Z) é dado pela seguinte equação: cos Z = senφ senδ + cosφ cosδ cosh , (2.6) Sendo φ a latitude do local, δ a declinação do Sol e h o ângulo horário. As duas últimas variáveis são dadas pelas seguintes expressões (Vianello e Alves, 1991): δ = 0,006918 − 0,399912 cos( Θ ) + 0,070257 sen ( Θ ) − 0,006758 + 0,000907 sen (2Θ ) − 0,002697 cos( 3Θ ) + 0,001480 sen (3Θ ) cos( Θ ) (2.7) h = ( hora − 12).15 (2.8) RESULTADOS E DISCUSSÃO Os dados coletados na Reserva Biológica do Jaru (área de floresta) durante o mês de agosto de 2005 (estação seca) e janeiro de 2006 (estação chuvosa) foram utilizados para analisar as variações diárias dos termos do balanço de radiação. Foram selecionados os dias com céu claro (Neb > 0.5), dias parcialmente nublados (Neb 0.25-0.5) e nublados (Neb < 0.25), conforme sugerido por Nkemdirim (1972). Para a estação seca de 2005, não foi possível selecionar dia nublado. Como dia com céu claro (Neb > 0.5), foram selecionados 28 dias de dados durante a estação seca e 8 dias de dados durante a estação chuvosa. As figuras 3.1 e 3.2 mostram as variações médias diárias dos componentes do balanço de radiação para dias com céu claro (Neb = 0.59 e 0.54) respectivamente. O comportamento dos componentes do balanço de radiação é aquele esperado, estando todos em fase, conforme pode ser visto nos máximos relativos (Galvão et al., 2000). A radiação solar global Rg e o saldo de radiação Rn atingiram valores ligeiramente mais elevados para a estação chuvosa do que para a estação seca. Fluxo de energia (W. m -2 ) 1000 800 600 400 200 Rg Rn Rgr L* 0 -200 0 600 1200 1800 2400 Hora Local Figura 3.1 - Variação média horária dos componentes do balanço de radiação para 26 dias com céu claro, Neb = 0.6 (estação seca pastagem). Os valores máximos de Rg para a estação seca e chuvosa foram, respectivamente, 814 Wm -2 e 903 Wm -2 . Para o saldo de radiação Rn, os valores máximos foram 613 Wm -2 e 753 Wm -2 , 4

espectivamente. Estas diferenças podem ser atribuídas à maior incidência de radiação solar (menor declinação solar) durante a estação chuvosa, fazendo com que Rg atinja um valor ligeiramente mais elevado, o mesmo acontecendo com Rn para a estação chuvosa, já que esta ultima depende de Rg e da radiação refletida que, no caso, é igual nas duas estações. Isto, provavelmente ocorre porque na estação seca muitas árvores perdem suas folhas ou apresentam uma coloração de vegetação sujeita ao estresse hídrico, o que aumenta o albedo médio da superfície da copa. Fluxo de energia (W.m -2 ) 1000 900 800 700 600 500 400 300 200 Rg Rn Rgr L* 100 0 -100 0 600 1200 1800 2400 Hora Local Figura 3.2 - Variação média horária dos componentes do balanço de radiação para 12 dias com céu claro, Neb = 0.54 (estação chuvosa floresta). Já o saldo de radiação de onda longa apresentou o mesmo comportamento diário, em fase com os demais termos, mas com amplitudes diferentes, ou seja, foram encontrados valores maiores para estação chuvosa (-37,59 Wm -2 ) do que para seca (-65,38 Wm -2 ). Suas flutuações são mais freqüentes que as dos demais termos. Isto pode ser atribuído à composição do referido termo (Equação 2.1) que está ligado à emissão da superfície (e, portanto à sua temperatura) e emissão da atmosfera associada à temperatura e à quantidade de vapor d’água do ar (Viswanadham et al., 1986). Como dias parcialmente nublados (Neb 0.25 – 0.5), foram selecionados 3 dias de dados durante a estação seca e 15 dias de dados durante a estação chuvosa. As Figuras 3.3 e 3.4 mostram as variações médias diárias dos componentes do balanço de radiação para céu parcialmente nublado (Neb = 0.46 e 0.39) respectivamente. Neste caso, o comportamento dos termos do balanço de radiação é o mesmo, estendo também em fase e apresentando amplitudes aproximadamente iguais (Figuras 3.3 e 3.4). 5

Download da apresentação - 46º Congresso Brasileiro de Geologia
Download do Programa Final completo - 66 Congresso Brasileiro ...
Download da apresentação - 46º Congresso Brasileiro de Geologia
Download da Primeira Circular completa - 66 Congresso Brasileiro ...
Clique para fazer o download - Sociedade Brasileira de Cirurgia ...
Download da Segunda Circular completa - 66 Congresso Brasileiro ...
Download da Terceira Circular completa - 66 Congresso Brasileiro ...
Download Caderno de Resoluções do 11º Congresso dos Químicos ...
Download - Associação Brasileira de Produtores de Florestas ...
Download - Associação Brasileira de Produtores de Florestas ...
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia
Download - Congresso Brasileiro de Meteorologia