Views
3 years ago

Brasil Econômico - Simonsen

Brasil Econômico - Simonsen

Faculdades Integradas

Faculdades Integradas Simonsen Curso de Geografia 10- No momento em que esta questão estava sendo elaborada, os juros básicos da economia brasileira estavam no patamar de 19% ao ano. Sobre esse assunto, assinale a afirmativa verdadeira. (Governo do Estado de Pernambuco - 2006) A) A elevação desses juros provoca, de certa maneira, um pleno emprego na economia nacional. B) Ao elevar os juros, a demanda fica mais reprimida, pois as condições de financiamento, em geral, são mais caras. C) A elevação desses juros acaba contribuindo para a incorporação de mais pessoas ao mercado de trabalho. D) Se os juros brasileiros são muito mais altos do que a taxa norte-americana, os investimentos em reais ficam menos atrativos do que as aplicações em dólares. E) O aumento dos juros facilita os reajustes de preços promovidos pelo comércio e pela indústria, contribuindo para que a inflação cresça consideravelmente. 11. Estudos de campo realizados no Vale do Paraíba, entre as duas grandes metrópoles nacionais, bem como nas suas ramificações no Sul de Minas, mostraram que existem bolsões de trabalho especializado e qualificado formados por formas pretéritas de industrialização que fornecem mão-de-obra e base técnica para as novas fábricas do segmento eletro-eletrônico e mecânico que estão se implantando recentemente na região. (Iná Elias de Castro et al. Geografia: conceitos e temas, 2005. Adaptado) O processo descrito no texto ocorre: (Governo do Estado de São Paulo - 2007) (A) pelo papel desempenhado pelo Estado em seus vários níveis, do nacional ao local, dentre outros fatores. (B) unicamente pela atuação das forças de mercado, isto é, a união entre a produção e o consumo. (C) pela política deliberada de dispersar os tecnopolos pelas áreas fornecedoras de matérias-primas especiais. (D) pela conjugação da precariedade das leis ambientais e a pequena articulação sindical. (E) como possibilidade de reforçar o rápido crescimento da megalópole, ainda em estado incipiente. __________________________________________________________________________________________ Geografia do Brasil Econômico 6

Faculdades Integradas Simonsen Curso de Geografia A entrada do capitalismo na agricultura brasileira – ficha de aula nº 11 (Questões 12-13) Texto para as questões 12. Durante as três últimas décadas, algumas regiões do Centro-Oeste do Brasil mudaram, do ponto de vista da organização humana dos espaços herdados da natureza, incorporando padrões modernos que abafaram, por substituição parcial, velhas e arcaicas estruturas sociais e econômicas. Estas mudanças ocorreram, principalmente, devido à implantação de novas infra-estruturas viárias e energéticas, além da descoberta de impensadas vocações dos solos regionais para atividades agrárias rentáveis. Em Goiás e Mato Grosso, as modificações dependeram fundamentalmente de novos manejos aplicados às terras de cerrados paralelamente a uma extensiva, ainda que incompleta, modernização. Acima de tudo, porém, o desenvolvimento regional deveu-se a uma articulada transformação dos meios urbanos e rurais a serviço da produção tanto de alimentos básicos, como o arroz, quanto de grãos para consumo interno e exportação, como a soja. Aziz AB’Saber. Os domínios de natureza no Brasil. 2003, p. 35 (com adaptações). 12- Com base no texto, assinale a opção que apresenta aspecto que não pode ser considerado conseqüência da modernização e do novo arranjo das atividades humanas na Região Centro-Oeste do Brasil. (SESI / SP - 2006) A) instauração de fluxos imigratórios para a região B) início de um processo de desconcentração da propriedade de terras na região C) desencadeamento de um processo de modernização acompanhado de um aumento da população vivendo em cidades D) destinação de novas áreas à agricultura que emprega técnicas modernas de irrigação. 13. Nos últimos cinqüenta anos, as regiões Nordeste e Sul destacaram-se como as principais áreas de repulsão populacional do Brasil, o que pode, fundamentalmente, ser explicado: (Prefeitura Municipal de São Gonçalo – 2007) A) pela falta de chuvas no Nordeste e pelos processos de desertificação no Sul B) pela ausência de empregos no Nordeste e pela mecanização do campo no Sul C) pela carência de condições de saúde no Nordeste e pelo desgaste dos solos no Sul D) pela estagnação econômica, em ambos os casos E) pela grande concentração fundiária, em ambos os casos. __________________________________________________________________________________________ Geografia do Brasil Econômico 7

Capítulo VIII - Simonsen
Estudo Econômico I
Capítulo X - Simonsen
FOCO NO BRASIL
BRASIL - Swisscam
SOM BRASIL